1. Spirit Fanfics >
  2. Sum Tardis >
  3. Dos diálogos sobre cardiologistas

História Sum Tardis - Capítulo 9


Escrita por: e haechurros


Notas do Autor


tmi: eu também não esperava por essa, apenas escrevi.

— @neopunk . @flatliner . @bluehour
— 💖🐼💖😺💖🐈💖

Capítulo 9 - Dos diálogos sobre cardiologistas


SUM TARDIS

"Sum Tardis, do latim, é a abreviação mais abreviada possível dos mimos de sexta à tarde, quando Winter e Karina decidem que podem fazer muito mais do que jogar jogos de tabuleiro e compartilhar segredos e fofocas ouvidas nos corredores da escola."


— Meus seguidores querem que eu faça uma transmissão ao vivo. 

Era quarta-feira, cinco da tarde, durante uma chuva, quando Minjeong ligou para Jimin e disse isso. Tudo voltou ao normal no que parecia estar bom demais para ser verdade.

A loirinha estava se acostumando com a ausência do pai no apartamento, bem como sua mãe já não chorava mais tão alto. Se não ficasse bem por agora, estava ok. Afinal, dos momentos ruins vêm as experiências e, depois, conclusões de que está, sim, tudo bem. 

— E o que você vai fazer? — perguntou a garot'azul. 

— Não sei. Você acha uma boa ideia? 

— Não se trata do que acho, Winter, se trata do que quer fazer. Se está se sentindo bem e confortável para fazer, então não vejo motivos para o contrário.

— Com uma condição. 

— O que tenho a ver com isso?

— Meus seguidores gostam de você, Rina, e do Koda também… 

— Recuso a oferta. 

— Só dessa vez! Pago o seu almoço por uma semana. 

O que Jimin não fazia por ela? É golpe baixo falar sobre almoço. 

— Tudo bem, mas nada de produção. 

Winter sorriu e concordou. 

— Mas nem um batom?

— Não!

— Um blushzinho? Qual é, Rina, você precisa de cor. 

Jimin riu. Por breves segundos, o coração disparou e depois diminuiu a intensidade de batimentos. "Espero que seja infarto."

— 'Tá bom, você venceu. Um blush e um gloss, nada além disso. 

— Você é… — O que ela era? Jimin era tantas coisas que Minjeong pouco podia colocar em palavras. 

Yoo Jimin era o próprio elogio. 

— Você é incrível, Rina. 

Winter sempre soltava elogios, mas era tão diferente. Parecia tão mais.. Intenso, poderoso e… Sentimental! 

Karina se encolheu um pouco, tímida. 

— Você também é incrível, Winter. 

Silêncio.

— Que estranho… — disse a loirinha. — Acho que preciso ir ao cardiologista. 

— Seria inédito dizer que eu acho que também preciso de um?

— Não tão inédito quanto fazer a transmissão comigo. 

E seria estranhamente inédito dizer que as duas não precisam de um cardiologista? Quer dizer… Ah, vocês sabem! Não era sobre cardiologistas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...