História SuBmIsSo - Capítulo 14


Escrita por: e Toliri

Postado
Categorias B.A.P, Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Wanna One
Personagens BamBam, Bang Yongguk, Chanyeol, Daehyun, Himchan, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jihoon, Jinyoung, Jongup, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Youngjae, Youngjae, Yugyeom, Zelo
Tags Baby, Bang, Dom, Dominador, Hobe, Jinkook, Namtae, Romance, Sope, Sub, Submisso, Taeji, Yoonseokmin
Visualizações 97
Palavras 2.487
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola meus amores e nenem...
Bia noite
Tudo bem?
Falo com vcs na notas finais
Boa leitura

Capítulo 14 - Cyber e Reecontro


Fanfic / Fanfiction SuBmIsSo - Capítulo 14 - Cyber e Reecontro


Confuso...


Era assim que Namjoon se encontrava já fazia alguns dias... A sua mente e coração estava em turbilhão de tanto pensar e se confundir ainda mais. A causa disso tudo? Tem nome e sobrenome:


Kim Taehyung


Esse era o nome que não saia da cabeça e lábios de Namjoon. Desde da sua última confissão que deu naquele beijo de tirar o fôlego no estacionamento seus dias têm sidos de plena tortura mental. O Kim mais velho não entendia o que seu P.A havia feito, só sabia que isso estava o enlouquecendo.


A mudança do comportamento de Taehyung havia deixado seu suposto "submisso" estranho e agoniado, Namjoon percebia que Taehyung estava mais concentrado nos seus trabalhos, afinal Tae também era sócio de Seokjin e continuava sendo meu P.A e por isso seu trabalho havia duplicado. Mas isso não afetou nenhum pouco seu desempenho nas duas funções... Mas  Namjoon se pergunta: "Porque ele não me olha mais como antes? Porque não sinto mais seu perfume nos meus termos ou em alguma parte do meu corpo? E porque sinto falta dos seus sorrisos misteriosos ou pervertidos?" No final Namjoon suspirava e olhava aos Céus e dizia:

RM: Deus o que está acontecendo comigo?


A ida na tal reunião que Jackson tinha convidado o Nam só fez confusão mental dele aumentar mais ainda. Ele não entendia como seu corpo obedecia a comandos? Ainda podia jurar que ouvia a voz do irmão de Jackson falando perto do seu ouvido, podia sentir os toques - mesmo que de leve e rápidos - nos seus ombros e peitoral..., aquele cheiro forte mas o pior de tudo e a voz. A voz de comando que sempre afeta Namjoon e ele não entende isso, trabalhar com Taehyung nunca foi um problema para Namjoon até que ele passou a usar seu tom de voz diferente e seu corpo passou a reagir a isso e caramba! Como era gostoso de ouvir.. Era que a mente de Kim mais velho dizia, mas Namjoon não queria isso, não queria saber de nada disso no momento e por isso resolveu andar de bicicleta para esclarecer sua mente.



Namjoon On



Preciso achar uma forma de Taehyung cair nos meus encantos e principalmente na minha cama, não dá mais ficar nesse jogo de sedução com ele. Eu sinto que meu corpo está cada vez mais obedecendo mesmo sem eu perceber os comandos do Kim mais novo e bem… Não é bem assim que as coisas funcionam, sou eu que comando, sou eu que o ativo e não ao contrário. Pedalar é minha melhor solução no momento.


Namjoon Off


Pedalando pelo rio Taedong e vendo a paisagem bonita, Namjoon começou a refletir o que poderia fazer para ter o Kim mais novo a sua mercê e tentar esquecer o que sente quando Taehyung está perto dele e principalmente da sua voz grave e rouca quando falada perto do seu ouvido. Pensando nisso Namjoon quase caiu uma duas vezes, mas consegui equilíbrio e seguiu seu caminho.


A manhã daquele domingo estava úmida, mas agradável de se andar pela as margens e pontes que cercava o rio Taedong, já estava a quase uma hora pedalando e nada de ideia surgir na sua linda e brilhante cabeça Namjoon já estava ficando irritado com isso. Nada que ele tentava pensar o ajudava mas o atrapalhando do que tudo, o caminho que o Kim fazia estava chegando na centro da cidade e a fome resolveu bater e foi naquele momento que Namjoon percebeu que ele saiu sem tomar café, sua mente está tão embaralhadas que nem se lembrou disso. Passando em frente a uma cafeteria resolveu tomar um café da manhã por lá mesmo ainda bem que ele saiu de carteira, fez seu pedido optou por um café americano tendo:  cappuccino duplo, omelete e bacon. Pagou tudo e sentou numa mesinha de frente a janela do abastecimento e lá ficou distraindo com as músicas que tocava, até que sua atenção foi chamada a um cabelo loiro do outro lado da rua.



