História Stranger Things de volta a Hawkins - Capítulo 41


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Billy Hargrove, Chefe Jim Hopper, Dr. Martin Brenner, Dustin Henderson, Eleven (Onze), Jonathan Byers, Joyce Byers, Kali "Eight" (Oito), Karen Wheeler, Lucas Sinclair, Maxine "Max" Mayfield / "Madmax", Mike Wheeler, Nancy Wheeler, Personagens Originais, Sam Owens, Steve Harrington, Will Byers
Tags Eleven, Fan Fic Stranger Things, Mileven, Onze, Stranger Things
Visualizações 72
Palavras 652
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem
Boa leitura<3

Capítulo 41 - Uma guitarra preta e branca


Mike, Lucas, Dustin e Will entram porão da casa no de Mike e logo todos já estão sentados a mesa e Will tira da mochila um caderno de desenhos, que Lucas abre e diz:

-Têm certeza que esses são os projetos?

-Tenho!Por quê?

-Por que aqui só tem desenhos de Dungeons and Dragons, um desenho da El e do Mike e um desenho de... Quem é essa?

Will pega rapidamente o caderno e diz:

-Isso é só um esboço!O projeto está no outro caderno.

-Aposto que essa é a Emma!-Disse Dustin em tom de brincadeira.

-Ah é!Com certeza é a Emma. -Disse Lucas fazendo biquinhos.

Os garotos começam a rir de como Will fica vermelho, mas logo param com as brincadeiras e começam a discutir sobre o projeto.


 

As garotas entram no quarto de Emma, seu quarto reflete totalmente sua personalidade, as paredes são brancas, mas cobertas de pôsteres de várias bandas diferentes, fitas, discos, na lateral do quarto há uma escrivaninha branca, e no canto do quarto, apoiada em um amplificador descansa uma linda guitarra preta e branca.

-Você toca guitarra Emma?-Perguntou Max olhando para o instrumento.

-Sei tocar desde antes de aprender a falar. -Diz Emma rindo.

-Mesmo?-Pergunta El confusa

-Não, mas eu comecei a tocar quando eu tinha 4 anos.

-Toca um pouco para a gente!-Disse Max sorrindo.

-Isso!-Concordou El

Emma pega a guitarra, passa a faixa pelo pescoço e liga o instrumento no amplificador.

Os sons graves e agudos se misturam formando uma melodia maravilhosa de se ouvir,a música acelera,acelera, acelera até que para bruscamente.

As duas batem palmas e Emma fica vermelha.

-Quem te ensinou a tocar?-Perguntou El

-Eu já tive alguns professores, e tem o meu pai!

-O seu pai também toca guitarra?-Perguntou Max curiosa.

-Sim, meu pai toca guitarra, minha mãe toca piano e meu irmão toca bateria.

-Nossa. -Disseram as duas simultaneamente.

-Podemos fazer o trabalho agora?-Perguntou Emma rindo.

-Claro!

-Os projetos que fizemos estão aqui!-Disse Emma pegando os projetos dentro da escrivaninha. -Podemos trabalhar na garagem.

Elas andam até a garagem que está sem nenhum carro, no centro do cômodo há uma mesa de madeira bem suja de tinta e óleo.

E no canto está encostada a bicicleta preta e adesivada de Emma.

Elas começam fazendo um apoio para a bicicleta, depois ligam a ela uma correia e por fim ligam a parte elétrica.

-Temos que testar, não é?-Perguntou El

-Temos!-Disse Emma.

Ela sobe cautelosamente na bicicleta, e começa a pedalar rapidamente.

Quando a pequena lâmpada ascende

-Conseguimos!-Diz Max empolgada.

Depois de todo esse trabalho El pergunta:

-Quanto tempo passou?

-Duas horas e meia!-Diz Emma olhando para o relógio na parede.

-Oi meninas!-Disse a Sra. Carter entrando na garagem - Conseguiram?

-Sim!-Responderam as três empolgadamente

-Então, devemos comemorar, que tal sorvete?

-Claro!

Todas vão para a cozinha e se sentam na bancada de pedra enquanto a Sra. Carter abre o Freezer e tira dois potes de sorvete lá de dentro.

Todos aproveitam o sorvete quando a campainha toca e Emma vai atendê-la.

-Sim?-Diz ela ao ver a estranha mulher na porta.

-Você deve ser a Emma,certo?

-Sim!

-Vim buscar a Jane.

-Só um momento.

Emma vai até a cozinha e diz:

-El, tem uma mulher na porta e disse que veio te buscar, mas eu não a conheço.

El vai até a porta e diz:

-Tudo bem!Essa é a namorada do meu pai.

-Ela me é familiar!-Sussurra Emma para Max.

-Claro,você conhece o filho dela.-Sussurrou Max de volta.

-Quem é?

-Ela é a mãe do Will!

Emma gela no momento que esse nome é mencionado, o que faz Max dar uma risadinha.

-Oi Max - Disse Joyce notando a presença da garota.-Seu irmão está vindo?

-Acho que não!-Disse Max pensativa.

-Posso te deixar em casa se quiser!

-Adoraria!

Max e El se despedem da Sra. .Carter e de Emma e vão embora,deixando Emma sozinha,cheia de pensamentos e com uma guitarra ao seu alcance


Notas Finais


Espero que tenham gostado do cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...