História Stranger Things 4: New life,same problems - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Billy Hargrove, Bob Newby, Chefe Jim Hopper, Dr. Martin Brenner, Dustin Henderson, Eleven (Onze), Jonathan Byers, Joyce Byers, Kali "Eight" (Oito), Karen Wheeler, Lucas Sinclair, Maxine "Max" Mayfield / "Madmax", Mike Wheeler, Nancy Wheeler, Personagens Originais, Sam Owens, Steve Harrington, Will Byers
Tags Dustin Henderson, Eleven, Jane Hopper, Lucas Sinclair, Lumax, Max Mayfield, Mike Wheeler, Mileven, Onze, Season 4, Stranger Things, Stranger Things 4, Suzie, Will Byers
Visualizações 77
Palavras 1.401
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente!
Aqui está o cap de hoje.
Espero que vocês gostem!
...
Obs:
Muito obrigada pelos 80 favoritos.
Tô adorando saber que vocês estão gostando tanto assim da fic.
<3

Capítulo 16 - Padrões


Fanfic / Fanfiction Stranger Things 4: New life,same problems - Capítulo 16 - Padrões

El on

Depois da noite de ontem eu estava psicologicamente cansada,mas quando o Mike disse que devíamos ir para a casa dele...Não pude deixar de ficar apreensiva.

Antes,o Mike queria que eu conhecesse a mãe dele quando fossemos passar o Natal juntos(sim...Até aquele momento eu não tinha conhecido a Sra.Wheeler)...Mas acho que ele finalmente percebeu como seria estranho brotar com uma namorada no natal(mesmo que todos os nossos amigos estivessem lá)

Minha cabeça estava meio distante mas no momento que o Mike tocou a campainha,senti a minha espinha  gelar completamente.

Comecei a mexer nas minhas unhas freneticamente e assim que alguém abriu a porta me senti pronta para sair correndo.

A Sra.Wheeler deu um sorriso assim que viu o filho,e tive certeza que ela devia estar muito preocupada,já que o Mike não foi dormir em casa noite passada(por que ficou me abraçando a noite inteira até eu adormecer de tanto chorar)

Assim que notou a minha presença a Sra.Wheeler sorriu e lançou ao Mike um olhar mega questionador

Mike mordeu o lábio(de forma super fofa inclusive) e depois olhou para a mãe.

-Mãe...Essa é a Jane!...-Ele fez um movimento estranho ao dizer o nome Jane,principalmente por que todo mundo sabe que ele nunca vai parar de me chamar de El(mas a Sra. Wheeler conhece El como a menina russa careca que o Mike escondeu no porão...Então é melhor não dar muitas oportunidades de questionamentos)

A  Sra.Wheeler sorriu pra mim e o Mike continuou

-Ela é...-Pensei que ele iria gaguejar mas foi bastante direto –Ela é a minha namorada!

A Sra.Wheeler engasgou levemente com o ar,mas logo em seguida deu um enorme sorriso radiante pra mim.

-Jane...É um prazer conhecer você!

Me assustei um pouco quando ela se aproximou e me abraçou apertado.

-Mike você escolheu super bem!Ela é tão linda...As fotos com certeza não fazem jus a pessoa

Senti minhas bochechas corarem e o Mike também ficou mais vermelho que o suéter que ele estava usando.

-É um prazer conhecer a senhora,Sra.Wheeler

Ela deu um sorriso de orelha a orelha e segurou a minha mão

-Igualmente Jane...Fazia tempos que eu queria conhecer a menina que deixou o Mike cantarolante e mais alegre

Não consegui evitar de pensar no Mike cantarolando pela casa e essa cena me deu muita vontade de rir.

Dei uma olhada risonha pro Mike que estava ficando cada vez mais vermelho e a Sra.Wheeler continuou.

-É pra você que ele telefona todo dia depois do almoço?

Sorri com a pergunta.

As minhas aulas sempre acabam um tempo depois das do Mike,então depois que ele já almoçou...É o horário que eu acabo de chegar em casa.

E como a Joyce ainda demora um pouco pra chegar do trabalho...Eu o Will e a Cam ficamos sozinhos em casa por um tempo.

E é nesse horário que eu e o Mike conversamos por telefone(já que segundo o Murray esse é o horário onde os “espiões governamentais” não ficam tão ligados em ligações entre residências.

Normalmente só conversamos por uns 0 minutos,mas sempre que um do nós tem qualquer novidade que seja...A conversa rende mais de uma hora.

-Isso mesmo!-Respondi

Ela fez um barulho igual ao que a maioria das pessoas faz quando vê algum filhotinho.

-Acho melhor a gente ir pro porão!-Comentou o Mike segurando a minha mão delicadamente.

-Claro!-Disse ela -Levo um lanche pra vocês daqui a...

Antes que a Sra.Wheeler terminasse de falar a campainha tocou.

Ela se afastou e enquanto foi abrir a porta Mike me deu m sorriso tão fofo,que percebi que assim como eu,ele estava aliviado.

