1. Spirit Fanfics >
  2. Straight ༄ Changlix >
  3. Especial 5k: That mysterious boy

História Straight ༄ Changlix - Capítulo 34


Escrita por:


Capítulo 34 - Especial 5k: That mysterious boy


OBS: Leiam as notas finais por favor. 


(Capítulo narrado por Hyunjin)


A motorista parou em frente ao local, olhei para a casa através do vidro antes de sair do carro e me despedir da moça, sendo seguido por meu amigo. O som alto da música adentrava meus ouvidos a cada passo que eu dava em direção à porta, não demorando a atravessar o jardim e chegar na entrada do lugar. Me virei para Felix, que também me observava, após essa troca de olhares assentimos um para o outro e, por fim, girei a maçaneta, entrando no local junto ao loiro e olhando em volta, notando a decoração da casa, e a quantidade até que significativa de pessoas.


— Bem vindos!! – um garoto chegou em nossa frente, abrindo os braços e um grande sorriso, estendendo a mão para nos cumprimentar em seguida — Eu sou Minho, vocês são? 


— Minho, Lee Minho? Como está diferente! – dei um sorriso, entretanto a frase acabou gerando confusão no garoto, que franziu as sobrancelhas — sou Hwang Hyunjin, do fundamental, se lembra?


— Hyunjin... o amigo do Jisung?? – assenti e ele riu, abraçando-me em seguida — Que coincidência! Quando foi que você voltou pra cidade?


— Faz uns dois anos eu acho, há uns meses atrás eu reencontrei Jisung e trocamos telefones, foi assim que acabei sabendo do show e etc... aliás, esse é Felix! – apresentei, envolvendo meu braço no ombro de meu melhor amigo.


— É um prazer te conhecer Felix!


— Igualmente Minho... – Felix sorriu, cumprimentando o garoto — Os garotos já chegaram??


— Ainda não, daqui a pouco eles chegam, mas fiquem à vontade tá? – balançou a cabeça, retirando-se em seguida.


— E aí... – meu amigo pronunciou, chamando minha atenção — Vamos procurar as bebidas?


Dei-lhe um sorriso, concordando com a ideia. Após isso caminhamos pelo local, falamos com estranhos, bebemos, dançamos e nos divertimos... entretanto, não demorou muito para os 3RACHA chegarem e todos irem conversar com eles, e logo eu me perdi de Felix no meio das pessoas, tentando procurá-lo de início, mas não tardando em desistir da ideia e apenas continuar ali com o meu copo.


Continuei bebendo e dançando por um tempo, e não sei quando no meio de tudo isso meus olhos prenderam-se em um garoto fofo e muito bonito, só sei que pareci hipnotizado consigo. Pensei em falar com ele, porém estava com uns amigos, então decidi que seria melhor ficar na minha, é claro que continuei a observá-lo, mesmo que o perdesse de vista algumas vezes ou saísse para pegar mais bebida.


Em um desses momentos, encontrei-o na cozinha enquanto ia reencher meu copo pela milésima vez, porém quando estava prestes a dirigir-lhe uma palavra, um de seus conhecidos chegou e chamou-o, o que interrompeu minha ação. Me senti, em parte, um fracassado por não conseguir sequer falar com alguém por quem me atraí, por outro lado, pensei apenas que o efeito do álcool aparentemente não estava funcionando, logo, virei as costas e peguei mais bebida.


Continuei a beber e caminhar por aí, procurei por Felix e falhei novamente. Decidi então voltar para a sala, e quando cheguei no cômodo, peguei o garoto fofo sentado sozinho no sofá, parecendo entediado. "É agora ou nunca Hyunjin", pensei comigo, em seguida respirei fundo e caminhei até o móvel, sutilmente me sentando ao lado do menino.


— Estava se divertindo tanto, por que ficou tão quieto de repente? – pronunciei próximo de seu ouvido, o que deixou-o um pouco assustado.


— Você está me observando, é? – sorriu lateralmente ao questionar, tomando um gole de sua bebida em seguida.


— Talvez eu esteja. – dei de ombros, igualmente tomando minha vodka — Mas que culpa eu tenho, você é uma pessoa bem... observável!


— Observável? – indagou, curvando sua sobrancelha e rindo em seguida — E isso é bom ou ruim?


— É bom, pelo menos para mim. Eu não consigo tirar os olhos de você, e particularmente, eu acho uma bela visão. – tomei mais um pouco do conteúdo de meu copo, sem parar de olhá-lo.


— Bem. – suspirou e encostou-se no sofá, também me analisando constantemente — Acho que posso dizer o mesmo de você.


— Ah é? – questionei, tombando levemente minha cabeça, enquanto ele assentia com a sua — Fico feliz que pense isso de mim.


— Fico feliz que esteja feliz. – soltou um riso, que foi acompanhado por outro meu, enquanto tomei o restante da bebida.


