História Stupid boy - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Justin Bieber
Visualizações 208
Palavras 366
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Minha Mãe


- Anw oanw aonw 

Mais um dia normal da minha vida infernal, minha mãe que me detesta desde a morte de meu pai e sua namorada nojenta, SIM, namorada, desde que meu pai morreu ela virou lésbica. Sem nenhum preconceito, só acho que minha "madrasta" poderia gostar mais de mim, porque já não basta minha própria mãe!


-Bibibibibi

Ouvi Emy buzinar pra mim e desci. Emy é minha melhor amiga desde sempre, ela que sempre esteve ao meu lado, em todos os momentos difíceis da minha horrível vida, depois que perdi meu pai minha vida virou do avesso completamente, mas Emy, estava sempre ao meu lado. 

- Bora vacaaaa, vamos chegar atrasadas de novo e aquele velho vai encher nosso saco de novo, então, entra ai! 

- Calma, Emy, sabe que ele enche o nosso saco sempre! 

- Ae, tinha esquecido.

Até chegarmos ao trabalho eu e Emy ficamos rindo igual duas loucas

- Oi zack! -eu e Emy sorrimos educadamente para o nosso colega, mais fácil dizer, amigo, ele trabalha aqui na livraria desde sempre, quando eu e Emy chegamos ele ja estava aqui, então ele é o mais velho de nós três aqui- 

- Oi meninas, consegui ingresso para aquela boate que vai lançar lá no centro, e aí vamos? 

Emy como adora essas coisa já saiu faltando que sim, que adoraria, ja estava pensando na roupa: 

- Ai Emy, acho que não vou não

- Vamos amiga, vamos se divertir, curtir, melhor do que ficar em casa com aquela bruxa da sua mãe e a namorada dela

- Ah, ta bom! Eu vou!


Depois de mais um dia exaustivo no trabalho cheguei em casa, ufa! 


Horas depois de ter chego em casa, ouço meu celular tocando, quem deveria ser aquela hora da noite, pego o celular e é Emy atendo:

- Oi, fala

- Caramba Alice, vamos, estou te ligando a muito tempo

- Vamos pra onde?

- A boate Alice

- Putz, esqueci que era hoje, acabei dormindo

- Ta bom, toma um banho, bota qualquer roupa e vamos! Passo ai daqui a 30 minutos

-b

Emy é uma desgraçada mesmo, nem esperou eu mandar beijos, desligou na minha cara, pelo jeito vou ter que ir mesmo nessa tal boate nova, vamos ver no que vai dar! 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...