História Suddenly. Imagine Min Yoongi (BTS). Hiatus. - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Army, Aventura, Bangtan Boys, Coréia Do Sul, Família, Got7, Intercâmbio, Min, Min Yoongi, Romance, Suga
Visualizações 28
Palavras 1.468
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


DOLLAR DOLLAR
Haru achime jeonbu tangjin🎧🎶👌, Oláa armys de todo Brasil, turu nos trinco👌? eu tô viva, nenhum dos tiros que veio de Seul me derrubaram... Ainda 😂😂😂 Saudades? se estiveram com saudades de mim, podem ficar sabendo que eu também ❤❤❤ então gente estou ai com mais um capitulo, um hotzão pesadão tlgd?, brinks shauhsh, é um hot mas não tão pesado, tô colocando a primeira vez de todas, mas hoje é o da Leticia, espero que gostem :D, Boa leitura c: xoxo :* ❤❤❤❤❤❤❤

Capítulo 13 - Park Jimin é a pessoa mais incrível do mundo.


Fanfic / Fanfiction Suddenly. Imagine Min Yoongi (BTS). Hiatus. - Capítulo 13 - Park Jimin é a pessoa mais incrível do mundo.

P.O.V Leticia.

❤ Na 2ª noite de Leticia com Jimin ❤

Estava com tanta vergonha, por hoje de manhã, fiz algo que não devia.


~ Flashback on ~
Acordei, não abri os olhos, estava com preguiça suficiente para não querer abrir os olhos, lembrei da noite passada, me lamentei por não ter acontecido nada, realmente não houve exatamente nada, nem um toque sem querer, abraços, nada! Eu também não tomei iniciativa, nem ele! Ele que devia tomar iniciativa, mas nada. Tomei coragem e abri os olhos, e eu estava de frente para ele e a primeira visão que eu tive, foi de um rosto angelical, com uns fiozinhos de cabelos pretos jogados pelos travesseiros, a boca rosada entreaberta, as bochechas levemente rosadas, e por um momento fiquei hipnotizada, meu desejo era beija-lo, um imã me puxava para ele, queria abraça-lo  e o encher de beijos, e então, tomei coragem e selei nossos lábios com cuidado, seus lábios pareciam de algodão doce, era macia, porém, era doce, eu queria tanto aprofundar o beijo, que por um momento deixei que minha língua explorasse cada região de sua boca, logo fui correspondida, e um  sorriso apareceu em  sua boca, me assustei e tentei me separar, mais seus braços rodearam minha cintura, me puxando para cima de si, logo desisti de lutar, o beijo foi de muita urgência,  parecia que em outra vida éramos um casal e fazia séculos que nossas bocas não exploravam uma a outra, paramos por falta de ar, eu queria continuar aquilo, mais eu precisava de uma coisa chamado ar, eu nem sabia como se respirava mais, abri os olhos lentamente e encontrei um Jimin sorridente, violentamente corado, e cabelos espalhados na testa, o deixando extremamente fofo, eu não sabia o que dizer, estava muito envergonhada e provavelmente corada.
- Me.. Me des... me desculpe- falei saindo de cima dele e indo para o banheiro, só lá eu pude respirar, tomei um banho vesti a minha roupa e sai do banheiro, quando Jimin me viu, ele sorriu, sorri de volta, de nervosismo mermo e então ele ficou me olhando e eu grudada na porta, querendo sair.
- Quer que eu te espere? - Perguntei torcendo para que ele dissesse não.
- Uhum- disse sorrindo e entrando no banheiro.
- Droga- sussurrei para mim mesma, me sentei na cama e o esperei e logo depois fomos tomar café.

~Flashback off~ 

 

 

 

 

 Estava me tremendo, mais uma hora ou outra eu tinha que sair do banheiro, sai do banheiro e me deitei e me virei, não olhei para ele, e senti que seus olhos estavam pousados em mim, para não ser mal-educada falei.

- Bo...Boa noite- falei gaguejando. Aish

- Boa- respondeu e pelo seu tom de voz, estava sorrindo. Logo depois ele me chamou.

- Hyunah...- falou sussurrando.

- Oi? - Falei sussurrando, já não estava sentindo tanta vergonha, pois as luzes estavam apagadas.

- Por que me beijou hoje? – Perguntou chegando seu corpo mais perto, senti seu calor, aquecendo minhas costas, mesmo por cima da camisa do Taehyung. Quase dei um treco com a pergunta.

-Quê?!- me engasguei com a própria palavra.

- Por que me beijou hoje? - Perguntou novamente.

- Porque... hunh... é....- fiquei sem resposta.

- Não sabe o porquê? – Perguntou.

- Eu quis- falei sem perceber depois esbugalhei meus olhos, com a minha própria resposta.

- Eu gostei- Falou baixinho, mas eu escutei, mas queria ouvir de novo, aquilo foi tão gostoso de se ouvir.

- Quê? – Perguntei virando de frente, mesmo estando tudo escuro, eu podia enxergar seus olhos brilhantes.

- Eu gostei- falou e me abraçou, enterrou seu rosto no meu pescoço, e aquilo fez correr um arrepio no corpo inteiro, retribui e senti suas bochechas crescerem, em sinal de que estava sorrindo.

- Eu também- sussurrei, e fui dormir.