— Aparentemente meu álcool acabou. – olhei para o interior de meu copo que, mais uma vez estava vazio — quer me acompanhar enquanto busco por mais e sei lá, ficar no jardim?


— Eu adoraria. – respondeu singelamente, se levantando depois de mim.


E assim o fizemos, pegamos logo duas garrafas de bebida e nos sentamos sobre o gramado na parte da frente da casa, observei o céu estrelado e assim, iniciamos uma conversa sobre astronomia, logo passando para outros assuntos. Nós conversamos tanto que nem vimos o tempo passar, e eu ficava cada vez mais interessado no garoto, ele me despertou uma sensação de conforto, e falar com ele parecia ser mais fluido do que com qualquer outra pessoa.


No curso de nossa conversa, ficamos por breves segundos quietos, apenas observando a face um do outro. Apoiei-me em minha mão, me aproximando ousadamente de si, nossos rostos estavam tão perto que eu podia sentir sua respiração sobre a minha, o que de certa forma me deixou trêmulo, nervoso. 


— Ei vocês dois. – escutei uma voz conhecida, praguejando quem quer que seja em minha mente, antes de me virar e deparar-me com Jisung parado na porta — Verdade ou consequência, vocês vêm?


— Já estamos indo. – o garoto a minha frente pronunciou, afastando-se um pouco de mim.


"Merda", pronunciei bem baixinho, me levantando em seguida, e caminhando com o menor para o interior da residência. As poucas pessoas que restaram na pós-festa estavam sentadas em um círculo, e nós apenas nos encaixamos no meio antes de começarem.


O jogo já começou extremamente "pesado", e depois de algumas verdades e muitos desafios, acredito que a maioria ali já tinha se beijado ou compartilhado bebida. Graças ao universo, até então a garrafa não havia parado em mim, e coincidentemente, no garoto ao meu lado só parou uma vez, na qual ele elaborou a pergunta. Entretanto, ela parou no menino que se sentava ao lado de meu melhor amigo, e o desafio envolvia ele, o resultado: Felix foi para o quarto com esse rapper e não voltou mais.


Aparentemente a brincadeira não iria durar muito após isso, a garrafa parou poucas vezes em mim, e eu apenas ditei algumas verdades sobre a minha vida sexual. Estava ficando maçante, e a maioria dali já estava muito bêbado, com sono, ou estava em outro cômodo (como o loiro, que não deu as caras desde aquele desafio). "Parece que irei embora sozinho", pensei assim que todos paramos de jogar, tratando de puxar meu celular do bolso e chamar um uber, o qual chegou em menos tempo do que eu esperava.


Me despedi de todas as 7 pessoas que ainda haviam ali, exceto o menino com quem eu passei praticamente a festa toda, ele levou até a porta, já que eu me perdi nos corredores algumas vezes procurando-a. Me virei para ele antes de sair do lugar, e com o pingo de coragem que restou de toda a vodka que ingeri, eu selei seus lábios de forma breve e apressada.


— Nós vamos nos encontrar de novo. – pronunciei, segurando em uma de suas mãos macias e deixando um selar no dorso, antes de caminhar até o carro que me aguardava.


Eu podia estar bêbado, sim, completamente alterado, mas com certeza não era apenas isso que estava me abalando no momento, eu me sentia nas nuvens por muito mais do que algumas garrafas e coquetéis alcoólicos. Aquele garoto misterioso mexeu comigo.


Ele não sai de minha mente.



Notas Finais


E aí gente, quanto tempo né kkkk, como vocês estão?

Bem, eu sinto muito muito mesmo por ter ficado tanto tempo sem postar, eu estava fazendo atividade escolares e etc, isso acabou tomando muito tempo e eu não consegui escrever. Ah, e me desculpa também por estar postando hoje, esse capítulo saiu ontem no wattpad.

Eu queria dizer que pra recompensar, nessa semana vou postar capítulo todos os dias, mas semana que vem eu espero que voltemos a programação normal, por enquanto rs.

Quero agradecer vocês porque mesmo que o especial seja de 5k (15k no wattpad), nós chegamos em 6k aqui (e 17k no wattpad) e isso me deixou extremamente feliz! Vocês são demais e obg por lerem minha história, eu a escrevo com muito carinho.

E bem, já que entramos no assunto, eu estava pensando em fazer tipo um Q&A das personagens de Straight pro especial de 10k, contando curiosidades e outras coisas que vocês queiram saber sobre ele. O que acham? Caso gostem da ideia, comentem aqui.

Ah, e caso não tenha ficado claro (já que eu não expliquei), esse capítulo se passou na After Party do show do 3RACHA, e deixem suas apostas sobre esse "garoto misterioso" (apesar da maioria já ter uma opinião de outros capítulos kkkkk).

Bom eu acho que é isto! Hoje mais tarde (19:30 ou 20:00) vai sair o próximo, bjs bjs ♥️♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...