História Stranger Purpose - Capítulo 60


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Karol Sevilla, Ruggero Pasquarelli, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Karol Sevilla, Ruggero Pasquarelli, Selena Gomez
Tags Jelena, Lutteo
Visualizações 90
Palavras 758
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 60 - Faça algo e faça já


Fanfic / Fanfiction Stranger Purpose - Capítulo 60 - Faça algo e faça já

Autora

- Qual é o seu problema em, você mal chegou e já tá causando problema.- Justin coloca a cabeça dentro da sacola novamente.

- Eu não fiz nada, eu estava de boa até a amiguinha da sua namorada vim caindo pra cima. - Luna diz dando de ombro.

- Isso não é motivo de você sair arrancando cabeças, porra você só causa problema.- Justin senta no sofá passando a mão no rosto.

- Já que acabou com o sermão de irmão, vou pro quarto tomar um banho.- Luna levanta, mais é puxada pelo irmão voltando a se senta.

- Você não vai a lugar nenhum.- Os olhos de Justin estavam vermelho, o loiro se controlava pra não acaba com a irmã ali. - Eu não quero que você encoste na prima da Selena, ouviu.- Justin disse sério.

- Ouvi, mais não vou acatar essa ordem se ela que começou que aguante as conseguia - Luna disse dando de ombro.

Justin levanta e pega a irmã e joga nos ombros a levando pra cima. Justin joga Luna em um dos quartos desocupado e entra e fecha a porta. Os olhos dos irmãos eram como fogo, se olhasse muito era bem capaz de se queimar.

- Você está muito folgada não acha.- Justin se aproximar da irmã.

- Não, não acho.- Luna disse relaxa. - Porque você não cuida da sua vida, porra. - Luna disse.

Justin pega Luna pelos cabelos e puxa a fazendo se aproximar dele. Um encarava o outro.

- Me fala onde está os corpos dos mortos, vou mandar os meninos sumir com eles.- Justin disse depois de uns minutos de silêncio

- Em uma loja a duas ruas abaixo dessa. - Luna disse.

Justin solta os cabelos da irmã, e vira de costas.

- Você tá mostrando pra eles quem somos de verdade, e melhor segurar a onda. - Justin disse de costa.

- Eles divia saber realmente quem somos, aí eles ficavam na deles. - Luna disse calma.

- As coisas não são assim.- Justin disse.

- Ae, então é como.- Luna Perguntou mais Justin não responda.- Viu nem você sabe.- Luna disse. - Você estão mais cruel que eu, não sei porque está apontando o dedo pra mim. - Luna fala.

- Eu tenho que ter calma e você sabe.- Justin disse. - Eu posso machucar muito.- Justin se vira.

- Eu sei, eu te conheço nós somos iguais, só que você consegue se controlar, eu não.- Luna disse.

- Foca em uma coisa, a coisa mais importante pra você, é isso que eu faço eu penso na Selena e no Jaxon, assim que eu fico calma ou pelo menos tento. - Justin aconselhou a irmã.

Justin sai do quarto de hóspedes deixando a irmã sozinha e refletir mais não ajudou muito. Luna logo pensa em Matteo, o porquê dele te a defendido? Será que ele ainda gosta dela? E mais uma série de perguntas se formaram na cabeça da Canadense. Luna sai do quarto e vai pro quarto que tinha deixado suas coisas, ao abrir a porta ver Matteo sentando na cama com Ashley com a cabeça em seu colo, ela chorava ainda assustada. Luna simplesmente negou com a cabeça e entrou no quarto passando reto indo pro banheiro e trancando a porta.

Luna olha seu reflexo no espelho, o cabelo desarrumado, com respingos de sangue seco pelo corpo, as roupas manchadas de sangue, Luna abaixa a cabeça e uma lágrima escorreu pelo rosto. "Você não é assim Luna, faça algo e faça já." Luna pensou.

Luna levanta a cabeça com superioridade, os olhos que divia estar verdes estava pretos, um sorriso assustador aparece. Com um soco certeiro faz o espelho quebrar fazendo alguns cacos machucar sua mão. Luna sai do banheiro com a mão pingando sangue e vai até uma toalha que estava na cama, Luna liga o Bluetooth só celular e o Bluetooth do som e vai até o banheiro, Luna coloca pra tocar Ghost - years zero.

É claro que Matteo e Ashley ficaram assustados pela música, que falava sobre o Satã.

Hail Satan, Archangelo

Hail Satan, Welcome Year Zero
Hail Satan, Archangelo
Hail Satan, Welcome Year Zero (Salve Satanás, Arcanjo
Salve Satanás, bem-vindo ano zero
Salve Satanás, Arcanjo
Salve Satanás, bem-vindo ano zero)

Luna canta o refrão.

Ashley achou melhor sair do quarto, pois não aguentou ficar escultando aquela música. Luna sai do banheiro de toalha e vai até a mala onde pega um conjunto da Calvin Klein ( capa). 

- Podemos conversar.- Matteo disse ao ver a Namorada sair vestida do banheiro.

- Sobre o que.- Luna joga a toalha em uma poltrona de couro que tinha ali.

- Sobre tudo, sobre nois.- Matteo passa a mão nos cabelos nervoso





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...