História Strong - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Drama, Londres, Scott, Tomlinson
Visualizações 48
Palavras 2.262
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu não to pondo os Pov's , mas todos sabemos que é da Stela .

Boa Leitura

Capítulo 8 - Blackout


A chuva só fazia piorar , chovia a mais ou menos uns  40 min . Eu é Lucca zapeavamos os canais a procura de algo bom para assistir , em um canal passava 'Anjos da Lei ambos gostamos do filme ficamos assistindo . 

Se passou 20 min do filme e a America adentra o apartamento , se jogando ao meu lado no sofá .

- Esta caindo o mundo la fora - falou jogando a cabeça para trás com um sinal de cançasso - Estão assistindo oque ? - levantou um pouco a cabeça para ver a tv .

- Anjos da Lei - eu e Lucca falamos  juntos .

- Ah , gosto desse filme - com isso ela se deitou no sofá ficando com a cabeça no meu colo .- Eles já usaram aquela droga ? - Perguntou com os olhos na tela .

- Ainda não - Falei é o silencio reinou , ate porque não da para assistir um filme conversando .

***

O filme acabou é a America foi tomar banho , não tinha em 5 min que ela subiu e a casa ficou toda escura e escutamos um grito da mesma vindo do andar superior .

- O QUE FOI ? - perguntei assustada .

- A ÁGUA ESTA FRIA , VOU MORRER DE HIPOTERMIA¹  - Segurei o riso com o desepero dela  - O QUE ACONTECEU COM A ENERGIA ? - olhei pela janela e vi metade da cidade apagada .

- ACHO QUE É UM BLACKOUT² -falei .

- Acha? Pois eu tenho certeza - o Lucca  falou atras de mim , me fazendo me da um pulo .

- Que me matar babaca - falei com a mão no coração , fazendo o mesmo rir , o empurrei e fui atras de uma lanterna e velas . - AMERICA ...- fui interrompida .

- Não grita eu to aqui .- Ela falou no que parece ser a escada (pelomenos o som saio de la )

- Puta que pariu , hoje vocês tiram o dia para aparecer do nada - falei - Onde ficam as velas e a lanterna ? 

- Na cozinha , terceira gaveta do armario que fica ao lado da geladeira - ela terminou de falar e eu sair apalpando a parede a caminho da cozinha  (claro que sair me esbarrando em todos objetos no caminho) , pronto achei , tinha também uma caixa de fósforos que peguei para acender as velas . Voltei para a sala agora sem nenhum 'assidente' com os objetos no caminho ( por causa da lanterna e claro) .

- Achei - falei assim que cheguei na sala , o Lucca e a America que ate então estavam no sofá vinheram me ajudar a acender as velas . - Olha que bonita que esta você America - falei e rir em seguida , ela estava com um roupão roxo , o cabelo preso em um coque com alguns fios molhados um chinelo bem maior que seus pés e seus insepareves óculos .

- Desculpa , se não me arrumei para fica em casa durante um blackout ( a noite) , que atrapalhou meu banho - falou cruzando os braços , segurei o riso por causa da situação dela e voltamos a acender as velas .
Terminamos de aceder as malditas velas e sentamos no tapete , ficamos um olhando para a 'cara do outro .

- Então oque fazemos agora ? - o Lucca falou com cara de tédio .

- Esperamos a energia chegar , talvez - America falou como se foce obvio . Me joguei parra trás deitando ali mesmo .

- Nem sabemos se vai chegar ainda hoje - falei ainda jogada no chão .Ouvir os dois bufarem em reprovação .

- E se ... - me levantei ficando sentada novamente ,para ouvir a sugestão de meu irmão - Se passacemos o tempo tocando - ele falou .

- É melhor do que não fazer nada - falei .

- Então vai lá pegar os nossos violões la em cima - ela falou e eu me deitei novamente.

- Nem fudendo eu vou lá em cima , vai você .

- Por que eu ? - é la vamos nos 

- Porque a ideia foi sua - falei em um tom obvio 

- Mas você concordou -falou serio .

- Mas ... - fui interrompida .

- Ta bom gente eu pego - a America falou se levantando - Onde estão ? 

