História Summer love - Jikook - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Década De 50, Jikook, Jk!top, Jm!bottom, Kookmin, Minjae, Namjin, Sope, Taegibrotp, Universo A/b/o, Yoonseok
Visualizações 126
Palavras 3.376
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu disse que não demorava muito, eu amo esse plot.

BOA LEITURA

Capítulo 2 - Fim do romance



Yoongi estava em pé, encostado na grade da quadra acendendo seu cigarro, sabia que aquele lugar era um ótimo esconderijo para fumar sem que algum inspetor enxerido lhe visse. Tragou a nicotina com calma, observando o time de futebol da escola treinar por conta própria, já que o treinador havia sido afastado por estar com algum tipo de doença que o Min não se interessava nenhum pouco em saber qual era.

Sua intenção indo até ali era devolver a Jaqueta para Kihyun e talvez aproveitar alguns minutos com o alfa em algum banheiro do colégio, mas depois de ouvir sobre o tal príncipe de Busan, Yoongi precisava tirar suas enormes dúvidas. Queria tirar suas próprias conclusões, mas no fundo rezava para que estivesse errado.

Pegava no pé de Jimin muitas vezes, mas era porque gostava do amigo e mesmo com suas pequenas discussões, não deixava de amá-lo. Sabia que as chances de estar certo eram enormes, afinal o Min sempre estava certo – e o convencido era Seokjin – apenas desejava que se Jeon Jungkook estivesse envolvido naquilo, morresse intoxicado com o gel de cabelo barato que usava. Park Jimin não merecia um alfa como aquele, ele merecia muito mais.

O ômega estava tão distraído pensando nas mil formas diferentes em que poderia assassinar Jeon Jungkook que mal percebeu a presença ao seu lado.

- Você não deveria estar fumando.

Yoongi se assustou e começou a tossir logo em seguida, despertando preocupação no alfa que apenas se aproximou, batendo em suas costas até que a tosse passasse.

- Você ficou louco, Hoseok? – Yoongi perguntou de forma rude, afastando-se do alfa. – Como é que você chega do nada assustando as pessoas?

- Você estava tão distraído que não notou que eu já tinha falado com você umas duas vezes. – O alfa tombou a cabeça para o lado enquanto olhava para o Min. – Espera, essa é a Jaqueta do Kihyun?

- Te interessa?

- E você insiste em me tratar desse jeito, o que foi que eu fiz?

- Você nasceu. – Respondeu rude, desviando o olhar novamente para o campo de futebol onde o treino parecia estar acabando. – Você não devia estar jogando?

- Assim você me magoa, Yoonie. – Hoseok se aproximou, encostando o ômega na grade e colocando suas mãos na grade, uma mão de cada lado na cabeça do Min, o impedindo de sair. – Você queria muito me ver jogando né? Mas acontece que hoje eles estão apenas fazendo um treino para os novatos.

- Interessante. – Murmurou, soltando a fumaça do cigarro sobre o rosto de Hoseok. O alfa apenas tossiu, mas em nenhum momento se afastou. – Agora me dá licença que eu não vim aqui para ver você, na verdade essa seria a última coisa que eu faria na minha vida.

- Ok, Você é bipolar. – Hoseok se afastou. – Primeiro você diz que me odeia, depois vai até a minha casa e passa a noite comigo, agora de novo diz que me odeia.

- Você não é o primeiro e nem o único a ouvir isso, nem é o único a ficar comigo. – Jogou o cigarro no chão.

- Mas eu poderia ser, você não me dá uma chance e eu já disse milhares de vezes o quanto eu gosto de você.

- Não vai rolar, esquece.

- Yoongi.

- O quão difícil é para você entender que eu não acredito em você? Nem nos seus amigos alfas?

- Yoongi, eu só..

- Esquece, a única coisa que eu quero é sexo e isso é uma troca justa, já que é a única coisa em que vocês pensam. – Exaltou um pouco seu tom de voz, vendo Hoseok abrir a boca para rebater. – E não venha me dizer que você é diferente, porque eu sei que todos são iguais.

- Yoongi, eu não sou como eles. Eu gosto mesmo de você, gosto muito e já estou cansado de dizer isso.

