História Summer Passion - Percabeth - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Percy Jackson
Visualizações 369
Palavras 1.600
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


NOTAS

FINAIS

PLEASE

boa leitura my amor 💙

Capítulo 19 - Snowball


Pov Annabeth 

- Desembucha loira - Thalia disse esparramada na minha cama.

- Bom, eu te contei a parte que ele estava no meu colo? - ela mexeu a cabeça em confirmação - Ele levantou e ficou me encarando, e do nada falou " Foda-se" - eu disse imitando uma voz grossa - Ele me beijou, e a gente quase...você sabe né, mas ele disse para esperarmos pois não queria me machucar. Confesso que meu corpo estava em combustão.

Thalia analisava os fatos silenciosamente.

- Olha, talvez ele esteja com medo, porque...am, eu tenha soltado uma brecha do seu antigo relacionamento, e o ameacei, para não machucar você - ela disse me encarando.

Thalia não pode sair falando dos meus fracassos assim, ainda mais do meu antigo relacionamento abusivo.

- Está louca? Percy não é como ele. E eu o quero, se eu morrer virgem a culpa é sua - eu disse emburrada e Thalia começou a rir.

- Relaxa loirinha, Perseu está muito fascinado por você, sério, o moleque fica mais bobo que o normal ao seu lado. E eu falei e não me arrependo. Ele foi um canalha e não quero que você passe por isso de novo. Só dei um breve aviso ao meu priminho.

Me lembrei sobre o que Percy disse, ele havia visto Thalia escondemos alguma coisa no casaco. Minha amiga já passou por sérios problemas no passado, incluído meses em clínica de reabilitação. Eu sei que Thalia ficará uma fera se eu tocar no assunto, mas não vou deixar ela acabar com si mesma como da última vez. Se é que é o mesmo problema.

- O quê você escondeu do Percy no hospital? - eu disse inocente.

Thalia ficou pálida, como se seu sangue tivesse parado de circular pelo seu rosto.

- Escondi? Tá ficando louca Chase, eu não escondi nada de ninguém - ela estava nervosa e já não olhava nos meus olhos.

Me levantei e cheguei perto da morena, podia sentir a sua tensão se espalhando.

- Eu conheço você desde criança, já passei por muitas coisas com você, você realmente acha que me engana? - cheguei o rosto perto de sua roupa - Então me explica esse cheiro? - me senti estúpida por não ter percebido isso antes.

- Tá bom Annabeth - ela bufou - Eu voltei a fumar sim, tenho dezesseis anos e estou fumando novamente. Satisfeita? E sabe o que você pode fazer? Nada, exatamente nada. Não desta vez, então esqueça isso e me deixe - ela fez menção de sair do meu quarto mas eu a segurei pelo braço.

- Thalia Grace, você vai sentar nessa cama agora e me explicar direito. Se você acha que pode me defender de talvez eu estar me envolvendo com outro babaca, eu tenho todo o direito de me preocupar com você sim. E eu não vou deixar você se afundar de novo - falei trancando a porta do meu quarto - Anda fala. Por quê voltou a fazer isso?

- Por nada, só deu vontade, e como eu já disse você não tem nada com isso, abre a porra dessa porta e me deixe ir embora.

- Conta logo, eu vou ligar para o Jason - peguei o celular que estava na minha estante de livros.

- Não! - Thalia o tomou da minha mão - Eu conto, não quero ser uma decepção novamente para o meu irmão. - quando Thalia começou a fumar da outra vez ela tinha treze anos de idade. Foi por influências de amigos errados. Jason quando descobriu ficou muito triste, fizemos de tudo para Thalia largar. Ela se culpa até hoje por ter deixado Jason tão triste e havia prometido nunca mais magoar o irmão. Então ameaçar a contar tudo para ele seria uma maneira de fazê-la me contar a verdade.

- Meus pais estão se separando, meu pai começou a se envolver com uma mulher e minha mãe descobriu, ambos pediram divórcio e já começaram as papeladas - eu segurei a mão de Thalia para incentiva-lá a continuar - Pelo que eu entendi, eu e Jay não teremos chances de escolher com quem ficar. Meu pai tem mais dinheiro e melhores condições de cuidar de nós do que a minha mãe. E pela justiça isso conta. Ouvi meu pai conversando no telefone com a provável mulher que ele estava se envolvendo, ele quer que ela venha morar na nossa casa. Você tem noção que eu terei que conviver com dois traidores em uma mesma casa? Ela irá dormir na cama que era da minha mãe. Se ela acha que vai chegar tomando o lugar da minha mãe ela está muito enganada, e outra. As pessoas fumam para saborear eu fumo para morrer. (N/A: ALGUÉM PEGOU ESSA REFERÊNCIA MARAVILHOSA? ALKDKAKSKA) - Thalia fechou o punho com tanta força que me assustou.

- Pare com isso Thalia! - eu desesperei tentando fazê-la abrir a mão - Você vai se machucar - quando ela abriu a mão, marcas de unhas estavam gravadas em sua pele - Que merda Grace. Me deixe te ajudar, você pode ficar um tempo aqui em casa. Mas por favor não fume mais.

