História Stranger Things 3 - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Chefe Jim Hopper, Dr. Martin Brenner, Dustin Henderson, Eleven (Onze), Joyce Byers, Karen Wheeler, Lucas Sinclair, Mike Wheeler, Nancy Wheeler, Personagens Originais, Steve Harrington, Will Byers
Tags Revelaçoes, Stranger Things, Thirteen, Twelve
Visualizações 44
Palavras 592
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Clima tenso nesse episódio.
Quem torce pro Mike vai ter que torcer pra outra pessoa tbm.

Capítulo 6 - Chapter 6 - Upside Down


Fanfic / Fanfiction Stranger Things 3 - Capítulo 6 - Chapter 6 - Upside Down

Povs Will

Eu não acreditava que depois de resgatar Lucas queriam ainda ir ao laboratório fechar o portal.

- Você falou que elas tem medo de fogo não? Calor, quero dizer. - falou Lexa 

- Sim. - respondi.

- Não é mais fácil eu queimar o portal? - falou

- Faça uma queimada na floresta! - Dustin deu a ideia 

- Eu não posso. Eu posso morrer. Eu estou não só conectada com o fogo, como com a terra, o que implica vegetação, solo, etc. Se eu queimar, significa praticamente morte instantânea, pois eu vou estar desvinculando parte de meu poder.

- Eu parei de entender na parte morrer. - Jane, não a El, falou, 014. Lexa se virou e encarou ela. 

- Enfim, como a gente vai fechar?

- Eu posso. - Eleven falou.

- Olha, eu sei que você até chegou a levitar, mas aqui nos temos mais de 1 pessoa com telecinese, e pelo que a Five falou, é muito maior do que o que você abriu. - Peter falou. Eleven suspirou, é verdade, Five o descreveu como se fosse algo impossível. Se tiveram que usar a força mental inteira de Three para abrir, o levando a morte, acredito que não tem nada a ver com o antigo portal.

- Está nevando. - apontou Clarke.

- Droga! - falou Lexa. - Todos nós vamos lá, sem exceções. 

Five abriu o portal e entrou. Todos nós entramos.

Povs Jane (014)

A única coisa que vem em minha mente é: Hawkins está fudida se não fecharmos este portal. O laboratório já tem que ser demolido, afinal, o portal cresceu. Mais do que poderia, quem diria... aqui do lado de fora já se vê aquela nevezinha do "mundo invertido" como os amigos de Eleven falam. 

- Clarke? - me virei ao olhar Twelve segurando os ombros dela. - Você está matando os monstros?

Povs Thirteen

Falei aqui já que sabia que ela me ouviria na vida real. Eu não consigo ouvir ela.

- Eles são muitos Lexa.

Povs Twelve

- Eu não acho que consigo. - todos estavam virados para nós. - Eu vou morrer aqui.

- Clarke? Você está me escutando? Você não vai morrer aí!

- Eu tenho que ir! - ela começou  a sair correndo. Eu fui atrás dela, seguida por Five e Eleven. O que fez todos a seguirem. De repente Ela tropeça e cai. Eu pego ela no meu colo.Um portal começa a se criar embaixo dela e ela cai. 

- NÃO! - eu pulo antes que ele se feche.

Povs FIVE

Ótimo. Ótimo. Nossa vida começa a ser normal e duas de nossas irmãs estão no "mundo invertido".

- Onde está Mike?- perguntou Eleven.

- Deve ter ido pra casa. Ele disse que ia tentar uma maneira de ajudar elas. - Lucas falou.

- Então deve ter ido até o xerife. - concluiu Dustin.

Povs Mike

Este lugar é horrível. Mas por que eu pulei nesse portal sem esperar algo né? É altamente radioativo e vim sem proteção. Batam Palmas para Michael Wheeler. Vi a famosa tempestade que Will descreveu, e comecei a procurar pelas garotas. Afinal, elas devem estar por aqui. Trombei com uma delas, ao ficar pensando no caminho pra floresta.

- Aí!

- O que você está fazendo aqui Mike? - falou Lexa, com Clarke em seus braços, debilitada. 

-E aí?

- Não conseguimos matar ninguém mesmo. Clarke conseguiria, mas ela está debilitada, e aqui é um lugar frio mas sem chuva, ou seja, sem água e sem vento. Também não tem como fazer fogo e... não há nada de vegetação ou solo para eu mexer. Parece que tudo é pedra por uma razão. 

- Nós temos que voltar. - conclui



Notas Finais


Capítulo bem curtinho por uma razão


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...