História Strange Love - Capítulo 6


Escrita por:

Visualizações 248
Palavras 4.598
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Cupido


Fanfic / Fanfiction Strange Love - Capítulo 6 - Cupido

No outro dia logo de manha o mago acordou e fez suas tarefas diárias e o bilionário que graças a ajuda de Stephen tinha conseguido ter uma ótima noite de sono acordou um pouco mais tarde, foi ate a cozinha encontrando o garoto conversando com a inteligência artificial que dava instruções de onde encontrava as coisas para seu café da manha

- Não ta colocando fogo na minha cozinha não né? – O bilionário disse e o garoto levou um pequeno susto e logo se virou

- Oi senhor Stark, bom dia, o senhor não tinha acordado e então eu segui as instruções que a Friday deu

- Ok

- Eu fiz umas torradas vai querer

- Tão com um cheirinho ate que bom, acho que vou querer uma sim – o bilionario disse aproveitando da oferta do garoto indo em direção a cafeteira

- Ok, você e o Doutor tão se acertando? – o garoto disse colocando mais duas fatias de pão na torradeira e o bilionario arregalou os olhos assustado pela hipótese do garoto ter visto o que não devia

- Como assim?

- Eu vi ele no seu quarto ontem, mas não foi de proposito é que eu passei por ele quando estava indo pro meu quarto e sua porta tava aberta e eu não consegui não ver então desculpa dês se já

- É... o que exatamente você viu? – o bilionario disse se virando pro garoto com receio pela pergunta

- Vocês dois conversando – o garoto disse e o bilionario soltou o ar preso com alivio - por que? – o garoto disse estranhando a pergunta tendo uma leve dedução que algo mais aconteceu

- Nada não – o bilionario disse soltando o ar olhando para os lados nervoso

- Humm... senhor Stark

- Não! – o bilionario disse na tentativa de fazer o garoto parar - Quieto

- Que tem um lance implícito tem – Peter disse e o bilionário ficou em silencio respirando fundo pra recuperar a paciência perdida que na verdade era devido o garoto perceber o que ele escondia

- Ok você venceu, sim tem um lance mas não tem como dar certo, então esquece essa historia

- Por que não tem como dar certo?

- Por que... por que não, é complicado – o bilionario disse pegando a xicara de café e começando a sair da cozinha e o garoto o seguiu

- Não, não é

- Você é novo de mais pra entender essas coisas, então não tenta bancar uma de Cupido

- Se for depender so de vocês dois nunca vai rolar nada

- Sua torrada ta queimando – o bilionário disse após parar na saída da cozinha vendo a pequena fumaça saindo da torradeira e o garoto arregalou os olhos e voltou para o outro lado tirando as torradas e o bilionário aproveitou pra ir para outro cômodo e fugir da conversa

Após algumas horas o Tony teve que ir ate sua empresa pra assinar os papéis de um acordo empresarial e não por vontade própria o jovem aranha também foi e ficou na recepção olhando cada parte da empresa que tinha uma ótima estrutura, em quanto o bilionário enfrentava o encontro após o termino definitivo com a Pepper, após uma curta apresentação todos os representantes assinaram e encerraram as coisas e após ficar sozinho com a ruiva na sala mesmo não querendo o bilionário teria que enfrentar a conversa com a Pepper.

- Oi – o bilionário disse tentando parecer animado

- Oi Tony – a ruiva disse igual

- Eu realmente não queria surgir com esse assunto mas la vai... nos estamos bem né?

- Claro, além de você esta me devendo mais de 1000 e-mails de cancelamento do casamento nos estamos bem

- Podia ter mandado a Friday fazer isso

- Eu mandei

- Ótimo

- Eu tenho que ir agora, deixamos a casualidade pra outro dia – a ruiva disse após sua assistente acenar a chamando na sala

- Ok – o bilionario disse e logo soltou um ar de alivio e saiu do prédio quase esquecendo o garoto que correu atrás dele

- Senhor Stark!

