História Suho Não Está Morto - Segunda Temporada - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias 4Minute, EXO, Neo Culture Technology (NCT), Pentagon (PTG), Red Velvet, Super Junior, TVXQ (DBSK) (Tohoshinki)
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Chenle, Cho Kyuhyun, Choi Siwon, D.O, Doyoung, E'Dawn, Ga Yoon, Haechan, Hansol, Heechul, Henry Lau, Hong-seok, Hui, Hyun A, Irene, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Ji Hyun, Ji Yoon, Jisung, Johnny, Joy, Jungwoo, Kai, Kangin, Kim Heechul, Kim Jongwoon, Kim Kibum, Kim Ryeowook, Kim Youngwoon, Kino, Kris Wu, Kun, Lay, Lee Donghae, Lee Hyukjae "Eunhyuk", Lee Sungmin, Lu Han, Lucas, Mark, Max Changmin, Park Jungsu, Personagens Originais, RenJun, Sehun, Seulgi, Shin Donghee, Shindong, Shin-won, So Hyun, Suho, Taeil, Taeyong, Tao, Ten, U-know Yunho, Wendy, Winwin, Woo-seok, Xiah Junsu, Xiumin, Yan An, Yeo One, Yeri, Yesung, Yuta, Yuto, Zhou Mi
Tags Assassinato, Exo, Policial, Suho, Suho Não Está Morto, Sulay
Visualizações 28
Palavras 1.184
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hiiiiii meninissssss
Que saudadessss de voces aaiiiiin!
Avisando que a att de fanchant ta chegando

Desculpe os erros e boa leituraaaa ♡

Capítulo 7 - Downtown Scene


Suho abriu os olhos, sentindo a claridade cegar lhe cegar, suspirou fundo e encarou a sala, que antes estava algo impossível de se encarar. Avistou Yeri jogada no sofá azul e suspirou, levantou-se e caminhou até a cozinha. Fechou a cortina e começou a preparar o café, já que Yeri fez quase uma despesa para ele no dia anterior.

- O que aconteceu? Vocês lutaram foi? - Suho negou

- Eu não sei quem fez isso, pode ter sido os arruaceiros! - Ela assentiu se aproximando da pia

- Hmm, já está cheirando essa comida Myeon - Ele sorriu e assentiu

- Eu quero que você mande mensagem aos meninos, quero ver-lós logo - Ela assentiu pegando o celular.

- Gente, eu preciso que vocês venham até a minha casa, é algo importante que eu descobri - Terminou de falar e soltou o botão - Então, eu vou em casa, espero eles, e venho pra cá - Suho assentiu. Yeri correu para fora animada e Suho correu para cima. Entrou no quarto que permanecia intacto, sorriu ao ver que não ficaria mais uma noite em claro limpando a casa, trocou de roupa e foi para o banheiro, mas aquele banheiro não lhe trazia boas memorias.

- Como entrou? - Suho se ajeitou na banheira, tendo uma visão ampla do rosto alheio, encarou as roupas escuras, os olhos vermelhos e o tamanho alto, sentiu os olhos se enxerem a apertou os mesmos

- Se você não for meu, você não será de ninguém Junmyeon - Suho gargalhou, ignorando as lagrimas insistentes

- Me erra, cara... Você me traiu, com aquele ninfetinho nojento - O Yongguk se irritou chutando a lata de lixo que estava em sua frente

- FOI UM DESLIZE! - Ele gritou, Suho logo decidiu responder, mesmo vendo aquela arma apontada para si, aquele cara havia acabado consigo, não podia depois de tudo voltar pra ele, como se nada tivesse acontecido.

- E EU NÃO VOU VOLTAR PRO SEU DESLIZE! EU TENHO AMOR PRÓPRIO SEU IMBECIL! - Ele engatilhou a arma e Suho se permitiu chorar mais uma vez, vendo o outro chorar também - Você não sabe o quanto eu te amei... As coisas que eu fiz, tudo o que eu abandonei pra estar do seu lado... Eu espero que ele te dê tudo o que eu não dei! - Suho falou se deitou a cabeça na banheira - Eu não vou voltar pra você... Eu já tenho alguém! - Foi automático, dois tiros foram disparados contra Suho.

Suspirou encarando o piso agora limpo, mas nunca mais se sentiria confortável dentro daquele banheiro. Fechou a porta de chave e desceu, indo para o banheiro do andar de baixo.

- Aqui falta só instalar um chuveiro - Falou para si mesmo. - Você vai pagar Hyo, por tudo o que me fez de ruim!

...

