História Sublime Do Amor (Imagine Jungkook BTS) - Capítulo 19


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook)
Tags Amor, Army, Bangtan Boys, Bts, Coréia, Dorama, Hoseok, Imagina, Imagine, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Kidol, Kpop, Namjoon, Rap Monster, Romance, Seokjin, Sexy, Suga, Taehyung
Visualizações 51
Palavras 1.175
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aaah! Eu sinto muitíssimo pela falta de capítulos de 2 semanas :c
Eu estava viajando, e lá não tinha pc ou note para escrever, então eu peço perdão a vcs :3

Boa leitura! <3

Capítulo 19 - Droga


Fanfic / Fanfiction Sublime Do Amor (Imagine Jungkook BTS) - Capítulo 19 - Droga

Amor para alguns, droga para outros.

~~~

Outro dia cansativo, sai mais cedo da empresa, porém até melhor a não ser pelo fato de ter que fazer compras. Sim sou uma pessoa que não suporta passar tanto tempo em apenas um local, a não ser aquele que sou obrigada a ficar, no caso o trabalho, claro.

Ainda mais onde terei que ficar caminhando por horas e horas, e sim eu tenho preguiça! Acho normal, todos temos ainda mais de uma semana corrida com a pré-venda do Wings.

Trabalhar igual uma doida, não estava na fileira de metas ou sonhos, mas é o que temos por em quanto.

- Você aparenta estar cansada demais. _Sun me pergunta com um semblante de preocupação.

- Ah não... _Empurro o carrinho lentamente em quanto andávamos.

- Eu sei, trabalhar em uma empresa onde tem que cuidar de "pestinhas", é cansativo mesmo. _Ri pegando um tomate e pondo na sacola.

- Bem, graças a deus não sou babá deles! _Dito brincando.

- Mas então, e o novo álbum?

- Então, a pré-venda está sendo um sucesso, mas a venda oficialmente será daqui alguns dias, ou seja dia 10 de outubro. Os meninos estão ansiosos como sempre, porém será mais trabalho, pois haverá turnê, fansing e eu ficarei atarefada novamente... _Suspiro pesado.

- E quando será suas férias?

- Sinceramente? Não sei ainda, teria que alguém ficar no meu lugar.. _Reviro os olhos. - Mas caso eu pegue nesse tempo que os meninos irão a turnê, eu voltarei ao Brasil. _Acrescento.

- É, seja otimista que você ganhará, além do mais, você precisa descansar. _Solta um sorriso fraco.  - Mesmo que eu sinta saudade. _A mesma faz um biquinho fofo, enchendo suas bochechas de ar.

Solto um riso fraco ao ver a careta que a mesma fazia.

- Eu sei que irá! Sabe aqui é maravilhoso, tudo de bom, mas eu sinto saudade extrema do Brasil, da minha família, dos meus cachorros.. _Ri.

Mesmo estando ansiosa para minhas férias e voltar ao Brasil, só de pensar que ficarei 16 horas ou mais, dentro de um avião, eu fico toda desanimada.

***

Como de costume a pré-venda e a venda do álbum foi um sucesso, pude acompanhar a alegria de todos na empresa, sendo assim o Bangtan foi indicado aos prêmios do MAMA de 2016, e não apenas um, mas 7, além disto eles também foram indicados a Billboard sendo o primeiro grupo de K-pop a ser premiado, onde os internautas irão votar na internet de os meninos merecem ou não levar o troféu Top Social Artist.

Com o BTS fazendo os primeiros shows na Coréia Do Sul, tive tempo de pesquisar alguns apartamentos para alugar, pois como havia dito, não irei ficar muito tempo atrapalhando a Sun na casa dela, eu me sinto mal, mesmo que ela não entenda, preciso sair de lá e deixa-lá viver.

Achei alguns lugares bons em Gangnam, e o melhor de tudo é que não terei dificuldade em pronunciar o nome do bairro, pois é um pouco difícil, temos que admitir isto. Amanhã mesmo irei visitar o local sem contar nada a Sun.

