História Summer Love - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Chefe Jim Hopper, Dustin Henderson, Eleven (Onze), Jonathan Byers, Joyce Byers, Karen Wheeler, Lucas Sinclair, Maxine "Max" Mayfield / "Madmax", Mike Wheeler, Nancy Wheeler, Personagens Originais, Steve Harrington, Will Byers
Tags Fillie
Visualizações 36
Palavras 626
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi,essa é minha primeira fanfic,estou disposta á dar o meu melhor(mesmo que esse melhor seja bem ruim).Espero que gostem,e me perdoem por qualquer coisa!❤

~Aproveitem o capítulo:

Capítulo 1 - "Quem ela pensa que é?"


Fanfic / Fanfiction Summer Love - Capítulo 1 - "Quem ela pensa que é?"

Finn Wolfhard

Já haviam se passado 3 horas,e eu permanencia naquele maldito ônibus cheio de adolescentes e garotas assanhadas.Mesmo que me considerassem o garoto mais popular e bonito da escola, me sentia um peixe fora d'água,e particulamente sentia nojo daquelas pessoas que diziam ser meus amigos,mas na verdade nao me olhavam como quem sou,e sim por eu ser o filho do diretor.


Fazer essa excursão estava fora de questão,mas eu não queria decepcionar o meu pai,que apesar de ser meio atrapalhado,era um bom pai e além de tudo um bom homem.Essa seria a pior semana da minha vida.

Nunca gostei de praia,talvez por estar acostumado com o frio canadense.De qualquer forma acho que isso faria bem para Calpurnia,minha banda.Ela é bastante conhecida na universidade de Alberta,porém eu queria expandi-la,e tocar no festival anual que aconteceria na ilha de Maui.O torneio de bandas acontecerá perto do hotel em que iremos nos hospedar,seria uma grande oportunidade na minha carreira como cantor ganhá-lo.A única coisa que me atormenta é o fato de meu pai não poder saber disso,infelizmente ele não apoia o meu grande sonho de seguir carreira musical.


Millie Bobby Brown

Lá estava eu,no mesmo lugar,admirando a prancha de surf da minha mãe,sentada na minha rocha,onde eu e ela sentávamos antes de me deixar.

-MILLIE!Esse é dos grandes!-Meu pai grita.

Corro com pressa,para ver o que está havendo.

-O que aconteceu?-Pergunto sem fôlego.

-VEJA!-Ele me dizia mostrando um peixe enorme.Não sabia a espécie,mas talvez seja o maior que já vi!

-Maravilhoso!-Digo sem interesse,peixes nunca foram minha praia.

Meu pai sempre amou surfar,mas abandonou a carreira depois que aconteceu aquele acidente terrível com a minha mãe.Desde então virou um pescador.Contudo,adorava o que fazia.

-Pai,faço 16 esse ano,lembra,o que você me prometeu?-Falo com cara de cachorro com fome.

-Sim,e a resposta é não,você é muito jovem pra participar de torneios de surf!-Ele diz sem dar importância.

-Oi!Grande M.r T-Dizia Jacob,um empregado de meu pai,que sempre quis ter segundas intenções comigo,meu pai odiava sua petulância.

-Pra você é Senhor Thomas,meu rapaz!-Estava com raiva,mas me veio uma gota de felicidade naquele momento.

-Desculpe,está linda hoje Millie!-Ele piscou pra mim.

-Obrigado Jacob,mas PAI,você sempre diz isso,eu preciso participar desse torneio!-Digo furiosa.

-Já para casa!Depois falamos sobre isso!-Ele diz com o tom de voz mais elevado.

Saio pisando fundo,entro em casa,subo as escadas,bato com força a porta do meu quarto!Deito na minha cama

Ele acha que vai poder me impedir dessa vez?Eu preciso,e vou participar desse torneio,vou ser que nem minha mãe,uma grande surfista do mundo inteiro.Não ficarei minha vida inteira em Maui.

Decido que vou me inscrever sem que ele saiba,e logo em seguida tomo um banho.

Visto uma saia branca com várias conchas e um biquine azul,bem decotado.Eu sempre uso biquine,mesmo que não vá entrar no mar.Por isso sempre estou bronzeada.Olho no espelho,meu corpo mudou bastante.Meu seios estão bem maiores,e as curvas também.

-HÁ MEU DEUS,os turistas chegam hoje!-saio correndo pelo quarto sem mesmo por chinelo,afinal a areia é bem macia.

Finn Wolfhard

Estavamos nós finalmente,em Maui.A bendita ilha que meu pai havia escolhido.Caleb;Noah;Gaten;meus únicos amigos de verdade,e integrantes de Calpurnia,admiravam comigo o lugar.O ônibus tinha parado bem na frente de uma casa com o nome "Pescaria Brown";Tosco;.

Até que a praia era bonita,mas a areia me incomodava demais,caralho!Mas eu iria sobreviver.

-FINN CUIDADO!-Caleb gritou,e quando eu olhei já estava no chão com uma menina bem estranha,mas muito gostosa em cima de mim.

-Você tá bem?-perguntei analizando-a,ela era muito bonita,cacete!Bem praiana seu estilo,quem usa biquine á essa hora?Nossa,que peit...Olhos,que olhos bonitos!

-Era só o que me faltava-Ela disse bem grosseira,e saiu correndo que nem uma louca!

-DE NADA!-Gritei num tom irônico.

-Vai  catar coquinho!-Ela gritou já longe.

Sua saia subiu com o vento e todos os adolescentes que havia descido do ônibus riram e começaram á fazer piadas sexuais,mas ela pareceu nem se importar.Talvez ela tivesse 8 anos de idade com um corpo do cacete,ou só fosse louca mesmo.

"Quem ela pensa que é"?









Notas Finais


Então foi isso,aguardem o próximo.❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...