1. Spirit Fanfics >
  2. Submundo e Caos >
  3. Festividades!

História Submundo e Caos - Capítulo 8


Escrita por: Ireneyk

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 8 - Festividades!


Fanfic / Fanfiction Submundo e Caos - Capítulo 8 - Festividades!

- Vai continuar com este sorrisinho no rosto?!- Disse ela que já tinha desistido, e agora estava com os braços em volta do pescoço, do lindo Deus que a olhou aumentando o sorriso.


- Vou, não é todos os dias que se vê a feiticeira escarlate e o cérbero brincando de pega-pega no meu jardim. Eu admito que você fica adorável fazendo voz de bebê para um cachorro...- Disse vendo ela franzir o cenho e apenas falar.



- E qual o problema?! Eu gosto dele...  única  companhia que tenho desde que cheguei...- Disse vendo Hades tirar o soriros do rosto.



- O que foi?! Pensei que manteria o sorrisinho no rosto! - Disse ela desta vez sorrindo.


- Você não perde a chance de jogar na minha cara não é? Eu já me desculpei e me arrependi, mas parece que isto não importa para você! - Disse em um tom sério.


- Claro que importa, mas gosto de te lembrar...afinal o caos nunca esquece- Disse vendo Hades fazer uma leve expressão de medo..



- Hum, já que se importa, então wandinha..por que não me deixa estar mais próximo de você?- Perguntou vendo ela arquear uma sobrancelha.



- " Wandinha"... É sério isto?! Para que? Obrigar você é ficar perto de quem não gosta... não me parece justo...aliás não sei por quê ainda insiste em ficar vindo aqui me ver...já disse que vou embora.. só estou aqui ainda, por que não quero voltar para casa doente e preocupar meu pai..- Disse vendo Hades franzir o cenho.


-E quem disse que eu não gosto de você?!- Disse assim entrando no quarto, assim colocou ela na cama.



- Você...." Não se preocupe eu não gosto dela.."- Disse repetindo as palavras dele.



Hades arregalou os olhos, como Wanda sabia que ele tinha dito isto? Persephone havia dito algo? Foi foi Morr ou algum servo?- Pensou ele arregalando os olhos. 


- Onde ouviu isto?- Perguntou vendo ela apenas olhar para ele com um sorriso que o mesmo sabia que não era de alegria.



- Antes de eu ir embora, acho que dois dias antes, eu tinha decidido ir falar com você, mesmo não sabendo aonde era seu escritório eu saí andando, claro sem os servos me verem, até que ouvir sua voz, mas antes que eu abrisse a porta ouvi sua conversa.


Hades se praguejou, como raios ele era um deus e ao menos não notou que ela estava ali do outro lado da porta ouvindo? Ele realmente se distraía tanto assim como persephone que nem ao menos notou isto. Hades estava cada vez mais com raiva de si, sempre errando, sempre na mesma tecla! E o pior era que sempre acabava a magoando de alguma forma, sendo pelo que fez ou não fez, parecia que o destino se encaregava de sempre fazer este tipo de situação se repetir entre eles. Hades já estava tendo raiva disto, e estava vendo que tinha muita coisa errada em seu palácio, coisas que ele já deveria ter notado.



Diálogo- HadesX persephone.


- Você não está a pensando em ir lá não é?! - Disse a deusa irritada.



- Persephone eu...- Disse ele que foi interrompido.



- EU JÁ DISSE NÃO!- Gritou a deusa das flores fazendo um escândalo.


- Meu bem, entenda..


- NÃO! Para que? Para você ficar passando tempo com ela? Vai acabar é gostando daquelazinha.. e m deixando de lado! Já basta o maldito casamento e ainda veio com ela! - Disse se sentando no sofá enquanto começava a chorar.


- Meu bem, não precisa se preocupar, olha o tempo que vim com ela para lua de mel, olha a verdade é que eu não gostei dela, de conversar com ela. Ninguém vai me tirar de você...- Disse indo até a deusa e abraçando.


