História Stydia - Meio Irmãos - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Visualizações 46
Palavras 1.029
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem.
Boa Leitura! ★

Capítulo 4 - Capítulo 4


De noite


Era cerca de 22h eu estava quase indo dormir,quando Lydia do nada pulouna minha cama

S:Que susto,meu bem

L:Cachorrinho

S:É o que?

L: Quero um cachorrinho.

Levei alguns segundos para me cituar sobre o que estava acontecendo

S: Tem certeza?

L: Tenho

S:Olha..Lydia... Ter um cachorro é muita responsabilidade.

Ela não disse nada, apenas me olhou com aqueles olhinhos

S: Ta bom, ta bom. OK. Primeiro: Tem certeza absoluta de que quer um?

Lyds balançou a cabeça.

S: Tudo bem. Onde ele vai ficar?

L:Meu quarto

S: Vai ter disposição pra levar para passear?

L:Eu vou -Lyds sorriu com um brilho nos olhos e bateu palmilhas

S: OK, amanhã nós vamos adotar um

L: Obrigada -Ela me abraçou com força. Logo em seguida subiu o olhar e sorriu para mim. - Eu te amo

S:Eu também, minha irmã. Agora volta pra sua cama,ok? Temos muito trabalho pela manhã


(...)

Trabalho.

Assim que chegamos, antes mesmo de subir para a sala, George veio a nosso encontro

G: Senhor...venho lhe informar sobre sua agenda

S: Me diga

G:Você tem reunião com os estagiários, com os novos costureiros, com o pessoal da construção das fabricas da Stilinski e com os tesoureiros. Além  disso tem propostas de contratos com a GAP, Hollister  e Approve. Enquanto a Lydia, tem cinco proposta de emtapas de camisetas para criar alem de tres de calça 

S:Meu Deus.. Pelo visto não vou ter tempo de nada hoje. Chame Scott por favor, e o novo estagiário, na minha sala em cinco minutos. 

G:Sim. Com licença. 


S:Lydia. -Disse enquanto pegavamos o elevador- Hoje eu e você estaremos ocupados ta bem? Então provavelmente não vamos nos ver. Eu vou te deixar com Scott e Bill, ta bem? Eles vão cuidar de você. Aliás, você gosta do Bill? 

L:Ele é legal, disse que eu sou muito bonita e me desenhou um gatinho. 

S:Ele parece um bom rapaz. 

Meu celular tocou assim que entramos na sala. Era Allison 

S:Eai louca

A:Lydia está disponível hoje as 7h? 

S:Sim por que? 

A:Pergunta se ela quer ir no shopping 

S:Lydinha

L:sim

S:Quer ir no shopping com a Alli depois do trabalho? 

L:Sim

S:Ela quer

A:Muito bem, eu pego ela na empresa mais tarde ta? 

S:Ok tchal. Maninha,esteja pronta as 7h ta bem? 


(...)


Tinha cido um looongo dia. Quatro reuniões, não tive intervalo devido a isso, alem de tres propostas de contrato para avaliar. Eu precisava relaxar, e sabia exatamente pra quem ligar. Peguei o telefone e disquei seu numero

E:Alô 

S:Erica... Vem pra minha casa. Quero brincar de boneca. 

E:Ja estou indo

Ela entendia fácil o recado, e o melhor é que Lydia estava fora de casa nessa hora. 

(Acho que o que aconteceu depois disso não precisa de detalhes, não é?)


Pov Erica

Stiles estava desmaiado do meu lado, ele provavelmente não acordaria pelas próximas duas horas, afinal nessa noite tinha cido agitada. Como eu estava com fome, achei que ele não se importaria se eu fosse até a cozinha e comesse algo. 

Quando cheguei la (estava vestida) encontrei a tal irmãzinha que ja atrapalhou a gente duas vezes 

L:Erica? - Ela perguntou enquanto eu abria a geladeira e pegava um pedaço de bolo

E:Sim sou eu -Disse com um pouco de desprezo. -O que você quer? 

