1. Spirit Fanfics >
  2. Suddenly Married >
  3. Capítulo 1 - Prólogo

História Suddenly Married - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


>♡ Há quanto tempo, não? Estava morrendo de saudades de escrever fanfics para vocês e por isso vim avisar que agora eu estou de volta e com uma fanfic novinha para vocês que é essa, alguns avisos abaixo antes de começarmos a leitura do capítulo.

> Eu não sei ainda em média quantos capítulos a fanfic terá mas não passará de 30;
> A fanfic terá conteúdo sexual explícito, se não gosta não leia;
> Deixei alguns recados para quem já é meu leitor nas notas finais e para quem não é, seja bem vindo ♥︎;
> Tentarei atualizar o mais rápido possível e acho que irei conseguir;
> Comentários ofensivos serão apagados e eu posso até denunciar dependendo do comentário;
> Capista da fanfic: @Srta_Mawariik
> Por enquanto é isto, boa leitura. ♡

Capítulo 1 - Capítulo 1 - Prólogo


— Eu realmente não sei mais o que fazer Ino, o Sasuke não me ama e isso é muito óbvio, ele faz questão de demonstrar isso. - falo baixo com os meus olhos verdes cheios de lágrimas enquanto me agarro ainda mais nas almofadas de minha cama e logo escuto e vejo a minha melhor amiga Ino suspirar alto e se sentar em uma cadeira que tem no meu quarto.

Quarto esse que eu deveria dormir junto com o meu suposto marido mas ele simplesmente nem vem em casa e se vem é apenas quando tem alguma entrevista que devemos dar para a imprensa, Sasuke Uchiha sempre foi o meu sonho de consumo, eu o amo desde que eu tinha nove anos de idade.

Sasuke sempre foi muito popular e desejado entre as garotas, a maioria sempre gostou dele por causa de sua fama e por ele ser o herdeiro da família mais rica de todo o Japão, a família Uchiha no caso.

Eu e Sasuke nunca fomos muito próximos, ele sempre foi um garoto gentil e bondoso com quem ele queria mas com quem ele não queria ele era muito frio e rude, eu sempre tentava me aproximar dele nos nossos tempos de escola mas nunca dava certo, sempre tinha algo ou alguém no caminho.

Após ficarmos de maior ele se formou na escola e começou a trabalhar na empresa de seu pai que futuramente será dele, lá ele conheceu a Karin, Karin Uzumaki para ser mais específica, ela conseguiu fazer em dois dias o que eu não consegui fazer em dez anos, fazer Sasuke se apaixonar.

Quando ele e Karin compraram um apartamento para os dois e estavam planejando o próprio casamento eu já havia perdido as esperanças, havia perdido as esperanças de conquistar o coração de Sasuke e também havia decidido deixar ele ser feliz com quem ele ama.

Mas tudo mudou quando a minha mãe, Mebuki Haruno, esposa do melhor amigo do pai de Sasuke morreu por causa do câncer, eu não consigo nem descrever o quão doloroso foi perder a minha mãe para essa doença nojenta. 

Minha mãe era tudo o que eu tinha nesse mundo, ela sempre esteve comigo, desde a minha infância até a minha fase adulta.

Sempre fomos eu e ela, apenas nós duas já que o meu pai sumiu no mundo quando descobriu que a mesma estava grávida de uma filha dele.

Eu nunca o conheci e particularmente nem faço questão pois um homem que me abandonou quando eu estava na barriga de minha mãe não é digno de receber o amor de sua filha, quer dizer, eu nem o considero um pai pois pai é aquele que cria e cuida mas ele, ah, ele não é isso nem de longe.

Eu confesso que quando descobri que iria me casar com o Sasuke a pedido de seu pai eu fiquei completamente feliz, eu achava que por um momento eu poderia ter a chance de conquistar ele e ser feliz novamente com o homem que eu amo, eu estava sozinha nesse mundo, triste e sem ninguém, ninguém para apenas me dar um abraço e dizer que tudo iria ficar bem.

Eu até havia considerado a idéia de construir uma família ao lado de Sasuke, mas todos os meus planos foram por água a baixo quando eu tentei me aproximar do moreno após o nosso casamento e ele com todas as palavras do mundo disse que nunca irá me amar e que na vida e no coração dele só tem espaço para uma mulher.

Karin Uzumaki.

Foi o fim para mim, fim dos meus planos, fim dos meus projetos, fim da família que eu estava planejando construir com o Sasuke, fim de tudo. Além de que sempre que eu chego perto de Sasuke, Karin está por perto e faz questão de agarrar o mesmo na minha frente.