-Encima do guarda roupa - falamos em uníssono . Então ela pegou a lanterna e rumou para a escada .Depois de alguns minutos ela voltou com os dois estrumentos entregou um para cada e se sentou e ficou nos olhando .

- Que? - perguntei 

- Andem toquem algo -ela falou.

- Calma - Falou o Lucca - O que você quer ouvi?

- Não sei - falou pondo a mão no queixo - 'Pera... Já sei - sorriu - Que 'tal , Sing do Ed Sheeran .- Nós assentimos é começamos com os primeiros acordes .

It's late in the evening ( Já é tarde da noite )

Glass on the side now (Deixe o copo de lado agora)

I've been sat with you(Eu fiquei sentado com você)

For most of the night(Quase a noite toda)

 

Ignoring everybody here( Ignorando todo mundo aqui)

We wish they would disappear( Nós gostaríamos que eles desaparecessem)

So maybe we could get down now (Então talvez pudéssemos começar nossa 

                                                                    festa agora )

 

 O Lucca começou , eu o segui cantando a parte seguinte .

I don't wanna know ( Eu não quero saber)

If you're getting ahead of the program(Se você está agindo como foi ensinada)

I want you to be my lady (Eu quero que você seja minha mulher)

To hold your body close (Manter seu corpo mais perto)

Take another step into the no-man's land(Dar mais um passo em direção ao 

                                                                          proibido)

For  the longest time lady( Já faz muito tempo que quero , senhorita )

 

Depois cantamos juntos  o refrão.

I need you darling(Eu preciso de você , querida)

Come on set the tone ( Venha, me diga como fazer)

If you feel you're falling( Se você sentir que está se apaixonando)

Won't' you let me know ( Não me deixe saber)

Oh oh oh , oh oh oh ( Oh oh oh, oh oh oh )

 

If you love me, come on, get involved(Se você me ama, venha, se envolva)

Feel it rushing through you , from yout head to toe(Sinta isso percorrer seu corpo,

                                                                                 da cabeça aos pés)

Oh oh oh, oh oh oh( Oh oh oh, oh oh oh)

 

Sing( Cante)

Oh oh oh , oh oh oh( Oh oh oh , oh oh oh)

Louder( Mais alto )

Oh oh oh , oh oh oh( Oh oh oh , oh oh oh )

Sing ( Cante )

Oh oh oh , oh oh oh ( Oh  oh oh , oh oh oh )

 

- Vai America agora você - o Lucca falou se referindo ao proximo verso .

- Não - falou ela .

- Por que não? - Falamos parando de tocar , para fita-la

- Porque meus caros vocês cantam bem e eu pareço uma gralha cantando- falou .

- Gralhas cantam ? - o Lucca falou fazendo uma careta me levando ao riso .

- Não sei - Meri falou- Mais se cantarem eu canto igual a elas - concluio fazendo eu e o Lucca rimos mais .

- Haha muito engraçado , palhaços - falou seria - Andem continuem , a porra da musica .

- Ah , não - falou cético - Agora eu escolho a musica .

- Tudo bem - falamos em uníssono . Então ele começou com os acordes .

My anaconda don't( Minha anaconda não)

My anaconda don't( Minha anaconda não)

My anaconda don't want none( Minha anaconda não quer ninguém)

Unless you got bunz, hun( Ao menos que você tenha um bom traseiro)

 

- Puta que pariu , Lucca - comecei a rir e ele logo se juntou a mim . Por incrivel que pareça ate a America estava rindo . 
Fomos interrompidos por batidas na porta .

- Vai la abrir America - falei 

- Eu estou de roupão vai você - ¬¬ me levantei , para ver quem era a praga que neste breu³ vai a casa dos outros . Abri a porta e dei de cara com um ser que parece ser um garoto pela silhueta - Posso te ajudar ? 

- Pode sim , sou o Niall filho do sindico do prédio só estou certificando que nenhum assindente aconteceu devido a falta de energia . É você e a ? 

-  Bom Niall filho do sindico-ele riu- estamos bem , não aconteceu nada grave , obrigada pela atenção e volte sempre que quiser -falei fechando a porta , mais fui impedida por ele que segurou a mesma .

- Você não me disse seu nome ?-falou com um sorriso torto .

- Stela - falei- Agora eu posso fechar a porta ?

