1. Spirit Fanfics >
  2. Stripper - Taekook Vkook >
  3. A caminho

História Stripper - Taekook Vkook - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


(Aviso: o início deste capítulo será bem soft! Mas,achei bom colocar para mostrar um pouco da vida do Kookie assim como fiz no capítulo anterior com o Tae. Boa Leitura!👐)

Capítulo 4 - A caminho


Fanfic / Fanfiction Stripper - Taekook Vkook - Capítulo 4 - A caminho


▓▓⦙🌹⦙⤳Jeon Jungkook on


TEMPOS ATRÁS ↓


— ... Assim,faço com que minha vontade seja realizada e que meu primeiro e único filho herdeiro receba todos os bens que condiz a min,assim como 100% da empresa XIMPERIUM e todos as filiais da mesma. Toda a riqueza espalhada pelo pais e mundo a fora, tudo que fora meu agora passa a pertencer a ele. Afirmo que confio 100% no meu filho, e sei que ele não me desapontara . —


Lembro-me das exatas palavras que foram ditas pelo advogado da família perante min, o juiz,o escrivão e dois guardas, assim também a mulher que me era dada como madrasta. Essa estava vermelha, seus olhos transbordavam rancor,ódio. A mesma que pelo qual jurava amor — falso — a meu pai, e que por trás lhe desejava a morte, ainda não entendo como que o meu 'velho aguentou viver por tanto tempo ao seu lado, uma mulher gananciosa, cheia de luxúria, só pensava em jóias e roupas caras.


– Protesto Meritíssimo! Creio que essas não foram as reais palavras de meu marido! Ele não me deixaria sem nada! Nunca! Esse moleque alterou e deixou tudo em nome dele!!


– Silêncio! Senhora! Silêncio! Se não quiser ser arrancada a força deste lugar! Tenha mas respeito!


– me desculpe, mas eu não posso ficar calada perante essa "mentirada" toda. 


– e a senhora teria algum tipo de prova que confirme que o que fala é a verdade?


– N-não... Mas sei que ele não far-


– Bom, se a senhora não tem como provar o que diz, creio que já está claro tudo por aqui, o senhor Jeon Min-hiuk escolheu seu único filho como total e único herdeiro de toda a sua herança, e a partir de agora, tudo será passado para seu nome e ele ficará responsável por cuidar e gerênciar tudo o lhe pertence. Se caso ele quiser lhe dar algo, isso eu já não posso nem devo me intrometer. Agora se me dão licença, vou dar por encerrada esta seção.


E foi ao ouvir tais palavras e o som de seu martelo sendo batido a mesa que vim cair em mim e perceber que realmente, ele havia deixado tudo, tudo para mim. Eu estava feliz sim, pois seria melhor eu cuidar de tudo, do que a mulher orgulhosa mentirosa que era minha madrasta.  Mas, ainda sentia uma grande dor, saudade do meu pai, agora ao invés de eu chegar ao escritório e o encontrar sentado em sua poltrona revisando a planilha da empresa, seria eu há estar alí em seu lugar,como ele havia me preparado para estar um dia.


E esse chegou, meu pai se foi com 68 anos, mas apesar da idade continuava um homem jovem de mente e alma, sempre amoroso e bondoso tanto comigo quanto com seus funcionários, todos tinham um carinho enorme por ele, e não acho que ele tenha ido triste, lembro de suas palavras momentos antes de partir. Nunca irei esquecer sua voz baixa e rouca,os olhos cansados e o sorriso ainda em seu rosto, ele segurava minha mão, a sua tremia,mas ele não soltara  muito menos eu.


– m-meu filho, ouça bem o que vou lhe dizer... Você sempre foi e sempre vai ser meu menino de ouro — ele tentava manter o sorriso enquanto falava, parecia que até esse pequeno esforço lhe tomava o resto das forças que tinha... — nunca,nunca deixe ninguém, absolutamente ninguém tomar o que é seu, não desista dos seus sonhos, seja forte — ele tuscia vez ou outra enquanto falava, meus olhos ardiam e minha visão ficava turva em meio as lágrimas que já caiam, ele levou sua mão esquerda até meu rosto e enxugou minhas lágrimas e continuou a falar — você merece tudo de bom que a vida tem pra dar,mas,não seja ganancioso como sua madrasta, não deixe que o poder lhe suba a cabeça Jungkook, eu vou estar sempre com você...


– A-appa... Eu vou te orgulhar appa... Eu te amo! Eu te amo muito!


– Eu...meu menino...


– Appa! Abre os olhos, olha pra mim Appa! Appa! Não me deixa appa...! Por favor... 


– ... Ggukie... Te...amo... Apenas... Seja você... Sempre...


E naquele momento, eu o vi partir, eu vi seu sorriso se desfazer aos poucos, seus olhos se fecharam devagar, a mão que tocava meu rosto caiu sobre seu próprio peito, eu sabia que alí era o fim para ele, que a partir dalí eu teria que me virar sozinho, que eu não teria mais seu colo para chorar depois de quebrar algum brinquedo, eu não teria mais sua voz para me desejar boa noite, eu não teria mais quem visitar ao meio dia para almoçar em algum restaurante simples, sua gargalhada alta e contagiante, meu appa, ele e minha Omma as pessoas que eu mais amava nesse mundo, os únicos amigos de verdade, nós viramos amigos depois da morte dela, ficamos mais juntos do que nunca, e agora, ele se foi, como ele costumava dizer sempre "meu tempo de curtir estar acabando menino Ggukie, aproveite o seu". E eu lhe abraçava e dizia que não, que ele iria ficar para sempre comigo... Infelizmente não é assim que a vida funciona...


