História StrangeTale - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Tags Undertale
Visualizações 4
Palavras 1.137
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Luta, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mano, mais um pouco é vai acabar a primeira temporada, espero que aproveitem esse casal

Capítulo 26 - Uma escola clichê ao quadrado parte 2


                                                        Uma escola clichê ao quadrado parte 2
     Frisk estava feliz com aquela situação, ver todos a aplaudindo a deixava quase emocionada, e ao ver uma cadeira com as palavras destacadas "obrigada!" ela ficou com mais esperanças de que todos tinham mudado, que tudo aquilo era de um verdadeiro sentimento, ela ia em direção a cadeira que Mary tinha dito para ela se sentar, mas antes que ela pudesse se se sentar, Marcos aparece.
Marcos: ei frisk, esses são seus novos amigos?
      Frisk se vira surpresa com sua aparição, ela não imaginava que ele ia aparecer

 Frisk: Marcos?!, o que você tá fazendo aqui?
 Marcos: eu queria ver se estava indo tudo bem com a escola, já que ela tinha sido destruída pela minha lerdeza em não protege-la
 Mary: proteger?
 Aluno: ei cara, você é o a pessoa que meteu a porrada naquele maluko da foice né?!, caramba aquilo foi incrível!, então essa garota é a sua amiga?
Marcos: na verdade ela é minha superiora cara
Aluno: sério!, ela deve ser incrível
Aluno 2: ele foi o cara que me salvou no corredor da escola!
                                       Na cabeça de frisk....
Frisk: o que você está fazendo?!
Marcos: isso é uma armadilha, aquela garota não é o que você pensa, por enquanto tente não intervir
 
                                      No mundo real.....
Mary: pelo visto você é alguém bem conhecido hein? parece que podemos nos dar bem não?
Marcos: hehe....acho que não por um motivo
Mary: que?!
Marcos: então....
     Marcos vai até a cadeira que frisk ia sentar, ele levanta ela e a pressiona, fazendo um barulho bem alto de peido
Marcos: eu não gosto de pessoas que zoam a minha superiora....

Alunos:.......
Marcos: pelo o que me parece...isso era tudo uma armação, de um tempo para o outro...todos amarem ela?, nem em milênios algo poderia ocorrer assim, ninguém ganha tanto respeito até que a pessoa prove seu valor ou use coisas sujas para manipular a mente de alguém.
Mary: ei.....
Marcos: uma pergunta...seu pai sabe disso tudo? que você abusa de sua fama para denegrir pessoas que podem ser um problema para você?
Mary: cale a boca!
Marcos: opa...se acalma ai, se eu fosse você, não tentaria vencer isso na força bruta
Mary: ei seus vagabundos!, acabem com a raça dele!
Alunos:......
Mary: o que vocês estão esperando?!
Alunos: nós...não vamos lutar nem que a puta que pariu contra esse cara...
Mary: seus fracotes....
     Mary puxa um chicote verde escuro de sua bolsa, em seguida sua alma aparece, a alma da maldade
Marcos: quer tentar?...
     Marcos puxa sua faca roxa, mas concentrando mais poder, ela acaba se alongando e virando uma espada, ele estava preste a avançar quando frisk intervem.
Frisk: não Marcos!
Marcos: certeza?
Frisk: sim!
      Marcos desfaz sua arma e coloca sua mão no bolso, mas Mary aproveita esse momento e tenta atacar Marcos, mas quando chicote chega perto, ele segura ele com uma mão e corta ele ao meio com a outra
Marcos: caramba...você é mais fraca e patética que aquelas criaturas que atacaram a escola...como esses caras tem medo de você?, você usa sua feiura para assusta-los?
      Os alunos riem de Mary, ela fica irritada e tenta concentrar a situação, mas toda sua moral já tinha sido destruída
Mary: calem a boca! querem se ferrar por toda a vida de vocês!?
Aluno: nós não temos mais nenhum motivo para te obedecer, já que sabemos que é tudo um blefe, seu pai nem sabe do que você faz
Mary:....
                                       Na cabeça de frisk...
Frisk: você não acha que exagerou?

Marcos: tem pessoas que tem que sofrer para conseguir abrir os olhos, nem sempre só conversa funciona
Frisk: mas...
Marcos: eu também querias que tivesse um mais....
                                      
No mundo real...
Marcos: bom...tenho que ir...a campa já bateu, e essa bagunça vai provavelmente chamar os professores, então frisk, se comporte e não esqueça seu caderno de novo, e quanto ao resto de vocês...espero que não a gente tenha que passar por mais problemas...adeus!

     Marcos desaparece e vai pra cabeça de frisk
Marcos: funcionou frisk?
Frisk: valeu....
     Frisk é cercada pelos alunos, eles perguntavam se ela era realmente a superiora dele, também diziam que estavam arrependidos de terem a zoado no começo, e que eles tinham sido obrigados a aquilo
Frisk: obrigado..obrigado!
     Eles acabam indo para suas salas, frisk acaba nem conseguindo falar direito com Asriel e chara a manhã toda, mas depois da aula, na volta para casa, eles finalmente conseguem discutir em paz
Chara: caramba frisk!, você se tornou super popular!
Asriel: todo mundo te adora agora!
Chara: aquela Mary se fodeu!
Frisk: eu não fiz nada!, Marcos que fez toda a encenação....e Marcos!, que história é essa de "superiora", a gente é uma dupla!
Marcos: ZZZZZZZzzzzZZZZ......
Frisk: acho que ele dormiu....
Asriel: a gente pelo menos não sofreu mais, quando você disse que era nossa amiga todo mundo começou a tratar a gente bem
Frisk: isso é bom!, não ia aguentar ver você sofrendo...
Chara: eu falei com a Isabel e o Kel, eles estavam bem felizes com aquele desfecho
Asriel: acho que isso merece uma comemoração!
Frisk: não!...não precisa disso!
Chara: precisa sim!, quando a gente chegar em casa, a Mamãe vai saber de tudo e vai fazer a melhor torta do século!
Asriel: eu tô babando só de pensar....
Frisk: ok ok! eu aceito a comemoração!
Chara e Asriel: YEY!!!
     Os três chegam em casa, Chara e asriel vão rapidamente contar para Toriel e Asgore, eles falavam muito rápido e demorou um pouco para eles finalmente conseguirem explicar tudo para seus pais, enquanto isso, Frisk estava no jardim, apreciando o pôr do sol enquanto pensava que a escola agora não era tão ruim
Marcos: agora eu tenho certeza que determinação não é o meu forte, vou começar a investir mais no poder da vingança
Frisk: isso vai te fazer mal?
Marcos: possivelmente não
Frisk: você parece mais forte sozinho do que nós dois juntos na batalha contra o corretor
Marcos: tudo tem o seu ponto fraco, o Kel é igual a mim, ele tem o poder da vingança, mas parece que o tempo é nosso maior inimigo, a gente não pode manter aquela força por muito tempo, ao contrário da determinação, que pode ser mantida desde que a pessoa tenha vontade
Frisk: e caso você quisesse vingança contra alguém?
Marcos: eu não quero imaginar o que pode acontecer
Frisk: espero que você a gente não tenha que passar por isso...
Marcos: eu também
    Toriel chama frisk para comer a torta, a animação em sua voz era perceptível 

Marcos: hora de você ir
Frisk: hora de nós irmos!
Marcos: você que manda, chefe
    Frisk dá uma risada
Frisk: eu sei, meu subordinado

Marcos: parece que alguém entrou na brincadeira
    
Os dois entram na casa.


 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...