História Súcubos - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Madara Uchiha, Sasuke Uchiha
Tags Harém Inverso, Hidanhina, Hinaharem, Itahina, Kakahina, Kakuhina, Kibahina, Kisahina, Konanhina, Madahina, Nejihina, Painhina, Sasohina, Sasuhina, Shinohina, Tobihina
Visualizações 222
Palavras 2.679
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meus amores!!!
Fico tão feliz em ler seus comentários que cada dia mais me animo a escrever para vocês.
Vamos logo ao que interessa não é?
Pegue seu chá, sua água, seu café e senta que lá vem hot!

Capítulo 3 - Capítulo III Renegado


Fanfic / Fanfiction Súcubos - Capítulo 3 - Capítulo III Renegado

Não soube ao certo como foi parar na casa de Kiba, nem como teve seu vestido e sutiã retirado.

Mas sabia muito bem as sensações maravilhosas que estava sentindo.

Hinata era preensada entre os dois morenos e atacada nos seio por Kiba e masturbada por Shino.

Ela via claramente a diferença de ambos. Kiba mordia, chupa e apertava sem medo de machucar. Shino era firme, mas calmo em seus toques.

- O que te fez ficar tão safada Hinatinha? - Kiba mordeu seu seio com mais força.

Ela gemeu mais alto.

- Isso é injusto, vocês estão vestido ainda... - sentia sua Súcubos sorrir em alegria.

- Venha tirar então... - Shino sussurou mordendo o ombro da companheira de time.

Ambos estavam queimando em tesão pela garota. Hinata tinha um corpo lindo e mesmo em uma situação tão suja como aquela continuava com a bochechas rosadas. As mão dançaram o cinto do moreno em sua frente no intuito de removê-lo, já que a camiseta ele mesmo já tinha feito.

A calça foi ao chão e ela corou com o volume na pélvis masculina. Será que daria conta de tudo aquilo?

 "Se você não der pode deixar que eu dou"

Sentiu mais uma pontada em seu ventre.

- Você vai adorar quando ele estiver dentro de você. - Shino lambeu seu pescoço e se afastou dos dois, na intenção de se despir.

- Porque não se ajoelha e brinca um pouquinho hein? - Kiba que parou o beijo entre eles enrroscou os fios longos e sedosos e sorriu.

Ela passou a língua nos lábios... Nunca havia feito antes, mas era como se naquele momento tudo fosse o certo. Os joelhos tocaram o chão e as pérolas olharam o homem em sua frente. Sua intimidade pulsava só em ver aqueles gomos na barriga trincada.

Ele mesmo abaixou a peça íntima e jogou para algum canto. O membro estava molhado já pela excitação. Era grande e levemente escuro.

- Chupe. - Era um ordem e assim foi cumprida. A língua percorreu a glande e os lábios vermelhos envolveram de forma gulosa o pênis - Ah! Porra Hinata. - ele forçou a cabeça dela a ir mais fundo - Sua boca é quente.

Hinata nunca havia feito aquilo antes, mas era como se soubesse exatamente como fazer e onde tocar. As mão deslizaram até os testículos e passaram a acaricia-los. Shino agora nu olhava aquela visão satisfeitíssimo. Se sentou na cama e passou a se masturbar vendo os dois morenos naquela posição. Não era a primeira vez que ele e Kiba dividiam uma garota, mas nunca imaginaram um dia ser Hinata. Ela estava sexy naquela posição, sentada sobre os joelhos a calcinha de renda banca salientava ainda mais a enorme bunda branca.

Ela aumentou a velocidade que engolia o mastro do treinador de cães e Shino fez o mesmo com as mãos. Ele se levantou e foi até Kiba atacando os lábios do homem. Sentiu então uma mão em seu falo e se arrepiou. A Hyuuga o masturbava e realizava um oral em seu parceiro enquanto Shino maltratava a boca do Inuzuka. Não demorou para que as posições trocassem e ela o chupasse. Gemeu em satisfação, aquela boca realmente era divina. Quente e pequena.

- Eu gosto de ver os dois se beijando.

Kiba sorriu, nunca imaginou aquele lado dela.

- De quatro na cama Hinatinha. - puxou a morena já jogando-a na cama - Vou foder essa boquinha linda enquanto Shino come você como uma vadiazinha.

Hinata sentiu uma carga elétrica percorrer os corpo por completo.

