História Suicidal - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Paço, Romance
Visualizações 2
Palavras 552
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Capítulo II


          Capítulo II

Paco não se importava muito em socializar,acreditava que não era necessário,porém quando chegou a escola de artes musicais encontrou um amigo que não vi a alguns meses,Marcos era seu nome.Paco foi em direção a Marcos comprimentalo.

—Marcos! faz um tempo que a gente não se vê.

—Papaco quanto tempo.

Papaco era o apelido ''carinhoso'' que Marcos tinha dado a Paco,esse apelido tinha relação ao seu nome Paco relembrar o nome Papaco que era o nome de um personagem do filme  Um Pistoleiro Chamado Papaco,um filme de uma pessíma qualidade porém isso tornava o apelido mais divertido.

—Você ainda não desistiu desse apelido Marcos -segurando a risada.

—Como ia esquecer né.

Nesse curto intervalo de silêncio Paco decide olhar as horas em seu celular e escuta Marcos dizendo:

—Papaco essa aqui é a Lilit.

Paco se sentiu constrangido e ficou sem ação.

Lilit com corada diz: -Oi

Paco com a voz praticamente inaudível fala: -Oi

Marcos nota uma certa barreira e tenta começar assunto

—Papaco você vei fazer aula de dança?

—Nãnão...

—Que pena,você só vai fazer aula com a gente de violino então.

—Pepera como vovocê adidivinhou.

Paco não era gago mas aquela menina provoca algo estranho nele e causava alguns ''efeitos'' nele .

—Eu tenho meus contantos,também porque nesses dias da semana só tem essas aulas.

Paco deu risadas de nervosismo e com cara de confuso.Lilit só observava em silêncio.

Lilit aparentemente conseguia conversar normalmente ou seja sem segurança e timidez com outras pessoas,mas sentia uma certa insegurança com Paco por algum motivo aparentemente não exposto.

—Papaco a gente já vai subindo ta? -Disse Marcos.

—Daqui a popouco eu vou. -Disse Paco com voz ligeiramente tremola

Deu passos longos e confusos em direção ao banheiro e em seguida se trancou la

Paco pensava o que havia acontecido com ele pra ele ficar daquele jeito.O que aquela garota tinha que deixava-o daquele jeito.

Aproveitou e lavou o rosto e em seguida destrancou a porta com sentimento de medo pois não queria ficar daquele jeito novamente perto de Lilit.

Paco ao chegar em frente a sala sentiu uma mescla de alívio,confuso e decepcionado por não ver Lilit na sala da aula de violino pois viu ela subindo junto com outra pessoa subindo as escadas.

Paco percebe que tem uma cadeira livre ao lado de Marcos e se senta.

—Marcos cade a Lilit?-Diz suspeitando que Lilit não participava das aulas de violino

—Ela não faz aula de violino só de dança,mas porque o interesse em Papaco?

—Nada ué,é que eu vi ela subindo as escadas e pensei que ela fizesse aula com a gente.

—Hhmm sei,você acha que eu não percebi o jeito que tava olhando pra ela.

—Tava olhando normal vei se que ta inventado merda.

—Ta bom então.-Deu risada Marcos logo após dizer à frase.

Em seguida entra um homem de estatura não muito alta com uma camiseta da banda Melatica,dizendo a seguinte frase.

-Eae galera eu sou Paulo e eu que vou dar aulas de violino pra vocês esse ano.

Paco era novato então não conhecia Paulo e ninguém de sua sala,tirando Marcos obviamente.

Marcos abriu um sorriso enorme ao ver que quem daria aula para sua turma seria Paulo,

Marcos tivera aulas com ele e o adorava,sabia que além de ser um excelente professor era também extremamente extrovertido.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...