1. Spirit Fanfics >
  2. Stupid fucking boy >
  3. Preconceito

História Stupid fucking boy - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Preconceito


"NARRADOR VISION" 

Depois daquela briga e daquele pequeno beijo, Rodrigo, principalmente, começou a tratar Ycro pior! Rodrigo ficou com sérias duvidas sobre sua sexualidade, ele não era um jovem preconceituoso apenas ignorante, enfim, depois daquele incidente toda escola estava falando sobre isso, principalmente pelo fato de Ycro ser novo na escola, por isso as pessoas tiveram péssimas primeiras impressões.

Teve um dia em especifico que Ycro não foi, oque deixou seus amigos relativamente chocados e impressionados, pois Ycro falou que só ia faltar se estivesse doente, por isso os amigos ficaram preocupados

Pedro: André, tu sabe onde tá o Ycro? será que ele está doente?

André: Ele não me avisou nada no Facebook, acho que aconteceu alguma coisa com ele, mas tanto faz agora, já é tarde, a gente já está na escola.

Lucas: Como assim? "Agora é tarde" a gente tem que ver oque aconteceu com ele maluco, mano falta 20 minutos pra a gente chegar na escola, ele mora aqui perto, bora lá!

André: Machu, Se tu quiser ir vai lá eu não vou te impedir de nada. - fala em um tom de deboche - 

Lucas: Eu não vou em lugar nenhum! olha André se tu não tirar esse sorriso do rosto eu vou te meter a porrada - segura a gola de André -

André: Mete vai, não vou reclamar - fica com a bunda empinada, e dá tapinhas no rosto -

Pedro: Para pessoal, olha a gente vai pra escola e nó intervalo a gente vai ver oque aconteceu com o Ycro. Quem tá comigo?!

Todos fazem um sinal com a cabeça que sim, e continuam andando normalmente, quando chegam na escola, veem uma multidão de alunos em volta do Saiko, que está claramente brigando com um professor.

Lucas: Olha lá rapaziada, é o Saiko brigando com um professor 

André: Obrigada por desvendar esse mistério,Sherlock Homes! 

Lucas: Vai se fuder. - fala sussurando -

Pedro: Vamos se juntar na multidão pra ver o que está acontecendo  "guys"

Eles se juntam no meio da multidão e vem Saiko brigando com o professor homossexual Luba, que estava com um livro sobre o preconceito contra os LGBT que inclusive era o tema que o professor ia abordar hoje segundo o mesmo

Luba: Para Rodrigo, tu não pode tratar as pessoas assim, tu sabe que eu sou um professor, PROFESSOR, tu não pode me tratar assim te tratei com todo respeito do mundo!

Saiko: HAHA, eu trato quem eu quiser do jeito que eu quiser, entendeu viadinho?

No momento que Saiko falou isso Lucas ficou furioso e foi até Saiko tomar uma satisfação, ele não queria brigar com Saiko, apenas proteger seu Professor predileto.

Lucas: Cala boca, tu não tem o direto de falar assim com ele!

Luba: Lucas, eu não preciso de você, eu sou a autoridade aqui.

Lucas: Eu protejo quem eu amo... Saiko nunca mais abre a porra da boca, senão sua sentença via ser bem pior, entendeu? - pega Saiko pela gola de sua jaqueta -

Saiko pela primeira vez fico genuinamente intimidado, e com medo do que ele poderia fazer com o mesmo na próxima vez que ele fazer uma besteira, por isso ele ficou com o cu na mão e soando muito.

Luba: Todos saiam daqui! e vão para as suas sala, rápido! 

A multidão rapidamente se desfaz, fazendo Saiko e Luba ficarem cara a cara sem ninguém para incomodar ou dar plateia para Rodrigo, por que quando Saiko ficava sem plateia, não tinha o por que ele continuar fazendo aquilo.

Luba: quero você Lucas me encontre nós fundos, e tu Rodrigo, me encontre na diretoria!

Saiko: Tá bom Prof. Lucas, vou lá o mais rápido possível.

Rodrigo sai correndo de lá extremamente envergonhado e com um andar rápido mas não correndo, ele pela primeira vez não estava Saindo orgulhoso ou se achando.

Lucas vai até Pedro e André... sereno, não estava orgulhoso, nem se quer feliz, parece que ele cometeu um crime que ele foi obrigado a fazer.

Lucas: - suspiro - Vamos pra aula, vamos. 

André: LUCAS! tu não viu oque você acabou de fazer? você intimidou o Rodrigo!

Lucas: É foi legal, vamos.

André ficou muito confuso mas não perguntou, vai que é doença.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...