História Suicide (Interativa?) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 60
Palavras 350
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Breve resumo sobre minha personagem.
As fichas aceitas serão divulgadas logo mais!

Capítulo 2 - Apresentando Yennefer.


Fanfic / Fanfiction Suicide (Interativa?) - Capítulo 2 - Apresentando Yennefer.

Nome: Yennefer

Idade 16

Aparência: Imagem do Capítulo.

Personalidade:

Yennefer é uma garota quieta, sempre preferindo ficar só, viajando no barulho de seus pensamentos.

Ela na maioria das vezes é tímida e insegura, com fortes dificuldades de interagir com outras pessoas e também de confiar nas mesmas.

Ela se sente fraca por já ter tentado suicídio, por mais que ela diga a si mesmo que se fosse fazer isso… faria de uma vez…

História:

Nascida em uma família pobre sofreu diversas dificuldades na vida. Mas sempre foi uma garota animada, que via o lado bom de tudo. 

Até a morte de sua mãe, após isso ela se tornou mais distante… do pai… dos colegas… de todos… 

Já seu pai… não era mais o mesmo… ele começou a beber… bater na filha… ficar alterado com todos… chegou até a perder o emprego… e ele culpava a filha por tudo… não havia motivos para culpa-la… mas mesmo assim o fazia… 

Mas um dia ele chegou em casa mais bêbado… alterado… e acabou por bater na filha mais que o normal… e no fim da surra… ele abusou sexualmente dela… a garota não conseguia reagir… e chorava enquanto o pai fazia tal ato…

Mas após um tempo ela tomou coragem… e decidiu contar para alguém o que seja pai havia feito com ela… e assim desacadeou uma série de eventos, qual levaram a prisão de seu pai, e sua ida para o orfanato. Assim como as diversas seções de terapia

Lá ela sofreu muito preconceito, e também nunca foi adotada. Ninguém iria querer uma criança com o psicológico igual a dela. 

Ela então "superou" isso, e se mudou para um colégio interno, por causa de suas boas notas conseguiu uma bolsa. E lá, ela tentou criar um "grupo de apoio" para pessoas com traumas.

Trauma: Perda da mãe, agressões e o abuso de seu pai, a convivência no orfanato. E a sensação de não ter ninguém

Mania: Estralar os dedos e mexer constantemente no cabelo.

Gosta:

-- Games

-- Rock

-- Frio

-- Chuva

-- Ler

-- Café

-- Doces

-- Parkour

-- Filmes

-- Séries

-- Escuridão

Não gosta:

-- Aglomeração

-- Barulho

-- Que a atrapalhem ou perturbem.

Sexualidade: Homossexual

Par? Alguém se dispõe?

Colega de quarto: Alguém se dispõe?

Algo a mais?


Notas Finais


Espero que gostem dela…


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...