História Suicida - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Ajuda, Helpe-me, Imagine Suga, Imagine Yoongi, Romance, Suicidas
Visualizações 28
Palavras 440
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Lírica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi amores...to de volta

Capítulo 2 - Resolução de problemas


-Morar com seu irmão? -A voz estridente chega aos meus ouvidos.

-Ele me convidou....-Tento explicar.

-Ele é um sem lei. Foi morar em Seul ! Esqueceu a família,  amigos, você. Ele te abandonou ! -Ela chora. -Igual a seu pai.

-Mamãe, papai não abandonou a senhora.-Suspiro. 

-Você sempre babou por ele. Não é só porque ele paga seu apartamento que você tem o direito de virar as costas para mim. Eu que te criei !

-Mas mãe...

-Não! -Ela grita e algo se quebra do outro lado da linha.- Você é uma ingrata !

Uma lágrima escorre pelo meu rosto.

-Eu vou te visitar mamãe. 

-Você não vai. Igual ao seu irmão !

-Ele te ama.

-Outro engrato. Quer saber ? Você nãota me ouvindo ! Fale com seu pai então. Ele sempre foi o bom da história não é mesmo ?

-Mas mãe.....

-Tchau.

Ela desliga na minha cara me deixando só novamente com meus pesadelos.

Suspiro.

"Ótimo, uma pessoa a menos na minha vida. Eu já me sentia sozinha, agora nem família tenho."

Lembro-me do hyung.

"Venha morar comigo."

Eu quero.

Encaro o telefone me preparando para a próxima ligação. 

Papai.

Disco o número e espero chamar encarando a parede mofada lotada de caixas lacradas que novamente vou movimentar na viagem.

-Alo ?-A voz grossa atende sendo seguida por uma voz afeminada no fundo.

-Amor ! Vem cá. -A manha parece quase um gemido.

- Papai ?-Pergunto me sentindo intrusa.

-Oi minha querida. Em que posso ajudar ?

-Eu.......-Limpo a garganta.- Meu irmão me convidou para morar com ele em Seul. - Falo de uma só vez na tentativa de não perder a coragem.

-Isso é uma notícia boa, certo ?

-Acho que sim.

-O que sua mãe disse ?

-Que eu estava a abandonando.

Ele suspira.

-Me ligou para informar ou para pedir Paitrocínio ?

-Acho que para informar. -Mordo a unha,  insegura.

-Ta. Se você prometer me ligar e não abandonar sua mãe eu te apoio.

-Eu prometo.

-Vou depositar dinheiro em sua conta. Pago a passagem e alguns meses de aluguel. Quero o bem para minha filha. Só não se esqueça da família  ok ?

-Obrigada papai.

-Você merece.

-Como vai.... Mellysa ?-Pergunto.

-Katya querida. Ela vai bem. Mellysa se casou e foi para Paris com o marido.

-Oh. Mas o senhor ta feliz ?

-É claro. Ela é maravilhosa. Quandi puder lhe apresento a ela.

Reviro os olhos dramatciamente. 

-Claro papai. Te amo.

-Também te amo. Cuida do seu irmão. 

-Sim senhor. Tchau.

-Tchau bebê. 

Desligo suspirando. 

Meu heroi.

Hora de arrumar as coisas.

Vou para Seul.

...mas...Será? 

Suspiro.

Vida nova.

Eu consigo. 

Né?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...