1. Spirit Fanfics >
  2. .strange guy >
  3. Capítulo dois.

História .strange guy - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


não revisei, perdão se tiver algum erro.

Capítulo 2 - Capítulo dois.


Jungkook se encontrava estático enquanto encarava o nada. Tinha seus pensamentos no loirinho baixo da boate na noite anterior. Queria morder seu biquinho e ficar o observando com os olhos cheios de brilho por ver o dançarino e querer imitar todos os movimento que o outro fazia. 


O rosto angelical demonstrava medo quando o viu pela primeira vez, mas assim que aquela face assustada transformou-se em um sorriso extremamente fofo encantado com o homem a sua frente, Jungkook jurou que uma fadinha havia nascido, jurava que a cada gargalhada de Jimin, uma fada ganhava vida, e bem, não podemos mentir dizendo que é uma mentira. 


— Jungkook? Onde está o Jeon? Terra chamando~ — Yoongi chamou estralando os dedos na frente do rosto do outro, na tentativa de trazê-lo ao mundo real e prestasse a atenção no que dizia. 


— Estou aqui, Min — com certo ódio, Jungkook disse logo suspirando lentamente, mas sorrindo mínimo ao novamente se lembrar do garoto pequenino — A reunião é daqui a vinte minutos, se não me engano, sim? — Desviou do assunto tirando os pensamentos dos devaneios, pegando alguns papéis que demonstravam as ações boas e algumas ruins da empresa. 


— Sim, Jeon. Esteja preparado, vamos tentar fechar contrato com os senhores Kim. Namjoon e Seokjin já conversaram comigo e disseram que se juntassem as ações, conseguiriam fazer muito mais com os cosméticos. Eles fabricam em casa e têm uma receita incrível, por favor, preste atenção no que os dois dizem e responda com coerência. — ditou calmamente passando as mãos nos cabelos tingidos, logo arrumando o terno — Os Kim são incríveis e Seokjin é extremamente observador, e... — parou de falar assim que viu que o homem quase dormia em cima do notebook — Jungkook? Puta que pariu, toma um café, pelo amor de Deus, por que não dormiu essa noite? 


O Jeon suspirou fundo, ajeitando a postura na cadeira de couro e pegando o copo quente ao lado de sua mesa, bebendo toda a cafeína presente lá, ele deveria ter dormido melhor na noite passada, com toda a certeza. 


— Talvez eu tenha ficado até as duas da madrugada naquela boate. — confessou coçando os olhos logo se levantando da cadeira extremamente confortável e movendo os pés rapidamente até a sala de reunião, sendo acompanhado pelo Min. 


Yoongi não disse nada, sabia que o amigo precisava de um descanço, precisava tirar um tempo pra ele e finalmente dormir, ou ao menos transar, pois tinha a plena certeza de que o outro havia ficado apenas admirando o garoto loirinho e fofo, mas se aquilo lhe fez bem, não iria manda-lo parar. 


Ao chegarem no local bonito com uma tela que provavelmente não seria usada naquele dia, os Kim eram simples, práticos e ótimos trabalhadores, as essências que faziam eram simplesmente magníficas, e Jungkook faria de tudo para fechar o contrato com aqueles homens. 


Não havia sido tão difícil quanto esperava, mesmo estando cagado de sono, iriam resolver as coisas do contrato na próxima semana, ou seja, mais uma carga havia sido tirada de suas costas e poderia ter uma noite de sono completa. 


— Jungkook, vai pra casa, não precisa vir pelo resto da semana, eu vou cuidar de tudo por aqui, você tá parecendo um zumbi, é sério. — Yoongi disse acariciando as costas do mais novo, vendo-o assentir em seguida. 


O Jeon apenas disse um "Obrigado" caminhando rapidamente até fora da empresa, ligeiramente entrando na Mercedes e apertando os dedos em volta do volante, até que eles ficassem brancos, começando a dirigir em seguida. 


