História Story of my life - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Glee
Tags Crisscolfer, Glee, Klaine
Visualizações 62
Palavras 2.002
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Lemon
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O AMOR...

É difícil para os indecisos
É assustador para os medrosos
Avassalador para os apaixonados
Mas, os vencedores no amor são os fortes
Os que sabem o que querem e querem o que tem
Sonhar um sonho a dois
E nunca desistir da busca de ser feliz
É para poucos!

Capítulo 10 - First time love!


Fanfic / Fanfiction Story of my life - Capítulo 10 - First time love!

Narrador:

Entramos no quarto e o Darren se senta na cama me encarando com o olhar mas sexy que ele já deu é notável o quanto estou nervoso,sei que não a minha primeira vez mas será a primeira vez que farei amor.Farei amor com alguém que me ama de verdade..

– Chris, você não precisa fazer nada que você não queira. Oh Deus... eu, e-eu não disse nada para te forçar certo? 

-Não amor ,eu quero,eu quero muito que isso aconteça.

– E-eu... Só não quero te pressionar a nada. O que quer que façamos sempre, eu precisa que você esteja confortável assim eu posso ficar confortável também.

– Eu sei... Eu confio em você, eu jamais faria algo sem querer. "Darren sorriu e afastou Chris um pouco para se sentar na cama

– Vem Chris... Vem aqui ,deita aqui comigo  eu quero fazer isso pra você o mais perfeito possível. "Chris assentiu e Darren se levantou para segurar sua mão e guiá-lo até a cama.

O castanho sentia seu coração bater em uma frequência desconhecida. Ele nunca havia pensado em fazer amor antes, mas Darren ó  fazia  se sentir como se ele quisesse as coisas.

Os dois ficaram se olhando com um sorriso apaixonada ,Darren sentou Chris  na cama com um beijo casto.

– A qualquer momento você pode me pedir pra parar, tudo bem? "Darren falou e o Chris. apenas deu um aceno leve, se tornando muito consciente do que estava para acontecer.

"Desde que o Chris entrou naquela sala de aula a mas ou menos um mês e alguns dias Darren  só pensava em arrancar as roupas do Chris e poder devorar cada pedaço do castanho. Mas agora que este momento estava realmente aqui ele sentia tudo tão diferente. Não era sobre o quadril fantástico do se namorado, nem marcar toda a sua pele de porcelana... Ele só amava Chris  tanto, e ele queria se conectar com seu amor, ele queria ser o único que tivesse Chris entregue desta forma.Mesmo sabendo que essa não seria a primeira vez que o Chris estivesse ficando íntimo de alguém mesmo não querendo ele já tinha feito sexo mas nunca tinha feito amor e por esse motivo Darren iria cuidar para que fosse a melhor noite da vida do Chris."

O moreno tirou o pijama do castanho, lentamente, percebendo que o mesmo estava nervoso, ele deu alguns beijos para acalma-lo. Para deixar Chris mais confortável ele optou por tirar sua própria parte de cima primeiro, se livrando de sua camiseta que a muito tempo estava amassada.

O mais alto  não conseguia sequer piscar seus olhos, Darren era a pessoa mais linda que ele já tinha visto, sua pele morena chegava até a ter um brilho meio dourado, seus braços fortes e seu peito definido... Até mesmo sua barriga com uma leve protuberância fazia Chris com água na boca.

Darren se inclinou deitando Chris um pouco na cama, dando beijos suaves no castanho, tudo para poder relaxá-lo da melhor maneira possível, ele desfazia um botão de cada vez, sentindo Chris  vibrar ao seu toque. Quando ele pode finalmente desfazer Chris da fina camada do pijama  ele sentiu como se tivesse aberto as portas do céu.

– Jesus Chris, você é perfeito...

Darren passou seus dedos calejados sobre os pequenos mamilos rosados do mais novo, tentando descobrir o desconhecido e explorando regiões que ele tinha certeza que ninguém nunca tinha tocado com tanta atenção e amor.Se dependesse de Darren ninguém  jamais tocaria no seu castanho.

– Darr "Darren  podia sentir Chris  já ofegante, com dificuldade de respirar embaixo dele. Ele só era tão adorável..."

O mais velho agora passava sua boca pela clavícula, dando algumas mordiscadas por lá. Em seguida, desviando sua atenção para o peito do castanho, Chris não sabia bem o que fazer, ele afundou suas mãos nos cachos de Darren , o puxando levemente para mais perto. O moreno aproveitava para passar sua língua no mamilo esquerdo, e mover seus lábios sugando-o em sua boca. Ele estava tentando acabar com a tensão de Chris , mas o castanho parecia realmente nervoso.

