História Suddenly you - Capítulo 1


Postado
Categorias Ariana Grande, Camila Cabello, Chris Evans, Ed Sheeran, Harry Styles, Henrique Lima, James Arthur, Madelaine Petsch, Miley Cyrus, Selena Gomez, Shawn Mendes
Personagens Henrique Lima, Madelaine Petsch, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Briga, Romance
Visualizações 4
Palavras 1.662
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Mistério, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente sou a manu ,e essa minha primeira fic, eu e a BC (bolinho-chapada ) estavamos muito ansiosa pra posta o primeiro cap . nos dedicamos o maximo nele e esperamos que vocês gostem ... Em fim e isso
Comente oque achou e vamos nos dedica mais no prox. Aproveitem
Beijinhos de caramelos da manu e da BC.

Capítulo 1 - The beginning


Fanfic / Fanfiction Suddenly you - Capítulo 1 - The beginning

P.o.v. Madelaine

Sempre fui uma pessoa humilde , batalhei para ter uma vida boa ,sou dependente de mim mesma .

Fui separada da minha irmã e do meu pai aos 3 anos , meus pais se divorciaram por causa do vício da minha mãe,ela não conseguia fica um dia longe da droga .

Aos 13 anos começei a trabalha ,pois minha mãe ja não trabalhava mais , ela sofreu duas overdoses , e depois disso ela só piorou...o dinheiro que eu ganhava não dava pra fazer compras pra passa um mês, pois, no meu trabalho eu ganhava muito pouco , então ,as vezes passavamos fome , minha mãe começou a beber frequentemente ...toda noite eu chorava ao ver ela naquela situação , jogada no sofá embriagada ...isso mim doia tanto ...Aos 15 anos todo esse tormento acabou ,e passou a ser uma dor ainda maior ...em uma noite qualquer alguem bateu na porta ... Mal sabia eu que naquele momento ia receber a pior noticia da minha vida ... No momento eu estranhei por que minha mãe não bate na porta , ela simplesmente abre a porta e a joga contra a parede quase a arrancando e cai no sofá de qualquer jeito e passava a noite ali, pois ,se não tava embriagada, tava drogada ...Resolvi abri a porta , e vi um homem de terno preto ,parado na porta  , ele mim encarou por alguns instantes , mas logo me perguntou se Yasmin Monteiro morava ali , ao ouvi o nome da minha mãe ser pronunciado por ele , meu coração acelerou , eu apenas asenti com a cabeça e ele me entregou umas flores com um cartão , no momento eu não tinha entendido ,mais ...ao ouvir ele pronucia essas palavras ," eu sinto muito , ela foi assasinada " Meu mundo desmoronou naquele instante , eu não tinha mais chão ,Minhas pernas fraquejaram e eu cai de joelhos no chão , sentindo as lagrimas sai descontroladamente , agora eu tinha intendido o motivo das flores .

O homem se virou e foi embora Abracei as flores com força e chorei ...chorei ate não ter mais lagrimas ... Depois de alguns dias fui mora com minha tia Jasmin,toda noite eu chorava e a minha vida se tornou uma correria, pois , eu estudava pela manhã , e , trabalhava pela noite... Em fim aos 18 anos mim formei e fui embora da casa da minha tia vendi a casa que era da minha mãe e comprei uma em New York ... hoje com 19 anos  trabalho em uma lanchonete ganho 750 por mês e vivo muito bem , visito minha tia sempre que posso ,ela tem sido como uma mãe pra mim , mim ajuda em tudo que pode , ela nunca  mim desapontou , pelo contrário ,sempre que ela mim ver triste ela tenta mim alegra , ela sempre diz pra mim segui o meu coração e realiza meus sonhos , corre atrás da minha tão sonhada felicidade " meu pai  e minha irmã " , busca resposta pra perguntas que sempre guardei dentro de mim , que ninguém soube mim responder , e por fim encontra o amor, a pessoa que mim fazera feliz até o fim dessa jornada .

Terça-feira - 6:23 Am.

Estava deitada olhando pro teto à pelo menos 10 minutos , desde que esse novo casal se mudaram e se tornaram meus vizinhos eu não tenho paz , todo dia tem alguma coisa pra construir nessa casa  , e uma bateção nessa parede que chega me da nos nervos, uma conversação , umas gargalhadas altas  , da uma raiva , depois que perco o sono e a hora de mim arruma pra faculdade, estou fazendo a faculdade de cientista biológica e ja estou no meu último ano... Levanto da cama , bocejando e passando as mãos nos olhos, pego a toalha e saio andando em direção ao banheiro , faço minhas necessidades e tomo um banho quente e demorado , saio do banheiro caminhando lentamente em direção ao quarto , pego a primeira roupa que vejo  no Guarda-roupa e visto , faço um coque alto e bagunçado  no meu cabelo por fim calço minha sapatilha preta ,pego meu celular que estava sobre o criado mudo  e olho a hora

-6:58-falo sussurrando.

Jogo o mesmo sobre a cama E saio do quarto desco as escadas e vou direto pra cozinha , estou morrendo de fome.Abro a geladeira e percebo que ainda tinha um pouco de suco de morango da noite anterior e uma fatia de bolo de cenoura.