- Peter, sabia que estava esquecendo alguma coisa – o bilionario disse pra si mesmo e parou os passos se virando e esperando o garoto terminar a aproximação – Vamos? – o bilionário disse dando um sorriso tentando disfarçar que esqueceu

- Sim

No caminho de volta pra mansão passaram em um restaurante para pegar comida já que Tony não tinha habilidade nenhuma na cozinha e não faria o Peter que provavelmente nem sabia cozinhar também, após chegarem o bilionario que já estava suspirando de nervoso pelo garoto não ficar quieto um segundo, fechou a porta do carro em quanto o garoto continuava falando de Star Wals

- Pete será que você não consegue ficar quieto por apenas um minuto? – Tony disse já sem paviencia e o garoto removeu o sorriso abaixando os olhos e o bilionario ao ver que sua fala deixou o garoto triste respirou fundo a um sentimento de paternidade tomar conta dele – Ei to brincando...

- Eu sei que eu falo de mais desculpa

- Não tem do que se desculpar eu também falo de mais... quer saber a gente podia fazer uma copia altamente funcional do R2D2 o que acha? – Tony disse tentando reverter

- Como assim?

- A gente construindo uma replica do r2d2

- Serio?

- É vai ser legal, nos dois construindo um robô comendo hambúrgueres, tipo pai e filho – o bilionario disse se aproximando e dando um pequeno soquinho no ombro do garoto e o abraçando de lado em seguida

- Serio mesmo, isso vai ser incrível senhor Stark – o garoto disse abrindo um sorriso se controlando pra não sair pulando

- Vai mesmo – Tony disse respirando fundo levemente arrependido mas no fundo sabia que gostava de passar um tempo com o garoto

Após um almoço e quase metade da tarde conversando e projetando um modelo em 3d para a fabricação das peças no meio de risadas e assuntos sérios, que eram filmados pelo Peter com seu celular, o mais novo aproveitou o momento para por em pratica o grande plano que tinha criado nessa mesma manha após a tentativa de conversa com o bilionário, então sugeriu que ele mesmo pudesse comprar o jantar e o bilionário sem o mínimo interesse pela proposta disse que sim e nem se incomodou em achar aquilo estranho, logo o jovem saiu da vista do bilionário indo para o quarto e ali contatando a inteligência artificial

- Friday?

“O que deseja?”

- Pode parecer meio estranho mas você consegue o numero do mago Doutor... é Stephen – Peter disse não sabendo como explicar de uma forma que a inteligência entendesse

“Stephen Strange?”

- Sim

“Já foi transferido para seu dispositivo”

- Muito obrigado e tem como você não comentar com o senhor Stark?

“Posso privar do relatório diário, mas se ele perguntar especificamente sou programada pra responder”

- Ok obrigado – o garoto disse começando a escrever uma mensagem “Oi doutor aqui é o Peter Parker o Homem aranha” “eu não sei se o senhor sabe mas eu to passando uns dias aqui com o senhor Stark e a gente vai fazer um pequeno jantar e a gente queria saber se o senhor pode vim” “as 8" “Ah e se você não for o Mago desculpa o engano”, o jovem mandou esperando ansiosamente uma resposta positiva pra colocar a segunda parte do plano em ação

Nas ruas de Manhattan que o mago se encontrava dando uma curta caminhada em direção a uma lanchonete, o mesmo ouviu o alerta de mensagem e logo viu parando de andar estranhando ao ler o nome do garoto e ainda mais o convite ter sido enviado por ele mas levou em conta que possivelmente o Stark estivesse meio constrangido ou algo do tipo e logo resolveu adiar seus planos de treinamento e aceitar o convite com algumas perguntas que logo foram esclarecidas pelo jovem que respondeu imediatamente. O mago então depois de um tempo voltou para o Sancton para preparar um feitiço de alerta e proteção já que ainda não tinha deixado os magos iniciantes sozinhos sem o acompanhamento de um mestre e quando já estava chegando perto do horário começou a se preparar tentando não pensar muito sobre a vontade de ter algo mais com o Tony mas falhava a cada tentativa

Na mansão o garoto que arrumava a mesa deixando um ambiente um pouco mais romântico aproveitando que o bilionario ia demorar para descer por esta tomando banho finalizava o plano contando com a ajuda do Happy que iria está esperando o jovem para levar na sede dos vingadores para uma série de treinos com o capitão que liderava a área e pretendia passar a noite lá já que não queria atrapalhar caso o que planejava desse certo.

Quando deu o horário Peter que já tinha colocado a comida encomendada na mesa estava na grande sala de bebidas com a ajuda da inteligência artificial que escolheu a melhor opção pra ele. Logo foi para a sala e logo companhia tocou e ele correu para atender em quanto mandava uma mensagem para o Happy vim buscar ele

- Oi – o garoto disse sorrindo animado ao ver o mago

- Oi

- Entra – o garoto disse totalmente nervoso dando passagem para o mago que começou a achar aquilo bem estranho – o senhor Stark já vai descer

- Ok, e como você esta? – o mago disse iniciando a cortesia social

- To bem e o senhor?

