História Sucker - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), CL (Chaelin Lee), EXO, G-Dragon
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 2.755
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 📖

Capítulo 5 - Discover


Fanfic / Fanfiction Sucker - Capítulo 5 - Discover

Sete meninos na minha frente, todos com caras de espantados, parecendo que viram fantasmas. 

-Yah! Cale a boca! Bom gente como eu ia dizendo, ele é o Ben, o meu secretário substituto atirado. E pare de falar que somos namorados, se alguém lhe ouvir é capaz de ser a primeira página das revista. -digo irritada 

-Desculpe Vossa Majestade!- diz se curvando de forma irônica

-O que ainda está fazendo aqui? Não pedi para buscar os relatórios com a Christine? - ele entendeu o recado e saiu do local 

Para quem não entendeu o que acabou de acontecer, eu vou simplifucar de uma forma que entendam. Eu, Ben e outros colegas de trabalho temos alguns códigos para usar em casos como esses, ou até de extremo risco. “Christine” é um código para “se livrar de guardas”, por exemplo: quando estamos em alguma missão em grupo, e eu ou ele precisa fazer uma coisa importante, como matar alguém ou sequestrar para prender, o outro precisa distrair e se livrar de guardas. 

Quando disse isso ele imediatamente entendeu que eu me referia aos guardas do casal Standard. Seria muito mais fácil eu me aproximar deles sem guardas, porque eu daria a entender que quero tratar de negócios, o que na verdade nunca aconteceria, porque as indústrias Standard estão envolvidas em muitos escândalos. 

-Que susto Lara! Achei realmente que ele era seu namorado e que você não tinha me contado.-disse Jimin meio abalado 

-Você seria o primeiro a saber Jimin-ah! E não se preocupe, Ben é só atirado. Ele já tentou me beijar, mas sem querer minha mão voou nele.-falo fazendo os meninos rirem

-Eu acho meninos, que no dia que virmos a noona namorando, ela casará no outro dia.-rimos novamente

Assim que terminamos de conversar foi anunciado que iria começar o desfile e tomamos nossos devidos lugares. Os meninos se assustaram quando viram que iriam sentar na primeira fileira. Foi até engraçado ver eles tentando explicar para a moça que eles não poderiam estar sentados ali já que foram convidados de última horas. 

 

 

 

 

 

[...]

 

 

 

 

 

Terminado o desfile decidi levar os meninos para a festa que teria depois e os meninos aceitaram ir comigo. Decidi também levar Ben junto comigo para que ele não cause nenhum problema com os meninos, e ele ainda iria me ajudar com Sabrina minha suposta mãe.

Já que teríamos que ir para um local mais comprometedor (teria muitos paparazzi is e muita influência da mídia lá) coloquei uma roupa mais fechada,porque não gosto de mostrar muito meu corpo e além do mais já fui muito julgada pelo que uso pela mídia, porque dizem que eu sou uma pessoa de muita influência e muito respeitada para usar roupas desse tipo já que sou dona de empresa. Não ligo muito para esses comentários, contudo as pessoas que cuidam do meu marketing na empresa pediram para que eu não use tantas roupas abertas. 

Apenas atende este pedido já que prezo muito pela imagem da empresa e não queria causar problemas para mim mesma. 

Após eu decidir queria trocar de roupa,todos nós fomos de limusine já que foi proporcionada pela Dior. E ela era dividida em duas partes então pedi que os meninos fossem na parte da frente e eu atrás para colocar minha outra vestimenta.

Entramos no último andar do prédio já possuía muitas pessoas de influência lá presentes, percebi também que Sabrina estava sentada com o seu marido na parte vip do local que era aonde apenas pessoas famosas e investidores ficavam.

Estranhei muito, pois quando peguei a lista de convidados vips não aparecia nenhum Standard. Pedir para que Ben verificasse o porquê estavam ali. Seria muito mais fácil cuidar deles na parte normal pois teriam mais pessoas ao nosso redor e eles não poderiam fazer nenhum alarde. 

Bem disse para eu tentar me aproximar do casal e começar uma conversa pacífica. Mas antes disputei os meninos e falei para andarem um pouco na festa. 