Yoongi riu de forma sarcástica, colocando as duas mãos sobre os ombros do jogador e acariciando o local, enquanto olhava diretamente em seus olhos. Hoseok estava calado, esperando alguma resposta do ômega e a única coisa que conseguiu foi um pequeno selar de lábios rápido.

- Se gostasse tanto de mim como diz, porque não me disse isso antes de ir pra cama comigo? – Perguntou sussurrando próximo ao ouvido do Jung, sorrindo ladino. Era justamente naquela questão que queria chegar e teve seu objetivo atingido ao ver que o alfa estava calado, lhe observando e provavelmente procurando por alguma desculpa qualquer. – Desiste, ok? Nem o meu tipo você faz.

Yoongi deu as costas ao jogador, indo finalmente até às arquibancadas onde se sentou em um lugar afastado mas que ainda podia enxergar Hoseok que parecia abalado com o que tinha acabado de ouvir. O ômega não estava ligando nenhum pouco para o que o alfa estaria sentindo ou pensando de si, afinal havia deixado de se importar com a opinião de terceiros a muito tempo, se importava apenas consigo mesmo e com seus amigos, pois eram inocentes demais para sobreviverem sozinhos. 

Do outro lado da arquibancada conseguiu ver os tão temidos T-birds, obviamente eles não eram tão temidos por si, na verdade apenas achava que eles eram idiotas usando jaquetas. Kihyun que estava sentado e conversado com Namjoon notou sua presença ali e com um aceno de cabeça, Yoongi o chamou para que viesse até si.

Kihyun atravessou a arquibancada a passos rápidos e se sentou ao lado do Min, colocando um braço sobre seus ombros e lhe deixando um beijo na bochecha. Yoongi logo se afastou, tirando o braço do alfa de cima de si.

- O que foi, boneco?

- Não vim aqui para isso, só vim devolver sua jaqueta. – Jogou a Jaqueta de couro sobre o rosto do alfa, que pelo reflexo lento não conseguiu alcançá-la antes de atingir o seu rosto.

- ah, meu bem. – Kihyun riu, vestindo a própria jaqueta. – O que foi? Aquele capitão de time irritante estava te perturbando de novo?

- Hoseok não tem nada a ver com o meu mau humor. – Se mexeu desconfortável quando o alfa simplesmente colocou as mãos em sua cintura e o puxou para perto, pegando o isqueiro dentro do bolso de sua calça.

- Então o que foi dessa vez? – Pegou o cigarro que estava atrás de sua orelha e o colocou na boca, olhando para o Min antes de acendê-lo.

- Não é nada.

- Se você diz. – Deu de ombros.

Yoongi ficou em silêncio, desviando o olhar para a outra arquibancada e ficando levemente desconfortável com o olhar dos amigos de Kihyun sobre eles, conversavam sobre alguma coisa e riam. Provavelmente tiravam sarro de Kihyun, já que havia mais de uma semana que estavam saindo juntos e bom, os dois sempre diziam não querer relacionamentos que durassem mais de uma noite.

- Eu preciso de um favor seu. – Yoongi chamou a atenção do alfa, o vendo sorrir para si. Um sorriso cheio de interesse.

- Pode dizer o que quer, meu bem.

- Eu preciso que você descubra o que o Jungkook fez no verão.

- Só isso? – Arqueou uma sobrancelha.

- Pode levá-lo até o auditório durante as boas vindas? – Yoongi perguntou fingindo um tom de voz manhoso, abraçando o corpo do alfa e colocando suas mãos atrevida dentro de sua camisa. – Eu prometo lhe agradar depois, alfa.

- O que você pede que eu não faço, não é? – Kihyun soltou a fumaça do cigarro, segurando o rosto de Yoongi com uma das mãos antes de beijar seus lábios de forma calma, os dois apenas aproveitaram o sabor da nicotina.

- Obrigado, querido.

Yoongi o soltou e cruzou as pernas ao observá-lo se levantar, ajeitando a camisa que agora estava levemente amassada. O ômega mordeu os lábios enquanto o observava se afastar, voltando para perto do grupo de amigos. Estava satisfeito, conseguiria sua amada informação e ainda teria um momento prazeroso com o alfa.

Não podia ter coisa melhor.



...