- Claro- falou soltando a mesma - Ate mais Stela - falou seguindo seu caminho para o apartamento ao lado . Então eu fechei a porta e voltei para o nosso pequeno 'luau' em casa , com a maior chuva e sem energia .

- Quem era ? - America perguntou .

- O filho do síndico .

- O que ele queria ?

- Saber se estava tudo bem - falei

- Ah! 

- Ei , cadê o Lucca? - perguntei quando percebi que faltava alguém .

- Foi ao banheiro - falou.

- E ai Meri que fazer algo legal ? - perguntei com um sorriso nos lábios .

- Olha depende muito .- falou com receio .

- Relaxe não sera nada ilegal - continuei com o mesmo sorriso .

- Defina ilegal ? - continuava com receio .

- Sei la , incendia a casa - falei a mesma coisa que ela tinha me falado alguns dias . Então me lavatei sendo seguida por ela enquando caminhavamos  expliquei o que fariamos , ela pareceu gosta da ideia .

- Você intendeu o que deve fazer certo ? - pergutei novamente para me certifica 

- Relaxe , Stela eu intendi sim - ela falou ja sem paciensia - Eu  não vou conseguir- ela arregalou os olhos . Por que você não faz ?

- Porque ele desconfiaria se fosse eu , agora vai - a empurrei , então ela se ajeitou e foi caminhando pelo corredor com a vela nas mãos logo  afrente da barriga , corri ate a sala com muito cuidado para não cair e não derrubar a vela que carregava em algo inflamavel , então liguei o celular da America como se estivese alguém na sala tocando o que era para o Lucca pensa que eu estava lá , ai então voltei para ver a como a America estava se saindo .
Ela estava caminhando em sua direção agora , aparente mente ele estava achando tudo normal . Ate que ela ficou proxima de mais .

- O que esta fazendo America ? - ele perguntou confuso .

- Quem é esta tal America? - ela falou se afastando um pouco -  Não se lembra de mim amor , sou eu Annabelle - pousou uma de suas mãos no rosto dele - Eu voltei só para que possamos ficar juntos .- tentou beija-lo so que ele desviou , man ela deveria ser atriz

- America eu não estou para brincadeira - falou se afastando .

- Por que insiste em me chamar de America , já falei que não sou esta garota .- falou com raiva jogando o copo que segurava no chão e indo para cima dele .

- HAHA BOA TENTATIVA STELA - falou se afastado novamente.

- Se refere a loirinha com o violão na sala - sorrio maliciosamente - Darei um jeito nela agora - então estralou os dedos - minha deixa derrubei alguns vasos e soltei um grito muito agudo .- Pronto resolvido amor agora só somos nos dois-a chuva ajudou muito porque a casa acendia e apagava a todo momento devido aos relampagos , ai sim eu vi o medo nos olhos de meu querido irmãozinho e ele se afastando cada vez mais , então a America pegou a faca que guardava - e agora podemos nos juntar no outro mundo também .
Eu não aguentei mais e sair de onde estava rindo e logo a America rio também e o Lucca se recompós e bufou de raiva .

- Parabéns , bocós - riu sem graça e saio .

***

Eu não sei quando , nem como , nem onde só sei que peguei em um sono muito profundo e só acordei com o despertador tocando . Pera ai despertador ? Quando foi que a energia voltou . O frio avia aumentado e continuava chuvendo só com menos intensidade só que acho que ate o fim do dia pode piorar

***

- Anda acorda cambada - falei sacudindo eles - Vamos nos atrasar - quando falei isso a America deu um pulo e  saio correndo para o banheiro e o Lucca ficou la sonolento no chão e eu fui também para o banheiro . Peguei esta roupa (1) e depois fui comer algo na cozinha .

***

- Olha só se não é a Scott - me virei para ver quem era , ah não mereço .


Notas Finais


¹ Ocorre quando a temperatura corporal do organismo cai abaixo do normal, de modo não intencional, sendo seu metabolismo prejudicado.
² blecaute — ou apagão; corte ou colapso temporário do suprimento de energia elétrica em uma determinada área geográfica
³Lugar escuro, escuridão.

(1) http://www.polyvore.com/cgi/set?id=136656338&.locale=pt-br

Ate a proxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...