***

Mesmo o tempo estando frio, não serei impedida de pegar o metrô, bom é que não fica tão longe, porém precisarei de ajuda, os metrôs daqui, não tem uma sub legenda em inglês, ainda bem que tenho meu celular em mãos.

Sai de casa mais cedo, apenas com uma roupa casual, pois hoje não precisaria ir na empresa, e optei por estar mais confortável possível. Não avisei Sun, apenas tomei uma xícara de café rapidamente para não acorda-lá.

Chegando ao local depois de um bom tempo, fiquei em frente ao prédio que talvez seria minha futura casa. Vislumbrei o prédio perfeitamente, de lado a lado. O prédio se encontrava em bom estado, uma pintura nova, em um tom de cinza claro, junto ao branco.

Observei ao redor também, havia muitas cafeterias e comércios, além de ficar próxima ao metrô, pois não compraria um carro tão cedo, muito menos uma moto.

Adentrei no local que se encontrava no nono andar, o bom do local é que também tem um elevador, assim não me cansaria subindo escadas. O apartamento não era tão grande, já era o suficiente para uma pessoa sozinha. Havia apenas um quarto médio, uma sala conjugada junto a cozinha então o local era maior, uma pequena sacada na sala, e um banheiro pequeno.

O preço era justo, não era caro mas também não era barato, pois é próximo a tudo, então não precisaria andar muito para fazer compras no supermercado ou fazer qualquer coisa. Conversei com o proprietário por um bom tempo sobre os vizinhos e a vizinhança.

***

Já era quinta-feira, e Bangtan estava voltando para Seul, e pelo contrário eles não iriam para casa, eles iriam passar na empresa, apenas para agilizar algumas coisas, pois estariam indo para EUA em dois dias, e neste caso talvez eu ganhe minhas desejáveis férias. O dia foi longo porém não vi muito os meninos, sinceramente, Jeon estava sexy como sempre.

- Como eu irei contar a Sun, como? _Penso relaxando meu corpo na cadeira de meu escritório. - Provavelmente ela irá ficar furiosa, droga... _Suspiro. 

Repentinamente alguém da algumas batidas na porta.

- Entre. _Dito um pouco alto para que a pessoa possa escutar.

- Como sobreviveu sem mim? _Jeon pergunta fechando a porta.

Me assusto ao ouvir a voz do mesmo. 

- Sabe, eu tomo água, como comida entre outras coisas.. _Dito brincando, e o mesmo solta um sorriso largo.

- Sabia que já está tarde? Quase todos foram para suas casas.

- Sério? Uou eu realmente não percebi! _Verifico o horário no meu celular, vendo que já marcava 18h em ponto.

- Droga era só o que faltava! Vou perder meu trem! 

Começo a organizar tudo em uma velocidade inacreditável, sem me importar com o Jeon em minha sala. Repentinamente o mesmo me puxa pelo pulso me prendendo contra a parede de frente a ele.

- Jeon, aqui não é o local adequado! _Tento me soltar mas o mesmo é muito forte.

- E onde seria um "local adequado"? _O mesmo fitava meus lábios de uma forma estranha, como se quisesse devorá-los.

- Um local que não fosse seu trabalho e muito menos o meu.. _Dito constrangida. - A além disto, eu tenho que ir para casa, Sun está a minha espera e eu irei perder o trem e.. 

Antes de dizer mais uma palavra o mais novo toma meus lábios ferozmente, me deixando mais surpresa ainda. Jeon aparentemente estava com saudade de meus lábios, e claramente eu estava dos seus, porém o medo de sermos pegos em flagra falava mais alto.

Me deixei levar com seus toques por mais alguns segundos, desfrutando de seu beijo quente e envolvente, era pior que uma droga. Pausamos por alguns segundos por falta de ar se fazendo presente.

- Eu te levarei para casa hoje. _Fez uma pausa pensativa. - Ou não. _Seus lábios rosados se tornaram um sorriso malicioso em poucos segundos.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...