1. Spirit Fanfics >
  2. Suddenly SHE - Jenlisa >
  3. My confidant above all

História Suddenly SHE - Jenlisa - Capítulo 13


Escrita por:


Capítulo 13 - My confidant above all


Fanfic / Fanfiction Suddenly SHE - Jenlisa - Capítulo 13 - My confidant above all

Point of View: Jennie Kim

PLAY: How You Like That

Me aproximei de Lisa tirando uma foto antes de entrarmos ao vivo em nosso canal para enfim lançarmos How You Like That oficialmente em todas as plataformas digitais, observei que Rosé e Jisoo gravavam um vídeo. Um staff apareceu pedindo para nos sentássemos sem demora, pois já estavam acabando de passar o teaser de nosso MV. Antes de me sentar em meu lugar, deixei um beijo na testa de Rosé e outro na de Jisoo que resmungou logo em seguida limpando aonde eu havia beijado, essa traidora só aceita os beijos de Lisa. Bem que ela pensa que não vejo o chamego dela com Lisa nas lives?!

Começamos nos apresentando em grupo e posteriormente de forma individual, devo dizer que me sinto bem mais a vontade apenas com as meninas, sem nenhum tipo de formalidade. Se pudesse, faríamos isso da forma mais intimista possível. Estava tudo correndo até bem, Jisoo rachando o bico de tanto rir, Rosé sendo Rosé com a língua azul após comer os biscoitinhos e Lisa sendo... minha garotinha que quando encarna em seu personagem de sete anos não há quem contenha. O vídeo de nossos bastidores estava rodando por isso me aproximei mais de Lisa para ver junto dela o que falavam sobre nossa live.

Lisa: Mais calma? -Ouvi seu sussurro bem suave enquanto Rosé resmungava da língua colorida e fazia gargarejos-

Jennie: Você me fez uma promessa e tem cumprido até então. -Acariciei sua perna, observando seu sorriso genuíno-

Staff: Jennie, se afaste por favor.

Por o fato de estarmos com pontos de retorno, os fãs não ouviram, mas também não consegui conter o impulso de revirar os olhos de forma ainda mais dramática. Não quero nem saber se filmaram ou não, acima de toda e qualquer coisa, Lisa e eu somos amigas. Okay, tem um ponto quem disser que isso de certo modo é recente, mas é inegável que sempre cuidei dela, assim como ela do seu jeitinho sempre me cuidou e me protegeu.

Suponho até que Lili tenha percebido minha irritação e então acarinhou minha perna discretamente.

Prosseguimos então sem maiores incidentes e também não fiz questão de mudar meu comportamento e nem Lisa o dela que a todo momento me tocava -e por favor não pensem promiscuidades-. Nos despedimos dos fãs após uma hora de conversa e interação com a promessa de que nos veremos mais e em muito breve. É bem verdade que comeback pode ser extremamente exaustivo, mas ver a felicidade dos fãs e como eles se desdobram para nos acompanhar, torna tudo excepcional e digno.

Jisoo: As outras visuais que lutem. -Bebeu um pouco do drink enquanto assistíamos ao vivo o nosso clipe sendo lançado-

 Rosé: Soya, você é bem mais que apenas uma visual. -A certeza e o orgulho emanavam em sua voz-

Jennie: Aigoo. -Apertei suas bochechas, ouvindo Jisoo gargalhar alto e Rosie corar-

Lisa: Silêncio, unnies. -Me apertou em seus braços fazendo me calar como a boa garota que sou e apenas analisar seu rosto de perfil-

Jennie: Linda! -Beijei sua bochecha e ela tampouco tirou os olhos da tela, mesmo já tendo visto o vídeo um par de vezes-

Jisoo: Antes a vergonha na cara ainda a fazia disfarçar, hoje em dia nem isso mais. -Dei de ombros, porque não é como se fosse mentira-

Por sorte as pessoas de nossa equipe estavam trabalhando por trás dos bastidores para começar a desmontar o grande cenário e seu estúdio montado ali mesmo em nossa casa, portanto ninguém prestava atenção em nossa conversa. Por conta do delay, já recebia algumas mensagens no celular logo que o clipe acabara de amigos me parabenizando. Me emocionei quando vi a mensagem linda que Chahee havia me mandado por nosso chat no KakaoTalk.

Jisoo: Podemos pedir frango frito para comemorar.

