História Stupid Brother -Shawmila - Capítulo 15


Escrita por:

Visualizações 189
Palavras 1.214
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - Não gosto quando você usa isso


Fanfic / Fanfiction Stupid Brother -Shawmila - Capítulo 15 - Não gosto quando você usa isso

cutrtido por haileesteinfeld, laurenjauregui, shawnmendes e outras 562 pessoas.
allybrooke te amo. @TroyOgletree

....

-Eu... Shawn... Nós... - comecei a falar, mas o garoto me cortou.

- Estávamos nos beijando. Não é óbvio? - perguntou irônico, então Hailee se aproximou, sentando no braço do sofá.

- Vocês são irmãos, e isso é.... Incesto. - a morena concluiu nos encarando com um ar de repreensão.

- Nós não somos irmãos porra. - Shawn soltou entredentes, se levantando dali e indo em direção às escadas.

- Nós não somos irmãos, Hailz. - reforcei para a garota, que se jogou no lugar onde Shawn estava sentado a segundos atrás.

- Mas... Como vocês deixaram isso acontecer? - perguntou calma, enquanto mantinha o olhar firme nos meus.

- Eu não sei. Na primeira vez eu o beijei sem saber que era ele. - expliquei, me sentando em posição de índio no sofá. - Logo depois Shawn me beijou novamente, e então... Perdemos o controle.

- Não acredito. - Hailee me olhou com os olhos arregalados. - Ele foi o meu primeiro crush, sabia?

- O que?! Que nojo. - respondi a garota, que ria descontroladamente.

- Seus pais já sabem disso? - perguntou em tom de alerta, e eu suspirei.

- Não. - fui sincera. - Você não pode contar a ninguém, Hailee. Não que eu não confie nas meninas, mas isso foi um pedido de Shawn.

- Tudo bem. - respondeu tirando o celular do bolso. - Okay, estamos indo. Tá, tá bom. - a garota falou apenas algumas palavras, guardando o aparelho novamente no local inicial. - Já arrumou suas coisas?

- Eu? Pra que? - perguntei confusa, e a morena me repreendeu com o olhar.

- Hoje temos nosso dia de princesa, Camz. - hailee levantou os braços animada.

Não sei se já disse aqui também, mas Hailee Steinfeld tem bastante dinheiro e nada para fazer. A família dela é dona de uma rede de supermercados muito conhecida, e desde então a garota nada em leite.

- Eu já disse que não quero ir. - resmunguei me jogando contra o estofado do sofá, e ela parou a dancinha.

- Você não quer ir para ficar com o Shawn, não é sua danada? - indagou fazendo uma cara realmente safada, e eu a encarei. - Hoje é o baile! Vamos!

- Não, nada a ver. - respondi voltando a minha posição inicial. - Vamos logo, mas primeiro tenho de avisar Shawn.

- Ew, vocês parecem casados.

....

- Acho que não precisa de tanta coisa assim, Hailee. - resmunguei para ela, enquanto me olhava no espelho. Minha maquiagem já estava devidamente pronta, e eu me sentia bonita.

- Olha pra mim. - a garota me encarou por alguns segundos, respirando fundo. - Você está linda. Vai ser a garota mais linda do baile, depois de mim.

- Nossa vocês duas aí, já chega. - Normani nos tirou da pequena conversa, enquanto dava uma leve rodada com seu vestido tubinho preto.

- Wow. - Dinah encarou a garota com os olhos arregalados. - Minha acompanhante será a mais linda de todas.

- Não exagera China. - Mani respondeu a garota, um pouco envergonhada.

- Olha garotas, eu sei que o papo está bom, mas são quase oito horas da noite. - Ally alertou, enquanto olhava em seu celular.

-Gente eu acho que eu estou meio nervosa. - forcei um sorriso, minhas mãos estavam soando frio.

- Não é o seu casamento, então sossega esse rabo. - Chee respondeu terminando de fazer alguns cachinhos na ponta dos próprios cabelos, e deixando o bayliss de lado.