- Sabia que ela era chata...- Disse retribuindo o abraço.


- Sim, não chore mais...agora vamos que tal uma nova jóia? Sabe aquelas rubis raros ficariam lindos em você...- Disse ele vendo ela pular no mesmo sorrindo.


- Aí amor! Ficariam lindos mesmo! Mas com um vestido com linhos de ouro ficaria melhor ainda..- Disse ela vendo o mesmo sorrir.


- Tudo que quiser meu bem...- Disse ele a beijando.



- Eu, desisti de falar com você...e voltei agora cá...- Disse a mesma que estava o olhando no olhos, mas logo Hades abaixou a cabeça.


- Wanda, olha...eu nem tinha conversado com você direito.....- Tentou se defender.


- E mesmo assim já concluiu que não gostava de mim...- falou em um tom mais sério.



- Eu só disse isto para tranquilizar persephone, não queria a ver chorar, eu sei que menti, e nem te conhecia e já disse isto sobre você...mas entenda é que....


- O bem estar de persephone é acima de tudo e de todos...já entendi bem isto... não precisa me explicar... qualquer um com um neurônio funcionado já teria sacado isto- Disse se levantando e indo pegar a bandeja com comida, enquanto Hades estava pensando e finalinalmente quebrou o silêncio.



- Isto não é verdade! Eu preso pela saúde dos meus irmãos! Preso pelo submundo, pelos meus deveres... Por você..., Persephone não é apenas minha única preocupação...


- Mas é a mais importante delas...- Disse enquanto comia um pedaço de bife.



- Isto também não é verdade! Para mim todas tem o mesmo valor!- Disse sério, enquanto via Wanda abrindo um sorriso.


- Ah é? Estranho o tratamento que dá a ela é muito diferente dos que dá aos outros...Hades você não tem a mesma paciência, disposição, tempo, e o principal vontade....de agir com os outros como age com ela, ou melhor como é um capacho da mesma..que eu saiba sua paciência é bem pouco com seus irmãos e subordinados...já a doce persephone só falta pisar em sua cabeça, se é que já não pisa... E você como um bom cãozinho adestrado é pisado e gosta disto.... além de ser inconsequente...- Disse sorrindo e debochando da expressão de raiva que Hades fez.



- Isto não é verdade! Eu não sou um capacho! E muito menos um cachorrinho!- Disse em um tom firme.


- Ah Hades, sabe que é... você faz tudo para agradar ela, mas sinceramente não vejo persephone retribuindo isto....vejo ela agindo como uma menina mimadinha que usa a beleza e falsa doçura para enganar você e Deméter!  E você sabe disto! Sabe bem! Mas a ama tanto que fecha seus olhos para ver que ela é uma... Puta manipuladora!- Disse firme.



Hades se levantou na hora, por impulso pelo que ela havia dito, deu um tapa  na bandeja que estava nas mãos da mesma a fazendo cair no chão, com a comida, quebrando o prato e o copo e derrubando os talheres, o que fez um barulho enorme.


- CALA A PORRRA DA SUA BOCA! PARA FALAR DELA!- Disse gritando.


- NÃO DIGA O QUE NÃO SABE! Persephone é uma mulher incrível e gentil! Todos gostam dela! Não ouse nunca mais dizer isto novamente! Minha mulher nunca seria uma puta! Sempre foi e sempre será honrada! Ela é a deusa mais bela, ganhando de Afrodite! Maia dócil! Engula sua inveja! E nunca mais ouse a difamar assim!.



Hades estava exaltado, qualquer coisa que ousasse ofender persephone o tirava do sério. Mas ele iria prender que com Wanda não se gritava...



Ela ficou em silêncio, vendo até onde ele iria, hades andava de um lado para o outro enquanto exaltava persephone e repreendia Wanda.



- Você entendeu?! Não vou admitir que a chame assim novamente! Está me ouvindo? Wanda!- Disse ele a vendo de cabeça baixa.



Ela apenas levantou a cabeça e o olhou no olhos. 