– Você tem certeza que quer isso?  "Chris  apenas assentiu, entre suas respirações pesadas . Então Darren começou a descer as calças do pijama do seu castanho."

Neste momento Chris realmente se sentiu em pânico, e se Darren não gostasse dele? E se seus quadris tivessem um formato estranho, ou suas pernas tivessem estrias demais? O castanho usou seus dedos para afastar as mãos do moreno.

– O que houve amor?

– E-eu Darren, eu não sou bonito igual a você, e eu não sei... 

– Shh."Darren silenciou Chris  com uma leve mordida  em seus lábios. – Eu sempre vou querer você. Chris você precisa acreditar em mim quando eu digo que você é a pessoa mais perfeita que eu já vi.

"O moreno se levantou deixando Chris  confuso por uns segundos, até ver a luz do ambiente sendo diminuída."

– Melhorou amor?

– Sim,o-obrigado...

– Eu não quero que você fique nervoso Chris. Sou só eu e você. E esse é o nosso momento especial. – Ele se inclinou tomando dando mais um beijo demorado no castanho, até que finalmente conseguiu remover toda sua calça.

Somente em suas boxers azuis Chris  se sentiu exposto, mas ao mesmo tempo ele sabia que se Darren não o quisesse eles não estariam assim, então ele tentou relaxar.

Quando Darren viu o volume entre as pernas de Chris ele realmente quis explorar o local com sua boca, mas ele não queria assustar Chris, então decidiu se controlar. Talvez ele teria isso outro dia, hoje a noite era tudo sobre o Chris .

Darren puxou o elástico das boxers de Chris , fazendo o castanho sentir um frio em seu corpo, e  uma sensação estranha em seu estomago. Ele nunca tinha sentido nada parecido antes.

O moreno ficou completamente encantado com o pênis rosado de Chris, com poucos pelos claros subidos até sua barriga. Era ainda melhor do que na sua imaginação. Darrn não conseguiu passar muito tempo sem tocar, logo ele deixou sua mão passear por toda a extensão de Chris levemente. O castanho sentiu um engate na sua respiração e porra, ele nunca pensou que poderia sentir uma sensação tão boa.

Darren deixou seus dedos fantasmas descerem até a entrada de Kurt, apenas passando em círculos para conhecer o local. O mais alto estava praticamente convulsionando em cima da cama com os toques tão delicados.

– Deus... Eu amo você,Chris"Disse dando um beijo na testa do castanho."

– Você tem um lubrificante, ou algo que eu possa usar para não te machucar?

– N-não... Eu não. 

– Eu adoraria dizer que tenho um na bolsa, mas seria muito estranho se eu carregasse um vidro de lubrificante toda vez que eu saísse por aí.  "Darrn já sentia seu membro dolorido em suas calças, mas ele achava que uma conversa pudesse descontrair."

-Ao menos eu tenho um preservativo."Disse Chris olhando para o seu criado mudo."

"Quando Darren se levantou para pegar a camisinha ele removeu suas calças num único toque.Chris apenas ficou admirando seu namorado, seus olhos estavam embaçados."

– Darren Você é lindo. – Disse baixinho, somente para o moreno ouvir.

O moreno sorriu e se juntou novamente na cama com o mais alto, dando mais um beijo em seus lábios, desta vez o beijo se tornou em algo mais urgente e ligeiramente mais sujo.

 – Quanto mais relaxado você estiver, melhor. Então não se preocupe... Sou só eu.Ok? Te amo meu amor.

Darren  sugou seu primeiro dedo indicador algum tempo, antes de começar a circular a entrada de Chris. O castanho estremeceu com a ação, isso estava além de nojento, mas ao mesmo tempo era tão íntimo que chegava a ser romântico.

Chris sentiu uma pequena queimadura quando o dedo fez todo o seu caminho, mas ele tentou seguir o conselho de Darren  e relaxar. Depois de alguns movimentos circulares, Darren retirou o dedo e voltou com mais dois, fazendo Chris ofegar.

– Oh... – O castanho agarrou os lençóis, evitando emitir qualquer som, isso era de muitas formas vergonhoso.

– Como você está? – Perguntou o moreno preocupado

– Tu-tudo bem.

– Eu preciso que você seja completamente honesto comigo, tudo bem? Se tiver algo errado, ou se for demais, eu preciso saber – o moreno falava suavemente, enquanto alisava a coxa do mais alto . – Chris  acenou levemente.

Darren  aproveitou que o castanho estava relaxando e finalmente entrou com um terceiro dedo. Desde vez realmente doeu.