- O motorista já chegou. - Hailee espiou pela janela, fazendo uma careta. Terminamos de nos arrumar em minha casa por pedido meu, eu confesso que estou um pouco manhosa hoje. - Os meninos estão saindo do carro.

- Meninas? - escutei a voz de Shawn, e um arrepio percorreu a minha espinha. Hailee me olhou de rabo de olho, enquanto as outras meninas se ocupavam em terminar de se preparar. - Eu não sei por que diabos tem uma limusine lá na calçada nos esperando, só sei que o cara parece com pressa.

Hailee soltou uma risadinha olhado pra mim, enquanto colocava seus saltos. As meninas abriram a porta, e então Normani passou por mim, acompanhada de Dinah. Logo depois Hailee saiu também, e shawn entrou ali de supetão.

- Shawnie boy - Ally falou animada abraçando o maior rapidamente, enquanto se equilibrava em seus saltos.

- Allypapa - Shawn respondeu soltando do abraço da menor, com um sorriso grande nos lábios.

- Tenho que atender  - riu balançando o aparelho em uma das mãos. - É o Troy. - sussurrou pra mim, saindo do quarto aos pulos.

- Wow, pra uma garotinha catarrenta, até que você está razoável hoje. - Shawn soltou assim que ficamos sozinhos ali, me fazendo socar o braço dele.

- Pra um garotinho que não gostava de tomar banho, até que você não está fedido hoje. - respondi segurando nos antebraços do mais alto, enquanto ele me encarava.

- Você está linda. - sibilou lentamente, levando uma das mãos até a minha bochecha. Observei enquanto cada palavra saia da boca do rapaz, me fazendo acompanhar lentamente os olhos deles, mantendo o olhar firme um no outro.

- Você também está. Sempre está e isso é uma droga.

-  Você sempre está linda pra mim. - se abaixou, tocando meu nariz com o dele de leve, enquanto acariciava minha cintura por cima do meu vestido.

- Ah não, cala a boca, mentiroso. - ri levemente, e ele logo fez o mesmo.

- Precisamos ser mais discretos. - sussurrou contra a minha boca, fazendo com que os pêlos de meu braço se arrepiassem.

-Sim, devemos. - concordei me agarrando no corpo do garoto, e sentindo o calor do corpo dele junto ao meu, juntamente com o seu perfume amadeirado.

-O que Hailee disse? Ela vai ficar de boca fechada? - perguntou acariciando minhas costas com uma das mãos, enquanto a outra permanecia parada em minha cintura.

- Vai sim. Ela é uma boa amiga. Não faria uma coisa dessas. - mantive minha cabeça no peito de Shawn, apenas sentindo as batidas do coração dele.

- Camila, Shawn, vamos. - a voz de Hailee soou firme, e então nos separamos. Ela apenas avisou do outro lado da porta, sem entrar ali.

- Temos que ir. - ri levemente, enquanto Shawn segurava as minhas mãos, acariciando a mesma com os dedos.

- Temos. Infelizmente. - resmungou me puxando para ele uma última vez, e beijando meus lábios levemente por causa do batom. - Não gosto quando você usa isso.

- Prometo que até o fim da noite ele não estará aí. - me referi também ao batom, e ele suspirou, endireitando a postura, e abrindo a porta.

- Vamos logo. - entrelaçou nossas mãos, e então fechou a porta atrás de si. Andamos de mãos dadas até o começo da escada, e então ele soltou minha mão.
Senti meu coração congelar quando ele fez aquilo, mas sabia que era necessário.

- Aja como se me odiasse. - Shawn sussurrou, e então acelerou os passos, andando em minha frente, mas não sem antes deixar um tapa em minha bunda.

O que foi isso?


Notas Finais


GENTE COMO ASSIM O SHAWN TÁ FAZENDO 20 EU TÔ CHORANDO IGUAL OS ÚLTIMOS TRÊS ANOS NO FANDOM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...