1. Spirit Fanfics >
  2. Submissão >
  3. Cap. 4

História Submissão - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Cap. 4


Fanfic / Fanfiction Submissão - Capítulo 4 - Cap. 4

_Você já teve o prazer de conhecer o submisso do Sr. Jung? -pergunta Tae ao moreno pelado em sua cama, tendo a luz do sol iluminando a pele clara coberta por tatuagens.

_Min Yoongi? -diz solto ao se virar para seu dominador flex. _Ele é bem próximo do Jimin... já o recebemos em casa algumas vezes... Porque?

_"Porque?" -repreendendo o mais novo, dando lhe um tapa na bunda. _Não me questione!


~


É manhã de sábado...
Taehyung recebe em sua mansão o jovem de cabelos pretos todas as sextas a noite, liberando-o para ir embora apenas na segunda, quando sai para trabalhar ao amanhecer, exigindo vê-lo pelo menos duas vezes ao dia, toda a semana.


~~~


Jungkook é submisso ao Tae, a quem lhe deposita todo amor.

Assim como Hoseok, Jeon também é ciumento e possessivo em relação ao parceiro, mas como submisso, não tem autoridade para exigir nada ao de pele bronzeada.

Mesmo se fosse dominador, o moreno não seria capaz de agredir seu tigrezinho.
É mais provável que ele arrebente a cara de todos que se aproximem de Taehyung, do que estender a mão para o rosto que possui ondas turquesa sobre a testa, exceto quando estão transando...



Em relação a violência, o mesmo vale para Kim, ele não é capaz de machucar seu coelhinho, não fisicamente...


~


_Eu quero que você convide o Yoongi para vir aqui hoje. -pedido feito entre lambidas sobre a pele molhada do mais novo. _Quero aquele floco de neve derretendo na minha língua...

Ao ouvir isso, Kook sai do box do chuveiro onde estavam tomando banho juntos.

_Eu não tenho o contato dele. -responde, parando em frente ao espelho, com os olhos e punhos fechados.

_Está negando uma ordem minha, Jeon Jungkook? -num tom provocador, Tae se aproxima de seu submisso.

_Não... É que... -não conseguindo prosseguir por conta do ciúme que lhe consome.

_Você sabe que não gosto de me decepcionar... -fala ao passar suas mãos pelo corpo alheio, que está de costas pra si. _15h é um bom horário pra receber visitas...

Ao terminar de falar, o mais velho leva sua mão direita ao próprio pênis, o estimulando. Com uma ereção formada, ele passa seu membro pela bunda a sua frente.

Jeon, sentindo o toque em seu corpo, abre os olhos e dispersa sua raiva, agarra-se a pia e recebe a penetração lenta.

Tae intensifica as investidas dentro do moreno, puxando o corpo alheio pra mais perto de si.
Sua mão esquerda vai de encontro ao pescoço de Jeon, lhe causando uma leve asfixia, enquanto chupões são feitos na clavícula a sua frente.

Enquanto o penetra intensamente, Taehyung masturba o moreno, assim ambos gozaram juntos.

_TaeTae... aaaahh... huummmm... -em gemidos sôfregos, Jungkook se entrega completamente aos braços de seu dominador.

_Não me decepcione, baby. -disse ao voltar para o chuveiro, deixando o mais novo se recuperando encostado a pia.


~


_Chim? -Jeon faz uma ligação ao seu amigo loiro. _Eu preciso do contato do Min. É urgente!

Ao obter o número de telefone do submisso de Hoseok, o moreno lhe envia uma mensagem:

"Hyung, podemos nos encontrar hoje às 14:45h?

Aqui é o Jungkook...
Me responde pra eu lhe passar o endereço..."

Uma ligação veio em resposta:

_O que você quer com o que me pertence? -uma voz firme, cheia de ódio indaga o moreno, lhe fazendo tremer. _Não teme as consequências das suas ações estúpidas? Não se aproxime do meu Yoongi! -finalizou a ligação, sem nem ouvir aquele que atendera.

~

_Como posso não decepcionar meu Tae se não tenho acesso ao que ele quer? -Se questiona com as mãos no rosto.

~



_Tudo bem, daddy? -se aproximando lentamente daquele que estava ao telefone, se posicionando entre as pernas alheia e deitando sua cabeça na coxa a sua frente.

_O que foi? -diz suavemente ao acariciar os fios lilás em seu colo. _Quer mais de mim? -soltando os cabelos macios, Jung se estimula e libera seu pau ereto da cueca para que o que está sentado entre suas pernas o abocanhe.

Min passa suas mãos sedentas pelas coxas de seu dominador, indo de encontro ao membro que está lubrificado naturalmente.

_Eu posso? -pergunta ao direcionar seus olhinhos de encontro aos de Hoseok.

Recebendo autorização, a boca daquele gatinho branco começou a trabalhar abilidosamente sobre toda a extensão do que está sentado.

Sugadas fortes são feitas... dentes passando levemente sobre a cabeça daquele pau... lambidas precionadas são realizadas nas bolas do mais novo...

Intensificando o prazer, Jung agarra a cabeça de Min, assim lhe fodendo a boca.
Antes de gozar, Hoseok trás o corpo do pequeno pra cima, o encaixando em seu colo e o penetrando.

Com as mãos apoiadas nas costas da poltrona, o branquinho quicou com rapidez e agilidade, poupando o esforço do que estava prestes a ter um orgasmo.

_Eu quero a sua porra na minha boquinha... -sussurrou no ouvido de Jung, dimuindo seus movimentos.

Atendendo ao pedido de seu baby, o mais novo o retira de seu colo e se levanta, se masturba brevemente e jorra seu gozo na boca aberta com a língua pra fora que estava a sua frente.



Hoseok levanta o submisso, erguendo a cabeça do mesmo para os olhares se encontrarem:

_Porque Jungkook quer lhe encontrar hoje? -sem expressão alguma em seu rosto. _E porque ele tem seu número?

_Jungkook? -com a testa franzida, o mais baixo diz confuso. _Eu não sei... Não somos amigos...

_O imbecil do Park está brincando comigo? - com a raiva de volta em seu organismo, Jung se afasta do mais velho. _Ou isso é coisa do Taehyung? Aquele pervertido...

_Daddy... -choramingando, Yoongi se encolhe na poltrona em que Jung estava sentado.

_Você não sairá dessa casa! -se voltando para o pacotinho de açúcar que tremia a sua frente. _Ninguém pode por as mãos em você. -agora o pegando em seu colo, com a raiva liberada após jogar alguns objetos no chão.

_Eu sou todo seu. -disse baixinho, aliviado por não ter apanhado. _Eu te amo. -repousou sua cabeça no ombro do que lhe carregava até o quarto principal.

_Vou preparar a jacuze pra nós dois. -anunciou ao depositar Yoongi na cama e ir em direção ao banheiro.

~

Depois de fazerem amor naquela madrugada, Hoseok prometera a si mesmo, não mais descontar sua ira sobre seu bonequinho de neve.

Para uma primeira explosão, pós promessa, até que ele se saiu bem...


~


15h...
Mansão Kim

_Me perdoa TaeTae... -súplica feita de joelhos para aquele que está de costas, com o olhar preso em algum ponto fixo. _O Sr. Jung me agrediu verbalmente ao telefone... imagina o que ele me faria se aparecesse em sua casa...

Quando o silêncio se fez presente, o de cabelos turquesa se vira para o que ainda está ajoelhado.

_Estou decepcionado com você. -com a voz rouca, ele ordena. _Fique nessa posição até que eu lhe perdoe. -assim se retirou. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...