-Boa noite Sr. e Sra. Standard. Queria lhes dar as boas vindas como os novos investidores.-digo sorrindo 

-E se está querendo brincar com a nossa cara Croft, saia! -diz o senhor sentado ao lado de Sabrina

-E eu disse algo errado!?- indago

-Sabe muito bem que está acontecendo na minha empresa, conheço pessoas do seu tipo e provavelmente está querendo caçoar da minha cara.-fala irritado 

-Bom mas se me conhecesse saberia que não sou deste tipo Sr. Standard. Na verdade como os vi aqui na área vip achei que os senhores seriam investidores, se não são perdoe-me pelo meu erro. 

-Obrigada pelo interesse senhorita Croft. Mas estamos apenas acompanhando nossa filha.-diz Sabrina com um sorriso falso no rosto

-Eu poderia conversar com...- fui interrompida com meu celular tocando 

 

-Você sempre me liga numa hora importuna não é mesmo Ben?

-Já disse para não fazer isso aqui, possuem muitos fotógrafos e repórteres na área que vocês estão. Se falar ou acusar esta senhora de algo, seu nome será o primeiro em todos os jornais do mundo. 

-E o que quer que eu faça? Tenho que descobrir quem é ela e por que estão enviando dinheiro para ela no nome do meu. 

-Quem possui os números da sua conta além de você?-fala preocupado 

-Só o sr. Smith, mas...- faço uma pausa para pensar- Você acha que...? 

-Provavelmente, volte para casa e descubra. Se ela descobrir que você está na verdade atrás dela, será o seu fim. 

Desliguei a chamada fui de encontro com os meninos muito pensativa. Será mesmo que o sr. Smith seria capaz de fazer isso?

Quero tirar essa história a limpo pessoalmente. Ir e voltar para Londres amanhã mesmo.

-Noona? Está tudo bem? Parece pensativa demais.-pergunta Jungkook preocupado ao meu lado

-Donsaeng o que faria se uma pessoa muito próxima de você lhe traísse?

-Omo! Acho que nunca conseguiria perdoar esta pessoa.

-Acho que eu também não.-digo abalada 

-Quer um abraço noona? Sei que não somos próximos nem nada, e eu estou com muita vergonha de perguntar isso, mas é que você está precisando.- confirmo que sim com a cabeça 

Jungkook é um ótimo garoto, sei que ele fará muito para Jimin. Foi atencioso comigo, mesmo no começo eu lhe causando desconforto ainda conseguiu ser gentil. E agora mesmo não sabendo o que está acontecendo na minha vida, ele decidiu me apoiar. 

-Omo! O que houve aqui? Lara você está bem? -questiona Jimin preocupado 

-Estou sim, só quero ir para casa. Se vocês quiserem ir depois posso mandar um carro para os buscarem.-digo me soltando de Jungkook

-Não nona! Nós vamos com você, Jungkook chame os hyungs por favor.-pede Jimin e Jungkook assente 

-Jimin sinto muito! Amanhã irei voltar para Londres, terei que resolver alguns problemas na casa antiga do meu pai. Parece que alguém da casa está traindo a minha confiança.-falo ainda triste 

-Omo! Não precisa sentir muito Lara, não tem problema. Eu que sinto muito por ouvir algo assim, sei que preza muito pela confiança então deve ser difícil pra você.

Eu e Jimin ficamos abraçados um tempo esperando os meninos voltarem, e ele tentou me fazer rir várias vezes o que deu certo. 

Quando os meninos chegaram os levei até o hotel e falei para o Jimin que iria me despedir deles assim que acordasse. 

Resolvi o que tinha que resolver com o Ben, liguei para meu piloto e pedir que adiantasse o voo para amanhã. Demorei muito para ir dormir, pois fiquei pensando no que aconteceria se eu tivesse continuado aquela conversa com Sabrina e seu marido. E também a ideia de que uma pessoa tão próxima minha, que me criou e foi praticamente um pai pra mim ter me traído é horrível. 

 

 

 

Acordei de manhã com muita dor de cabeça, mas levanteis pedi meu café da manhã. Encerrei minha estadia no hotel e fui falar com os meninos, antes de subir encontrei com eles no elevador por muita coincidência.

Me despedi de cada um e falei que numa próxima vez iria conhecer cada um deles de forma individual e profunda, já que Jimin fazia tanta questão de que eu me tornasse tão amiga de cada um deles. 

