1. Spirit Fanfics >
  2. Suddelyn Mommy | Liskook >
  3. 027| O encontro

História Suddelyn Mommy | Liskook - Capítulo 27


Escrita por: Mhaayw

Capítulo 27 - 027| O encontro


Acordo animada, hoje era o dia que seria o grande encontro. Estava ansiosa, queria saber o que Jungkook preparou para a noite de hoje. Levanto faço minhas necessidades e tomo um banho rápido, visto uma regata preta com um suéter branco e uma calça jeans preta.


Jungkook tinha saído, decepcionada vou até a cozinha preparar o café da manhã. Pego o cereal e o leite na geladeira, escuto a porta abrir. Dando uma espiadinha como quem não quer nada eu o vejo com uma calça jeans preta e um moletom preto, ele caminha até a cozinha e viro o rosto. 


— espero que não tenha feito nada — ele diz se aproximando com uma sacola na mão, sorrio. 


— mais um minuto e você ia me encontrar comendo cereal. — digo guardando a caixa do cereal. Sinto sua mão rodear minha cintura. 


— que bom que cheguei na hora. — ela fala com seu sorriso de coelho. Ela me gira para olhá-lo, solto uma gargalhada. — o Soobin tá grande — ele olha para minha barriga.


— Ele se mexeu hoje — conto — na hora que estava banhando, eu fiquei surpresa. 


— ah meu Deus! A conta da água vai vir o olho da cara — ele arqueia a sobrancelha. 


— Haha engraçadinho — ele solta uma gargalhada — amanhã vou ter uma sessão de fotos, roupas de grávida. — digo animada — vou ter que dar uma passadinha no meu antigo apartamento.


— Liz, eu achei uma casa — ele vai até a sacola e tira o nosso café da manhã de lá. 


— Sério? — meu coração acelera. 


— Uhum, acho que você vai gostar de lá. Marquei para vermos a casa hoje, vamos dar uma passadinha lá depois do café — bate um desânimo quando penso que ele esqueceu sobre o nosso encontro, ele olha para mim e sorri — eu não esqueci do nosso encontro. 


— e-eu não falei isso — gaguejo protestando, ele me olha como se fosse piada. 


— vamos tomar café e começar nosso grande dia — ela falo levantando a sacola. 


•••


Jungkook pega na minha mão quando chegamos, a casa era linda e simples. Tinha um gramado bem verde e um caminho de pedra, tinha um senhor esperando na porta. 


— Sr. Jeon? — pergunta olhando para Jungkook que assente e estende a mão, eles se cumprimentam. 


Entramos na casa, ele apertava minha mão enquanto fazíamos um mine tour pela casa. A casa não era enorme mas tinha um bom espaço, já conseguia imaginar correndo pelo quintal e os brinquedos dele jogado pela sala. O Jungkook estava certo, eu  realmente gostei da casa. 


— Espero vê-lo em breve Sr. e Sra. Jeon. — o senhor fala sorrindo gentil. 


— Digo o mesmo Sr. Li — Jungkook esboça um sorriso animado.


Entramos no carro e o Jungkook logo da partida, passo a mão pela minha barriga. Viro o rosto par olhar para Jungkook, ele estava concentrado na estrada. 


— Você tinha razão, eu realmente gostei da casa. 


— Sabia que você ia gostar — vejo um sorriso brotar no seu rosto. 


— vamos para onde? — a ansiedade dominava meu corpo. 


— supresa — ele fala rápido. 


— você quer matar a mãe do seu filho de ansiedade? — ele solta uma gargalhada, cruzo os braços quando percebo que ele não vai falar. 


Quando estamos chegando em uma avenida que tem várias lojinhas o Jungkook estaciona o carro. Ele sai do carro, faço o mesmo, ele para nas minhas costas e envolve sua mão no meu rosto tampando meus olhos. 


— Você confia em mim, Lalisa? — arrepio. 


— S-sim — gaguejo em resposta. 


