História Stranger Things - Estrada da Vida - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Tags Drama, Mileven, Romance, Sexo, Stranger Things
Visualizações 416
Palavras 1.220
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Mistério, Misticismo, Sci-Fi, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Os Fantasmas se Divertem


Mike chegou à casa dos Byers teleportando, ficou de mãos dadas com Eleven e de repente estavam em frente do cinema para assistir Os Fantasmas se Divertem. Eles amaram o filme e adoraram a Lydia Deetz, uma personagem do filme, interpretada por Winona Ryder.

Will estranhou quando viu o quarto da irmã vazio e logo avisou a sua mãe. Que ficou maluca atrás dela e ela estava olhando o quarto de Eleven quando, de repente, viu os dois no quarto.

- Como vocês fizeram isso? – Joyce pergunta

- o anel, consegue teleportar mais de uma pessoa, se eu quiser. – Mike responde

- Então, agora, minha filha some e tem uma droga de anel que lhe permite estar em todos os lugares. – Joyce fala irritada – Eleven e você estão concentrando muito poder.

- Sim, estamos. Nós encontramos um livro que explica o mundo invertido, esse anel e um cajado que aparenta estar na cidade – Eleven diz e Joyce fica assustada com a atitude da filha. – Nós vamos à procura desse cajado.

- Vocês não vão fazer isso! – Joyce diz e Mike faz um novo truque, faz Joyce dormir.

Will e Hopper já estavam dormindo, então, não tinha o que fazer ali. Mike fez o que Eleven fez para procurar Will e sua irmã e ele descobriu que o cajado está na antiga casa deles. Eles teleportaram para lá e sentiram algo no quarto de Will, pegaram o cajado.

Naquele instante, o poder não era mais seu maior desejo, era Eleven ele pegou o cajado e eles teleportaram para a casa dela. Joyce já tinha acordado e estava tentando relacionar as coisas, quando viu os dois com o cajado na mão, ela se assustou.

- Mike, o que aconteceu? – Joyce pergunta – Eu te vi crescer e sei que você não se renderia fácil ao poder, só por uma coisa você se renderia, por Eleven. Vocês já são tão poderosos, tentem se concentrar no poder do amor. – Mike e Eleven dão um beijo.

- Vamos, sim. - Eleven diz amorosamente – Mike que tal nós aproveitarmos a outra face do amor? – Ela sussurra no ouvido de Mike

- Claro – Mike sussurra no ouvido de Eleven

Eles teleportaram para o quarto de Mike. Eleven viu a porta aberta e a trancou e, quando ela virou sua cabeça, lá estava Mike pelado, ela foi, sem pensar, para cima de Mike, tirando toda a sua roupa e, após, massageando a parte íntima dele. Ele, após um tempo naquela posição tirou a mão de Eleven de seu membro e ele inverteu as posições, após, ele começou a beijar o pescoço e foi descendo até a parte íntima dela, ela gemeu alto e ele tirou sua boca de lá e colocou a mão, enfiando, El gemeu alto e ela falou:

- Pode ir adiante – Ela se referia à penetração.

- Tem certeza? – Mike pergunta

- Sim, tenho. – Eleven diz

Mike coloca a camisinha e faz o que a namorada pediu, eles se ajeitam para fazer e ele coloca seu membro dentro de El e ela geme alto, na hora. Eleven surpreende Mike dizendo:

- Mais rápido! – Ela diz e na hora o namorado acelera no ato, ela gosta, tanto que geme bem alto.

Eles aproveitam, mas Mike sabe que está chegando o fim, ele vai diminuindo a velocidade até que ele para e Mike se livrou da caminha dando um nó e jogando no lixo e eles colocaram a roupa e foram para o porão, porque Lucas os avisou pelo Walkie-talkie, que teria uma reunião lá.

Mike abriu a porta com o anel e lá estava: Will, Max, Lucas e Dustin.