Lisa: Ah não, unnie. Prefiro pizza! -Ela e Rosé estão numa vibe de pizza há algum tempo, não sei como não enjoam-

Rosé: Ne. -Concordou balançando a mão de Lisa-

Jennie: Pois temos um empate porque concordo com Jisooyaaa. -Me virei para tailandesa que teimava em manter a franja no lugar- E você, Lalisa? -Sorri de forma mais intimidadora impossível-

Lisa: Então Rosie, acredito que vou ter de concordar com a unnie. -Sorriu toda sem graça fazendo Jisoo e eu rir alto-

Rosé: Lisa-ya, quando que você ficou assim? Oh my Gosh.

Se tem uma que amo em Rosé é esse lado patricinha dela, em alguns momentos nem parece uma grande cantora e sim uma verdadeira atriz de filme americano que se passa em colégios com armários nos corredores e com todo aquele clichê de líderes de torcida. Aliás, ela já foi uma líder de torcida quando mais nova. Lalisa não perde oportunidade em dizer que ainda vai vê-la usando o minúsculo uniforme, inclusive isso já foi motivo de briga entre mim e ela.

Onde já se viu assediar descaradamente assim nossa amiga?

STOP: How You Like That

(...)

Apertei o volante entre as mãos observando que ultimamente estamos andando de carro sempre em duplas, maknae line em um e a unnie line em outro quando estamos em compromissos do grupo. Talvez eu até pudesse ter motivos para ter ciúmes de Rosie e Lisa, porém é algo tão natural e muitas vezes idiota que nem chega a ser algo questionável. Por exemplo, estava agora há pouco rindo igual trouxa para tela do celular vendo o vídeo delas brincando nos bastidores ao som de nosso single. Na verdade, até me arrisco dizer que elas duas dividem o mesmo neurônio que de Lili ainda é bailarino.

Jisoo: Você vai pagar. -Brevemente tirei meus olhos das ruas para encarar a cara mais cínica-

Jennie: A unnie é você. -Abri a boca em descrença por sua audácia-

Jisoo: Exatamente por isso não perguntei. Afirmei! -Revirei os olhos, cansada da discussão que provavelmente se iniciaria- Oh Jendeukie(?), afinal de contas o que você e Lisa têm?

Jennie: Um caso indefinido?!

Jisoo: Isso é tão estranho. Mas não me surpreende, duas lerdas.

Jennie: Vocês que têm mania de rotular tudo. Nos beijamos, nos pegamos, brigamos às vezes, mas volta as boas e está tudo bem.

Jisoo: Tudo bem porque até agora Lisa não aprontou nenhuma, contudo na primeira pisada em falso dela, a senhorita será a primeira a cobrar algo. E te digo, você não terá muita moral para isso. Afinal não é nada oficial.

Franzi o cenho após a surra de palavras e verdades que Jisoo me deu, geralmente ela costuma ser mais gentil. Não é como se Lisa fosse a pessoa mais desajuizada da vida, porém é fato também que passa longe de ser a mais sensata entre nós. Apenas é uma pessoa de bem de mais com a vida para realmente se abalar com os comentários, lógico que alguns realmente pesam sobre si, mas ela não é a pessoa que mais se importa como eu, por exemplo. Quando o Kai e eu estávamos juntos, ainda no começo de nosso relacionamento -se é que se pode chamar assim-, ela e Sehun eram rumores também, porém bem fracos em relação a nós dois.

Sehun ficou um tanto receoso, mas ela não deu a mínima. Eles até tiveram algo sério por uns meses, que pareciam intermináveis, porém não foi nada realmente fixo ou que fosse adiante. Umas duas semanas depois do ocorrido, lá estava Lalisa nos corredores da YGE desvirginando mocinhas inocentes que talvez de inocentes não tivessem absolutamente nada.

Jennie: Você acredita que ela pode fazer algo para me machucar? -Questionei em um fio de voz só de imaginar a possibilidade-

Jisoo: Não intencionalmente, porém você sabe de quem estamos falando. Ela ainda é nova, tem muito o que aprender da vida, Mandu. O ponto é, conversem sobre isso de forma clara e objetiva.

Jennie: Mas já conversamos, unnie.

Jisoo: Deixa de ser mentirosa, se tudo que Lisa conta a Chae se confirmar, boa parte delas a conversa terminou em viés... pecaminosos.

Jennie: Que calúnia, sabe que posso te processar, certo?