- Tam.. – o mago ia dizer após ser interrompido pela voz alta do Tony que descia as escadas

- Pete quem... – O Tony dizia e ao ver o mago parou imediatamente surpreso pela visita inesperada – Strange?

- Tony? – o mago retribuiu da mesma forma como um sarcasmo já que ate onde ele sabia não seria uma surpresa

- Ah eu chamei o senhor doutor pra jantar com a gente – o mais novo disse sem controlar um sorriso em quanto andava de costas ate a mesa que ficava após uma separação de vidro

- Um momento, eu to confuso aqui o Tony não sabia que você me convidou?

- Eu não sabia nem que teria um jantar – Tony disse terminando os degraus e tendo a visão do do mais novo acendendo as duas velas em cima da mesa tentando processar aquilo de uma forma natural sem pânico

- E que eu quis sabe fazer um jantar pra colocar o papo em dia

- Pete o que você tá... o que é isso? – o bilionário disse já entendendo mas ainda não acreditando no que o garoto tinha feito, e o mago que tambem processava aquilo ficou em silencio

- Apenas um jantar... – o garoto disse sendo interrompido por uma mensagem que era do Happy que havia chegado e o garoto agradeceu pela rapidez- Poxa... acabei de lembrar que eu tenho um treino na sede dos vingadores – o garoto voltou a falar com uma péssima atuação

- Que treino? – o bilionario perguntou inquieto

“Chefe Peter tem um treino marcado com alguns vingadores liderado pelo capitão”

- Agora que você avisa?

- Tenho que ir o Happy não gosta de esperar

- O que? – o bilionário murmurou imóvel

- A comida ta na mesa e tem uma sobremesa na geladeira, tenham um bom jantar bom jantar – o garoto disse pegando a mochila no chão que deixou separada e correndo para a porta o mais rápido possível e antes que mais alguém pudesse falar ele já havia a fechado com ajuda da teia

- O garoto armou pra gente – o mago disse encarando a porta ainda boquiaberto começando a rir

- Filho da mãe... – o bilionario disse começando a rir assim como o mago

- Ele foi bem esperto, não posso negar

- É – o bilionario disse erguendo a cabeça olhando para o mago que estava completamente irresistível com a barba bem feita e penteado bem arrumado com uma camisa azul que realçada seus olhos claros que ao se erguerem naquele momento para os olhos castanhos do bilionario, deixou uma visão perfeita o azul esverdeado sendo tomado pelas pupilas que dilatavam deixando Tony com um desejo ainda maior assim como no mago que estava completamente focado em cada detalhe do rosto do mais baixo que estava com uma camisa branca e cabelos húmidos meio bagunçados controlando para não se aproximar e fazer o que seus instintos imploravam – o cheirinho ta ótimo pelo menos – Tony disse já com um nível de constrangimento alto

- Esta mesmo – o mago concordou dando um passo a frente já que estavam bem distantes

-Quer jantar? – o bilionário perguntou abrindo um pequeno sorriso

- Já estou aqui mesmo né

- É – o bilionário disse tentando uma aproximação maior mas recuou- Dá pra acreditar que o pirralho colocou ate vela? – o bilionário disse assim que retirou a atenção do Stephen e virou para a mesa dando passos em direção

- Realmente, mas a escolha não foi a das melhores a vela longa no centro impede a visão da outra pessoa – o mago disse reparando nos detalhes da mesa

- Vejo que tem experiência em jantares

- É... já tive alguns encontros

- Faz o tipo romântico é?

