1. Spirit Fanfics >
  2. Subway crush >
  3. Tucked

História Subway crush - Capítulo 1


Escrita por: avengertimelady

Notas do Autor


lá vem discurso....

OLÁ VOCÊ!
mais uma atualização para o tema comédia com algo que talvez alguns irão se identificar... Mas antes disso

GENTE FANFIC NÚMERO 100
quando eu entrei no spirit eu não pensei que iria postar algo, mas cá estou... Conheci leitores maravilhosos que veja só, embarcaram nas minha viagens!! E conheci amigos aqui que me alegram o coração

então CLARO que a fic 100 seria com a razão que me fez começar postar: Sirius órion Black e minha oc xodó, Mari MacLaine <3

tá parei de enrolar, vamos de fic!

Capítulo 1 - Tucked


No one knows, knows where my mind goes
I keep you on the low, I must confess
I've been painting us, the picture makes me blush
My imagination at its best

 

Tucked – Katy Perry

 

 

 

            A única iluminação do apartamento vinha das velas espalhadas pelo chão e o cheiro de rosas preenchia o ar daquele cômodo aconchegante. Voltei a dar atenção ao o gosto do champanhe que tomava, quando acabou eu peguei o morango que estava no fundo da taça e dei um mordida no fruto olhando para ele em provocação, enquanto eu estava sentada na beirada da cama ele se encontrava de pé, com um olhar que parecia me devorar, mas ainda não era a hora, eu precisava apreciar esse momento o máximo que podia, porém com o dedo indicador fiz um gesto para Sirius se aproximar, e me deliciei ao vê-lo tão impaciente quanto eu, porém antes dele vir me beijar estiquei a perna encostando o salto no seu peito desnudo.

-Ainda não.- Disse e ele se abaixou ficando de joelhos na minha frente. O sorriso descarado de Sirius era tentador e eu me sentia nas nuvens, pois nem em meus sonhos mais criativos eu imaginaria uma situação em que ele estivesse tão a mercê de mim, era incrivelmente satisfatório, tão extasiante que suspirei alto com seus beijos na minha perna por cima da meia calça, a combinar com sua mão passeando pelo meu corpo para terminar no meu pescoço fechando os dedos em volta e fazendo uma deliciosa pressão. Sua boca era quente e fechei os olhos aproveitando as sensações que ele me trazia, mas naquela noite eu estava especialmente gananciosa e confiante, quando voltando a nos encarar  passei por seus braços as tiras de couro do chicote, aquilo não o intimidou, muito pelo contrário o arrepio em conjunto com um sorriso de satisfação diziam que aquela situação era tudo para ele, menos intimidante.

-Hummm, está pensando em usar em mim?- Sirius provocou me segurando pela cintura.

-Só se você não me obedecer.- Alertei.

-Sim.

-Sim, senhora.- Corrigi me inclinando como se fosse beijá-lo, porém quando ele ia retribuir me afastei mordendo meu lábio inferior.

-Sim, senhora... Pode fazer o que quiser de mim.

-Me beije.- Ordenei e mais uma vez ele veio na direção dos meus lábios, porém não deixei.

-Um pouco mais... Ao sul.- Falei descruzando as pernas e abrindo-as um pouco. Fui pega completamente de surpresa quando ao invés de me obedecer Sirius me puxou pelos cabelos e me deu um beijo lascivo de tirar o fôlego e com gosto de luxúria. Eu queria trançar meus dedos em seus cabelos escuros, porém ele segurou meus pulsos com força e gemi em aprovação.

-Hoje.- Sirius disse baixinho, a voz rouca e ofegante.- Vou lhe dar tanto prazer que você nunca vai esquecer.

-Sim... – Suspirei em êxtase ao sentir seus beijos irem do meu pescoço para baixo e me deitei na cama enquanto ele habilmente me despia.- Ah Sirius...!

 

-Próxima estação Covent Garden...

Quando minha cabeça bateu na barra do assento do metrô tentei me recompor do modo mais digno possível olhando na minha volta, mas apenas a senhora sentada do meu lado me encarava de um modo estranho e rezei aos deuses da safadeza oculta para não ter gemido durando o sonho, a última coisa que eu precisava durante a semana de provas era ter um sonho erótico com meu colega de curso da faculdade.... Lily me pagaria pela maratona da trilogia 50 tons de cinza, como eu conseguiria apresentar nosso trabalho de Política no Jornalismo sem pensar no sonho eu não fazia a mínima ideia.... Não teria coragem de olhar na cara de Sirius o resto do curso de Jornalismo. Aumentei até o som dos fones para ver se música tirava as imagens do meu sonho, mas sem sucesso, porque sempre que eu fixava em algum ponto logo vinha na minha cabeça a lembrança do maldito sonho.

-Estação Picadilly circus, saída pela esquerda. – Surpreendentemente hoje a Picadilly estava vazia, mas quando olhei para a porta da frente minha alma desfaleceu.

-Ah não, não, não... Isso não está acontecendo.- Resmunguei desesperada porque o protagonista das minhas fantasias acabara de embarcar numa terrível coincidência e tentei  abaixar os olho torcendo para não ser reconhecida, porém era tarde demais, assim que me viu Sirius deu um aceno e parou de frente para mim, só me restou baixar o headphone mesmo com a música tocando. Toda minha confiança de dominatrix havia sumido junto com o sonho, restando a mim a vergonha.

-Bom dia, Sirius.- Disse olhando para ele e sentindo as bochechas queimarem, pelo menos aqui ele estava vestido, tão bem vestido que parecia que iria se apresentar no Rock In Rio...

-‘Dia, MacLaine. – Sirius tinha o sorriso mais encantador da faculdade e isso não ajudou na desaceleração do meu coração, muito pelo contrário e torci para ele não escutar a Katy Perry berrando em meus fones que queria ver o "pavão" dele. – Estudou pra prova de Semiótica?

-Uhum! Estudei bastante.- Falei meio rápido demais e realmente era constrangedor demais olhar diretamente em seus olhos, porém baixar o olhar não ajudava em nada já que sem querer olhei para o meio de suas pernas enquanto escutava a música tocar “vamos lá baby deixe-me ver o que está escondendo aí embaixo” então só me restou voltar a encarar seu rosto. – E você?

-Não muito, a matéria é de boa.- Claro, lógico que o Sr. lindo demais para estudar daria uma resposta como essa. Quando o condutor anunciou a estação Hyde Park Corner a senhora do meu lado se levantou, dando um assento vago a Sirius que na hora sentou do meu lado e então arregalou os olhos.- Lembrei de algo. Sonhei essa noite com você, Mari.

“que coincidência, eu acabei de ter um sonho erótico contigo agorinha”

-É mesmo?- Me fiz de desinteressada.

-Sim senhora.- Ele respondeu e segurei um arrepio.

 –E como que foi?

-Putz, agora você me pegou.- Sirius disse descontraído e ampliou o sorriso.- Acredita que não lembro?

            Seu olhar por outro lado, dizia que ele lembrava cada detalhe.


Notas Finais


crush da faculdade/ transporte público
quem nunca teve?

eu ia colocar me songfic (Tucked com a participação especial de Peacock da Katy Perry) aqui, mas achei que também combina com comédia (fazer os personagens passar aquela vergonha básica, sabe como é)

obrigadaaaaaaaaaaa por lerem <3 de verdade cada favorito, interação e comentário me deixa sempre sorrindo e toda
feliz

BEIJOS!

olha o link da tag do desafio: https://www.spiritfanfiction.com/tags/semanaamorzinho


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...