1. Spirit Fanfics >
  2. Suicide or Murder? >
  3. Leanin

História Suicide or Murder? - Capítulo 28


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem a demora pra atualizar e que eu tava fazendo umas baianagem skksks

Capítulo 28 - Leanin


Fanfic / Fanfiction Suicide or Murder? - Capítulo 28 - Leanin

Kurt: meninas muita calma nessa hora! Usar violência não vai nós nos ajudar agora - falou cobain me ajudando a levantar

Camila: calado imbecil, vocês dois não entendem! - exclamou em lágrimas 

Kurt: camila eu te entendo sim já perdi uma pessoa importante na minha vida e não existe nada que conforte a gente nesse momento, mas como a melanie disse ela precisa de você agora! Precisa da investigadora cabello só você pode ajudar a gente e quem mais for preciso - discursa 

Camila: vocês não precisam de mim agora, tem alguém mais importante que precisa, martinez leve essa foto e mande o xxx reconstrui-la e de continuidade no caso pegue meu distintivo isso vai poder te dar autorização para investigar agora sai daqui - explica 

Mel: escuta aqui você discutiu comigo a viagem toda, me deu um soco e agora quer fugir da sua responsabilidade como investigadora passando o caso pra mim só porquê uma amiga sua morreu? Eu não vou assumir nada seu e digo mais se algum dos meus amigos tiver morrido nas mãos da timothy ou do konstantine a única responsável por isso vai ser você - falei passando a mão no nariz tirando um pouco do sangue que está saindo do mesmo 

Camila: acho bom você ir pro arizona agora pois a heller e responsabilidade sua ou pensa que eu esqueci o que você fez com ela? - diz 

Kurt: do que ela tá falando? - me pergunta 

Mel: nada kurt nada, vamos embora você vem comigo pro arizona? - pergunto saindo daquele local deixando cabello com o cadáver 

Kurt: sim eu vou me espera - fala correndo até mim - quero ajudar vocês a descobrirem quem e konstantine - diz me acompanhando para o carro 

Mel: ótimo vamos - digo entrando no carro com o loiro que liga a ignição e da partida do local.

PEEP ON:

Acordei surpreso eu realmente estou vivo? Sobrevivi a noite passada? E vim parar em uma cama de hospital sozinho novamente mais isso não me espanta nem jonh, oskar e minha mãe são presentes na minha vida assim como aqueles que dizem ser só que no fim acabam não sendo, mesmo assim fiquei me perguntando onde estavam aqueles três idiotas caramba como eu sou idiota em ter acreditado que eles estariam do meu lado, mas mudei de pensamento quando escutei uma voz doce ecoar pela minha cabeça e era de billie pensei que era um sonho ou alguma ilusão feita pelo meu cérebro fudido de xanax mais depois eu senti alguém apertar minha mão e abri meus olhos vendo que não tinha sido trollado pela minha cabeça, billie estava ali comigo

Peep: estou feliz que você esteja aqui - falo com a voz um pouco rouca 

Billie: eu demorei demais pra vir aqui denovo me desculpa - fala enquanto está abraçada a mim

Peep: tudo bem todos temos compromissos a cumprir, cadê a mel e o xxx? - pergunto 

Billie: não sei, a única coisa que eu sei e que vocês está aqui e vivo - diz 

Peep: o que aconteceu de ontem pra hoje? Conseguiram pegar o cretino que me bateu - indago 

Billie: não ainda não, e gus se passou muito tempo desde aquela noite - fala

Peep: como assim muito tempo - digo confuso

Billie: você teve uma overdose e ficou em cima por um mês e passou por uma cirurgia hoje para retirar um tumor que se formou por conta da pancada que te deram - conta

Peep: que merda eu sou um fudido mesmo - falo batendo a mão na testa 

Billie: não é não, isso tudo não foi culpa sua tem pessoas que querem te matar pelo sucesso que você esta fazendo por conta disso aconteceu muita coisa nesse um mês - fala

Peep: ai caramba se algum de vocês se machucou por minha causa eu não vou me perdoar - falo

Billie: deixa disso, todos se feriram tanto fisicamente quanto psicologicamente não teve como evitare ainda não tem - diz

Peep: me conta o que te aconteceu nesse mês e com os outros eu to preocupado agora - peço