Jimin estava cansado, a última aula havia acabado a poucos minutos e o ômega guardava seus livros dentro do próprio armário. Estava feliz por ter voltado as aulas, mas sentia vontade de se agredir toda vez que seus pensamentos voltavam até o alfa da praia e na pequena discussão com seu amigo durante o intervalo. Mas sabia que ele iria ligar para si, sentia que ambos iriam conversar mais cedo do que o previsto, seu subconsciente estava gritando.

Fechou o armário, ao mesmo tempo que Jin se aproximou de si com um cachorro quente nas mãos e a boca cheia, mastigando.

- Você quer ir direto para o Auditório? Queria ir embora. – murmurou ainda de boca cheia.

- Vamos esperar o Taehyung e o Yoongi. – Jimin riu, apontando para a boca de Seokjin que estava suja. O ômega mais velho apenas limpou com as costas de sua mão e logo em seguida lambeu o molho. – Que nojo, Hyung.

- Que nojo porque? A comida é minha mesmo. – Deu de ombros, dando uma grande mordida no lanche.

- Você come tanto, não tem medo de ficar acima do peso?

- Eu não ligo para isso, eu estou muito feliz comendo. Melhor do que parecer uma vara seca igual ao Yoongi e você, vocês não comem não?

- Agora que você me lembrou, eu ia mesmo falar com você sobre a alimentação do Yoongi. – Jimin disse assim que os dois começaram a andar pelo corredor da escola, um ao lado do outro.

- Nem precisa, eu percebi que isso foi depois da Lisa dizer que ele estava gordo. – Jin terminou de comer o cachorro quente e limpou a boca no guardanapo que carregava consigo.

- Ela não disse gordo, foi mais... “sua barriga está inchada, do jeito que é rodado eu diria que está grávido” – Repetiu as mesmas palavras usadas pela ômega e tentando imitar o seu tom de voz.

- Ainda vou agredir ela.

- Yoongi tem muita paciência para aturar ela.

- O que tem eu? – Yoongi perguntou enquanto entrava no meio dos dois, segurando a mão de Taehyung que andava apenas alguns passos atrás e parecia envergonhado com alguma coisa.

- Ah, nada demais. – Seokjin colocou as mãos sobre os ombros do Min, enquanto os quatro andavam juntos. – Só admirávamos a sua paciência.

- Paciência eu não tenho muita, mas as vezes é necessário fingir ter.

Jimin olhava para Taehyung de canto de olho, percebendo que o mesmo andava de cabeça baixa e suas bochechas estavam em um tom avermelhado. Parecia muito constrangido, porém sua testa franzida também deixava claro sua provavelmente irritação ou incomodo com algo.

- O que você fez para o Taehyung dessa vez?

- Eu? Nada. – Yoongi se fingiu de ofendido, olhando para Taehyung logo em seguida.

- Nada? Tem certeza? – Taehyung perguntou, ajeitando o óculos em seu rosto. – Ele me fez perder a última aula! Você sabe que eu não gosto de perder aula.

- Ah, não foi nada demais.

- Nada demais? Yoongi, tudo bem você faltar a aula, mas não precisa arrastar ele para isso. – Jimin disse atraindo a atenção do Min para si.

- Eu concordo com o Jimin. – O mais velho se pronunciou.

- Vocês são caretas demais. – Yoongi riu. – E outra, foi por um bom motivo.

- Qual? – Jimin cruzou os braços, duvidando realmente daquilo.

- Diga a eles. – Yoongi cutucou o braço de Taehyung, o ômega conseguiu ficar com suas bochechas ainda mais vermelhas.

- E-Ele me levou..

- Eu levei ele para falar com o Minjae! – Yoongi exclamou animado, abraçando Taehyung de forma apertada.

- Eu pensei que eu é que tinha que contar. – Tae murmurou baixinho, retribuindo aí abraço de forma desajeitada.

- Você estava gaguejando e com vergonha, te fiz um enorme favor. Não seja tão ingrato. – O soltou e deu um soco leve no braço do moreno.

- Eu quero detalhes. – Jin Arqueou as sobrancelhas de forma sugestiva, enquanto Jimin apenas ria ao entender onde o mais velho queria chegar.

- Não foi nada demais, a gente conversou um pouco, a gente riu quando um pássaro roubou o maço de cigarro do Yoongi. – Riu novamente ao se lembrar da cena de seu Hyung correndo atrás do pássaro. – E ele me chamou para sair.