A viagem até Londres é muito longa então decidi ir adiantando o trabalho da empresa pelo computador.

Quando cheguei nem fui para minha casa peguei o carro e fui direto para a casa antiga que morava com meu pai. Estacionei na frente e logo veio o senhor que cuidava da casa, Smith. Não falei nada apenas entrei e esperei ele me acompanhar, pedi que as empregadas saíssem do escritório e decidi começar aquela conversa. 

-O que devo a honra de minha querida rainha visitar um súdito normal como eu?-diz fazendo a graça como sempre faz 

-Eu quero saber da verdade Smith, eu já sei do dinheiro transferido e eu quero saber por que Sabrina Cooper está recebendo esse dinheiro a tanto tempo. E ainda por cima no nome de meu pai e porque ele fazia isso. 

-Então a senhora finalmente descobriu. Seu pai me pediu que assim que você descobrisse sobre isso eu lhe mostrasse este vídeo, na verdade ele me pediu para lhe mostrar esse vídeo apenas quando você descobrisse tudo, mas eu acho que já está na hora.

E eu fiquei meio confusa, mas esperei Smith voltar até ele me explicar tudo que estava acontecendo. Como assim descobri tudo? E será que meu pai escondia tantos segredos assim? A única coisa que eu quero no momento é sair daqui, ligar pro Jimin e cair no choro.

-Aqui está senhorita Croft, eu irei sair para deixar você confortável nesse momento. Sinto muito se fiz você pensar que não poderia confiar em mim, mas foi o último pedido do seu pai então tive que fazer-lo.-ele fala meio triste e sai 

//Vídeo// 

 

Oi Lara, sei que você deve estar muito confusa agora. Se você está vendo esse vídeo é porque eu não voltei vivo. 

Como você sabe eu sempre odiei o governo, mas o que você não sabe é o do por quê disso.

Em 2003, eu e um grupo de ativistas, que na verdade trabalhavam pra mim e eram meus amigos , decidimos criar uma agência secreta para combater o governo. Mas não era o governo em si de Londres, o sim o dos Estados Unidos que queria acabar com nossas tecnologias. 

Porém, o governo de Londres também se tornou um alvo e um inimigo iminente, então tivemos que hackear o servidor da agência deles e apagar todas as informações que eles tinham sobre nós. 

O que você não sabe também é que essa agência é o MI6, e eles vão fazer de tudo para tirar informações de você ou do sr. Smith, então não deixe que nada aconteça com vocês dois. 

E mais uma coisa que você precisa saber, com certeza você já descobriu sobre o dinheiro que é mandado todo mês para uma mulher chamada Sabrina Cooper, não queria que descobrisse assim.

Mas eu não tive escolha. Provavelmente deve achar que eu sou o vilão, contudo só queria o seu bem meu amor. 

Ela na verdade é sua mãe, na verdade tive que convencer ela de não lhe abortar, pois ela queria apenas ter uma vida de luxo ao lado de um cara rico. Bom, eu não sabia das intenções dela, já que eu estava apaixonado. 

Decidi afastar ela de você, pois ela iria lhe expor na mídia falando que eu larguei vocês e iria pedir uma pensão absurda. E ainda levaria você pra longe de mim, e com certeza lhe trataria como escrava dela. Eu conheço bem ela. 

Mas agora filha, cuidado com ela. Sabrina provavelmente sabe que fui eu que criei Anonymous e irá usar isso contra você. 

Por favor tome conta da agência pra mim. E antes que pergunte como para si mesma, assim que você começou a assistir esse vídeo, todas as informações foram enviadas para seu endereço. 

A mensagem está criptografada, e terá que passar para o computador e criar um vírus para proteger tudo que está na mensagem. 

Não sei se está chateada comigo por sumir, e também por nunca demonstrar meu carinho enorme que eu tenho por você. Porém, assim como você, eu não sei demonstrar meus sentimentos. Mas eu sei de uma coisa: 

Eu sei que você consegue minha guerreira. 

Eu te amo. 

Tchau meu brotinho. 

////////////

 

Quando o vídeo acabou percebi que estava aos prantos, chorando que nem um bebê. 