Billie: vamos esquecer isso um momento por favor - fala e em seguida junta nossos lábios em um beijo que não tínhamos terminado a muito tempo, pude sentir seus movimentos macios e delicados ela pede passagem com a língua e eu cedo fazendo as duas tentarem recuperar o tempo perdido buscando uma a outra

Timothy: desculpa estou atrapalhando o casalzinho ai? - pergunta uma mulher de cabelos vermelhos escorada na porta, billie para o beijo e encara a mulher 

Billie: quem e você? E o que faz aqui? - pergunta se levantando e ficando de frente pra ela 

Timothy: que lixo hein essa sua falta de educação nem vai me dar boa tarde? - diz 

Billie: boa tarde - responde 

Timothy: agora sim gostei você sempre foi esse tipo de pessoa submissa aos outro ne billie - diz, nisso consigo reconhecer sua voz  e não e possível que seja ela

Peep: não fala assim dela sua vadia - falo me sentando na cama com dificuldade 

Timothy: beloved  eu falo do jeito que eu quiser com todos, digamos que ninguém gosta de se meter com uma assassina profissional - falou enquanto olhava as unhas da mão 

Billie: esperam um pouco - diz, provavelmente ela assimilou o que está acontecendo aqui com a presença de timothy e o meu caso - droga foi você que nocauteou o gus e fez ele ter a overdose, e como sabe meu nome? 

Timothy: nossa meus parabéns você matou a charada usando os poucos neurônios que te sobram - fala batendo palmas 

Billie: responde as minhas perguntas agora - ordena em tom autoritário 

Peep: billie vai com calma ela é perigosa - digo

Timothy: escuta o seu namoradinho ai minha filha ele parece saber mais das coisas do que você, bem ja nós encontramos anos atrás na festa de faculdade da vadia da asheley ou devo dizer halsey sei lá eu sou a timothy heller aquela que te fazia morrer de ciúmes por estar ficando com o gus - disse e percebi que billie ficou meio sem jeito com a fala - e eu estou aqui porquê fiquei encarregada de matar esse boco sentando ai - fala apontando pra mim 

Billie: então você a responsável por toda essa baderna, nunca imaginei que aquela menina do cabelo verde e cara de sonsa conseguiria matar alguém - diz

Timothy: agradeça isso a melanie que ferrou com a minha vida mais isso vocês perguntem a ela depois isso se sobreviverem - falou sacando uma catana das costas 

Peep: billie sai daqui ela quer somente a mim - peço 

Billie: nem pensar gustav ela não vai sair levando a melhor depois de toda a merda que eu passei - diz

Peep: sai daqui agora! - falei desesperado 

Timothy: se decide logo cabelo de papel alumínio eu quero terminar esse caso - fala

Billie: você não vai terminar coisa nenhuma sua louca - falou 

Timothy: ok então veremos agora - diz saltando na direção de billie punhando a catana, por sorte ela desvia e heller acaba cortando o piso de madeira do chão - esse combate parece que vai ser bem interessante pena que não vai durar muito tempo PORQUÊ VOCÊ VAI MORRER AGORA - gritou atirando a catana em billie que acerta em cheio sua perna a fazendo sangrar.

XXX ON:

Tudo ao meu redor está escuro não vejo nada além de um vazio, começo a caminhar sem rumo pela escuridão até que avisto um ser pequeno de longe aperto mais o passo com uma certa desconfiança e curiosidade pois talvez encontre respostas sobre esse lugar, quando finalmente chego perto vejo que e um bebê com uma roupinha branca escrito "Gekyume" o nome que eu criei juntando os nomes de dois personagens de vídeo game e ele brincar com um dado com sinais de interrogação nele, me abaixo para olhar o dado e percebo que o menino e a minha cara porém branco mais que CARALHO TÁ ACONTECENDO AQUI? Eu morri e vim parar no purgatório só pode pensei, o bebê pega no meu dedo e me olha dando um sorriso nisso senti algo molhado escorrendo de mim seguido de uma dor imensa no peito daí vejo uma poça de sangue se formar ao meu redor e o bebê some ficando somente o dado, pego o objeto e uma luz começa a sair dele abrindo um grande clarão no meu rosto

Juice: GENTE O XXX ACORDOU - diz wrld que aparentemente estava encima de mim me encarando 