L:Por que esta aqui? -Ela perguntou viranda a cabeça 

E:Ai meu Deus tão inocente -Zombei - Vai brincar de casinha vai

Ela não respondeu, apenas abaixou a cabeça. 

Me sentei e começei a comer

L:Esse bolo... Comprei pro meu irmão -Lydia parecia brava

E:Eu não ligo. E para de encher o saco. 

L:Mas... 

Antes que ela falasse mais, eu me irritei e começei a gritar. 

E:Fica quieta! EU NÃO QUERO SABER. Que merda menina

Lydia começou a chorar. Meu deus que garota chata, além de mimada. 

L:Eu te odeio -Disse entre soluços e depois saiu correndo. 


Pov Stiles

Acordei com minha irmã se jogando na minha cama, pela segunda vez no dia. Mas dessa vez, ela estava chorando. Chorando muito. Ela me abraçava e solucava sem parar. 

S:Meu bem o que foi? 

L:E..Ri.. Ca. -Lyds mais soluçou do que falou, mas mesmo assim eu entendi; ignorando o fato que eh estava palado

S:O que ela fez? 

L:Foi má 

Lyds deixou a cabeça cair no meu peito. 

S:Calma, ok? -Eu disse colocando seu rosto na cama e levantando em seguida. Fui para a cozinha com sangue nos olhos; eu sempre ficava assim quando alguém machucava Lydia

S:O que você fez? -Gritei quando encontrei Erica colocando um prato na pia

E:Aquela menina e enxeu o saco e eu só falei o que pensava -Deu de ombros

S:Esculta aqui, se você falar com ela de novo eu te mato afogada. Ou melhor sai fora da minha casa! Agora

Erica me olhou de cima a baixo, parecia decepcionada. 

E:Mas Stiles... 

S:ANDA! -Apontei para a saida e ela foi. 

Depois de algums segundos eu lembrei que esse tempo todo eu estava pelado. 

Subi para meu quarto, para me vestir e topei com minha irmãzinha dormindo numa poça de lagrimas. Meu coração se partiu ao meio quando vi aquilo. Me deitei do seu lado e a abracei; com isso ela acordou

L:Ela já foi? -Disse assustada

S:Ja foi sim.. E nunca mais vai voltar

Passamos uns cinco minutos em silêncio, até que não aguentei aquilo e puxei assunto 

S:Lydia, lembra que você queria um cachorrinho? 

Ela me olhou com os olhos inchados. 

S: Quer ir agora? 

L:Sim -Lyds pareceu ao menos um pouco animada

S:Vamos? -Me levantei e estendi a mão para ela. -Quer ir no meu carro ou no seu? 

L:No meu! 


(...)

No carro, por pelo menos dez minutos Lydia ficou pendurada na janela. Pelo visto, ela tinha realmente ficado chateada com a Erica. 

Liguei o rádio em uma música para animá-la e ela começou a cantar voltou sua atenção para o radio

(...)


Chegamos no pet shop. Agora, minha irmã estava feliz. Entramos de maos dadas. 

-Boa noite -uma atendente da loja nos recebeu

S:Boa tarde.. Hum.. Eu e minha irmã viemos aqui procurando um cachorrinho para adotar

-Venham comigo 

Fomos levados para uma sala cheia de filhotinhos. Lydia ficou maravilhada com aquilo. Seus olhinhos pareciam até brilhar. 

Tinha de todas as espécies e até vira-latas. Confesso que também adoro estar ali no meio de tanta Fofura. 

L:Eu vou querer esse. -Ela ergueu um filhote de Pastor alemão. 

S:Tem certeza? 

L:Sim 

S:Moça, nós já escolhemos



Depois de comprar ração assinar uns papeis o cachorro era nosso. Lyds deu o nome de Paloma pra ela. 


Notas Finais


Então o que acharam?
Se quiserem dar uma olhada na minha nova Fanfic Stydia postada no Wattpad estou deixando
Link:
https://my.w.tt/UiNb/aatY5XdV9H

Kisses.💋
Até!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...