- Não... - ela mordeu os lábios e se arrastou até o meio do colchão abrindo bem as pernas.

Os homens sentiram as pernas bambearem só por aquela visão dos céus.

- Eu quero os dois... - ela ousou em se sentir poderosa e passar os dedos na carne pulsante, abrindo os lábios melecados pela própria excitação - Dentro de mim.

Kiba nem pensou duas vez subiu sobre a garota já mordendo os lábios de forma rude.

- Ai ai ai Hinatinha. - ele puxou a garota para sentar sobre seu colo invertendo assim as posições - Empina essa bunda linda para o Shino princesa.

O traseiro logo obedeceu a ordem e ficou vermelho pelas mãos do Aburame que estapeou a carne branca.

O homem atrás de si acariciou o clitóris e umideceu o ânus com a própria lubrificação.

Eles se posicionaram... Ela quase engasgou em sentir ser preenchida de forma tão sincronizada. Ela não gemeu. Ela gritou.

Eles pararam, com a intenção dela se acostumar, mas como sempre, não houve tempo para dor.

- Não parem... - ela apoiou a testa no pescoço de Kiba e rebolou em ambos.

Eles grunhiram em aprovação. Hinata era um anjo.

Eles sentiam serem apertados como nunca antes. Aceitaram de bom grado o pedido da moça e abriram mão do carinho. Kiba começou a estocar duro e firme enquanto lambia os seios já marcados, já Shino enterrava-se com veemência puxando os cabelos azulados.

Aquela posição era prazerosa demais, sentiam que poderiam gozar a qualquer momento. Os dois homens nunca sentiram tamanho prazer em todas suas vidas. A força aumentou e ela revirou os olhos. Ela estava quase lá em tão pouco tempo. Mas queria mais...

- Mais Shino-kun, mais Kiba-kun.

- Caralho Hinata você não para... - Shino grunhiu se aproximando de seu primeiro orgasmo.

Ela estava quase... Ela rebolou mais rápido sentindo que estava acontecendo... Ela estava gozando. Ela apertou tão forte os dois homens que eles não surpotaram, despejaram-se na mesma hora dentro da mulher. Porem diferente do que acharam eles não aguentariam mais uma, diferentemente de todas as outras vezes houve um cansaço tão intenso em seus corpo que podiam desmaiar a qualquer momento.

Ao contrário dos dois homens que se retirando de dentro de si e jogaram-se na cama, Hinata estava disposta. Sentia cada célula de seu corpo vibrar com a eletricidade que os dois novos chakra proporcionavam. Sentia que poderia lutar contra o mais poderoso ser naquele momento. Assim com Neji havia dito seu útero ainda não se sentia saciado.

"Achei que eles durariam mais" a criatura resmugou.

- Foi bom... - ela corou se levantando.

Ela nem se quer se lembrava onde tinha tirado a calcinha. Catou as roupas pelo quarto e se vestiu ainda toda melecada pelos fluidos trocados.

"Não vai apagar a memória deles?"

Ela olhou os homens e riu em ver ambos dormindo na cama. Se aproximou e as mãos começaram a fazer os movimentos indicados pelo pergaminho do clã Yamanaka.

Tocou a testa dos dois homens e notou que teria que ser selecionadas as memórias. Assim fez, achou complexo mas sabia que logo pegaria o jeito.

[...]

Ter que andar em plena madrugada toda lambuzada não era algo muito agradável ao ver de Hinata.

Conforme os passos eram dados ela caia mais na realidade, havia transado com seus melhores amigos... Juntos.

"Qual o problema? Você é isso agora, não venha se pagar de santa. Você bem gostou."

- Não fale assim... É constrangedor ainda.

"Sua sorte é que eles tinham uma considerável quantidade de chakra, se não ainda estaria com fome."

- Você é uma pervertida.

"Olha quem fala. Daqui a pouco você vai fazer isso por vontade própria não por necessidade." Debochou.

[...]

- O que acha de treinar com sua irmã? - Hanabi entrou no quarto sem bater.

A garota mais nova arregalou os olhos. Hinata se encontrava sentada na cama custurando algo, apenas de roupas íntimas.

- Você por acaso lutou com sanguessugas Hina? - ela pulou na cama - pode me contar já quem foi o sortudo.

Ela olhou seu reflexo no espelho e entendeu do que ela falavam, seu pescoço e colo dos seios estavam marcados por inúmeros chupões. Corou de forma absurda.