Lil uzi: ufa ainda bem que ele acordou - falou aliviado 

Mask: aquele filho da mãe não conseguiu se livrar do nosso maninho - diz

Juice: CLARO QUE NÃO IDIOTA, VOCÊ ACHA QUE COISA RUIM MORRE FÁCIL ASSIM COM DOIS TIROS? - gritou juice 

Xxx: ei eu to ouvindo vocês ai - digo com um pouco de dificuldade 

Lil uzi: não se esforce muito você deu muita sorte de ter saído vivo - falou se sentando na cadeira do lado da minha cama

Xxx: onde a gente tá? - pergunto 

Juice: no hospital criatura onde mais seria - diz

Lil uzi: eu consegui matar aquele atirador mais não consegui impedir dele ter atirado em você - conta

Mask: daí ele chamou a gente pra fora do prédio para ajudar a te colocar na viatura da Polícia que tinha chegado, mais foi bem difícil porque você tava sangrando muito - fala

Juice: ai por ironia viemos parar nesse hospital que o atirador veio, o doutor foi tirar as balas do seu peito mais você ia precisar de uma transfusão de sangue O negativo - diz

Mask: e aqui esse sangue ta em falta então obrigamos o red a doar pra você - fala

Xxx: como fizeram isso ele tem um puta medo de agulha - indago 

Juice: VOCÊ TINHA QUE VER EU PULEI ENCIMA DELE PRA MOÇA COLOCAR A AGULHA DA TRANSFUSÃO AHAHAHHHA -  disse rindo

Lil uzi: o que eu achei bem desnecessário podíamos ter apenas amarrado ele - fala

Xxx: galera valeu mesmo de verdade por terem se arriscado pra me salvar, especialmente você uzi que teve que matar alguém - digo

Lil uzi: que nada eu já to acostumado com isso, tanto que a polícia considerou o caso como legítima defesa e me deixou ir embora - falou 

Xxx: eu nem sei como agradecer vocês por isso - falo

Red: você pode me agradecer devolvendo meu sangue seu vampiro tem um litro correndo nas suas veias - fala trippie entrando no quarto 

Juice: fica queto sua puta isso era o mínimo que você podia fazer já que  fugiu que nem um bebê chorão - diz

Red: você acha que foi fácil encarar aquela agulha de todo tamanho com você encima de mim me segurando? Eu não sou que nem vocês que não tem medo de morrer - fala

Xxx: falando nisso de bêbê eu tive um sonho muito estranho quando tava dormindo - falo

Red: hmm aposto que sonhou com o cabeção do juice - fala

Juice: PIRANHA DO TIETÊ EU VOU TE MOSTRAR O CABEÇÃO DO JUICE - falou correndo atrás de red 

Red: AAAAAAAAAA SOCORRO ELE VAI ME ARROMBAR - gritou correndo pelo quarto

Juice: EU VOU ENFIAR UM CANO DE ESPINGARDA NA SUA BUNDA MÍSERA - gritou

Mask: parem vocês dois aqui e um hospital - pede com tranquilidade 

Lil uzi: eles não vão parar desiste - diz - fala aí jahseh com o que você sonhou? - pergunta 

Xxx: eu sonhei que estava num lugar escuro vazio, quando do nada avisto um... - sou interrompido por uma sirene seguida de uma voz no megafone do quarto

Megafone: atenção todos os pacientes, visitantes e medicos não saiam do local que estiverem repito não saiam do local que estiverem temos um código vermelho acontecendo em um dos quarto repito temos um código vermelho acontecendo em um dos quartos - disse a voz 

Lil uzi: o que será agora hein - diz

Red: A GENTE VAI MORRER HOJE NÃO E POSSÍVEL DOIS ATAQUES EM UM DIA - grita

Juice: PARA DE RECLAMAR DROGA PELO MENOS SE FORMOS MORRER SERÁ COM HONRA - fala

Red: HONRA DO QUE? EU NÃO FIZ NADA DE BOM NA MINHA VIDA AINDA SOU NOVO DEMAIS PRA MORRER BUAAAAAAAA - choraminga 

Juice: PARA DE CHORAR BATATA - diz dando um cascudo na cabeça de trippie 

Mask: tomara que não seja nada de grave - fala ski 

Xxx: também espero que não seja - digo.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...