1. Spirit Fanfics >
  2. Sublime Love >
  3. New Friend

História Sublime Love - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpa a demora do cap essa semana vai ser recheada de capítulo espero que gostem♡

Capítulo 2 - New Friend


Pov Sadie 

O dia da viagem chegou, a casa estava um tanto agitada, malas para cá, malas para lá. Todos prontos para ir embora, a única pessoa que sentirei falta será Clarisse, uma mulher que trabalha aqui há um tempo, fomos grandes amigas e ela vai sentir muita falta minha como sentirei a dela também, mas é por um bom motivo. Deixo uma carta de despedida com ela e logo parto junto com os outros para o aeroporto.

Tudo estava indo maravilhosamente bem, o céu não ameaçava chuva e não tinha tantos passageiros, o que seria melhor em meus pensamentos já que o avião não caíria por excesso de peso, as vezes eu penso que se há crianças no avião talvez Deus tenha mais misericórdia e ele não caia, bom... Jacey estava indo conosco então não tenho com o que me preocupar, rio de meus próprios pensamentos enquanto imagino minha nova e bela vida em Vancouver, espero conhecer muitas pessoas e também muitos amigos.

Assim que sinto o tremor do avião na pista da maravilhosa Vancouver meu coração acelera, ansiedade, mas uma ansiedade boa, daquelas que você não vê a hora de abrir um presente ou ver a uma pessoa. Descemos do avião e caminhamos até a esteira onde as malas saíam, depois de bastante tempo o motorista da nova casa nos leva. Abro a janela e sinto o ar frio no rosto, sinto como se estivesse em um filme, em câmera lenta, o vento vinham contra mim jogando meus cabelos para o lado,carros e mais carros apenas passando, pessoas passeando pelo shopping, as folhas das árvores caindo. Tudo não parecia tão bonito, tudo era bonito.

Sou interrompida com um cutuco de Mitchell, finalmente chegamos na nova casa, ela era bem mais bonita que a outra, tinha uma entrada deslumbrante e um Jardim perfeito na frente, era branca e enorme, não posso esperar para ver o meu quarto. Entramos na casa e se lá fora era bonito, dentro era mais ainda, as paredes tinham um tom esbranquiçado e cinza, os móveis me pareciam caríssimos e para completar o charme, os lustres reluzentes estavam por toda parte, depois de conhecer a casa todos começam a caminhar para seus respectivos aposentos, fico me perguntando como eles sabem se não me falaram nada.


- Segundo andar à direita, último quarto perto da biblioteca - esclarece papai.


- Obrigada, preciso descansar já vou indo.


Sigo o que ele me disse e assim que abro a porta me deparo com o quarto mais maravilhoso desse mundo, a cama era perfeitamente confortável e grande, a janela dava a vista para outra casa perto da nossa mas ainda assim tudo muito lindo, as paredes estavam em um tom branco e bege, sem contar que ainda havia um closet que parecia ser maior do que o próprio quarto, depois de apreciar tudo decido ir tomar um banho e arrumar as coisas que ainda estavam na mala. De banho tomado decido começar pelas roupas, tranco o quarto para ninguém entrar já que ainda estou com um roupão, começo a pôr tudo em seus devidos lugares e acabo por passar a tarde inteira só ali organizando tudo.

Me jogo na cama exausta pela arrumação e descanso por uns minutos os olhos, visto uma roupa confortável apenas para ficar em casa e desço para esclarecer alguns assuntos com minha mãe.

Para a minha sorte ela e papai estavam sentados no jardim conversando.


- Mãe posso ter uma palavrinha com você agora? 


- Claro, o que quer?


- Queria saber aonde vou estudar.


- Amanhã você saberá, quero que você mesma veja. - diz com um sorrisinho estranho, mas carinhoso.


- Tudo bem então até mais.


- Ah Sadie! - ela me chama antes que eu vá - já que tocou nesse assunto queria dizer que suas coisas da escola estão em algum lugar do seu closet, suas aulas começam amanhã deixe tudo pronto e tente não se atrasar.


- Ok - vou à caminho do meu quarto para organizar tudo.


Deixo tudo pronto conforme mamãe disse e fui descansar já que me encontrava exausta pela viagem. Assim que fecho os olhos a droga da notificação chega, era aquele maldito de novo me perturbando.


[email protected] 

7:15 pm

Fala sério quem você é o que quer? Para de ficar me perturbando.


[email protected]

7:16 pm

Eu ein, quer se acalmar eu não sou nenhum bandido não sua louca. Vamos fingir que isso não aconteceu.

7:17 pm

Prazer eu sou Josh e você?


[email protected] 

7:17 pm

Sou Sadie e você que é louco.


