História Sublimes Desejos (Naruhina - Sasusaku) - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Ashura Ootsutsuki, Hinata Hyuuga, Indra Otsutsuki, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kaguya Ootsutsuki, Kushina Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Pain, Personagens Originais, Rikudou Sennin, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shion, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yahiko
Visualizações 126
Palavras 822
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ecchi, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aaahhh, aqui está lkkk espero que gosteem muito.
Beijos ♡

Capítulo 12 - Um demônio no banheiro.



  Após o jantar eles lavaram as louças e arrumaram a cozinha, Naruto queria ver um filme hoje, então se sentaram no sofá.

  -Posso só tomar banho primeiro?

  -Não Sakura, se não o filme vai acabar muito tarde.

  -Okay, mas nada de filmes de terror, eu tenho medo.

  -Você tem medo? -ele ria tão alto que poderia ser escutado de fora da casa.

  -Tenho- ela disse se encolhendo.

  -Sakura- chan, eu vou te contar uma história  sobre o demônio do banheiro.

  -Que? Você acha que eu sou idiota? Eu tenho medo de filmea de terror, não dessas historietas mal assombradas para crianças malcriadas.

  -Tá, tá, mas deixa eu contar. Existe um demônio que persegue jovens mulheres, ele faz você sentir muita vontade de fazer xixi durante a noite, então quando você finalmente se rende à vontade e vai ao banheiro...- ele fez uma pausa e abaixou a cabeça.

  -Acontece o que?

  -Ele devora sua alma e come seus olhos.

  -Você inventou isso agora.

  -Claro que não.

  -Coloca logo nesse filme, que eu vou pegar um refrigerante.

  -Se ficar bebendo muita coisa de noite.. bem, você já sabe, pode ser mais uma das vítimas- após dizer isso ele levou um cascudo de Sakura que ja estava de pé- AIII SAKURA-CHAN, isso dói-  choramingou.

  O filme que Naruto escolheu foi mais uma animação, eles assistiram e foram para seus quartos, o loiro conversou um pouco e dormiu com os arrepios frios envoltos à coluna. Sakura não demorou muito para pegar no sono também.


  3:04 era o horário que ela via no seu relógio digital de pulso.

  "Droga, eu quero muito ir ao banheiro" pensava coberta até a cabeça pelo edredom    
  "Droga, droga,  droga"
  "Eu não acredito que tô com medo desse demônio do xixi ou sei lá o que"
  Falava a voz dentro de sua cabeça enquanto ela rolava na cama
  " É imaginário"
  "Calma Sakura" 

"Um pé após o outro e nada vai acontecer"

  "EU NÃO POSSO MIJAR NA CAMA, CARALHO"

  Ela levantou apertada e suando e foi até a porta do quarto de Naruto. Bateu insistentemente até acordar o loiro.

  -O que foi Sakura- chan- disse sonolento e esfregando o olho.

  -Preciso usar seu banheiro- sussurrou.

  -O que disse?

  -Ora, você é surdo?

  -Fala logo mulher, o que é tão importante a ponto de me acordar? ESSA HORA-gritou vendo o horário no celular.

  -EU QUERO FAZER XIXI.

  -O que? - gargalhava enquanto abria a porta devagar.

  Sakura o puxou pela mão e o arrastou até o banheiro da suíte dele.

  -QUE ISSO?

  -Fica quieto Naruto, só vira de costas.

  -Não vou ficar no banheiro com você mijando sua estranha.

  -Por favor- disse chorosa

  -Sakura- chan, você me faz fazer cada coisa- revitou os olhos enquanto ficava de costas

   -aaah

  -Eu não acredito nisso. 38 segundos? Eu avisei pra você não tomar tanta coisa anoite.

  -Você contou? Psicopata.

  -EU PSICOPATA?  VOCÊ QUE ME PUXA NO MEIO DA NOITE E ME OBRIGA A IR NO BANHEIRO COM - foi cortado pelo barulho da descarga.

  -Rum, ninguém mandou você me contar essas baboseiras.

  -Tá, tá, mas agora vá pro seu quarto eu quero dormir- sairam do banheiro após ela lavar a mão.

  -Naruto- kun?

  -Lá vem

  -Deixa eu dormir aqui?

  -O QUE ? NADA DISSO.

  -Por favor- falou com a voz chorosa fazendo manha- e se eu sentir vontade de ir no banheiro de novo?

  -Fora de questão, nada disso, já pro seu quarto.

  -Você vai pegar outra coberta ou vamos dividir essa aqui mesmo? - disse deitada

  -O QUE? Sakura- bufou- pega outra no guarda roupa, essa é minha- deitou se tampando.

  -Não, ela é quentinha.

  - Você é muito folgada, me deixe dormir. Ruum.

  -Naruto- kun?

  -Que é Sakura?

  -Soltei um pum

  Ele se deu conta que estavam apenas de roupa íntima assim que olhou pra ela com cara de indignado

  - NOJENTA-  se levantou e pegou uma camisa no guarda roupa- veste isso sua porca folgada.

  -Vai adiantar muita coisa, você tá de cueca.

  -Deve ser por que o quarto é meu? - vestiu um short e voltou pra cama praguejando.

  - Verdade, talvez seja isso.

  -Agora me deixe dormir, sem puns.

  -Pelo menos não foi embaixo da coberta.

  -Você é um menino Sakura- chan.

  Quando eles acordaram Sakura estava atravessada na cama como se ...

  -A cama fosse sua.

  -Ohayo pra você também Naruto-kun, de nada por deixar você compartilhar a mesma cama que eu.

  -Rumm, vamos levantar porque o dia vai ser legal.

  -Que horas a gente vai sair?

  -Vamos não sair?

  -Não dá pra não ir trabalhar Naruto.

  -Então vamos, já que não tem outra solução.

  -Vou no meu quarto me arrumar, depois eu faço café.

  -Tá bom, você me deve bem mais que um café por essa noite- disse ao ver Sakura saindo do quarto apenas com sua blusa e com a popa da bunda aparecendo- se alguém visse essa cena é claro que imaginaria outra coisa- riu sozinho.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...