História Story Goes - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Blake Gray, Magcon, Matthew Espinosa, Taylor Caniff
Personagens Aaron Carpenter, Blake Gray, Cameron Dallas, Hayes Grier, Jack and Jack, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Taylor Caniff
Tags Adolecente, Cameron, Drama, Festas, Nash, Romance
Visualizações 36
Palavras 1.297
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Avião


Fanfic / Fanfiction Story Goes - Capítulo 6 - Avião

Cap. 6

Fui ate a cozinha, onde com certeza eles iriam ver, peguei uma caneta e papel

Estou inda pra Carolina do Norte para o aniversário de 18 anos do meu primo, volto segunda de manhã, não se matem, nem destruam a casa, Lox por favor cuida deles, a e eu estou solteira novamente!!! Yay, depois explicou para vocês, mas estou bem. Me contem o que aconteceu na festa no grupo... e não morram de saudades mim. Eu amo vocês!!”

Terminei de escrever e pendurei na porta da geladeira, chamei um Taxi, e fui em direção ao aeroporto, fiz check-in e fui tomar café pois estava morrendo de fome e sono. Comprei meu café em uma loja qualquer e fui sentar para esperar

-Você é cego ou o que? - perguntei me levantando e tentando limpar minha blusa que agora estava suja de café

-Eu não fiz nada você que esbarrou em mim- falou ainda olhando pro celular um garoto com olhos verdes que tinha por volta de 17 anos

-Que seja! - disse saindo e indo pro banheiro. Entrei em uma das tirei minha blusa e botei um moletom que eu estava na cintura. Saí do banheiro me olhei no espelho, estava com olheiras, pela falta de sono, mas tirando isso estava aceitável pela minha situação. Logo ouço a chama para o meu voo. Saio do banheiro vou em direção ao Starbucks compro um coockie, não iria querer me sujar de novo depois do acontecido. Peguei minha passagem, entrei no avião e fui em direção ao meu assento, era na janela, graças a deus pois eu conseguiria dormir o voo inteiro. Sentei peguei meus fones de ouvido, botei uma playlist e adormeci.

Acordei, e vi que ainda faltavam 2 horas pra chegar, fui mexer no insta já que no avião tinha internet, graças a deus, e fiquei respondendo pessoas no twitter e estranhei alguns twets dos meninos, meio maldosos e ficarem fazendo comentários uns contra os outros, que só quem convivia com eles poderia perceber que algo ali estava errado e não era apenas uma brincadeira. Ignorei um pouco porque eles sempre brigam, mas depois se resolvem, mas decidi que dois perguntaria o que aquilo se tratava de verdade. Saí do twitter e voltei para a tela inicial, havia uma foto minha e do Brent se abraçando, eu amava aquela foto e instantaneamente sorri, logo meu sorriso desapareceu com uma mensagem do mesmo.

Amor: precisamos conversar

Eu: conversar oq?

Amor: Sobre oq aconteceu ontem

Eu: Oq, que você bj a bia na minha frente?

Amor: Eu estava com raiva ok? Eu vi vc bj o Jack e qnd eu sai do quarto ela estava la aí eu bj ela, mas eu juro que não sabia que era ela.

Amor: e digamos que nem era pra você ter bj ele

Eu: olha eu só bj ele pq vc disse q td bem e msm assim vc não tem desculpa pra bj ela

Eu: Eu poderia estar bêbada, drogada, com raiva o mais fora de mim possível, mas nunca te trairia, vc sabe q aql bj foi estupido e não significou nada

Amor: me perdoa pff, eu juro que não bj mais ngm qnd estiver c vc

Eu: Espera vc já tinha me traído antes???

visualizada

Eu: me esquece

Amor: vc ta terminando cmg por mensagem?

Eu: isso já estava terminado há muito tempo

Bloqueei a tela do celular e respirei fundo, tinha sido muito difícil mandar aquela mensagem pois ainda o amava muito, mas ele passou dos limites, uma lagrima escorreu do eu rosto, não de tristeza nem nada, mas meio que alivio de ter conseguido mandar aquela mensagem.