Wendy deu um pulo com o celular, que tocou alto. Tentou encontrar o mesmo, mas acabou encontrando Leeteuk dormindo apenas de cueca na sua cama

- OMO - Leeteuk levantou a cabeça encarando a garota, que de fininho se levantou da cama.

- Wendy, o celular - O medico disse com a voz rouca

- Ah sim... É mesmo! - Se ajoelhou e encontrou o aparelho de baixo da cama. Pegou o celular e encarou uma mensagem de voz de Kim Yerim, abriu rapidamente

- Gente, eu preciso que vocês venham até a minha casa, é algo importante que eu descobri

- LEETEUK? - Wendy deu um tapa na bunda do rapaz, fazendo o mesmo pular de susto

- QUE? QUEM? - Gritou

- LEVANTA... A VIZINHA DO SUHO DESCOBRIU ALGO, PROVAVELMENTE É SOBRE ELE - Leeteuk se apressou, procurando suas peças de roupa.

- A gente vai tomar café antes? - Wendy negou, vendo o rapaz quase chorar

- Aliás, a gente...

- Transou? Sim, duas vezes - Wendy arregalou, sentindo as bochechas queimarem

- Aishii! - Os dois saíram minutos depois, pegaram Joy na casa dela e foram até a casa de Yerim. Bateram na porta e esperaram que a mesma abrisse.

- Vocês dois... Vocês estão estranhos - Joy falou, vendo Wendy quase fritar - Son Seungwan? - A garota não disse nada - Park Jung-su?

- Nós transamos... - Wendy virou com as bochechas totalmente vermelhas, os olhos arregalados, enquanto a boca Joy arrastava no chão

- LEETEUK... VOCÊ...

- Bom dia? - Wendy foi interrompida pela voz de Yeri, que analisou a cena engraçada. Leeteuk escondido perto das plantas, a boca de Joy arrastando no chão e Wendy com o sapato na mão, pronta pra desconfigurar o rosto de Leeteuk. Lentamente, Wendy se recompôs, colocando o sapato novamente no pé

- Bom dia Kim Yerim, como vai? - Yeri riu e cumprimentou a garota.

- Vou bem policial, por favor entrem - Abriu espaço para os três, Joy entrou na frente se encontrando com os outros lá dentro

- Nós iremos ter uma conversa senhor Park Jung-su! - Leeteuk engoliu seco e os dois entraram

- Bom falta apenas o Lay - Yeri falou sorridente

- Está tão feliz... - Ela assentiu

- Eu estou mesmo, o que eu descobri foi a melhor coisa - Wendy franziu o cenho e deu de ombros

...

- Aonde está meus sapatos? Onde está meus sapatos? - Lay encarou os sapatos na ultima fileira da prateleira e sorriu - Como foram parar aí? - Bateu sem querer na prateleira e logo algo caiu em sua cabeça. Encarou a caixa branca de madeira enquanto passava a mão na cabeça reclamando da dor. Aquela era a caixa onde guardava os anéis, que um dia tinha dado a Suho. Sorriu e colocou o anel no dedo, pegou o outro e colocou dentro do bolso. Vestiu o sapato e saiu de casa.

...

Suho revirou a gavetinha do armário, achando um colar, viu o nome de Lay e sorriu, se lembrando do dia em que aquilo foi lhe dado:

- Eu quero te entregar uma coisa Suho - Ele se virou pegando a caixinha branca, entregando a mesma para mim. Sorri largo e logo abri encarando Lay em seguida.

- Xing... Eu... - Não sabia o que dizer, Lay sorria largo, enquanto eu quase chorava - Eu namoro - Ele assentiu

- Eu sei, mas você é meu melhor amigo, quero que leva-as consigo... Quero que lembre de mim pra sempre Myeon... Igual eu penso em você todas as manhãs - As minhas lagrimas caíram rápidas, não tive como segurar, me sentia o babaca, mais babaca do mundo.

- Lay... - Ele pegou o anel e colocou no meu dedo anelar, tirando o anel de Yongguk

- Eu te amo Myeon... E eu vou te esperar, mesmo que isso demore a eternidade. Eu vou te esperar, e mesmo que você nunca deixe ele, eu sempre estarei do seu lado, porque eu te amo, e nada muda o fato de que eu te amo muito.

Sorriu bobo, deixando algumas lagrimas caírem

- Me desculpe por ser tão babaca, mas eu vou compensar, todo nosso tempo perdido, eu prometo! - Escutou o barulho da porta e a voz de Yerim e Chen tomar conta de touda a casa. Agora é a hora


Notas Finais


E AGORA MENINASSS AAAAAA #SuhoIsFinallyBack


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...