- Quando não se é um Playboy tem que fazer um certo esforço pra conseguir alguém – O mago disse já que por tras de todos os encontros preparados somente umas exceções eram sem segundas intenções

- Deve ser tão difícil não ser eu – o bilionário disse com um pouco de ironia

- Mas não era tão difícil afinal olha só pra mim sou praticamente irresistível

- É – o bilionario concordou sem pensar direito e não conteve uma olhada de cabeça aos pés discreta e o mago deu um sorriso ao perceber o gesto que te deixou com um grande impulso de parar o ultimo passo antes de chegar na mesa e correr ate Tony que também tinha uma vontade enorme de de ir ate o mago e dar o gosto da Vitória para o Peter

- Tony – Stephen disse para o começo de uma formulação de pergunta

- Sim – Tony respondeu apenas por extinto já que estava com a mente longe perdido no olhar penetrante de Stephen discutindo com si mesmo se fazia alguma coisa ou se controlava

- Esquece... – O mago disse abaixando a cabeça- era apenas um... – antes que o mago pudesse terminar a frase em quanto erguia a cabeça foi surpreendido pela aproximação rápida de Tony que passou suas duas mãos por trás do pescoço do mais alto o puxando para mais perto e o mago imediatamente retribuiu o gesto arrumando seu corpo mais próximo do bilionário em quanto se beijavam perdidamente ate uma rápida separação das duas cabeças guiada pelo bilionário que ainda segurava a gola da camisa do mago não permitindo que se afastasse mais

- Isso é muito estranho? – o moreno perguntou ofegante

- Um pouco – o mago disse assim como ele abrindo um breve sorriso curto em quanto se olhavam profundamente nos olhos – Mas você se importa?

- Nem um pouco – o moreno disse movendo o olhar para a boca avermelhada do mago, que no mesmo momento voltou a se aproximar juntando para um beijo ainda mais intenso que durou por um tempo e antes que ficasse um pouco mais intenso diminuíram o ritmo se separando – Ok isso não vai parar de acontecer né – Tony disse ainda ofegante mordendo o lábio inferior para controlar seu desejo de algo mais

- E não vai...

- E o que a gente faz?

- Não sei... só deixa rolando ou...

- Deixar rolar é uma boa opção – O bilionário disse dando um sorriso de lado

- É mesmo – o mago disse retribuindo o sorriso e ficaram se encarando por um tempo ainda tentando entender o que aquilo podia significar

- A comida vai esfriar – o bilionário disse tentando focar em outra coisa já que encarar o mago estava ficando bem esquisito

- Uh verdade- o mago disse virando o rosto e assim como o bilionário voltou a dar o ultimo passo para a mesa e antes de sentarem as luzes ficaram levemente mais baixas pela programação feita pelo Peter

- Não vou nem comentar – o bilionário disse de certo modo se divertindo com tudo aquilo

Ficaram criando assuntos durante o jantar inteiro e mesmo parecendo impossível para ambos, cada vez estavam mais apaixonados um pelo outro. Após um bom tempo, estavam apenas conversando e terminando a garrafa de vinho contando fatos engraçados, um típico primeiro encontro mesmo nenhum dos dois assumindo isso

- Você deve ter sofrido tanto bullying

- Oh sim, ser uma criança estranha com um sobrenome estranho era um ótimo motivo de piada

- Mas realmente tem que assumir que o sobrenome caiu como uma luva

- Não posso negar – o mago disse rindo assim como o bilionário

- Mas mudando um pouco o foco, vai querer ver o que o Peter deixou na geladeira?

- Adoraria – o mago disse bebendo o ultimo gole de vinho da taça e se levantando assim como o bilionário – o garoto vai ficar por quanto tempo?

- ﹰMais uns Três dias talvez mais, depende da tia dele ou da aprovação de que meu psicológico esta estável

- Se for assim ele provavelmente vai morar aqui para sempre – o mago disse já que Tony Stark era realmente um homem inexplicável

- Nem me fale, mas ate que e bom ter aqui tirando o fato dele tagarelar de mais e armar encontros escondido... mas se não fosse por ele provavelmente a gente nem estaria se vendo agora

- Ele fez um bom trabalho – O mago disse após a ultima frase

- Tenho que concordar... – o bilionário disse com olhar de flerte deixando o doutor louco de desejos após ver aqueles olhos castanhos o olhando como se fosse um falcão prestes a pegar a presa, feito propositalmente pelo moreno que estava louco para pegar aquele homem de formas mais intensas e o mago apenas se aproximou do bilionário encostado no balcão, aproximando os rostos movendo sua boca rente a do bilionário sem encostar como uma forma de brincadeira que levava Tony as loucuras

- Tony... você me enlouquece – O mago disse em um sussurro fazendo o bilionario dar um sorriso de lado