- Cuidado aonde pisa...ou vai acabar se cortado no vidro...tenho pena das pessoas da limpeza...todos os dias limpando coisas quebradas....- Disse em seguida apontando para o vidro que Hades quase pisou.


Na hora o mesmo notou o que fez, ele perdeu a cabeça com ela, e além de quebras coisas, ainda gritou com a mesma.


- Por Zeus! Wanda....eu... não queria gritar com você! Me desculpe...eu te assustei! - Disse dando a volta no vidro mas logo o corpo travou quando Wanda fez um leve movimento com as mãos.


- Assustar? Com seus gritos? Hades eu já ouvi gritos do meu pai...acha mesmo que você me colocaria medo? Só tenho medo de uma coisa na vida...e você não passa nem perto dela!- Disse o olhando com olhos vermelhos e sua coroa aparecendo em sua testa.


- Wanda..e- Parou de falar quando quando apenas fez a voz dele sumir.


- Shii! Quem fala agora sou eu...seu MOLEQUE!- Disse  colocando o indicador na boca em sinal de silêncio.


- Pirralho! Acha mesmo que vou permitir que grite comigo? Está achando que está falando com quem? suas putas?! Não...moleque..


Wanda se levantou, e com um levantar de um dedo jogou Hades na parede, assim foi calmamente andando até até o mesmo.


- Você já falou de mais! Agora é minha vez!.... Acha que vai gritar comigo como se eu fosse uma putinha sua? Acha que minha paciência já não acabou com você? Hades...eu tenho muita paciência,mas você já gastou ela inteira! Não é por quê estou doente que vou me calar e ser humilhada desta maneira!- Disse olhando para ele e sorrindo, o que fez hades se lembrar do mesmo soriros que viu no próprio caos.


- Não admito! Que ouse a falar assim de novo comigo! Não admito mais porra nenhuma! Já te deu tempo suficiente! Agora vou fazer como eu quero...se prepare...bonitinho...- Disse pegando um dedo e levantando até o queixo de Hades o levantando, o fazendo olhar para ela.


Os olhares se cruzaram, Hades engoliu seco, Wanda mesmo mais fraca, tinha uma presença assustadora, obviamente ele estava de mãos atadas. 


- O que foi? Está com medo?..... Me diga...ah é você não pode...já que estou te impedindo de falar....que priminho não é?...aliás...acho que você está muito alto.... não gosto de levantar o pescoço para olhar ninguém... então por que você não desce daí para me olhar de baixo.- Dizendo isto sorriu e estalou os dedos fazendo Hades cair, ficando ajoelhado.


A cabeça dele estava na altura da pelvis dela, a mesma apenas olhou para baixo sorrindo, enquanto via Hades encarando suas pernas..


- O que foi? Ah é mesmo, você não tinha gostado que eu usasse este quimono, por que dava para ver minha calcinha...e então hades? Acho que você mudou de ideia não foi?! Tá me comendo com os olhos....ou melhor olhando diretamente minha calcinha.....- Disse sorrindo.


- Vamos deixar algumas coisas claras....eu faço e uso o que eu quiser! Foda-se se está mostrando minha calcinha ou mais do que isto, se quiser mandar em alguém mande na sua amada...em mim não....e outra, não admito que ouse me gritar novamente! E ainda mais quando estou certa!- Disse levantando uma perna e com ela empurrando o tronco de Hades para trás, o fazendo encostar as costas na parede, ela ficou com o pé no peito dele, o que fez ele ver completamente por de baixo do quimono dela.


- Hades, hades, hades...pode gritar, berrar, sair correndo pelado com uma melancia no pescoço, nada vai mudar o fato de você ser um mero capacho nas mãos de persephone, faz tudo que sua dona manda...como um bom cachorrinho....- Disse empurrando o pé mais contra o peito de Hades, o que fez ele franzir a testa um pouco, sentindo o contato com a pele de seu peito.