-Sr. Park não entre, ela está...-escuto a voz de Smith e logo depois a porta é aberta com tudo 

-Omo! Por que está chorando Lara?- disse Jimin preocupado 

Eu não tive nenhuma reação se não correr aos braços de Jimin e cair no choro. Ele retribuiu e foi me guiando até o meu antigo quarto. 

-Sr. Smith, perdoe-me por invadir a casa de vocês assim, mas eu sabia que Lara não estava bem.-escuto ele falando ainda abraçado a mim 

-Não tem problema Jimin. E já falei que Smith já está ótimo.-sorriu amigável- Desejam alguma coisa? 

-Pode levar aquele chá chinês maravilhoso que só você sabe fazer? Acho que nossa menina está precisando-ele assente e sai 

Subimos as escadas e deitamos em minha antiga cama, que ainda bem que é gigante, senão tínhamos ido ao chão. 

-Por que não está em Dubai?-pergunto deitada ao lado de Jimin 

-Nós decidimos tirar férias separados, a única coisa que eu pensei foi ver se você estava bem.-disse acariciando meu cabelo 

-Obrigada Jimin-ah. I love you my little brother.

-I love you too my little sister!

-Olha que coisa mais fofa, nem parece que quando adolescentes, saiam correndo um atrás do outro correndo e gritando “Smith ele pegou o último bolinho” “Mentira sr. Smith ela que é esganada”-comentou Smith entrando no meu quarto com uma bandeja e rimos dele 

Quando éramos adolescentes convidei Jimin para passar as férias aqui em casa, seus pais não aceitaram no início, mas assim que me conheceram pessoalmente eles permitiram. Foi inesquecível. 

-Eu ainda lembro que aqueles bolinhos eram meus.-falo sentada indo pegar um dos chás

Passamos o resto do dia juntos e com ele tentando me animar para eu não chorar mais. Jimin sabe que se eu chorar, é porque eu estou muito mal. Corremos pela casa toda, quando ele roubou novamente um bolinho meu, até parecemos adolescentes.

-Por que estava chorando meu broto?-questionou Jimin deitando na minha cama 

Adoro quando ele me chama assim, lembro-me bem da época que ele passou aqui em casa. Meu pai sempre me chamou de brotinho, e ele deu “permissão” para o Jimin me chamar assim. Eu tinha mais ou menos 15 anos, dois meses depois, eu já estava na Coréia, quando meu pai desapareceu.

-Meu pai. Hoje recebi um vídeo do meu pai, que ele fez pra mim antes de morrer.-comentei me deitando ao seu lado- Gosto quando me chama assim, me lembra ele. 

-Sabe por que eu lhe chamo assim?-assinto 

-Meu pai lhe deu a permissão pra você usar o apelido que ele me deu.-falo e Jimin nega 

-Na verdade...

 

 

//Lembranças//

Pov Jimin

 

Eu estava sentada na varanda da casa de Lara, quando do nada o seu pai senta do meu lado e começa uma conversa amigável comigo.

-Sabe Jimin, eu nunca vi Lara feliz com uma amizade. Fico satisfeito e feliz também que seja você, um menino tão educado e que respeita meu brotinho.-ele diz sorrindo bobo

-Brotinho? É um ótimo apelido para Lara, mesmo ela sendo tão dura consigo mesma e tentando formar uma imagem de durona, ela ainda é um broto que precisa de atenção e carinho.-digo sorrindo também 

-Você é muito especial para ela Jimin, e é por isso que eu vou lhe pedir isso.-fico confuso- Por favor, cuide de minha filha como se ela fosse seu broto. Sei que é muito brega pedir algo assim, mas o sr. Smith não estará sempre com Lara para cuidar dela, muito menos eu.-sussurra mas eu acabo escutando

-Olha sr. Croft, eu posso falar com toda convicção do mundo, eu nunca vou abandonar Lara. Ela é a minha irmã mais velha, que eu cuido como se fosse minha irmã mais nova. O sr. me pedindo algo assim só prova que eu estou fazendo um ótimo trabalho como irmão mais novo/velho.-nós rimos juntos 

-Muito obrigada Jimin. Você sabe que Lara tem uma imagem de durona, mas quando você consegue cavar aquela casca dura dela, você descobre alguém totalmente fofa e emotiva que tem medo de trovão.-rimos novamente 

 

 

////Off////

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...