- N-não... foi nada... - ela tentou se cobrir.

- Não minta para mim one-chan, quando eu perdi a virgindade com Konohamaru eu lhe contei.

Ela bufou cruzando os braços.

- E-eto... Só não brigue comigo...

- Por que eu brigaria?

- Foi... O S-shino-kun e... - até aí os olhos da garota já se encontravam quase saindo de órbita - E o Kiba-kun...

- Os dois? - ela gritou.

Hinata estava quase desmaiando de vergonha. Tampou a boca da garota para que não gritasse tão alto.

- Fale baixo Hana... - ela se encontrava vinte tons acima do vermelho padrão.

- Eu não achava que você era tão abusada mana... Mas o que está fazendo?

Riu e decidiu não fazer mais perguntas, sua irmã já estava constrangida o suficiente, não que não descobriria o que aconteceu.

- Roupas novas... As minhas são muito...

- Feias. - a mais nova pulou da cama puxando outras roupas para a azulada modificar.

[...]

Ela andava pela vila ao lado da irmã e de fato estava mesmo chamando muita atenção, assim como Hana comentou.

A roupa que utilizava era uma camiseta parecida com que Ino utilizava, ia até a metade da barriga e permanecia colada, porém além de cobrir todo o colo do seio e não ter mangas era azul escuro com alças grossas, o short era cerca de quase dois palmos acima do joelho e justo, a malha era um tecido confortável e preto, nos pés ainda eram as mesmas sandálias ninjas. A roupa havia valorizado muito o corpo da garota.

- Hanabi-chan! - A mais nova olhou na direção da voz e encontrou uma garota que não era muito fã.

- Sakura, o que faz aqui? - olhou de forma negativa para a rosada. Odiava a garota e não fazia questão de esconder.

Haruno vinha acompanhada do namorado, as mãos dadas parecia algo forçado aos olhos da garota.

Naruto reconheceu Hanabi e ele mesmo havia dado a ideia de convidar ela e a amiga para comerem lamem juntos. Quando se aproximou mais reconheceu a cabeleira negra e mais comprida que o normal ao lado da Hyuuga mais nova. Era Hinata.

Hinata se virou exibindo um sorriso doce nos lábios, mas não foi o sorriso que Naruto olhou. O corpo da garota estava extremamente sedutor naquele novo trage ninja. Passeou os olhos pelo corpo da colega de academia e sentiu sua virilha pulsar. O olhar parou no pescoço avistando alguns dos poucos chupões que ficaram avista. Por que havia se sentido enjoado e amargurado?

- Nossa que roupa linda! - Sakura falou - acho que eu ficaria linda com uma blusa assim não acha Naru? Principalmente por ser mais magra.

Hanabi estava já fervilhando de raiva.

Hinata notou o olhar predatório do loiro sobre si.

"Naruto agora te olha?"

Riu do comentário de sua inquilina, mas fez parecer que era do comentário da rosada.

- Ah Saky, iria ficar muito bonita sim. - Hinata disse - Mas acho que não vai ter para o seu tamanho. É que meus peitos são um pouco maiores que o seu então não sei se vai ter um que caiba em você.

Naruto arregalou os olhos, ela havia mesmo debochado de sua namorada e ainda por cima de forma tímida?

Hanabi sorriu abertamente.

- O que vocês queriam mesmo? - Hina sorriu tímida juntando as mãos na frente do corpo, fazendo os seios ficarem mais juntos ainda.

- Nada, Naruto só queria cumprimentar vocês. - Sakura começou a puxar o loiro que tinha os olhos vidrados na garota.

[...]

- ...E aí ela disse que não ia ter pro tamanho da Sakura porque ela era uma despeitada. - Hanabi contava a situação animada para a loira que cortava uns espinhos da rosa.

- Não foi bem assim... - Hinata estava se sentindo culpada por ser tão grosseira com a amiga.

"Ela mereceu. Ela é mais venenosa que um escorpião do deserto."

- Sabemos bem que a Sakura é bem perigosa Hina. - ino disse - Ela sempre te provoca e tenta ser melhor que todo mundo. Ela tem que amadurecer muito ainda.

Quando Hinata iria comentar algo um anbu apareceu entre as jovens.

- Hinata Hyuuga, a Hokage exige sua presença.

[...]

Quando entrou no escritório jurou que o destino queria brincar consigo.