— Olá, senhor Jeon — foi recepcionado pela empregada, esta que lavava as poucas louças que tinham na pia, organizando a cozinha do modo em que ficasse moderna e bonita. 


— Olá, Sooyoung — cumpromentou a mulher, logo pegando a água do galão — Será que você poderia me acordar às oito, antes de ir embora? — pediu, ligo recebendo uma confirmação da mulher mais velha — Obrigado. — sorriu se direcionando á seu quarto. 


O Jeon nem pensou em tomar banho, apenas se jogou na cama macia, colocando a cabeça no travesseiro e fechando os olhos repentinamente.


(•••) 


Novamente tinha as mãos em volta do volante do carro, porém, dessa vez, sentia como se voasse pelas ruas não tão movimentas da cidade, sua mente lhe traía, fazendo-o pensar no garotinho loiro da boate, foi aí que seu coração acelerou, o que o fez meter o pé no acelerador na esperança de que chegasse o mais rápido possível na boate, sorria como um bobo no trajeto. 


Quando percebeu, estava em frente ao estabelecimento, as filas grandes fizeram o Jeon suspirar cansado, queria ver logo o garotinho e com toda a certeza não queria ficar esperando.


Assim que viu Hoseok, sorriu. Foi até o rapaz que o cumprimentou educadamente e cedeu a passagem. Quando sentiu as luzes roxas baterem em seu rosto e o som altíssimo da música invadir seus tímpanos, seus olhos varreram o local na procura de Jimin, mal podia esperar para reencontra-lo. 


O garoto estava sentado em uma das cadeiras que o moreno jurava serem 'VIP's, com um copo na mão, enquanto, novamente, estava admirado com os movimentos de uma garota no pole dance, ela era realmente boa. 


Novamente o menino trajava de roupas brancas e delicadas, era como se ele fosse o único anjo dalí. Os pensamentos do homem voaram. Se ele tinha uma alma tão friamente pura, o que fazia num local tão poluído? Estava cheio de perguntas, mas, claramente não iria as fazer. 


— Olá, doce. — disse simplista, sentando-se ao lado do garotinho que se assistou um pouco, mas logo seus batimentos cardíacos desaceleraram ao perceber quem era alí falando contigo. 


— Oi, moço — sugou a bebida que estava dentro do copo amarelo pelo canudinho de plástico, logo encarando o outro — Não sabia que vinha hoje também, já vou como Yerim dança bem? — perguntou animado apontando para a garota que dava o melhor de si na dança. 


Jeongguk sorriu bobo por ver o sorrisinho formado nos lábios grossos do Park, logo passando as mais nos cabelos loiros e os tirando do rostinho angelical. 


— Ela é realmente muito boa. Não teria a coragem de fazer isso — confessou —, imagina cair dalí de cima? 


— Ah, mas isso é o de menos — o menor assegurou-o, chegando mais perto do moreno, para que não precisasse falar tão alto — O mais difícil é aprender a fazer os movimentos, mas isso eu já sei fazer. — ditou orgulhoso, sorrindo ao terminar de falar — Você poderia vir aqui as três da tarde de qualquer dia 'pra ver os ensaios se quiser, é bem legal. 


Jungkook conseguiu ver o brilho nos olhos do garoto, era possível de se perceber o quão ele amava a dança e apreciava aquela arte, poderia passar um dia todo falando sobre o que mais amava e como aprendeu a fazer todos os passos e a não cair na barra de metal. 


Oh sim, e Jeon ouviria tudinho gravando cada reaçao de Jimin em sua mente, sorrindo abobado vendo-o sorrir, o incentivaria ao máximo somente para vê-lo sorrir ainda mais. 


Jimin era realmente um anjo, um anjo com o sonho de ser stripper. 


Notas Finais


[🤡]
demorei? sim, mas o importante é sentar na pica no fim do dia 🙏🙏

não se esqueçam de deixar o coração e comentar bastante porque isso me motiva mUito pra continuar a escrever.

é isso, amo vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...