Sorri de volta pra ele e depois(com muito custo)desviamos o olhar para a porta onde o Dustin conversava com a Sra.Wheeler sobre receitas de bolo(conversa mais aleatória impossível)

O Dustin é aquele tipo de pessoa\amigo que todo mundo tem que todos os pais adoram por mais que a criatura seja uma peste(em Lansing esse amigo é o Kyle),educado e interessado até mesmo nos assuntos sobre desinfetantes.

-An Dustin...-Disse o Mike chamando a atenção do Henderson -Vamos pro porão!A gente tem o que...

Antes que o Mike terminasse o argumento a campainha tocou DE NOVO!

-Não é possível!-Bufou o Wheeler rolando os olhos.

A Sra.Wheeler abriu a porta novamente e Will e Cam estavam lá dessa vez.

Os dois estavam com uma aparência cansada(tipo...ficamos perdidos em um deserto por 100 dias e 100 noites,mas vindo dos dois...uma hora de sono a menos faz parecer que não dormem a uma semana).

O cabelo do Will estava bagunçado e só pela forma de ficar parada dava pra ver que a Cam não queria passar muito tempo fora de um lugar entre 4 paredes.

Achei que a Sra.Wheeler gostava do Dustin,mas isso tinha sido por que não a tinha visto com o Will.

Ela deu um pequeno gritinho e apertou meu irmão com tanta...mais tanta força que cheguei a pensar que ela achou que ele tinha morrido em 83 e só agora ficou sabendo que ele estava vivo.

...

Apresentamos a Cam para a Sra.Wheeler mas antes que ela sequer pudesse reagir o Mike nos agarrou  enquanto argumentava que tínhamos que resolver um monte de coisas.

-Conversamos depois!-Segredou a Sra.Wheeler para nós enquanto o Mike abria apressadamente a porta do porão.

Seguimos ele depois de nos despedirmos da sua mãe e entramos no porão.

-Desculpa pessoal,mas se ficássemos lá a minha mãe ia nos manter reféns até o fim da tarde.

Rimos e comecei a dar uma olhada ao nosso redor.

Mesmo depois de todo aquele tempo,o porão estava exatamente igual.

O cheiro que é uma mistura de poeira e desinfetante infestava o ambiente de forma reconfortante.

A cabana de cobertas ainda estava montada lá,e anotei um lembrete mental de falar com o Mike sobre isso quando estivéssemos sozinhos

Estava distraída,mas assim que um barulho alto vindo da porta do porão soou todos nos viramos instantaneamente.

A maçaneta começou a se mexer,e segurei a mão do Mike em busca de certa proteção e assim que ele a pressionou realmente senti o reconforto.

Olhei ao redor já procurando algo que pudesse usar como defesa mas antes que pudesse agarrar o cabide perto da escada...Max e Lucas entraram tremendo no porão assustando todos nós.

Os dois encararam todos nós,a Max ergueu a sobrancelha ajeitou o skate na mão e disse:

-Por que estão olhando pra gente com essa cara?

Naquele momento percebi que todos soltaram a respiração que estavam prendendo e inclusive o Dustin soltou uma risadinha.

-An pessoal?-Disse o Will com o tom receoso de sempre(embora um pouco mais rouco,provavelmente da noite em claro que obviamente ele e a Cam passaram)

-Ontem a noite nós conversamos um pouco...E acho que descobrimos um padrão!

Lucas on

O Will pegou os jornais que estavam na mochila do Mike,e depois de um tempo estendeu todos em ordem cronológica em cima da pequena mesa que estava um pouco mais afastada do sofá do que normalmente.

-Vocês vem alguma coisa de diferente?-Questionou ele enquanto todos olhávamos para as matérias de jornal

-Will...Nós passamos um tempão olhando pra essas notícias e não encontramos nada!-Disse o Mike com uma cara pensativa

-Então vocês não estão olhando direito!Por que em uma  noite nós achamos um padrão...Na verdade...Dois padrões.

Alternamos os nossos olhares entre o Byers,a Rodriguez e as notícias.

-Desembucha!-falou o Dustin tirando o boné(coisa que ele só faz quando não consegue chegar a uma conclusão e está com o cérebro funcionando a mil)

-Ontem a noite recontei a história de tudo o que aconteceu pra Cam...E acabei me tocando de uma coisa.

Encaramos ele tentando entender qual era o ponto até que o Mike informou

-Nós vimos o padrão de tempo!De 17 em 17 dias.

O Will ficou levemente surpreso mas continuou

-E quanto ao lugares?

Todos os lugares vieram a minha cabeça mas nenhum deles parecia ter uma relação com as datas até que olhei para a pessoa parada ao meu lado.

El estava com uma calça jeans com a barra dobrada,uma blusa florida e uma jaqueta jeans por cima.

Assim que olhei pra ela uma faísca ascendeu na minha cabeça e entendi o que o Will queria dizer.

E ainda por cima,a única coisa que eu consegui pensar foi...

“Como nós não pensamos nisso antes?

 


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado do cap
Deixem as suas opiniões aqui em baixo
...
O que será que eles não perceberam?
kkkk
...
Segunda tem mais
Até lá,
Beijos Strangers
<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...