- Você deu sorte que sua mãe foi embora, porque dava para ouvir daqui a diversão de vocês – Lucas disse.

- Eleven, mamãe disse para você para se concentrar no poder do amor, não do sexo – Will disse e, a esse ponto, Mike e Eleven estavam corados.

- Will, você estava em cima de Jasmine no seu quarto, imagino eu que ela foi barulhenta. – Eleven diz e Will fica corado – e o pior foi pego no ato, que vergonhoso... – Eleven diz, mas é interrompida.

- Eleven e Mike, soube que vocês estão juntos. – Nancy fala e todos ficam surpresos com a chegada dela e tinha mais uma pessoa, era Jonathan.

- Eles estão juntos de várias formas. – Will diz

- Como assim? – Nancy pergunta

- Eles estão transando! – Will explicou e na hora Jonathan segurou Mike

- Como você pôde? – Jonathan pergunta e faz menção a bater em Mike, mas Nancy o interrompe.

- JONATHAN, eles são adolescentes, como nós fomos, deixa aproveitarem e não faz isso com Mike e Eleven, eles se sentem bem perto um do outro, estão namorando – Nancy grita e Jonathan solta Mike.

- Começou quando? – Jonathan pergunta já um pouco calmo.

- O que? – Eleven pergunta

- Quando vocês perderam a virgindade? Onde? – Jonathan pergunta para Mike e El

- Quinta-feira, no meu quarto. – Ela responde corada

- Você fez isso? Lá em casa? – Jonathan pergunta

- Fiz e não me arrependo e quero mai... – Eleven responde, mas é interrompida por um som que ecoava pelo porão, um tapa, Jonathan deu um tapa em El.

- Onde transamos pela segunda vez? – Nancy pergunta para Jonathan

- No meu quarto. – Jonathan responde

- Você queria mais? – Nancy pergunta

- Claro que sim. – Jonathan responde

- Quantos anos nós tínhamos? – Nancy pergunta

- 17 anos. – Jonathan responde

- Eles também têm essa idade e querem aproveitar, você não queria? Nós não fizemos? – Nancy diz

- Na hora que ela aparecer grávida, não reclama! – Jonathan sai batendo a porta.

- Tudo que aconteceu aqui fica aqui. – Nancy diz e, depois, corre atrás de Jonathan.

- Qual era o assunto da reunião? – Mike pergunta desnorteado.

- Era sobre o que fazer com o que achei. – Dustin responde

- Você achou o quê? – Eleven pergunta

- Uma maleta com um milhão – Dustin tira de seu colo a maleta, abre e todos ficam deslumbrando, eram um milhão em notas de 100 dólares. – está escrito “para Dustin”, então é meu!

- Sim, mas se forem falsas.

- Não já comprei uma coisa e o vendedor não reclamou de nada! – Dustin

- Dustin, ninguém vai te dar um milhão a toa, nós testamos um poder novo de criar cópias reais – Mike diz e todos ficaram surpresos

- Quer dizer, que, agora, vocês podem criar qualquer objeto? – Dustin pergunta

- Sim, podemos. – Eleven responde

Eles conversaram um pouco até que Eleven ficou cansada e Mike foi falar com Will:

- Will, sua irmã está com sono, ela pode dormir aqui? – Mike pergunta

- Sim, mas com uma condição, parem de falar na frente de todos sobre eu e Jasmine e eu, também, paro de falar de você e El – Will fala.

- Fechado – Will e Mike apertam as suas mãos

Todos foram embora, aos poucos e Mike carregara Eleven, já adormecida no colo e ele a colocara em sua cama. Eles dormiram e acordaram com a mãe de Mike:

- Mike e Eleven acordem para o café da manhã! – A mulher grita histericamente.

Mike abriu os olhos e via a cara de Eleven, linda, como ele a enxergava. Ele vestiu uma roupa normal no banheiro e voltou e Eleven se vestiu no banheiro e os dois foram à mesa do café e...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...