RM: Aquele cabelo e familiar… Mas de onde conheço? - Namjoon estava tentando ver quem era a pessoa, mas tinha alguém na sua frente.


O pedido dele chegou e tomou um leve susto quando a garçonete o tocou de leve, pediu desculpas pelo susto causado nela e foi saborear seu café, mas mesmo assim continuava de olho naquela cabeleireira loiro até que…


RM: Não é possível? Até aqui eu o encontro… - Kim não acreditava no que via a sua frente.


Lá estava Taehyung do outro lado da rua conversando animadamente com uma pessoa de cabelos cinza e bem mais baixo que ele, ambos estavam sorrindo pois os ombros do cabelo cinza se movia quando Tae sorria.


RM: Quem será essa pessoa? Será que Taehyung o conhece? E por que eles sorriem tanto? - O bicho da curiosidade e tal de ciúmes estava corroendo Namjoon, pois ele nem se importava mais com o café e sim, na cena a sua frente.


Namjoon percebeu que estava tempo demais olhando Tae com aquela pessoa conversando que viu seu café esfriando, suspirou e voltou a comer. Uma movimentação estranha chamou de novo sua atenção e quando viu Taehyung estava dando beijo na testa do agora menino e foi se embora e Namjoon esticou seu pescoço até o limite para ver onde o Kim mas novo ia.


Horas antes...


No outro lado da cidade estava Taehyung em uma vídeo chamada com um dos patrocinadores do novo projetos que Jimin juntamente com Jin estão botando em prática.


Kim: Oui, monsieur Boyer. L'entreprise donne d'excellents profits. - ( Sim Sr. Boyer. A empresa está dando lucros excelentes. )


Boyer: Quand M. Seokjin pourra-t-il venir à Paris pour une réunion en direct? Je veux le connaître de près. - ( Quando será que o Sr. Seokjin poderá vim a Paris para uma reunião ao vivo? Quero conhecê-lo de perto. )


Kim: Monsieur Boyer bientôt, mais ma compagnie ne vous plaît-elle pas? Je pensais que nous nous entendrons … - ( Em breve Sr. Boyer, mas a minha companhia não lhe agrada? Achei que estaríamos nos dando bem… )


Boyer: Toi Taehyung et un grand prodige, je t'ai fait plusieurs invitations avant et j'ai toujours la même réponse. Qu'est-ce que tu as en Corée que tu ne trouves pas à Paris? - ( Você Taehyung e um ótimo prodígio, já te fiz vários convites antes e sempre recebo a mesma resposta. O que tem na coréia que não podes encontrar em Paris? )




Kim: M. Boyer serait difficile à expliquer... Je sais es un avant-goût de l'homme en commun avec le mien, mais il ne faut pas mélanger le professionnel sans le personnel de tu penses? - ( Sr. Boyer seria complicado explicar... Sei que és um homem de gosto em comum aos meus, mas não devemos misturar o profissional com pessoal não achas? )


Boyer: Oui, Taehyung. Et encore, je suis étonné de son intelligence et de l'élégance, il serait très apprécié travailler avec moi... Mais je l'ai vu que vous n'avez pas une conversation ou un accord… - ( Sim, Taehyung. E de novo fico admirado com a sua inteligência e elegância, você seria muito valorizado trabalhando comigo... Mas já vi que contigo não tens conversa ou acordo… )


Kim: M. Boyer son menton est si habile comme un renard en plein Peeks du bateau chez le lapin... Mais les chiffres frappé? Les calculs sont justes? - ( Sr. Boyer sua lábia e tão astuta quando de uma raposa em plena espreita a da o bote no coelho... Mas então os números batem? Os cálculos estão certos? )


Boyer: Dommage que vous ne voulez pas être mon lapin chanceux... Et oui, les chiffres frapper exactement le mien. La compagnie de M. Kim est une entreprise d'excellence des employés aux chiffres - ( Pena que você não quer ser meu coelho da sorte... E sim, os números batem exatamente aos meus. A empresa do Sr. Kim é uma empresa de excelência dos funcionários aos números…)


Taehyung acabou rindo com esses galanteios que recebe de M. Boyer. Era sempre assim ele não perdia a oportunidade de querer Taehyung como seu pupilo, mas o Kim mais novo sempre recusou.


