História Submissas *Interativa*. - Capítulo 7


Visualizações 128
Palavras 522
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Iai galerinha que gosta de ler lemon as três da manhã! Tudo bom com vocês?

Pra quem não me conhece eu sou a Isabella Wang e pra quem já me conhece eu continuo sendo a Isabella Wang.

Esse é o sexto casal!!!!

Só falta mais um casal e eu já escolhi então será postado logo.

A fanfic vai começar em pouco tempo!!!!

Vamos lá então? Bora!

Capítulo 7 - Sexto casal


Fanfic / Fanfiction Submissas *Interativa*. - Capítulo 7 - Sexto casal

Olá meu nome é Jeon Jung-Hee mas podem me chamar só de Jee. Bom, começando a falar assim parece que eu tenho uma vida feliz e que sou uma pessoa radiante mas na verdade não. Tenho certeza que as pessoas que vivem aqui não são felizes e só queriam estar em casa tranquilos.


Neste exato momento eu estou em cima de um palco sendo vista por mais de 1000 dominadores sendo vendida, dá para ficar pior? E imaginar que minha família deve estar me procurando e o que mais me machuca.


Eu nunca conheci minha família, desde pequenininha eu morava em um orfanato. Quando fiz 12 para 13 anos fui adotada por um casal lésbico, tudo melhorou para mim, minha vida tinha ficado mais colorida. Eu fui muito bem tratada até chegar o pai de uma das minhas mães, seu nome era Kim Jung-Wook.


Ele não aceitava o relacionamento das duas então houve uma briga enorme, sai correndo para o quarto porque eu estava muito assustada. Depois que a briga acabou elas foram até meu quarto e conseguiram me acalmar.


Anos se passaram, eu já estava com 16 para 17 anos, comecei a trabalhar em uma floricultura para ajudar minhas mães que estavam precisando de dinheiro. Depois de um dia cansativo de trabalho quando eu estava voltando para casa ouvi alguém pedindo socorro em um beco do lado, saio correndo para ajudar a pessoa mais vejo que não tem ninguém. Quando eu estava voltando sinto uma mão na minha boca e apago.


Acordo aqui, na casa das submissas, hoje eu estou com 18 anos e estou aqui nesse palco esperando ser comprada por alguém que me queira sexualmente, o vida!


-Então meus senhores e senhoras, o nome dela é Jeon Jung-Hee, tem 18 anos e é virgem, podem começar os lances.


-10 mil dólares- Diz um velho ao fundo


-O senhor Kang deu 10 mil mais alguém?


-20 mil dólares- Uma mulher diz


E os lances foram aumentando.


-50 mil dólares.


-80 mil dólares- Diz a mulher novamente


-100 mil dólares à vista.


Olho para o dono da voz vendo um homem muito bonito com uma expressão séria.


-Mr.Kim deu 100 mil dólares mais alguem?


Todos se calaram, era muito dinheiro em jogo.


-Dole uma, dole duas, vendida para o Sr. Kim.


Desço do palco e vou até meu quarto pegar minhas coisas, escuto alguém bater na porta e abro logo em seguida vendo o tal de Mr.Kim a frente dela.


-Olá princesa-Diz entrando no quarto olhando cada detalhe de lá


-Oi- respondo abaixando a cabeça.


-Vamos? Nos conhecemos melhor em casa!- pega minhas malas e sai do quarto.


-tudo bem.


-Você é muito tímida, eu tiro essa timidez em dois tempo- sorri sínico.


Entro no carro olhando para trás vendo a casa que vivi por dois anos.


-Calma, se não se comportar bem Você volta para lá ou eu te dou uma liçãozinha.


De repente o telefone celular toca e ele atende.


-Alô, oi Jungkook, o James já tá na empresa? Ixi, tô chegando lá, o James vai entender, mais e a Submissa dele, tá em casa? ok vou deixar a minha também e vou pra empresa, ta tchau.


-Pode ficar tranquila, hoje você não vai me ver em casa para enfrentar o demônio.


To sentindo que vai dar merda!


Notas Finais


Então foi isso, desculpe o capitulo pequeno mais não tinha tanta coisa pra falar sobre essa personagem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...