- Ele te chamou para sair? – Jimin perguntou chocado, estava muito feliz por seu amigo finalmente ter conseguido falar com o alfa. Já que estavam ali no colégio a três anos e durante todos esses anos o Kim apenas observava o alfa de longe, nunca tinha coragem de se aproximar para dizer um oi.

- Sim, no sábado.

- Ah, eu estou muito feliz pelo nosso filho estar crescendo. – Yoongi colocou uma não sobre o peito, segurando o rosto de Taehyung e beijando sua bochecha.

- Nem parece que estavam brigando no intervalo. – Alfinetou Jin.

- Hyung, melhor deixar eles assim e evitar confusão. – Jimin sussurrou, já que haviam acabado de entrar no auditório e conseguiram enxergar o diretor bem próximo de onde estavam.

Os quatro ficaram parados por alguns instantes, olhavam ao redor procurando um bom lugar para se sentarem, de preferência no escuro e longe da maioria dos alunos. Seokjin apontou para o lugar perfeito e logo os quatro estavam andando para se acomodarem melhor, já que logo começaria alguma palestra sem graça qualquer. Yoongi acabou desviando o caminho ao encontrar com os olhos, Kihyun sentado com os T-birds em um lugar muito bem escondido do auditório e como precisava receber respostas urgentemente, se dirigiu para perto do alfa, logo sendo notado pelos outros que estavam consigo.

- Meninos. – Cumprimentou, acenando com a cabeça.

Kihyun que estava de costas logo se virou para encará-lo surpreso e alguns assobios maliciosos foram direcionados aos dois. Realmente, Yoongi os achava idiotas. O alfa se levantou e segurou o braço do ômega se fazer muita força, pediu licença para os amigos e logo se afastou com Yoongi para longe do grupo.

- E então, docinho?

- Ele foi para Busan e bom, não me disse nada daquelas baboseiras românticas que você me falou. – Kihyun o soltou e cruzou os braços. – Na verdade ele apenas disse que curtiu com um ômega e bom, usou bastante palavras sexuais. Nem vou dize-las, não quero te corromper ainda mais.

- Não existe uma palavra sexual que eu já não tenha escutado, Kihyun. – O ômega copiou o seu gesto e cruzou os braços. – Não sou criança, pode me dizer.

- Você que sabe. – Kihyun se aproximou do ouvido do ômega, sussurrando as inúmeras palavras sujas que haviam saído da boca de Jungkook e inclusive mencionou o que ele disse ter feito, creio que os caros leitores já imaginam o que é.

- ELE O QUE? – Yoongi perguntou arregalando os olhos, logo teve sua boca tampada pelo alfa já que algumas pessoas próximas acabaram notando como parecia exaltado.

- Fala baixo. – Sussurrou.

- Eu vou matar ele. – Sussurrou de volta ao que teve sua boca livre.

- Eu não sei de nada, tá aí a sua informação e eu não me responsabilizo por nenhum crime cometido. – Levantou as mãos em forma de rendição.

- Você foi muito prestativo. – Segurou na jaqueta de couro do alfa, o puxando para baixo apenas para que ficasse da sua altura e conseguisse morder seus lábios. – Merecia até um beijo, porém eu pretendo te agradar com outra coisa depois.

- Eu iria perguntar o que é, mas gosto de surpresas.

- Você acha que o Jungkook também gosta de surpresas? – Perguntou se afastando do alfa, olhando de forma maldosa para o Jeon que parecia totalmente distraído.

- Ele odeia surpresas.

- Eu não quero que ele goste dessa mesmo.



...



Jimin estava sentado ao lado de Taehyung e estava alheio a conversa que os dois Kim's estavam tendo, já que Seokjin tentava provar com cálculos matemáticos que tinha o rosto perfeito e Taehyung tentava provar que aquilo não era algo a se definir com matemática, mas sim com ciência. Uma conversa bastante nerd e o único inteligente do grupo de amigos era o mais novo, Seokjin apenas tentava e Jimin mantinha suas notas medianas.

No pequeno palco do auditório, a coordenadora explicava como seria o baile de boas vindas aos alunos, que aconteceria daqui a poucas semanas. Jimin realmente estava animado para aquilo, já que em todos esses anos não havia tido a chance de comparecer a pelo menos um baile. Seu pai era muito rígido e dizia que apenas fumantes, bêbados e drogados iam para bailes.