Kim: Au nom de la société multimarque de Kim, j'apprécie les éloges et la confiance que vous nous accordez... Je transmettrai les chiffres et les calculs à M. Seokjin et il contactera bientôt M. Boyer. Bonsoir et bonne journée. - ( Eu em nome da Empresa Kim's multimarcas agradecemos o elogio e confiança que nos dar... Passarei os números e cálculos ao Sr, Seokjin e ele entraram em contato com o M. Boyer em breve. Até mais e Bom dia. )


Boyer: Comme toujours en courant de ma galanterie Kim Taehyung... J'ai toujours l'espoir de vous avoir pour moi... Et oui j'attends avec impatience la connexion de M. Kim SeokJin. Bonsoir et bonne journée. - ( Como sempre correndo dos meus galanteios Kim Taehyung... Eu ainda tenho esperanças de ter você só para mim... E sim espero ansiosamente a ligação de Sr. Kim SeokJin.Até mais e Bom dia. )



Depois de  desligar a video chamada ele respirou fundo e sorriu, o M. Boyer era um Don Juan de primeira e sempre ficava surpreso com a audácia de dar em cima dele, até mesmo por telefone o M. Boyer não perdia a lábia.


Tae: M. Boyer e um ótimo Don Juan, mas pena que eu não sou o que ele pensa que é… Kkkkkkk. Seria engraçado ver reação de M. Boyer sobre quem comanda…


Taehyung gostava do poder de comandar, por mais que ele seja centrado e humilde, mas com um submisso e totalmente diferente… Ali ele mostra seu lado Dom, mostrar as suas vontades e dá seus comandos como seus sub’s deve seguir. Ele sentia prazer em dar prazer a quem estava sob seu comando, mas pelo visto isso ia demorar um pouco mais… Já que seu alvo e um “ não sub “ e ainda por cima dá um de garanhão, coisa que Namjoon pode até ser com os outros. Menos com Taehyung.



Tae: Eu faço as palavras de M. Boyer as minhas, meu querido Namjoon… “ eu ainda tenho esperanças que você será meu


Sem mais nada para fazer Tae resolver sair para relaxar um pouco, andou fazendo muita coisas essa semana e seu corpo precisa relaxar de alguma forma, já que ele não pode e não quer fazer da maneira que ele conhece. Ficou sabendo pelo Jimin que tinha inaugurado um Cyber Mangá no centro da cidade e já tinha muito tempo que foi em uma, olhou as horas e ainda era 09:30 olhou suas roupas e viu que estava confortável com uma calça skinny de lavagem clara com um camisa em gola V e um casaco branco por cima nos pés um all star preto e branco, com tudo pronto saiu do seu AP e resolveu ir de táxi não estava afim de dirigir.


Taehyung On


Ah vou lembrar de agradecer ao Jimin-ssi depois, que maravilha de lugar. Me lembra totalmente minha infância quando não tinha muitas tarefas podia ir nesses lugares de Manga e ler até dizer chega. Sentir cheiro de café e fui atrás, por causa da vídeo chamada tomei café muito cedo e agora deu fome.


Andando entre as colunas e fileiras daquele cyber café acabei batendo em alguém e derrubando no chão. A pessoa estava de calça preta e um suéter branco com gola alta e adidas branco nos pés. Fiquei sem jeito por derrubar a pessoa, afinal eu sou bastante alto e bem… O tombo deve ter sido feio.


Tae: OMO! Miane… Eu não estava vendo por onde estava andando. - A pessoa levantou os olhos e tomei um susto quando vi quem estava ali. - Não acredito e você mesmo Park Ji Hoon?!


Ji: T-Tae?! Ah meu deus! Eu não acredito! Nosso você ta gostoso… E lindo! E cheiroso! Poxa que bela sorte de te encontrar aqui… - Eu não acredito que meu ex sub está aqui na minha frente?