- Eu sei – assim que disse tomou a frente juntando os dois lábios intensivamente em quanto passava as mãos que subiam pelo peitoral quase definido do Stephen que trazia Tony para mais perto o puxando pela camisa, intensificando o beijo que cada vez ficava mais intenso, Tony então tomou o controle da situação agarrando a camisa justa de Stephen o puxando em quanto começava a dar passos guiando o maior rapidamente ate o sofá e após chegar empurrou o mago, que não esperava por aquilo, no sofa o deixando quase deitado e subiu em cima dele

- Huh você é bom, Anthony– Stephen disse ofegante já excitado com uma voz provocativa que deixou a excitação do bilionário ainda mais intensa

- Me diga algo que eu não sei, Stephen - o bilionário disse no mesmo tom provocativo dando um sorriso voltando a unir os lábios em quanto desabotoava a camisa do mago que passava suas mãos por baixo da camisa do bilionário sentindo cada parte do seu corpo e em seguida desabotoou a mesma igualmente, em quanto o bilionário soltava beijos no pescoço do mago o fazendo soltar vários suspiros que deixava o volume cada vez mais aparente na calça do bilionário e Stephen que não estava diferente se sentou levando o moreno junto dando beijos do pescoço ao peitoral do Tony que estava enlouquecido pelo toque do mago

- Deixar rolar? – o mago perguntou no ouvido do bilionario já que estava perdendo o controle da excitação

- Ótima ideia – o bilionário respondeu em um sussurro voltando a beijar o pescoço rente a orelha do mago - Não quer ir pro quarto? – o moreno perguntou em quanto dava uma leve mordida na orelha do Stephen que não aguentou segurar um suspiro então o mesmo com o mínimo foco conjugou seu anel e rapidamente abriu um portal se erguendo em quanto dava pequenos beijos no o pescoço do moreno que no meio de tanto prazer nem notou o portal já aberto e logo o mago ergueu o levantando e logo o empurrou para trás o fazendo cair deitado na cama, deixando o bilionário confuso mas excitado pela revanche de dominação– Vejo que aprendeu meu truque – Tony disse mordendo os lábios para não soltar um gemido após ver o mago saindo do portal com a camisa aberta deixando exposto seu peitoral definido de uma forma incrivelmente sexi

- Costumo aprender rápido... – ele disse subindo na cama ficando em cima do moreno deitado por completo – Mas você ainda não viu meus truques Anthony – voltou a dizer em um sussurro no ouvido do bilionário em quanto passava seu nariz acariciando a área aproveitando o cheiro másculo do seu perfume deixando o bilionário já quase sem controle que então passou as mãos do peitoral aos ombros do Stephen o empurrando para o lado e conseguir novamente ficar por cima

- Me mostre então – o moreno disse em um sussurro perto da orelha do mago descendo a cabeça dando beijos do pescoço ate o peitoral em quanto começava a desabotoar a calça do maior sentindo o volume formado ali em quanto o mago sem conseguir controlar soltou um gemido baixo pelo toque do moreno deixando Tony com o volume ainda mais pulsante em quanto dava uma acariciada por baixo da calça apreciando os suspiros de prazer do mago que logo se ergueu e virou o moreno para o lado voltando a ficar por cima e começou a dar beijos intensos que desciam cada vez mais passando pelo lado do seu armazenador de nano partículas dando um rápido beijo no mamilo direito que fez o bilionário gemer de prazer mas no momento o mago tinha outro foco, continuou descendo os beijos fazendo o bilionário se contorcer levemente após chegar na região do umbigo que era um ponto fraco em quanto suas mãos desabotoavam as calças do bilionário acariciando ao máximo o volume pulsante ali e sem demorar muito puxou as calças do bilionário que terminou de retirar com as pernas em quanto o mago voltou a beijar a boca do moreno o surpreendendo quando suas mãos entraram por baixo de sua cueca as movendo lentamente fazendo Tony parar o beijo sem conter um gemido, ao perceber Stephen retirou as mãos abaixando um pouco a box preta do bilionário deixando o membro ereto do mesmo para fora o fazendo suspirar de alivio que logo se tornou em gemidos após a masturbação lenta do mago em quanto o mesmo beijava o pescoço do bilionário que mesmo tonto de prazer abaixou as mãos que apertavam as costas de Stephen por baixo da blusa aberta a colocando por dentro da box pressionando o membro pulsante do mago fazendo o mesmo soltar um gemido rouco parando os beijos que mesmo impossível deixou Stark ainda mais excitado após o leve contorcer do mago o bilionario então retirou as mãos as subindo novamente empurrando Stephen para o lado e rapidamente retirando sua calça junto com a cueca fazendo o mesmo suspirar de alivio e o bilionario aproveitou a posição para iniciar uma masturbação em quanto beijava a glande apreciando os gemidos de Stephen que agarrou os lençóis de olhos fechados aproveitando cada toque, logo o biliobario sem parar a masturbação foi subindo os beijos tentando passar por cada área do corpo do mago que passava suas mãos pelo corpo do bilionario a medida que subia estudando cada parte em quanto se entontava de prazer e Tony acelerou os movimentos com a mão em quanto via o mago completamente ofegante pressionando a cabeça pra tras e mordiscando a região do pescoço do maior parando em um grande suspiro ao sentir o mago abaixar rapidamente as mãos o masturbando, conteu seu prazer para virar o moreno novamente para o lado ficando por apreciando o sorriso do bilionario pela pequena disputa de liderança

