História Subway - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Haikyuu!!
Personagens Shouyou Hinata
Tags Hinata, Hinayachi, Hinta × Yachi, Hitoka, Hitoka × Shoyou, Shoyou, Shoyou × Hitoka, Yachi, Yachi × Hinata
Visualizações 136
Palavras 603
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Se eu vencer


Naquele dia, o treino correu normalmente. Yachi e Hinata ficaram agindo normalmente, como se nada tivesse acontecido.

"Hitoka-chan, não vai dar para mim te levar até o metro hoje de novo, me desculpe" Shimizu inclina levemente o corpo "Minha mãe está doente, tenho que ajudar ela em casa"

Como Shimizu era filha única, sempre cuida da casa para sua mãe, que está de cama por culpa de uma doença.

"Não tem problema, Shimizu-san" sorri "Mas e a sua mãe, como está?"

"Mais ou menos... Nada que alguns dias de cama não a curem" pega sua bolsa "Vou me trocar, até amanhã" acena.

"Parece que vou fechar o ginásio sozinha" pensa.

Yachi volta para sua atenção para o treino dos rapazes, estão bem melhores. Os treinos realmente estão valendo a pena.

"Yachi-san, pode jogar umas bolas?" Hinata pergunta.

"Sim" pega a bola "Não custa nada mesmo"

Aos poucos Hinata está melhorando sua recepção, mesmo sem Kageyama para ajudar.

Acabaram por nem perceber quando deu a hora de ir para casa.

"Sawamura-san, eu poss--"

"Apenas se o Hinata te levar embora" a interrompe "Se tem uma coisa simples em ser capitão, é a minha facilidade em decifrar as expressões"

"Okay..." não tem como ela tentar dobrar o capitão.

"Hinata, leve a Yachi-san até a estação" sai junto do time.

"Vamos lá, Yachi-san" começa a juntar as bolas "Vamos competir e ver quem guarda mais"

"Hinata-kun..." gira os olhos "Tá bom"

Hinata não adimitia, mas queria fazer ela como substituta do Kageyama, não tinha culpa, a amizade do moreno lhe fazia falta.

Um tempo depois

"Terminamos" se apoia na parede.

"Sim..." conta as bolas "Você venceu por vinte!? Como pode?"

Agilidade dele é bem superior, óbvio...

"Sorte" empurra o cesto de bolas para o armário.

Depois que guardaram tudo, tracaram o ginásio e sairam.

"Vamos?" começa a caminhar na frente.

"Cade a sua bicicleta?" olha em volta.

"Não vim com ela, quero treinar minhas pernas, por isso vou caminhando até em casa"

"Acho que esse treino está funcionando... Olha o corpo dele... Está ficando mais definido" Yachi sente as bochechas arderem ao pensar isso.

"Temos que ir, antes que escureça mais" fica encarando a pista "Yachi-san, vamos apostar corrida?" se anima.

"Como? Eu não aguento"

"Aguenta sim" fica em posição de correr "Se você vencer, faço o que você quiser" ela se interessa.

"O que por exemplo?"

"Vai ver mais tarde, mas se eu ganhar, quero uma coisa" sorri.

Yachi não consegue entender o sorriso dele. Parece como o de sempre, mas tem algo diferente... Talvez malicia?

"Fale o que é" não ia aceitar sem saber o que ele quer.

"Vou beijar uma parte do seu corpo" ela cora.

"Hinata-kun!" o repreende.

"O que foi? É apenas se eu vencer, então corra" corre na frente.

"Volta aqui, seu pervertido" vai atrás dele.

Um tempo depois

"Ganhei" Hinata comemora.

"Droga..." apoia as mãos nos joelhos.

"Toma" entrega um copo de água.

"Obrigado" toma tudo de uma vez.

Joga o copo fora. Olha as horas, ainda falta dez minutos.

"O que está olhando, Hinata-kun?" fica incomodada com o olhar dele.

"Nada de mais" se encostam no pilar "Yachi-san, quero que pague a aposta" ela se assusta.

"E-Ei" sente a mão dele na sua cintura "Droga, Droga, Droga... Vou ter que deixar"

"Não precisa ficar com vergonha, vou beijar apenas um lugar" a olhade forma inocente.

"Onde?" dependendo de onde for, eu posso deixar... Completa em pensamento.

"Aqui" não espera ela falar algo, beija seu pescoço "Pronto" se afasta.

"Hun!?" só isso?

"Seu metro chegou, até amanhã" acena e sai.

"Ele..." toca a pescoço "Foi sem vergonha, mas gostei..."


Notas Finais


Próximo no sábado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...