O time sete aguardavam a última pessoa para começar e quando a jovem entrou na sala se surpreenderam, não esperavam que a garota fosse a último membro da missão.

- Hinata que bom que chegou! - A Hokage começou - Como sabem há boatos que o Uchiha estava no país do fogo.

- Sasuke-kun? - Sakura gritou esperançosa.

- Deixe-me falar Sakura. - Resmungou - Chamei Hinata para auxiliar na localização dele. Ele foi visto a trezentos e cinquenta quilômetros a leste da aldeia.

- Hokage-sama, não acho que Hinata precise ir. - Sakura abraçou braço do loiro.

A morena olhou para Sakura no intuito de desvendar a garota, tentando achar traços do que Ino havia dito.

- Quieta Sakura, Hinata possue o maior alcance do kekkei genkai de seu clã. - Tsunade já estava irritada com o comportamento infantil da garota.

A rosa remungou algo inaudível e se calou.

- Vocês partem agora mesmo. E Hinata, não se preocupe, eu avisarei seu pai. Quero o Uchiha de volta vivo ou morto.

[...]

Já corriam a 6 horas seguidas, o sol estava quase se pondo. Por algum motivo Hinata não se sentia nem um pouco esgotada.

Sakura era a mais cansada deles, diferente dos outros ela era uma ninja médica então sua resistência não era das melhores.

Naruto em nenhum momento falou abertamente com ninguém. Ele se manteve imerso nas proprias dúvidas e esclarecimentos.

- Vamos parar. - Kakashi, o lider da missão, disse - Hinata por favor.

Assim ela fez, as veias surgiram entorno dos olhos e se arregalaram levemente. Seu alcance estava dois quilômetros maiores.

- Há uma planície a quinhentos metros.

Não houve tempo para decisões. A explosão ecoou por toda mata.

- Achei ele, Sasuke esta lutando com doze ninjas. - Hinata disse olhando para Kakashi.

[...]

Sasuke já tinha sido ferido pela tentativa de captura a uma das bijus, depois da missão completa decidiu que precisava de um tempo pra si mesmo, estava repensando sobre o rumo que sua vida tomou quando foi cercado pelos doze ninjas sem bandanas. Maldita hora que havia mandando seus companheiros de equipe para o esconderijo da Akatsuki.

Ele já havia queimado chakra demais, conseguiria se teletransportar apenas uma vez.

Ele estava quase queimando as últimas reservar de energia quando aquela maldita voz irritante gritou.

- Sasuke-kun!

Ele olhou na direção de seu antigo time, distraindo-se dos ninjas que sacavam suas armas.

- Cuidado Sasuke! - Naruto gritou.

Ele viu a chuva de shurikens vindo em sua direção, já estavam perto demais para desviar. Maldita Sakura.

Foi quando ela surgiu e todo chakra antes oculto foi liberado.

Ela se colocou ao lado do traidor e em um movimento rápido e letal gritou.

- Hakkeshou Gutten, oito trigramas ofensivos, esfera celestial.

Os olhos perolados estavam emoldurados pelas veias dilatada. O corpo curvilíneo girou em uma graciosidade sem igual. Ambos foram englobados pela espera de chakra. A grande orbe girava em uma coreografia ensaiada com a mulher ao seu lado. Todas as armas afiadas direcionadas a ele foram enviadas na direção contrária pelo fluxo de energia azul.

Quando ela parou notou a enorme cratera que a orbe criou.

Sasuke olhou para moça e jurou ser a criatura mais deslumbrante que já viu. Ela estava ainda em posição de luta, característico do seu clã. A pele era perfeita, o corpo mais ainda, ela mesmo suja pelo caminho percorrido cheirava a morangos. Aquela mulher não era real.

Ela ofegou e com um único golpe derrubou o último oponente de pé.

No momento que ela olhou por cima do ombro sorriu gentil com as bochechas coradas.

- Sasuke-kun! - Sakura correu em sua direção.

Ele então caiu na realidade, eles o levariam e ele não teria como lutar. Olhou para a garota de cabelos negros e sorriu de lado.

- Obrigado Hyuuga. - O Sharingan encarou Byakugan e com as última quantidade de chakra queimou as forças que restavam e sumiu em meio a noite que caia.

Continua...


Notas Finais


Uaaau!!!
O que será que deu na Hina pra ela se enfiar assim no meio da luta?
Espero que tenham gostado!!!
Beijos da senpai Mandy 🔥❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...