— então vamos princesa — ele começou a andar e eu fiz o mesmo, soltando risinhos quando tinha atravessar a pista. 


— onde o grande policial Jeon está me levando? — pergunto rindo. 


— apenas espere e confie em mim — ele sussurrou, meu coração parecia um tambor. Ele para repentinamente, ele tira lentamente as mãos do meu rosto. — pronta?


— um fliperama? — falei, dando pulinhos de empolgação. Ele sorria aliviado, ele pega na minha mão e entramos no fliperama. Ele vai até o caixa e compra as fichas. — por onde começamos?


— o que você quiser — ele fala, sorrindo de orelha a orelha. Olho por todo o local e então aponto para um jogo de tiro — você quer jogar um jogo de tiro contra um policial? 


— Por que não? Vou te amassar! — puxo ele até lá, ele ria com a minha coragem. Colocamos as fichas e começamos a disputar, eu errava a maioria dos tiros fazendo Jungkook rir. 


— Você disse que ia me amassar — perco a visão do boneco dele, solto um gemido frustado. 


— você não fica quieto, não dá pra acertar. — resmungo. 


— Ah é? — balanço a cabeça, de repente um tiro atravessa a cabeça do meu boneco. — você também não, mas um tiro foi o suficiente para te matar. 


— Jungkook! — advirto — onde você estava? Para de ficar pegando cover! — ele gargalha. 


— você atirou na minha perna — protesta. 


— você atirou na minha cabeça! — falei furiosa. — vamos em outro jogo, um que eu vou te amassar. 


O próximo jogo foi de corrida, Jungkook ganhou novamente e ficou me zoando. Ele ganhava todos os jogos que jogávamos, não importava qual. Olho para a máquina de ursinhos e o puxo até lá, ele franze o cenho. 


— Já que você é tão bom em jogos, pegar um desse não seria problema. — aponto para um dos ursinhos da máquina. — quero aquele. 


— você sabe que isso é um roubo — revirou os olhos e cruzo os braços — pra sua sorte eu sei como isso funciona, vou pegar. Qual você quer?


— aquele coelhinho! — aponto, Jungkook assente — parece você. 


— O coelho? — balanço a cabeça e ele ri. Fico torcendo e ansiosa, depois de duas tentativas ele pega o coelho e me entrega. 


— ah! — solto um gritinho animada — você é incrível, já te falei o quanto você é incrível? — ele solta outra gargalhada. 


— vamos? Temos um jantar. — ele pega na minha mão e me guia até o carro. 


Logo caímos na estrada novamente, já estava escurecendo. Quando chegamos no prédio de Jungkook entramos no elevador, ele apertava minha mão. Entramos no apartamento e o Jungkook tranca a porta. 


— eu pensei em te levar para um restaurante, mas achei melhor pedir alguma coisa e comer assistindo um filme. 


— o que vamos pedir? — ele sorri, meu coração estava acelerado.


— O pequeno Soobin quer alguma coisa em específico? — pergunta. 


— Ei, Soobin é a nossa chance. O que você acha de um pizza e um milkshake? — falo alisando minha barriga — o Soobin quer uma pizza grande de quatro queijos e um milkshake. 


— vocês decidiram isso agora? — ele sorria olhando nos meus olhos, não consigo conter meu sorriso. 


— Sim, algum problema? 


— Não senhorita — fala com um tom de humor — vai lá escolher um filme ou mine série, vou pedir nossa comida. 


— pode deixar — dou uma piscadela para ele, ele dá um tapinha na minha bunda me fazendo rir. 


Coloco guerra mundial Z na tv, cinco minutos depois o Jungkook se joga ao meu lado. Ele envolve seus braços pela minha cintura, me aconchego. Quarenta minutos depois nossa comida chega, comemos assistindo o filme de zombie. 


E é assim que terminamos o melhor encontro que já tive em 27 anos. Abraçada em Jungkook com ele alisando minha barriga.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...