 -Namorado? – uma voz familiar disse ao meu lado

- Ex namorado- disse guardando meu celular- como sabe?

-Entendo desse assunto- riu fraco-ah, me desculpe por hoje cedo é que eu estava muito estressado- agora sabia de onde o reconhecia, ele que derrubou meu café

-Tudo bem- sorri pra ele- todo mundo tem dias assim, só me diz que você ta normal agora porque não to afim de ficar do seu lado, reclamando

-Eu to mais calmo agora- ele levantou suas mãos em sinal de rendição, ri com seu ato

-Mas então, pessoa que derrubou meu café- fui interrompida

-Lucas,  me chame de Lucas- sorriu

-OK... Senhor Lucas- falei em tom brincalhão- o que te traz a um avião para a Carolina do Norte, se você pode aproveitar LA

-Bom eu moro na Carolina do Norte, vim passar férias aqui, e você senhorita

-Emma – completei

-O que te traz aqui?

-Porque eu te contaria, você pode estar mentindo pra mim e ser um psicopata

-Talvez eu seja um psicopata- nossa ele é bom, sabe brincar- e eu acho que já teria feito algo com você -riu

-Ok, tudo bem, eu moro aqui, mas estou indo visitar minha família na Carolina do Norte

(...)

Ficamos o resto do voo conversando sobre coisas aleatórias, aproveitei e segui ele em todas as redes sociais, e peguei seu número. Saímos do avião, peguei minhas malas e dei tchau pro Lucas, peguei um taxi e dei o endereço da antiga casa.

Abri a porta, estava destrancada, eu juro que não sabia como alguém ainda não havia entrado naquela casa ainda desde que eu me lembro a porta sempre está aberta.

-Voltei, povo!!!- ninguém respondeu, olhei pro meu celular era por volta do meio dia, meus tios devem estar trabalhando e meu primo deve estar no quarto. Deixei minhas malas no meu quarto antigo que estava igualzinho desde que eu havia me mudado, subi as escadas para o sótão onde ficava o quarto dele e ouvi alguns gritos que pareciam mais uma discussão

-Eu juro que não fiz isso Gabi, não era eu posso perguntar pro Carl, ele tava comigo- era o meu primo falando com provavelmente a namorada dele

- Era você eu sei, e pra que perguntar pra ele se ele iria te acobertar- a voz da menina já estava falhando

-Gabi eu juro que não fiz nada, eu te amo – ele parecia que estava chorado

-Gabi o caralho, acabou Henrique- ela saiu do quarto correndo e passou por mim saiu da casa. Entrei no quarto e ele estava encostado na parede com os olhos fechados enquanto escorriam lagrimas. Henrique nunca namorava, ele falava que nunca havia se apaixonado e só iria namorar se amasse a pessoa de verdade.

-Ei, eu voltei! - disse tentando animar ele, em seguida ele me abraçou, fiquei feliz, estava com saudades dele

-Estava com saudades-ele falou saindo do abraço- pensei que você não vinha-ri com seu comentário pois ele sabia o quanto eu era esquecida

-Ei! Vamos sair para tomar sorvete! Tenho muitas coisas pra te contar e pelo visto você também – ele sorriu – Agora troca de roupa, limpa seu rosto, que eu vou tomar banho e me encontra em 15 min- sai do quarto sem nem esperar a resposta e fui em direção ao meu quarto. Entrei no banheiro tomei uma ducha, mas sem lavar o cabelo, sai fui ate a minha mala e peguei um croped branco de manga longa, um shorts preto, um óculos e um tênis branco (link na descrição).Me vesti e desci as escadas e encontrei Henrique mexendo no celular

-Vamos-ele concordou com a cabeça sem dar muita atenção e continuo mexendo no celular- nossa não lembrava que você era tão viciado assim, larga o celular vai- nossa eu parecia minha tia falando

-Só deixo meu celular se você deixar o seu-ele disse já me olhando

-Okay- falei colocando meu celular em cima da mesa sem dar importância- agora vem que eu to com fome

-Esfomeada-colocou seu celular em cima da mesa e eu dei um suco em seu braço-Aii, doeu

-Era pra doer mesmo-disse saindo de casa e trancando a porta 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...