Te amarei eternamente appa!


ATUALMENTE ↓



O rapaz pelo qual despertava desejo não somente em mim,mas creio que em todos que aqui estão. Alguns homens e mulheres gritavam e aplaudiam o mesmo,muitos diziam dar toda sua fortuna por uma noite com Taehyung, outros falavam coisas ridículas e explicitas,enquanto poucos, apenas o observava,assim como eu. Estava começando a entender o porque de sua gravata e roupa "social", realmente diferente do costume de Taehyung, ele me fazia imagina-lo como um secretário que eu adoraria ter.


Taehyung dançava de uma forma extremamente sexy,como nunca antes, ele estava com um olhar diferente de todas as outras vezes, ele não quebrava nem por um segundo a ligação que tínhamos com os olhos. Sua mão percorria toda a extensão de seu corpo, e céus! Quando ele voltou a sua postura inicial e eu pude ver seu sorriso safado por cima do ombro para mim, tive que me obrigar a continuar ali sentado para não subir naquele palco e arrancar Taehyung de lá e o levar para meu escritório, e somente as paredes poderiam testemunhar o que aconteceria lá.


Sua box vermelha, ele sabia, sabia que eu tinha uma admiração enorme pela cor, e o efeito que isso teria sobre mim, no momento em que ele caminhou até a frente do palco e se deitou alí deixando que sua cabeça tombasse para fora,e seus cabelos caíssem, sua boca rosada e grosa, pedindo por um beijo intenso. Agora ele se levantava para sentar de costas para o público, podia ver seus braços se movimentarem devagar,seu corpo parcialmente virando para o lado,–estaria abrindo os botões da camisa social da cor branca igualmente a que eu estava vestido no momento. — levei meu copo de uísque até a boca,assim logo sentindo o líquido descer queimando minha garganta, no momento em que ele descia a camisa pelos ombros bem devagar, junto a voz sensual da cantora cujo era o tema daquele momento, o solo de guitarra ao fundo e o que eu poderia dizer que fosse uma flauta,e bateria. Se eu estivesse ouvindo essa música em algum outro momento,ela seria simplesmente uma música com uma batida legal, mas naquele momento, Taehyung usava da música como seu musicista e fazia de seu corpo um instrumento desejado por muitos, principalmente por mim.


As luzes baixas somente sobre Taehyung, as batidas dos instrumentos muito bem encaixados com a voz arrastada da mulher, o corpo de Taehyung voltara a se levantar,agora ele rebolava tão perfeitamente. As pessoas iam a loucura com seus movimentos, para alguns aquilo poderia ser chamado de um feitiço cujo nome nunca fora descoberto, sendo apenas feito por uma única pessoa, seus efeitos eram rápidos e certeiros. 


Seu corpo começa a se mover para novamente o meio do palco, onde ele se segura no alto e pouco fino "poste" dourado, Taehyung, girava do modo mais desleixado e sensual que eu já vira. Ele descia até o chão com rapidez, e subia sem a menor pressa possível, se era notável sua feição quando seu corpo atingia próximo ao chão, era como se ele estivesse sentando em algo,o que no momento minha mente imaginou ser o meu 'pau' alí. Taehyung sabe insinuar isso tão majestosamente... 


Agora ele massageava lentamente seu membro por cima da box com as pernas entre abertas ainda em pé e movimentava seu quadril de um lado para o outro,algumas vezes para frente. Ele mordia seu próprio lábio com força, seus olhos negros que me davam tanto desejo, foi impossível em meio a toda sua apresentação não tocar meu membro que pulsava loucamente por debaixo da minha roupa. Ele bagunçava seus cabelos para traz, era possível alguém ser tão sexy asim?! 

Em um rápido movimento ele foi ao chão, deitando de barriga para baixo e esfregando seu corpo contra o chão do palco, ele fazia movimentos para cima e para baixo com o quadril, e batia com o punho fechado contra o chão logo se virava de barriga para cima e me olhava de canto. Assim me mostrando aquele mesmo sorriso ele se levantou e estendeu a mão para mim, de primeiro momento não entendi o motivo,até que seus olhos foram de encontro ao copo de uísque em minha mão. Sorri ladino e enchi mais um pouco assim me levantando e o entregando, logo voltando meu lugar o vi caminhar até uma cadeira que foi colocada por outro dançarino no meio do palco,ele bebeu um gole antes se se sentar com as pernas abertas, segurou o copo em frente ao peito, agora o som ficava mais calmo, Taehyung me deu uma última olhadela antes de despejar o líquido sobre seu peito nu e gemer com a mão esquerda em seu membro. 


Puta merda! Ele gemeu! 


Todos puderam ouvir, todos estavam estáticos, eufóricos, as luzes se apagaram e as cortinas foram fechadas novamente, ouvi aplausos e muitas vozes juntas falando coisas que mal davam para entender, todos queriam mais daquilo,todos queriam Taehyung. 


’Mas sabemos que apenas um, de todos os presentes alí iria desfrutar daquele loiro que causava tanto alvoroço na boate, e esse alguém já não estava mais sentado em sua cadeira confortável no centro da primeira fileira, esse alguém já estava a caminho do camarim do dançarino, e não sairia de lá sem antes provar o gosto do loiro pelo qual o deixara tão excitado‘.


Notas Finais


Espero que tenham gostado ❤️🙌🏽 até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...