 

 ~ Depois, Leticia e Jimin começaram a se pegar ~  

 

 

Antes do fansignNa maratona de filmes ❤

 Tínhamos assistido vários filmes e eu estava morrendo de sono, tipo muito sono, falei com Jimin.

- Jiminnie... estou com sono- falei baixo e o mesmo me olhou e acariciou meus cabelos, e aquilo me fazia querer dormir ainda mais.

- Espere só mais um pouco huh? Está terminando-me abraçou de lado.

- Vai me pagar por me fazer esperar e assistir um filme tão chato- falei brincando.

- Te recompensarei- falou malicioso.

- Estou muito ansiosa, quero logo minha recompensa- falei maliciosa.

- Só espere- falou sorrindo. Fiquei no colo de Jimin até terminar o filme, quando terminou subimos, e Jimin se jogou na cama, me lembrei da minha brincadeira, e fui engatinhando até ele.

- E minha recompensa? – Perguntei sorrindo maliciosa.

- Quer ela agora? - Perguntou sorrindo maliciosa.

- Uhum- falei mordendo meus lábios, juro que se eu fosse outra pessoa e olhasse uma cena dessa diria que eu estava no cio.

- Certo, venha cá- me chamou lambendo os lábios de modo sexy, fui até ele se sentei em seu colo, fazendo com que nossas intimidades se chocassem, Jimin arfou.

- Não faça isso- falou me olhando e eu me fiz de desentendida.

- Não fazer o que?- rebolei em seu colo.

- Isso- falou já ficando ofegante.

- Mas eu gosto- fiz bico e fiz de novo.

- Não seja uma menina má hyunah- falou jogando a cabeça para trás em sinal de prazer.

- Eu quero ser- falei rebolando mais ainda, senti que ele estava ficando excitado, e eu também estava, senti minha intimidade pulsar, depois de mais alguns minutos provocando Jimin, ele se pronuciou.

- Já chega- falou invertendo as posições e ficando por cima de mim, começou a me beijar, e eu estava achando tudo maravilhoso, eu sou virgem, mais não estava com medo, o Jimin me passava uma certa confiança, vários beijos foi destribuidos pelo meu pescoço, logo depois Jimin tirou minha camisa, a jogou em um canto qualquer do quarto, enquanto me beijava tentava tirar meu shorts, o ajudei e assim que eu estava de  apenas peças intimas ele parou e me olhou, sorriu e passou a mão pelas minhas curvas e falou.

- Você é perfeita- sorriu, sorri com o seu comentário, logo me pronunciei.

- Isso aqui esta injusto- falei o deitando na cama e ficando por cima, tirei sua camisa, passei as unhas pelos seus gominhos, depois voltei a beija-lo e tirei sua calça moletom, e seu corpo era magnifico.

- Você também não é nada mal- falei passando a mão pelo seu abs, o mesmo sorriu e me beijou, ele me dava mordidas, depois depositava beijinhos nos lugares que provavelmente vai ficar a marca, depois de várias mordidas, chupões, e beijos, eu mesma tirei meu sutiã e calcinha e ele me olhou.

- Você é virgem?- perguntou.

- Sou- falei um pouco envergonhada por meus seios estar do lado de fora e estarmos conversando normalmente.

- Tem certeza?- perguntou alisando  meu rosto.

- Toda do mundo - falei sorrindo e ele sorriu tirou sua cueca, pegou uma camisinha na carteira, colocou, entrelaçou nossos dedos e me olhou.

- Fique calma- sorriu pra mim, e beijou minha testa, e então foi colocando, doeu muito.

- Cacete- falei mordendo meus lábios já podendo sentir o gosto do sangue.

- Está doendo muito?- perguntou com um olhar preocupado - se quiser eu paro..- eu o interrompi.

- Não, continua- sorri forçado, eu sei que essa dor ia passar, eu apertei mais a minha mão com a de Jimin,  e o mesmo me dava um sorriso e me mandava ficar calma, parecia até que eu estava tendo bebê, depois, a dor foi esquecida e ficou um vai e vem gostoso, lento, e eu estava adorando aquilo, sabia que ele não poderia ir rápido e estava me contentando com apenas esse prazer que o vai e vem lento tinha, as vezes eu soltava um gemido um pouco alto, enquanto Jimin gemia baixinho e arfava, depois ele saiu de dentro de mim, me deu um longo beijo, e se deitou do meu lado ofegante.

- Vem, vamos tomar banho - me puxou, o banho foi bem engraçado por que Jimin quase tomou uma queda tentando dançar Bombayah de BlackPink  me acabei de rir dele tentando dançar K.O de Pablo Vittar, estávamos fazendo uma baladinha no chuveiro, depois saimos, vesti uma camisa dele e calcinha, e ele levou os lençois para lavar enquanto eu ficava sentada, cantando algumas músicas, ele chegou forrou a cama e nos deitamos.

- Sabe quando você quer que o tempo congele e você fique daquele jeito para sempre?- perguntou abraçado a mim, assenti e ele continuou- Então, eu quero que isso aconteça agora, não quero sair nunca de perto de você- falou e eu sorri, ele me beijou e fomos dormir. Eu pensei ' Park Jimin é a pessoa mais incrível do mundo'.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado c: bexxus :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...