Jimin acabou sendo educado daquela forma “cafona”, como Yoongi sempre gostava de dizer.

- O que você acha, Jimin? Quem tem razão, a ciência ou a matemática? – Seokjin perguntou, lhe tirando de seus pensamentos.

- Eu acho que..

- Hey, Jimin.

- Ah não, lá vem. – Taehyung murmurou em desgosto.

Jimin apenas olhou para a direção em que havia escutado seu nome ser chamado e viu Yoongi se aproximar acompanhado de alguns alfas, não conseguia ver o rosto de todos, até porque alguns estavam até mesmo de costas conversando. Então apenas se levantou quando viu o Min gesticular para que se aproximasse, o encarou confuso.

- O que foi?

- Primeiramente, me perdoa mas eu não podia te deixar ser enganado dessa forma. – Yoongi colocou as duas mãos nos ombros do amigo.

- Do que você tá falando?

E então, Yoongi simplesmente o virou na direção dos alfas e chamou pelo nome do alfa que não saía da cabeça do Park desde o encerramento das férias.

- Jungkook!

Os olhos de Jimin se arregalaram ao ver o alfa que estava de costas se virar para si e parecer ficar tão surpreso quanto si, mal podia acreditar que estava vendo-o bem ali na sua frente, bem pertinho depois de tanto tempo. Não raciocinou direito ao simplesmente abraçar o alfa, se sentindo imensamente feliz ao ser abraçado de volta, sentia o aperto em si forte e essa foi a única coisa precisa para lhe provar que o alfa também estava com saudades.

- Jimin, o que você está fazendo aqui? – Jungkook perguntou se afastando minimamente, apenas para olhar para o rosto do ômega.

- Eu é que te pergunto isso, Kook.

- Eu pensei que nunca mais fosse te ver..

Um pigarro fez com que o alfa interrompesse a própria fala e o Park acabou estranhando muito aquilo, pois de repente ele pareceu ter ficado tenso e engoliu em seco.

- Você não me ligou.

Jungkook demorou para responder, apenas olhava para o rosto do ômega de forma aflita, parecia estar com o pensamento distante. O alfa ao seu lado, já incomodado com seu silêncio, cutucou seu ombro e Jeon pareceu voltar a realidade. Como mágica, a postura de Jeon mudou completamente, parecia mais relaxada e exibida, com um sorriso ladino nos lábios.

- E eu nem iria te ligar, Jimin. Foi muito divertido o que passamos na praia, mas acabou.

Jimin acabou encolhendo seus ombros, recuando.

- Mas você disse que me amava, Jungkook.

- Eu digo isso para todos os ômegas, meu docinho. Acredite, você não foi o primeiro e nem o último. – Jungkook deu de ombros, colocando as mãos dentro dos bolsos de sua jaqueta.

- Qual é o seu problema? Você mentiu pra mim. – Ditou raivoso.

- Jimin, eu só queria o que todos os alfas querem e bom.... você foi bem fácil.

Jimin arregalou seus olhos, chocado com o que havia acabado de escutar e logo a raiva lhe subiu a cabeça, lhe obrigando a desferir um tapa sobre o rosto de Jungkook. O alfa pareceu ter ficado surpreso com sua reação, mas não demonstrou nada e nem ao menos se mexeu.

- Você é um Falso, Jungkook. Eu te odeio! – As pequenas lágrimas já escorriam pelos seus olhos, mas não tinha mais coragem para ficar ali sobre o olhar daqueles alfas e de alguns curiosos que haviam percebido a movimentação estranha. Jimin apenas deu as costas apressado, saindo do auditório e sem se importar com a voz do diretor o chamando.

- Está satisfeito, Yoongi? – Jungkook perguntou de forma baixa ao Min, deixando claro seu desconforto.


- Muito. – Sorriu para o alfa, logo tendo seu braço segurado por Seokjin que provavelmente iria querer ir atrás do Park. – Não sabe o quanto eu estou feliz por meu amigo não ser enganado por um alfa idiota como você.


Notas Finais


Eu amo a personalidade do Yoongi nessa fanfic, eh isto.

Comentem ❤ me motivam bastante a continuar a escrita e procurar melhorar sempre.

Até breve.

KISSUS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...