História Sua sede de sangue! - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Personagens Originais, V
Visualizações 34
Palavras 665
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


B
O
A

L
E
I
T
U
R
A


Capítulo 5 - Demônio ou anjo?


Fanfic / Fanfiction Sua sede de sangue! - Capítulo 5 - Demônio ou anjo?

S/N pov***

Continuação... 

Eu e Jimin estavamos rindo, até Taehyung entrar putão dentro do quarto. 


Tae: o que você tá fazendo aqui? *pergunta gritando com o Jimin *

Jm: Não é da sua conta cara... tu vacilou legal com a S/N fazendo ela virar uma de nós. 

Tae: vai cuidar da sua vida... a S/N é minha! 

S/N: Eu não sou sua não! Eu não sou de ninguém! 

Tae: cala a boca! 

S/N: não pera ai... cala a boca você, tu acha que é quem pra ficar putinho assim comigo? Taehyung acho melhor tu ir abaixando sua bola, se não corto suas asinha rapidinho. 

Tae: o que você falou pra ela Jimin? 

Jm: Eu não falei nada a S/N tem opinião própria caraleo. 


Taehyung olhou Jimin com muita raiva... e partiu de soco em cima dele. Por um momento pensei que os dois iam se matar... mas logo chegou Namjoon e Jungkook para separar a briga. 


Jk: o que tá acontecendo aqui? 

Nm: vocês dois não crescem nunca não? Qual o motivo da briga? 


Jungkook me fitou frio. 


Jk: acho que já sei o motivo... Vocês dois deveriam ter vergonha, deveriam agir como adultos e não brigar por uma qualquer. 


Ah viado quem é qualquer? 


S/N: Eu tenho nome... quero ser chamada por ele... e não por apelidos infames. 

Nm: Jungkook... para com isso man, a menina nem tem nada haver. São esses dois indecentes aqui. S/N desculpa a confusao. 

S/N: não tem nada não...


Passei a mão no meu braço que estava machucado para ninguém perceber. Mas Jungkook percebeu. 


Jk: está machucada? 

S/N: N-nao... não estou não. 

Jk: menos mal. 


Eles saíram do quarto, e eu fui tentar ver aquele machucado, estava mais roxo do que o normal, e foi só uma batidinha... 

Então fiquei mexendo no meu celular até a hora de dormir, então quando vi que estava tarde... apaguei as luzes... e fechei meus olhos. 

Mas do nada entrou alguém, acendeu a luz e era... o ser que mais odeio... Taehyung


S/N: o que você ta fazendo aqui? 


Ele estava com uma maleta na mão. 


Tae: seu machucado... me dê seu braço. 

S/N: não.. 


Taehyung fez uma expressao de irritado e pegou meu braço a força... 


Tae: não foi por uma batida ne? Foi pelo jeito que peguei seu braço na hora do jantar. 

S/N: aquilo nem doeu. 

Tae: Por que tá se fazendo de forte? 


Taehyung abriu a mel era e lá tinha um bisturi, e um tesoura de cirurgia. 


S/N: oh oh oh u que você vai fazer com isso? 

Tae: é necessário... não vai doer. 


Taehyung cortou meu braço, e saiu um monte de sangue... fiquei assustada. 


Tae: é normal... isso é o resto de sangue que você tinha no corpo, agora você não vai mais sentir dores. Ah eu tenho que dar um jeito de tampar essa ferida... merda, esqueci o curativo. 


Taehyung tirou a camisa rasgou... e... mano eu nao sou de ferro, qualquer um que visse Taehyung sem camisa ia ficar com vergonha mano. 


S/N: sabia que... tem curativos dentro daquela caixa? *digo apontando para uma caixa em cima do balcão*

Tae: agora já foi! 


Taehyung veio ao meu lado, chegou bem perto de mim. E começou a fazer curativo no meu braço

Ele parecia tão... Humano... tão... bom! 


Tae: agora você tem que dormir *sorri leve*


Taehyung estava saindo do quarto, quando o chamei de volta. 


S/N: Taehyung! 

Tae: oi? *diz voltando pra tras*

S/N: por que você fez isso comigo? 

Tae: Eu queria alguém perto de mim, eu te amo S/N

S/N: você não ama... monstros não amam! 

Tae: você também é um monstro... desde a primeira mordida. 

S/N: Eu não sou igual a ninguém aqui! 

Tae: tem razão... você é diferente... por isso posso te dizer que você é a única que eu amo! 


Taehyung sorriu para mim, apagou as luzes, e saiu do quarto. 

Mas eu não amo ele... ele me fez fazer aquilo com a Lea, me fez abandonar minha família e amigos, eu odeio esse demônio disfarçado de anjo. 



Notas Finais


Bjs até mais 😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...