[email protected] 

7:17 pm

Caramba você é chata mesmo ein quem te aguenta?


[email protected] 

7:18 pm 

O que você quer?


[email protected] 

7:18 pm

Sei lá, talvez só alguém para conversar


Ótimo e esse alguém tinha que ser justo eu?


[email protected] 

7:18 pm

Tudo bem então mas... Como diabos você me encontrou?


[email protected] 

7:18 pm

Ah sei lá, da vida, isso não importa só quero passar meu tempo com alguém. Conversar é bom.


[email protected] 

7:18 pm

É eu sei, mas preciso ir dormir amanhã tenho aula cedo.


[email protected] 

7:18 pm

Sério que horas?


[email protected] 

7:19 pm

Ah que ótimo um agente do FBI agora?


[email protected] 

7:19 pm

Hahahaha desculpa, boa noite então Bela


Que ótimo. Apelidinhos e eu sequer o conheço direito.


 [email protected] 

7:19 pm

Bela???


[email protected] 

7:19 pm 

É, Bela é uma princesa


[email protected] 

7:20 pm

Vou dormir stalker

7:20 pm

Tchau.


[email protected] 

7:20

Tchau


Caio na cama morta de sono e durmo.

{...}

Um novo dia já começava, meu relógio marcava cinco e trinta da manhã e berrava com aquele click a cada segundo, meu coração palpitava com um pouco de ansiedade, desligo o despertador que tocava alto e corro para o banheiro. Acabo por escolher uma calça jeans básica e uma blusa preta com borboletas, coloco um allstar preto e finalmente pego minhas coisas para ir.

O motorista já me esperava, o caminho não foi muito longo, mas mesmo assim deu para ver um pouco do bairro, era bonito e a nossa casa parecia ser a mais exagerada de todas ali. Assim que cheguei na escola nova fui recebida por um guia que me deu uma espécie de mapa para que eu não me perdesse por ali e também uma mini chave que acredito ser a do meu armário, tudo estava bem movimentado e alguns pareciam já saber os caminhos que tinham que seguir, começo a olhar no mapa, mamãe me passou os horários da escola pela manhã e vi que a primeira aula de hoje seria Matemática. Ótimo. Grande dia para quem não consegue calcular nem a conta mais fácil do mundo. Continuo a seguir e acho a sala no segundo andar do prédio, por sorte meu armário ficava por perto e logo tratei de me organizar, faltava uns trinta e oito minutos para começar a aula então decido decorá-lo a meu gosto como qualquer aluno do ensino médio faria.

O sinal toca e todos vão para as suas salas, não tinha nada demais, o professor apenas passou alguns assuntos totalmente desinteressantes e apresentou os alunos.

O sinal toca várias outras vezes e sigo nessa correria para achar outras salas. Finalmente chega a hora do intervalo, guardo minhas coisas no armário e sigo para o refeitório, não sinto fome ainda então apenas pego um livro para ler nesse tempo, estava andando e ao mesmo tempo procurando a página em que parei, e é justamente nesse meio tempo que  distraída acabo por esbarrar em uma garota derrubando seus livros. 


- Puxa vida, me desculpa mesmo, olha não foi por que eu quis tá - me abaixo e pego suas coisas caídas no chão, alguns alunos ficam olhando.


- Tudo bem, eu também não deveria estar correndo apressada, ainda tenho tempo para comer. - Ela me dá um sorriso que logo foi retribuído -  Desculpa a pergunta, qual o seu nome? É uma das novatas não é?


- Sou sim, muito prazer me chamo Sadie Sink e você? - Estendo a mão para a garota que a aperta logo em seguida.


- Me chamo Millie Bobby Brown, estudo aqui há um tempo, então já fez amigos?


- Ainda não por enquanto - sorrio sem jeito.


- Pois você acaba de fazer uma agora mesmo - a garota de olhos castanhos sorri.


- Quem bom então - rimos juntas.


- Você já tem amigos além de mim aqui? - lhe pergunto.


- Na verdade sim, Caleb, Finn, Gaten e Sophia. Eles são muito legais quero te apresentar para eles.


- Tudo bem e onde eles estão?


- Matando aula é claro 


Por um minuto me passou pela cabeça se eu estaria realmente andando com a pessoa certa. Matar aula, não me parecia uma coisa muita certa.


- Vamos, eles estão na sorveteria aqui perto, conheço um lugar por onde podemos passar ser sermos vistas. Você vem?


Agora ferrou, não sei o que dizer, não quero parecer careta e dizer "minha mãe vai me matar se souber que eu fiz isso" mas não quero sofrer as consequências depois. Minha primeira amizade tinha que começar justo assim?






Notas Finais


Sadie se ferrou tadinha, parece eu fazendo amizade


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...