- Obrigada Annie, mas eu terei que lidar com isso, eu vou tentar sério. Só não conte para o Jason, nem pra ninguém.

- Eu te amo Thalia, você é a minha melhor amiga, e eu não quero ver você assim, doeu tanto ver você se afundando da última vez. Não deixe isso acabar com você de novo.

- Eu te amo loira.

Saímos do transe quando ouvimos alguém girando a maçaneta da porta.

- Annabeth, Thalia, o almoço está pronto desçam - minha mãe falou pelo outro lado da porta.

Saímos do quarto sem conseguir disfarçar o que estava acontecendo, confesso que estou chateada pela atitude de Thalia, mas não posso culpa-lá. Eu tinha apenas sete anos quando meu pai sumiu no mundo e até então nunca mais voltou, na época não senti muito pois era muito pequena. Mas tenho uma idéia do que ela está passando, agora sem a mãe dela na casa, tornará um verdadeiro inferno para o Jay e ela. Zeus é uma pessoa boa para eles, ate ajudou Poseidon com as despesas do hospital. Mas pelo que Thals disse, posso concluir que ouve mudanças nos últimos tempos, e essa nova mulher, não sabemos nada dela, será que é uma boa pessoa? Espero que seja, que ajude os meus amigos e seja confiante, Thalia está muito abalada com toda a situação e meu único papel e interferir. Vou respeitar sua decisão de não falar nada para Jay, mas se a situação piorar não vai ter outra saída.

Minha mãe encarava a gente na mesa, Thalia brincava com a comida, deixado na cara que algo estava errado.

- O que foi querida? - minha mãe perguntou.

- Nada Tia Atena, é só sono - Thalia mentiu.

Minha mãe me olhou, conhecia esse olhar, ela sabia que Thals estava mentindo mas não iria se meter, com certeza me jogaria várias perguntas depois que minha amiga fosse embora.

- Tudo bem - disse por fim.

                 (...)

Abracei a minha amiga o mais forte que consegui.

- Se acontecer mais alguma coisa entre você e Perseu me mantenha informada. Nossas férias esta acabando e temos que nos divertir em uma festa muito louca esse final de semana, vou procura alguma - Thalia disse e sua empolgação disfarçava qualquer requisito dos acontecimentos anteriores.

- Okay punk, festa, bebida, sem exagero, eu quero que volte as aulas logo. Vai ser muito bom ter todos os nossos amigos juntos na mesma escola.

- Você, Percy, armário do zelador - ela disse maliciosa, refalando as frases que havia dito a alguns dias atrás.

- Cala boca Grace - mostrei o dedo do meio

- Vou indo loira.

- Fica bem, não esquece que eu amo você, e me passa isso aqui - peguei o maço de cigarros que estava com a ponte exposta no seu casaco preto.

- Comprar outro não será difícil Chase - ela disse e correu para a avenida.

Ela me desafiou? Foi isso mesmo.

Fechei a porta e subir para o meu quarto. Coloquei o maço no lixo do meu banheiro, e fiquei me olhando no espelho tentando arrumar algum jeito de impedir toda esse bagunça, tantos problemas que já estou criando uma bola de neve na minha cabeça.

Pov Percy

Não sei como explicar a melhor noite da minha vida, desde que o jantar começou eu já estava com intenções de senti-la de novo. Não sei explicar o que é beijar aquela menina, saíram coisas totalmente safadas da minha boca sem eu perceber, e foi ótimo ver ela corresponder, estava exposto no rosto dela que ela queria continuar. - " Eu quero você Percy, quero ser sua, quero sentir você dentro de mim" - Eu sentia arrepios todas as vezes que lembrava dela falando isso. Eu queria tanto quanto ela, até mais, mas Thalia me disse que Annie já tinha sofrido muito por um babaca, e eu não quero que ela pense assim de mim, não sou assim, então quero ir com calma, mesmo que toda as vezes que eu olhe para ela eu sinto vontade de encosta-la na parede, arrancar suas roupas e foder forte. ( N:A: QUE ISSO PERSEU VOCÊ É UM NENÉM PURÍSSIMO).

Tenho que controlar os meus pensamentos. Fico encaixando cada tipo de cena na minha cabeça do quero fazer com ela. Acho que nunca senti algo tão forte por alguém. Contei tudo a Grover por ser meu melhor amigo e suas frases não foram nem um pouco motivadoras.

"Ihhhhhh, vai perder a virgindade neguinho".

"Qualquer coisa o papai Grover te ensina as técnicas com as gatinhas".

"Cuidado com a loira, não duvido nada que a Thalia corte isso aí no meio das suas pernas se você fizer merda".

continua...


Notas Finais


Eu comecei outra história, nessa os personagens são mais velhos do que em Summer Passion, e alguns estão com personalidades diferentes do tradicional, dêem uma chance e me falem lá se estão gostando. E NÃO, não vou deixar Summer Passion, NEVERRRR eu amo essa história e sou grata a todos vocês que me motivam a dar continuidade.

Me perdoem pela ausência de sempre, não é proposital.

https://www.spiritfanfiction.com/historia/percabeth--paradise-13802803

PERCABETH É CLARO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...