" vai ser isso mesmo " 

Pego a jarra de suco e a bandeja com o bolo , colocando em cima da mesa de madeira ,Pego um copo e um prato e em seguida mim sento ... Assim que termino meu café subo  pro meu quarto  , pego meu celular colocando -o dentro da minha bolsa  e  desco novamente , vou direto pra porta saio e  a tranco logo em seguida ,  dou um longo suspiro ... "Vamos la ,mais um dia cansativo. " Vou em direção a calçada e sigo minha trajetória para  a faculdade ,que não ficava tão distante da li então, eu não precisava pegar ônibus ou qualquer meio de transporte ...

Assim que mim aproximo da faculdade , vejo uma nenina de cabelos longos e castanhos vir rapidamente em minha direção com um sorriso de orelha a orelha 

- adele-disse ela ao me da um forte abraço 

- Ari...ana...não...consigo...respirar

- oh , desculpe - ela falou sorrindo

- qual e o motivo de tanta alegria ?- perguntei

-aaaah- ela começou a da pulinhos e bate palminhas demonstrando toda sua ansiedade- vai ter uma festa esse fim de semana .

Ela falou pulando em cima de mim ,e , mim abraçando novamente

- fala sério , Tudo isso por causa de uma festa - falei com tedio e voltando a caminha pra faculdade

- não vai ser apenas uma "festinha"- ela fez sinal de aspas com os dedos e em seguida passou o braço pelo meu ombro - vai ser A FESTA - ela estendeu o braço e passou a mão  no ar como si tivesse destacando algum nome  no local

-pra mim vai ser como qualquer festa , aliás eu não vou poder ir como sempre.-falo.

- por que não  ? - ela mim olhou com os olhos arregalados

- ôoh ariana , eu tenho uma vida sabia ?, tenho uma faculdade , tenho um trabalho , eu tenho mas oque fazer -falei entrando na faculdade   e andando pelo imenso corredor

-  fala sério , Adele você nunca foi pra uma festa-e ela fala oque sempre me diz

- já sim , em muitas-minto.

- a e serio isso ? Em que festa ? De aniversário ? Festinhas de despedida - ela parou de caminha e ficou me olhando com um sorriso sarcástico nos lábios e com os braços cruzadas  batendo o pe no chao

- Ariana vamos muda de assunto ok ? Alias , no sabádo e no domingo eu vou trabalha-falei

- ok-ela concorda revirando os olhos

- mas e ai , mim diz como foi sua entrevista ontem ? Conseguiu o emprego ?- perguntei

- infelizmente não , a entrevista foi um fracasso total - ela falou colocando a mão sobre a testa

- por que  ?  Oque aconteceu ? - perguntei preocupada 

- bem digamos q...

- Ei vocês duas , pra suas sala , cinco minutos pra bater - ariana e eu fomos interrompida pela diretora

- ok -falo - depois nos conversa

-ta bom .

Assim que entro na minha sala não pude conter o sorriso que si formo ao ver um garoto ruivo sentado ao lado da minha cadeira, vou na sua direção

-oi ed - falo mim sentando na minha cadeira

- oi adele , como está ?

- com sono mas tou bem , e você , como foi sua viagem pra Bélgica ?

-   foi boa ... Não tão boa quanto eu esperava pois faltou uma ariana e  uma madelaide , pra deixa meus  dias melhores

- bem digamos que ...si ariana tivesse  a oportunidade de ter ido com certeza você não ia precisa da minha presença -falei sorrindo -aquela ali conversa mais que dez pessoas juntas

- mesmo assim , não seria a mesma coisa , você ia fica resmungando  o tempo todo

- talvez - sorri

- mas ...mim conta oque aconteceu durante esse periodo que eu estive  fora .

- ah , o de sempre , nada de importante

- ok - ele mim olhou como si esperasse outra respost

-sabe ed ,as vezes eu mim pergunto  , si eu vou mesmo conseguir reencontrar meu pai- falei baixando a cabeça

- logico que vai , não desista

- mas... E se ele ja estiver morto , e se ele não quere mim conhecer , e se ele saber onde eu moro e nunca tiver vindo mi procura , i si ele não quiser nem um contato comigo  ,i si ...- sinto meus olhos começarem a arder

- eii ... Para com isso, ok ?- ed levanta minha cabeça - ele te ama , e não si esqueca que você tem sua irmã , você tem qui procura-los , você não pode desistir por simples teorias da SUA cabeça , não tome uma decisão sem ao menos tentar realiza seu sonho , eles e sua  familia  e te ama , familia é amor  e cuidado

- nem sempre ... Será que eu devo mesmo pecistir nisso ?.

- sim , deve e vai .

-so sei que mim vida vai muda totalmente ... si um dia eu os encontra - falo baixo

E ed fica apenas mim observando , em silêncio

Logo o prefessor entra na sala e chama nossa atenção , quebrando o clima deprê que tava entre eu e ed .

acabo passando o resto da aula pensando na minha conversa com ed ,penso em várias possibilidades 

Si devo ou não continuar ...



Notas Finais


Helloooo caramelinhos , oque acharam do cap ?
Comente.

Beijos de brigadeirinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...