1. Spirit Fanfics >
  2. Submissão >
  3. Cap. 7

História Submissão - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Cap. 7


Fanfic / Fanfiction Submissão - Capítulo 7 - Cap. 7

Quando Jimin saiu de perto do casal de branco, foi de encontro ao seu amigo Namjoon.

_Alguém quer ser dominado hoje... -provocou enquanto puxava a corrente que vinha do pescoço alheio.

_Tentei passar uma mensagem direta... -diz simplista, recuperando a corrente das mãos pequenas do loiro. _Mas ainda não atingi meu alvo.

_Se não sou eu, quem você está querendo? -apoiando- se no peitoral largo do Kim de cabelos platinado, olhou em volta.

_Você? Me dominar? - com um sorriso malicioso olha nos olhos do baixinho. _Do jeito que você faz... não é o que eu quero hoje. -retira as mãos alheias de seu corpo, estas que voltam a segurar a corrente.


Ao observar os dois, um rapaz alto de cabelos castanho claro e ombros largos, se aproxima.

_Achei que essa corrente era pra ser puxada por mim... -diz, parando ao lado do loiro e cruzando os braços.

Alvo atingido...


Namjoon fantasiava ser dominado pelo submisso flex, Kim Seokjin, há tempos, desde que o vira transando com seu amigo Jung, na época da faculdade, quando o mesmo não conhecia o Min.

Sabendo que Jin estaria presente na festa, pois Park e ele trabalham na mesma empresa, foi vestido da maneira que agrada ao mais velho.

_Hyung! -num tom surpresa, Nam se afasta do mais baixo.

_Você não pode tocar no que não lhe pertence, criaturinha. -fala ao mais novo entre eles, pegando a corrente livre que balança em frente ao corpo do mais alto.

_E ele te pertence? -Park retruca.

_Ele é meu desde que entrou aqui usando isto. -puxando a corrente, trazendo Nam consigo, Seokjin se retira do apartamento de Jimin, indo em direção ao próprio carro.

Seguiram o caminho em silêncio, até a residência do mais velho.

_Se ajoelhe e me espere aqui. -ordenou ao platinado assim que entraram na sala.

Seok foi até um cômodo e voltou apenas usando um roupão rosa de seda.

Pegando a corrente novamente, fazendo Nam se levantar, o guiou pelas escadas, entrando em um quatro semelhante ao que Jung possui...
Estantes e cômodas com os mais variados assessórios destinados a dar prazer, um divã em camursa preta, um sofá de couro marrom escuro e uma cama com lençóis de cetin.

O mais alto foi despido por mãos alheias, ficando apenas com a gargantilha com a tal corrente.

_Sente-se no sofá. -ordenou enquanto pegava algemas numa gaveta e uma venda em outra.

Se aproximando do de cabelos cinza, Jin algemou os punhos do mais novo, com os braços pra trás do corpo alheio.
Vendou os olhos que lhe observavam atentamente.

Pegando um frasco de lubrificante num móvel por ali, o de cabelos castanho volta para o que está sentado.

_Você está sendo dominado por um submisso. -comunica ao puxar a corrente para cima, fazendo a cabeça alheia ser erguida.

Ao ver o membro do outro, ereto e molhado de pré-gozo, o Kim mais velho derrama lubrificante por toda extensão, escorrendo pelas coxas grossas e malhadas de Nam.

_Tão quietinho... -sussurra quente ao ouvido a sua frente, enquanto se encaixa no colo alheio. _Não vai gemer pra mim, coalinha? -diz ao se movimentar lentamente sobre o corpo lambuzado abaixo de si.

_Aaah... eu esperei tanto por isso... por você... -gemidos sôfregos saem da boca do mais novo.

Seokjin se penetra com o pau alheio, fazendo o dono do membro gemer alto.

_O que foi, baby? -sussurra enquanto quica forte. _Está apertadinho?

Com as mãos apoiadas no encosto do sofá de couro, o de ombros largos intensifica ainda mais as estocadas, não tocando no corpo alheio.

Agora Jin se move pra frente e pra trás, seu próprio membro, duro e escorrendo pré-gozo, batendo nos dois abdômens.

O de cabelos cinza goza quando o outro volta a quicar com força, mesmo após a porra ser jorrada, Jin se mantém penetrado, gesto que faz o mais novo gemer de dor por conta do pau sensível num buraquinho apertado.

Rebolando com o pau dentro do próprio cu, o mais velho se masturba, gozando no peitoral alheio.

Só após gozar também, se levanta, se afastando do que estava sofrendo.

_Você não foi muito bonzinho na primeira rodada... -comenta ao voltar com uma garrafa de água, despejando o líquido na boca alheia. _Vire de costas, de joelhos, e empina essa bunda pra mim.

Com muito esforço, por não ter o apoio das mãos, Nam obedece ao comando.

Um plug anal de aço é introduzido na abertura do Kim mais novo, após receber lubrificação da saliva de Seokjin.

Retirando a venda dos olhinhos do platinado, ordena-o a se levantar e ajoalher-se no chão.

_Eu vou foder sua boquinha e se você gozar antes de mim novamente, vai apanhar por duas horas com toda força que eu tenho, que não é pouca. -após fazer sua ameaça, penetrou a boca alheia com seu pênis recém ereto.

A boca violada não teve descanso por cerca de 45 minutos. Foi quando o líquido viscoso preencheu toda a cavidade bucal do mais alto.

_Não desperdice uma gota! -ordenou, num tom de ameaça.

Assim o fez, engoliu toda porra quente e doce que saiu daquele pau grosso.

Ainda sem gozar, Namjoon é posto de pé, ao ser puxado pra cima, pela corrente.

Seus punhos foram liberados das algemas.

_Quero que goze dentro de mim novamente. -disse ao coduzi-lo pra cama, ficando de quatro para o mais novo.

Com apenas seu pré-gozo pra lubrificar a penetração, Nam agarrou o quadril alheio, e entrou fundo e com força no cu de Seokjin.

_Me bate! -gritou ao deitar a cabeça no colchão. _Não para de me bater até sua porra escorrer pela minha perna!

Tapas estalados foram dados na bundinha rendonda que estava sendo fodida.

A pele antes branca, agora estava vermelha e extremamente quente, após receber inúmeros tapas.

Quando o mais novo estava prestes a gozar, Jin fez pressão, deixando sua abertura ainda mais estreita.

O orgasmo saiu num gemido alto e sôfrego.

Ao sair de dentro do corpo alheio, Namjoon foi puxado para abocanhar o pau do mais velho, que estava latejando novamente.

Apenas recebendo o boquete, e tendo seu membro masturbado por mãos habilidosas, o de cabelos castanho agarrou o lençol a sua volta e gozou novamente na boca alheia.



_Você é tudo que eu quero. -falou ao se levantar, analisando o corpo musculoso a sua frente. _Obediente... grande... guloso e lindo.

Passeando com suas mãos no corpo de Nam, Jin o faz se curvar pra frente, tirando assim o plug que ainda estava enfiado do cuzinho do mais alto.

_A partir de hoje, eu serei seu dominador e você o meu submisso. -Seokjin informou, beijando suavemente a boca gozada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...