- É nos somos bons – o bilionario disse vendo o sorriso do mago que o olhava mordendo o lábio

- Nem me fale – o mago disse e sem conter beijou o sorriso que logo se fechou ao retibuir o toque que o deixava absurdamente excitado o mago então movimentou suas mãos no penis do menor aproveitando cada suspiro que saia com um baixo gemido rouco que o fazia perder o controle então se moveu descendo aproveitando o momento para beijar o mamilo do Stark em quanto fazia movimentos lentos para uma pequena tortura com o menor que se debruçava

- Oh Stephen não me torture – o bilionario diase quase sem conseguir dizer a frase em meio de suspiros

- Por que? Você não gosta? – Stephen disse com a voz rouca subindo no ouvido de Tony que começou a chegar ao auge apenas ao ouvir a voz proposital que deixava o moreno completamente fora de si sem forças para responder, então o mago ao perceber a respiração ainda mais ofegante, deu uma pequena acelerada nos movimentos fazendo o moreno apertar as costas do Stephen arranhando de leve em quanto o mesmo acelerava cada vez mais os movimentos a cada gemido que Tony soltava e logo o bilionario contraiu mais ainda o corpo prendendo o ar – S.. Ste... – o moreno tentava dizer em quanto guardava o ar que logo foi solto de uma vez soltando um gemido alto em quanto o mago chagava perto do auge apenas em ver o orgasmo do moreno sentindo o gozo quente espirrado em sua barriga diminuindo a velocidade da masturbação novamente admirando o bilionário recuperando o folego levemente suado, o moreno então abriu os olhos e ao ver o mago o olhando deu um sorriso de lado e empurrou para o lado já que ainda não tinha acabado a tarefa

- Sua vez – o bilionario disse por cima agora e deu rápidos beijos do pescoço descendo com a língua ate o mamilo do mago levando sua mão ate o pênis pulsante do companheiro fazendo movimentos lentos e precisos que fazia o mago se contorcer com prazer e logo após a aceleração dos movimentos do bilionario em quanto beijava cada parte do peitoral ao pescoço do mago o mesmo começou a ficar mais ofegante contorcendo o quadril fazendo o bilionário morder os labios ao ver o orgasmo chegando no mago que tentava controlar os gemidos soltando apenas um ar rouco que foi solto com força em quanto jogava sua cabeça para trás e o bilionario dava um leve suspiro com o gozo do mago jorrando em seu corpo e diminuindo a masturbação se erguendo observando Stephen se recuperar e sem se conter aproximou seu rosto dando uma leve mordida no labio inferior do mago que intensificou em quanto moviam sicronizadamente em quanto respiravam profundamente recuperando o folego - A gente tem que fazer isso mais vezes – Tony disse após um afastamento pequeno sentindo o mago sorrir abrindo os olhos e o observando

- Concordo – O mago disse quase em um suspiro e o bilionario deu um sorriso mordiscando o labio e saiu de cima dele se jogando para o lado levemente exausto se recuperando do orgasmo

- Ta afim de um banho? – Tony disse depois de um pequeno tempo, ja que estava levemente suado

- Com certeza – o mago disse na mesma e logo em sorrisos maliciosos voltaram a se beijarem levantando da cama em direção ao banheiro onde rendeu variados prazeres por um longo tempo ate ambos saírem com exaustão se deitando na grande cama do bilionário onde acabaram pegando no sono


Notas Finais


Ent o proximo capitulo n sei quando sai mas vai sair, to so meio sem tempo mas n vou abandonar a fic
Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...