Ele nem vem em casa, casa essa que é uma mansão e que deveria ser ocupada por um casal mas infelizmente apenas eu moro aqui, Sasuke deixa as roupas dele aqui mas nunca vem me visitar, estamos casados apenas para a mídia e para a família dele que acredita que nós já nos amamos.

O único momento em que nos encontramos além de quando vamos dar entrevistas ou algo do tipo é em jantares aqui na nossa casa ou na casa dos meus sogros e até nessas ocasiões ele me trata friamente.

Eu passei a ser consolada e também conquistei a amizade de Ino, a prima de Sasuke que sempre torceu para que o moreno ficasse comigo já que até a mesma percebeu que a Karin não o ama verdadeiramente.

Ino se tornou a minha melhor amiga e sempre fazemos compras ou saímos juntas além de que as vezes ela posa aqui em casa quando eu me sinto muito sozinha.

Realmente eu já estaria acabada se não fosse por ela, completamente sozinha nesse mundo.

— Eu não sei nem como irei olhar para ele na viagem de amanhã, vai ser um desastre completo, eu não irei saber como reagir ou agir, o que falar ou o que fazer e as pessoas da nossa empresa irão notar. Como alguém não sabe interagir com o próprio marido? E o meu sogro também não é burro, ele irá perceber a minha vergonha e falta de coragem, já estamos casados a três meses e Sasuke nunca encostou um dedo se quer em mim.

— E pra completar a sua tragédia a Karin ainda estará presente nessa viagem, como secretária do meu tio ela terá que ir também. - faço uma careta.

— Pronto, desastre completo. - sinto pequenas lágrimas escorregarem por minha face.

— Olha, mas eu vou estar lá ok? Essa viagem pode ser uma oportunidade Sakura, pensa bem, você e o Sasuke dividiram o mesmo quarto de hotel, terão que se passar por marido e mulher de verdade na frente dos seus sogros, pessoas e até mesmo na frente da Karin e você pode até se aproveitar disso. - ligo as pontas e rapidamente me sento em minha cama e encaro Ino com curiosidade. 

— Como assim Ino? - vejo Ino me lançar um sorriso ladino e se levantar logo começando a caminhar em círculos pelo o meu enorme quarto.

— Bem, você pode tentar algo com ele, o conquiste, faça o perceber o que é amor de verdade Sakura porque tudo o que a Karin oferece a ele é sexo e nada mais do que isso, o baka apaixonado é o meu primo e ela só está esperando o momento certo para fazer ele se separar de você, se casar e pegar o dinheiro dele.

Sinto um sentimento de ciúmes e possessividade surgir em minha mente só de pensar em ter que me separar do Sasuke, já é ruim o sentimento de não ter o mesmo apenas para mim mas mesmo assim eu ainda consigo ficar perto dele as vezes e até fingir que somos casados de verdade.

Ficar perto dele já me deixa tão bem que eu não consigo nem imaginar o quão feliz eu seria se eu e ele realmente tivéssemos algo verdadeiro.

É tudo o que eu mais desejo, ter um casamento real com ele e construir uma família ao seu lado, mas eu fico me perguntando se algum dia isso irá acontecer de verdade ou eu apenas estou me iludindo.

Encaro Ino e vejo ela me lançar um olhar de confiança e isso me faz sorrir minimamente e me encoraja também, tudo bem, eu posso tentar fazer isso.

— Eu vou tentar Ino, não deixarei o Sasuke dormir fora do quarto amanhã, se ficarmos em um hotel ele não irá escapar para o quarto daquela ruiva, ele é o meu marido e não dela. - falo decidida e vejo Ino sorrir e concordar.

— Exatamente Sakura, mostre a ela que a esposa do Sasuke é você e sempre será você e mostre para o Sasuke o que é amor de verdade.

— Com certeza sim. - lhe lanço um sorriso doce e agradecido e vejo ela concordar.

Tudo irá dar certo, eu só tenho que me concentrar no Sasuke e mostrar para ele que se depender de mim o nosso casamento não será mais uma farsa e que eu realmente o amo e irei lutar por ele.

Espero que tudo dê certo.


Notas Finais


Algumas das minhas fanfics estão em hiatus e peço que não se preocupem pois após eu terminar as que não estão em hiatus eu irei voltar a escrevê-lás o mais rápido possível, eu fiquei muito atrasada nesse tempo pois a faculdade me roubou muito tempo e não estava nada fácil mas felizmente tudo ficou bem, até o próximo capítulo. ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...