História Summer Love (Second season): A Lost Love - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Katherine McNamara, Magcon, Matthew Espinosa, Nash Grier, Sabrina Carpenter, Shawn Mendes
Personagens Cameron Dallas, Katherine McNamara, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Sabrina Carpenter, Shawn Mendes
Tags Eubrabuleta, Magcon, Summer Love
Visualizações 22
Palavras 907
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


- Desculpa deixar vocês quase três dias sem capítulo novo. Eu fiquei doente e estava me recuperando.

- Essas imagem que posto em todos os capítulos, são do meu Instagram de poesias e frases, caso gostem vocês podem seguir, vou deixar nas notas finais o link. Ainda não possui nenhuma publicação mas se caso já queira seguir para ajudar na divulgação eu agradeço. ❤

Capítulo 6 - Refúgio


Fanfic / Fanfiction Summer Love (Second season): A Lost Love - Capítulo 6 - Refúgio

Nash

 

 

Entrei na boate do Cameron com uma garrafa de cerveja qualquer comprada na rua.

 

- Não vai beber essa bebida barata na minha casa - Cameron me encontrou

 

- Acabei de encontrar minha ex - falei para o mesmo jogando a garrafa no lixo

 

- Vish - o menino fez careta - você precisa disso - ele me entregou um copo com vodka - precisa disso também - Cameron jogou duas meninas em minha direção - e por fim disso aqui - ele me entregou uma chave - divirta-se - ele piscou. E eu subi as escadas até o devido quarto.

 

Cada pessoa tinha sua forma de escapatória, a minha era assim. Me desligava do mundo, esquecia quem era e principalmente porque estava triste. Meus momentos de traumas já seriam muito no trabalho então agora depois do trabalho era a única forma que achava para me desligar da realidade.

 

Três meses com noites que pareciam durar uma enternidade, Cameron me dava as mulheres e eu as usava. Vida de um homem com decepção amorosa resumida em um parágrafo.

 

Katherine

 

- A onde fica essa boate? - perguntei para Mattew

 

- Sei lá, eu não conheço a Austrália - o menino sorriu

 

- Agora vamos conhecer, vamos ver se eles sabem fazer uma festa igual em Nova York - Sabrina disse animada

 

- Posso beber mais de duas doses hoje mãe? - perguntei para a garota

 

- Sim filha, você acabou de passar por algo terrível - ela me entregou um copo de vodka

 

- Só espero que as pessoas estejam tão bêbadas que não consiga tirar uma foto nossa bêbados - falei

 

- Tinha esquecido desse detalhe - Matthew falou

 

- Ah deixa eles, vamos dá um pouco de polêmica para os jornais - Sabrina sorriu - já chegou? - ela perguntou para o motorista

 

- Sim senhora - o homem disse enquanto colocava o carro em frente a boate

 

- Vamos nessa - Matthew segurou na mão de Sabrina

 

Sabe aquela frase "Segura na mão de Deus e vai"? Então foi assim que pensei quando segurei na mão de Shawn e saí daquele carro.

 

As pessoas começaram a reclamar quando entramos na frente da fila, mas assim que viram quem era os celulares com os flashes já estavam no meu rosto me deixando cega.

 

- Desculpa por isso - Cameron o dono da boate apareceu na porta - o camarote de vocês está reservado, venham comigo - o menino entrou no enorme local e seguimos atrás dele.

 

 

- Da onde o Matthew conhece esse cara? - sussurrei para a Sabrina

 

- Eu sei lá, parece que eles se conhecem a tempos e o Matt devia um favor a ele, nada melhor do que uma visita nossa para a boate dele ficar entre as mais visitadas daqui a uma semana - a menina sorriu pegando um copo de bebida do garçom

 

- Aqui - Cameron mostrou nossos lugares - vou pedir as bebidas - o homem saiu

 

- Tabom, vocês podem ficar aqui - falei jogando minha bolsa no sofá - eu vou pra pista de dança

 

- Eu vou com você - Shawn disse - é horrível vim a uma festa e ficar no camarote

 

- Então vamos todos - Sabrina disse animada

 

- Quando o Cameron voltar, vai ficar uma ferra - Matthew disse - Vamos nessa - ele segurou na mão de Sabrina passando por nós

 

Todos ali queriam esquecer o passado de alguma forma, parecia bobagem. Mas todos estávamos magoados de alguma maneira. Sabrina se faz de durona, Matt tenta ser forte para me ajudar, e eu buscava saídas na bebida, igual fazia quando tinha dezessete anos.

 

Descemos para a pista, bebemos e dançamos loucamente sem se preocupar em ser fotografados. As pessoas estavam todas bêbadas naquela boate, acho que todos ali tinha um objetivo. Se refugiar por alguns horas em bebidas.

 

- Eu vou no bar, vocês querem mais alguma coisa? - perguntei e todos negaram com a cabeça, então sai cambaleando um pouco da pista de dança

 

- Por favor - levantei a mão - uma vodka - gritei para o garçom

 

- Você está bêbada - Nash ao meu lado disse - desde quando voltou a beber? - ele perguntou e naquele momento eu estava paralisada tentando ficar em pé no balcão e tentando olhar fixamente para o garoto

 

- Vai fazer dois anos, sabe depois que não recebi mais mensagens - falei me sentando no banco

 

- Tá me usando como desculpa agora Katherine? - Nash disse revirando os olhos

 

- Nash, vem vamos dançar - duas meninas altas e quase nuas apareceu chamando o garoto

 

- Qual é a sua desculpa? - falei pegando a vodka - acho que já estamos bastante grandinhos para cuidar da vida um do outro 

 

- Kat vamos, você tá bebada é melhor não ficar sozinha - Shawn apareceu segurando minha mão - Oi, você é o garçom do hotel - Shawn sorriu para Nash - fica tranquilo a gente não vai contar para o seu patrão, agora vamos Kat

 

Me apoiei no pescoço do Shawn e em seguida beijei o garoto, eu não queria que fosse assim. Mas aconteceu, e Shawn parecia querer tanto quando segurou meu rosto me puxando para mais próximo possível do seu corpo.

 

- Se você tivesse ligado talvez seria diferente  - Falei para Nash deixando o mesmo ali. Puxei Shawn para a pista lotada de pessoas. 


Notas Finais


Obg por ler ❤

Instagram: https://www.instagram.com/poetasobria/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...