- E você sabendo disto, fecha os olhos para qualquer erro dela, sabe que ela é grossa, rude, manipuladora, mimadinha.. e usa seu emocional contra  você ,sempre colocando em prova seu amor...te testando... você para evitar brigas...da presentes, aceita os gritos e faz todas as vontades dela...ou até mesmo recorre ao sexo...- Disse empurrando com mais força o pé sobre o peito do maior, mas desta vez parou um pouco, sorriu quando manipulou os dedos e fez o terno dele sair a parte do casaco, deixando apenas a camisa social branca, que estava apertada no peitoral grande dele.


- Sabe Hades...eu não tenho ficado apenas aqui dormindo...por isto sei de tudo isto...digamos que seu castelo me contou....sabe durante minha meditação diária, ela me conecto com o caos dentro de mim...mas também o que está a minha volta. Já deve saber que o caos está em tudo, logo no submundo tem muito dele...espalhado empregnado nas paredes do castelo...ele me contou muita coisa...umas interessantes outras nem tanto...- Wanda de maldade levou o pé novamente até o peito dele, mas desta vez usou os dois dedos deles para puxar o bico do peito dele, o qual só não soltou um gemido por quê ela estava o impedindo de falar.


- Gostou disto não é?! Soube dos seus feitiches submussos...mas em fim....já deve ter entendido... não aceito que você me grite...a não ser na cama..mas isto não vai acontecer...agora seu moleque!- Disse puxando mais forte o bico do peito dele, mas desta vez o deixou falar, apenas para ouvi o gemido.


- ARRR....- Ele gemeu na hora.


- Que belo gemido...pirralhinho...agora caia fora! Daqui, cansei de olhar para esta sua cara de capacho! Ah e...a partir de hoje... não será mais a Wanda que você iria conviver...vai ser a feiticeira escarlate!


Dizendo isto que ela o olhou com olhos brilhantes em caos, estalou os dedos e sem nenhuma preocupação jogou hades pela parede. O fez atravessar a mesma, o fazendo sair pelo submundo batendo em várias coisas. Até que parou quando bateu em uma árvore alta nos campos Elíseos do outro lado do submundo.

Hades bateu na árvore a partindo ao meio, logo ele estava na caído no chão, não estava inconciente , mas estava com raiva enquanto olhava para cima.


- Senhora Wanda? O que fez?- Disse Morr que apareceu com uma bandeja com dois chocolates quentes.


- Oi Morr, ah isto é chocolate quente?! Obrigada!- - Disse pegando um cabela assoprando e tomando um gole.


- Aquele que passou agora pouco sendo arremeçado era o....- Disse ele de olhos arregalados.


- Era sim..Hades, mas não se preocupe, ele está vivo, eu apenas ensinei a ele o seu lugar...isto que ele recebeu por gritar comigo...e isto esta ótimo! Quer um?- Disse ela oferecendo a ele.


- Não, obrigado...mas o senhor Hades gritou com a senhorita? Mas ele nunca agiu assim...por que faria isto?- Perguntou preocupado.


- Ah, bem ele deve te explicar depois que voltar, e já que não quer, ótimo que sobra mais- Disse ela pegando a outra caneca- E se virando para entrar no quarto.


- Ah Morr, não se preocupe com a parede, eu conserto ela e tudo lá dentro....obrigada pela chocolate quente...e amanhã cedo esteja aqui...preciso conversar com você...- Disse o encarando..


- Co-comigo?- Disse preocupado.



- Fique tranquilo, é sobre as festividades, que eu lembre bem já está na época dos deuses inventarem desculpas para festas. E me faça outro favor, diga ao pirralho que ele só está vivo por eu eu diferente dele cumpro com meus acordos, por isto o poupei e também não fui embora. Diga que não haverá próxima...e que o tempo dele está acabando.


- S-sim senhora- Morr já estava preocupado afinal eles haviam brigado.


- Ah,e depois mande alguém trazer um remédio para enxaqueca....os gritos de hadess fizeram minha cabeça doer... Aquela gazela louca!



Assim ela apenas entrou no quarto, enquanto Morr foi correndo até Hades.











Notas Finais


Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...