Tae: E sim, estou lindo e cheiroso… E até mais gostoso que antes… - Vi Hoonie apelido que dei a ele, mordendo a boca. - Mordendo a boca Hoonie? Isso é um sinal sabe… - Vi ele ficar vermelho e depois riu.


Ji: Aish! TaeTae n-não fala assim… Eu fico meio ‘excitado… ‘ e aqui não e o melhor lugar. Kkkkkkk, mas então o que fazes aqui? Eu sei que gosta de Mangá, mas não achava que te encontraria em pleno domingo. - O sorriso de Park e tão lindo e verdadeiro.


Tae: Verdade, meu tempo anda corrido mas por incrível que pareça hoje estou livre e resolveu me dar um luxo de ler um pouco. E você sumiu… O que andou fazendo? Sabe que ainda encontro algumas coisas suas no meu AP. - JiHoon foi meu sub durante bom tempo e que quando vimos éramos mais amigos do que sub/dom.


Ji: Mas Taetae… Você não tem meu número? Aish! Eu troquei Miane… Mas eu posso passar no seu AP depois e pegar minhas coisas? E não estou trabalhando, o que é uma pena… - Lembrei que Jihoon tem um currículo excelente e lembrei que Jin Hyung estava falando comigo de que eu precisava de alguém…


Tae: Jihoon você pode ir no meu AP quando quiser… É só avisar antes ok? E amanhã você tem algo para fazer? - Vi ele parar e pensar.


Ji: Amanhã eu tinha uma entrevista mas me ligaram avisando que já contratou… Então não tenha nada para fazer. Porquê? - Sua curiosidade sempre aguda, como sempre.


Tae: Curioso como sempre né Hoonie? Vá lá amanhã as 09:00 e saberá e vamos comer? Estou com fome…


Jihoon confirmou com a cabeça e fomos cer e passamos bastante tempo comendo e conversando. Era isso que estava precisando rir e distrair. Passamos tanto tempos juntos que quando vi já tinha passado bastante tempo e resolveu ir embora. Então eu e Jihoon estava conversando na frente do Cyber café.


Tae: Nossa conversamos muito kkkkkk, você realmente conseguiu me distrair. - Vi Ji rindo.


Ji: Eu realmente sinto sua falta, os nossos momentos juntos. Não vi você na última reunião no club… - Ah aquela reunião eu não fui por causa de um certo alguém…


Tae: Miane Hoonie o trabalho está demais e ser o senhor fodão às vezes cansa também… - Nós dois acabamos rindo com o meu comentário.


Ji: TaeTae você não perde a graça, mas eu realmente estou curioso para saber o que você quer comigo amanhã… Vai Taehyungie… Diz… - O olhei rindo.


Tae: Ser manhoso comigo não cola Hoonie… Te vejo amanhã… Beijinho. - Dei um beijo na sua testa e seguir meu caminho.


Cheguei em casa rindo, Ji Hoon na empresa com Namjoon será bem interessante… Eu sei bem como Ji Hoon pode ser bem atrevido e traquina. Tenho que falar com Jin Hyung amanhã assim que chegar e já prevejo altas risadas do meu Hyung.



Namjoon On



Minha mente estava fervilhando querendo saber quem era aquele menino que Taehyung estava conversando e rindo? E aquele carinho todo que ele demonstrava ao garoto? Será que eles se conhecem? Aish minha curiosidade está me matando!


Notas Finais


Então o que estão achando?
Namjoon esta super confuso... O que sera que vai dar nisso?

O que acharam de Jihoon entrar nessa empresa? Kkkkk
Vamos ver daqui pra frente.


E bem andei bastante sumida ne? Bem vou fazer um resumo.

Bem a menos de um mes su fui assaltada e quase estrupada, não tive nada serio mas acabei ficando sem celular durante um bom tempo nisso fiquei só a Unnie Toliri ficou postando.
Depois disso tive uma crise de panico não sei exatamente... Mas não conseguia falar com ninguém ou ficar de sorrisinho, ate falar com o pessoal no zap não tinha cabeca então fiquei um tempo sem nem mexer no celular e voltei a uma semana... E tou voltando aos poucos.

E foi isso, mas agora estou de volta e com todo gás, mas aos poucos e nao sobrecarregando nem a me e a Unnie.

A Unnie Toliri vai vim falar com vocês ate a próxima bjos
😍😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...