História Straight "A" student - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Escolar, Taekook, Vkook
Visualizações 18
Palavras 802
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Distrações


Os pais de Jungkook não eram extramamente rígidos, mas também não eram exatamente liberais. Eles apenas queriam boas notas e um bom comportamento e em troca deixariam o garoto em sua zona de conforto. Por esse motivo que, quando Jungkook chegou da escola e os viu sentados na sala com um papel em mãos, olhando fixamente para a porta, ele sabia que de alguma forma havia passado dos limites.

-Sente aqui, precisamos conversar. -  sua mãe disse e apontou para a poltrona à sua frente.

Jungkook tentou engolir o nó que estava se formando em sua garganta e fez a cara mais inocente que podia, na esperança de que isso convencesse sua mãe de não pegar o objeto mais próximo para batê-lo.

Sentando no lugar que havia sido indicado, o garoto olhou para seus pais para tentar ler suas expressões. Sua mãe estava com as sobrancelhas franzidas e sua boca se curvava para baixo enquanto seu pai apenas mantinha um rosto indecifrável.

-O que significa isso,Jeon Jungkook?

Jungkook olhou para o papel que sua mãe estava estendendo em sua direção e o pegou para poder ler o que estava escrito nele. Era seu boletim. Mas não foi isso que o pegou de surpresa. Grampeado junto as suas notas do bimestre, estava uma nota.

 

                                                                                                   Sr. e Sra. Jeon,

Podemos perceber durante esse ano uma grande queda no

 rendimento do aluno Jeon Jungkook,tanto em suas notas, que

continuam caindo significantemente, como em seu comportamento,

se mostrando disperso durante as aulas e não fazendo os deveres

pedidos pelos professores. Por isso, lamentamos lhes informar que

caso o aluno continue com esse comportamento, teremos que

o reter na avaliação final e repetí-lo de ano.

Obrigado pela compreensão.

 

Okay, isso era definitivamente pior do que Jungkook havia pensado. Ele sabia que não era o melhor aluno da sala, e que suas notas estavam em completa decadência, mas a ponto de que isso o levasse a repetir de ano?! Não mesmo.

-O que você tem a dizer sobre isso?

O garoto levantou a cabeça ao ouvir a voz estridente de sua mãe e abriu a boca para responder alguma coisa, mas nada saiu.

Ele não tinha uma explicação coerente pra tudo aquilo.

Jungkook acreditava que aquele papel, aquele papel insignificante que foi impresso por uma máquina insiginificante por alguém insiginificante não representava quem ele era e nem media sua inteligência. Por isso, ele apenas tentava curtir sua juventude ao lado de seus amigos, vendo a escola mais como uma forma de se socializar e se divertir, do que como uma prisão cujo único intuito é te afundar em livros.

-Me desculpem, vou melhorar...?

Sua resposta havia soado mais como uma pergunta do que uma afirmação e isso não passou despercebido pelos seus pais, que apenas franziram mais suas sobrancelhas, desapontados.

-Jungkook... eu já tive sua idade e sei bem como é e o que está passando pela sua cabeça. - pela primeira vez desde o início daquela conversa, seu pai falou - Sei muito bem que festas e garotas podem acabar te deixando distraído e fazer você perder o foco do que é importante.

O garoto ao ouvir aquilo fez uma careta e segurou o riso, não querendo levar um sermão ainda maior de seus pais.

-Certo, prometo que vou melhorar. Vou me concentrar nos meus estudos e não em garotas. - Jungkook disse em um tom leve de brincadeira, para que seus pais não percebessem o sarcasmo entre suas palavras.

-Temos certeza que vai. - disse seu pai o olhando firmemente - Porque vamos te tirar daquela escola.

-C-Como assim?

Jungkook olhou para os seus pais com olhos confusos. Aquilo era muita informação para ele absorver em tão pouco tempo.

-Não queremos mais distrações, Jeon Jungkook. - sua mãe falou com um tom forte que assustou um pouco o garoto - Por isso te matriculamos em uma escola só para garotos.

-O quê? - Jungkook murmurou. Seu cérebro agora havia definitivamente parado de funcionar.

-É isso mesmo. Sem garotas. Apenas seus estudos vão importar agora. - sua mãe cruzou os braços. - Agora vá para o seu quarto e comece a estudar.

Jungkook ainda se sentia um pouco tonto com toda aquela conversa, então sem falar mais nada apenas pegou sua mochila do chão e subiu as escadas em direção ao seu quarto.

Ao chegar em seu quarto, o garoto trancou a porta e deslizou sobre ela e finalmente fez o que queria fazer desde que seus pais haviam dado a notícia de que ele iria mudar de escola. Ele riu. Ele riu tanto que sua barriga começou a doer e seus olhos lacrimejaram.

Os pais de Jungkook iriam o mandar para uma escola exclusivamente de garotos para que ele não se distraía com garotas. Só havia um pequeno detalhe que eles não sabiam.

Jungkook era gay.


Notas Finais


Olha eu aqui com mais uma fanfic Taekook kkkkkkk não consegui me segurar.
Espero que vocês gostem dessa fic, e comentem o que acharam ((:
Obrigada por ler! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...