Jisoo: Bom, de qualquer modo me coloco a disposição para ambas e espero que lidem com esse “caso indefinido” de forma madura. -Fez aspas enquanto eu fazia um retorno após entrar na rua errada-

Jisoo e eu combinamos de fazer algumas pulseiras, segundo ela seria a terapia perfeita para todo o estresse de comeback, como adoro os passeios com a unnie não hesitei em aceitar. Até chamamos Rosé e Lisa para virem conosco, mas Rosé disse que tinha uma entrevista para gravar e Lisa havia algo para resolver. Me preocupo com elas duas andando por aí sem Jisoo ou eu, afinal o fandom do lado decidiu que problematizar não era suficiente e boatos de que até estavam marcando grupos perigosos em uma parte do MV que supostamente Lisa desrespeita um Deus.

Aliás, meu maior orgulho é o deboche dessa menina. Postou uma foto com o colar que havia ganho de BamBam justamente quando estava sendo acusada de apropriação cultural. O que eu não entendi bem, afinal ela é tailandesa. Bom, prefiro nem entender e continuar inteligente.

Muitas vezes pensam que nós não temos acesso ao que é dito sobre nós, mas é óbvio que sabemos, tanto que Rosé ainda quando postávamos os teasers achou uma edit Chaelisa sendo que não segue ninguém. Vi muitos fãs questionando o fato de Lisa fazer rap e eu não, sinceramente preferi nem aprofundar as pesquisas, porque estava apenas me desgastando com algo sem sentido e desnecessário, portanto, não deixaria que nada tirasse o brilho do nosso comeback.

Jennie: Aliás, você se acha a Sherlock Holmes, mas falar de Rosé você não quer. Como andam as coisas?

Jisoo: Que coisa, Jendeukie? I'm Jisoo, I'm Okay. -Minha gargalhada reverberou enquanto fui de pronto colocando os óculos e agarrando seu braço quando a encontrei do outro lado do carro-

Jennie: Você está quase fluente no inglês.

A elogiei sincera, pois embora ela tire muita onda e seja tímida, Jisooyaaa realmente evoluiu muito. No dia que ela contou porque não gostava de falar em inglês, minha vontade era de voltar no tempo e dar uma testada no professor dela. Onde já se viu julgar a pronúncia de uma aluna apenas por ter a língua presa? O bom nessa história toda é que ela com apenas poucas frases em inglês é mais rica do que ele jamais algum dia poderia ser.

Jisoo: Fluente é a Lisa que fala tailandês porque ela é tailandesa, coreano, um pouco de japoneses, inglês e agora chinês. -Sorri cumprimentando o rapaz da recepção, assim como Jisoo que ainda fez gracinha com ele-

Jennie: Sem contar no jenniês, pode colocá-la de joelho no milho e ela ainda será a melhor, unnie. -Sorri maliciosa vendo a cara de nojo de Jisoo que logo resmungava reclamando da imagem que veio em sua mente-

Jisoo: Aigoo(!), Lisa é meu bebê grande. Não se traumatiza uma mãe, Kim Jennie. -A olhei fingindo descrença enquanto passávamos por os corredores do lugar já conhecido por nós-

Jennie: Pensei que seu bebê fosse eu.

Jisso: Você é meu bebê crescido, porque pode não parecer, mas tem juízo. Lisa é meu bebê grande porque literalmente só tenho tamanho. Já Rosé... é minha rosa.

Comecei a fazer barulhos irritantes para tirá-la do sério, apertava suas bochechas e ela nem se abalava, apenas empurrava minhas mãos por estarem supostamente machucando. Jisoo é minha grande confidente, sempre foi e jamais deixará de ser. Não é questão de ser minha preferida, mas isso acontece em todo grupo de amigos, sempre há aquele com quem você se identifica mais em alguém aspecto. Rosé, por exemplo é como uma best friend, enquanto Jisoo uma irmã mais velha no sentido real e Lisa é minha criança de sete anos por quem estou desenvolvendo sentimentos.


Notas Finais


Staff anti jenlisa?
Qual delas é a melhor “boa garota”?
Rosé e Jisoo dando sinais?
Lalisa querendo ver Rosé de líder de torcida?
Jensoo melhores confidentes, sim ou claro?
O que será que Manoban foi resolver?
Sobreviveram a live de ontem?

Isso e muito mais nos próximos capítulos de Suddenly SHE - Jenlisa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...