Darren trabalhou seu tempo lentamente dentro de Chris, tentando manter o castanho confortável. Até conseguir encontrar aquele ponto certo três dedos acima de sua entrada.Chris sentiu uma carga elétrica muito forte transpassar seu corpo, ele nunca tinha sentido nada como isso. Darren  percebeu que ele estava gostando quando viu o pênis rosado do mas alto reagir a seus movimentos.

– Oh meu D-deus Darren... Isso é.. "Chris  mal conseguia terminar uma frase, era tudo demais, de repente ele não tinha mais reservas sobre não emitir sons, os gemidos simplesmente fluíam de sua boca e ele não conseguiria impedir. Inconscientemente ele até abriu um pouco mais as pernas dando espaço para Darren  trabalhar.

O moreno simplesmente se sentiu fantástico em poder desfazer Chrid desta forma, e ouvir os gemidos de seu namorado  era simplesmente celestial.

– E então amor  você acha que está pronto?

– E-eu.. Sim,Darren , sim. – Respondeu ofegante, desesperado por mais do que Darren  estava fazendo. Ele jamais imaginaria que essa sensação tão avassaladora existiria.

Darren tirou os dedos de dentro do mais alto e deu uma atenção a seu próprio pênis, há muito esquecido. Ele não precisou de nenhuma preparação, ele já estava mais do que pronto para estar dentro o Chris . Darren colocou o preservativo lentamente, e posicionou-se na entrada do mais novo.

– A qualquer momento, eu quero realmente dizer isso, você pode me pedir pra parar tudo bem? Ou dar um tempo, ou ir de vagar... Eu vou entender. – Darren bicou os lábios do mais novo. – Eu amo você, Chris amo muito.

– Eu também te amo, Darren.

Chris  fechou os olhos, apenas sentindo a cabeça do membro do Darren passando lentamente pela sua entrada, enquanto uma das mãos do moreno seguravam sua cintura.

Darren ficou impressionado com a beleza de seu namorado, um rubor rosa delicado traçando o contorno de seu rosto, seus lábios inchados vermelhos... Agora que Darren estava entrando completamente dentro do Chris ele podia ver o seu namorado  pressionar seus olhos fechados com força, ele deu mais um beijo apaixonado no castanho para poder relaxá-lo.

Quando Darren afastou-se do beijo ele viu Chris morder seus próprios lábios, mas o moreno passou sua mão suavemente pelos lábios  do Chris  para fazê-lo abrir os olhos.

– Fale comigo amor, como você se sente?"Perguntou com uma preocupação honesta em sua voz."

-Você é incrível..."Sussurrou o mas alto com a voz esganiçada.

Os movimentos de Darren foram lentos e cuidadosos o tempo todo,Chris  não saberia informar quanto tempo eles ficaram assim, não foi pouco, mas ele não sabia se era muito... Apenas o suficiente.Darren, como um cavalheiro, espero pacientemente Chris chegar a seu ápice primeiro para se autorizar a vir. Quando Chris explodiu em seu primeiro orgasmo (sim seu primeiro orgasmo apesar dos três anos de namoro com o Will) ele sentiu que seu corpo estava queimando de fora para dentro, era basicamente a melhor sensação de sua vida. Chris  pensou que estava ainda mais apaixonado por Chris depois disso.

Chris  sentiu todo seu corpo formigar por alguns minutos, ele estremeceu mais ainda quando finalmente Darre  saiu de dentro dele. O castanho se sentia vazio, mas ao mesmo tempo tão cheio de Darren.

Darren levantou para se jogar o preservativo no lixo e voltou com uma toalha umedecida para limpar os resíduos de esperma de um Chris  bastante sensível. Depois de deixar o quarto mais ou menos arrumado Darren se juntou a seu namorado sonolento na cama.

Chris não estava inteiramente consciente do que estava acontecendo, mas assim que ele sentiu o peso do seu namorado  na cama ele se virou para encostar sua cabeça no peito do moreno.

– Amor...

– Hmm?

– Você é perfeito , você sabe disso, não é?

– O-obrigado por tudo Darren... Eu te amo.

Darren sorriu e passou seus braços ao redor do seu anjo dos olhos azuis,naquele momento o moreno percebeu que queria passar o resto da vida cuidando e amando o seu castanho...

CONTINUA.......



Notas Finais


RARARARA 2 CAPÍTULOS EM UM DIA!!!PARA ME DESCULPAR PELO O ATRASO DA FIC..PROMETO E CUMPRO POR ISSO QUEM ME CONHECE SABE QUE EU SOU UMA AMIGA PARA TODA HORA ...
OBRIGADO POR LEREM A MINHA FIC..
OBRIGADO DE VERDADE.

BEIJOS E ARROTOS DE ARCO ÍRIS!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...