1. Spirit Fanfics >
  2. Summer Vacation {jhs+kth} >
  3. •AZULZINHO•

História Summer Vacation {jhs+kth} - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi, tudo bem? Me apresento de maneira mais fácil como Mi....É a primeira vez que estou postando alguma coisa no spirit e quero seguir com a história caso aja visualizações.

Espero que gostem😙 beijos! ~jaydopeseok🌻

Capítulo 1 - •AZULZINHO•


Fanfic / Fanfiction Summer Vacation {jhs+kth} - Capítulo 1 - •AZULZINHO•

Aquele dia estava sendo de pura correria, Hoseok não sabia mais o que precisava ou não levar para a viagem que ocorreria no próximo dia. Apenas se preocupava em colocava diversas roupas de verão na mala e alguns acessórios caso precisasse.


— MÃE! ME AJUDA EM UMA COISA AQUI! — o garoto gritou de seu quarto, enquanto enfiava quase o corpo todo dentro do guarda-roupa.


— Oi filho, o que que foi? — a mulher de aparência jovem apareceu na porta, entrando ao ver a bagunça que a mala do filho encima da cama estava virando. — Meu Deus do céu, passou um furacão dentro desse quarto? 


— Mãe eu não sei o que levar então eu preciso urgentemente da sua ajuda. — saiu de "dentro" do guarda-roupa com uma bermuda em mãos.


— Calma lá. — ela se aproximou da mala e quis rir da quantidade de roupas que o filho colocou ali — Você vai passar o ano todo lá ou só algumas semanas? Por que isso daqui é exagero.


Hoseok coçou a nuca e se aproximou da mala também, notando que realmente havia exagerado. 


— Eh, eu exagerei um pouquinho. — largou a bermuda que antes segurava e observou a mãe tirar todas as roupas amassadas que ele colocou ali. — Tá fazendo o que?


— Ué, você acha mesmo que vai levar essas roupas nessas condições? — parou o que estava fazendo e apoiou as mãos na cintura, com aquela expressão de "mãe sabe de tudo então apenas obedeça".


— Eu ia... 


— Ainda bem que "ia" mesmo, por que eu vou tirar todas essas roupas de dentro dessa mala e você vai me ajudar a dobrar só aquelas que são necessárias. — o menino concordou com o que sua mãe falava e começaram o trabalho, conversando e rindo hora ou outra.


Com tudo arrumado, cabelos hidratados e pele bonita, no outro dia Hoseok estava quase botando um ovo de tanta ansiedade e animação. Quando Jin chegaria pra eles irem pro local de encontro? O garoto se perguntava.


— Pra que tanta animação? Desse jeito vai ter uma caganeira. — se sentou no sofá ao lado de Hoseok, que balançava as pernas com inquietação.


— Mãe, eu to na seca faz meses, pense comigo. Se eu for nesse negócio cheio de adolescentes de vários lugares, talvez eu desencalhe! 


— Hmm, entendi. Só não volte com herpes ou Aids pra casa. — se levantou ao que o filho quase pulou do sofá quando uma buzina de carro foi ouvida.


— Até que enfim. — fui em direção a mala que permanecia parada próxima a saída e a puxou assim que abriu a porta e viu o carro prata parado em frente a sua casa.


Se aproximou do automóvel com sua mãe indo em direção a janela do motorista para conversar com Jin.


Ela adora o Jin. 


— Ei bonitão, vê se cuida do meu bebê nessa viajem. — apoiou os braços na janela aberta e riu junto de Jin, que parecia o barulho de algo muito estranho.


— Pode deixar senhora Jung, ele vai voltar inteiro pra casa. 


— Que bom, não queria mesmo que meu filho chegasse desmembrado sendo que saiu tão inteiro de casa. — mais uma vez eles riram, enquanto Hoseok se ocupava em colocar sua mala um pouco mais leve do que antes dentro do porta-malas.


— Prontinho, acho que podemos ir. — falou assim que sua mala já estava devidamente guardada dentro daquele compartimento junto da do mais velho.


— Se cuide tá bem? E use camisinha. Isso vale pra vocês dois, não quero nenhuma menina grávida ou vocês com alguma doença por aí. — se desencostou da janela e foi em direção a Hoseok, dando um abraço apertado no filho e se afastando logo após. — Mesmo que forem transar com algum homem, coloquem o raio da camisinha. 


Eles riram com as falas da mulher e quando menos esperavam haviam se despedido e já estavam dentro do carro conversando e escutando músicas rumo ao local que a galera havia marcado para pegar o ônibus alugado. Chegarem depois de quase trinta minutos na estrada, podendo observar várias pessoas conhecidas perto de um ônibus moderno em um acostamento.


Saíram do carro ao estacionar em um local seguro, este que ele passaria algumas semanas parado e retiraram as bagagens de dentro do porta-malas, seguindo em direção a galera.


— Tem gente pra caramba que vai. — Jin comentou ao que ainda estavam consideravelmente afastados do alvoroço.


— Nunca pensei que nossa turma fosse tão grande. 


Os dois morenos foram recebidos por dois garotos animados quando encostaram na galera. Um garotinho loiro meio baixinho e outro mais alto cabeludo de sorriso fofo.


— Demoraram tanto que pensei que não iam vir. — Jimin abraçou apertado os dois garotos, parecendo também extremamente animado para a viajem.


— Pois é, demoraram desse jeito por que? Furou o pneu do carro no caminho? — dessa vez quem os abraçou foi Jungkook, o garoto alto de cabelos meio compridos.


— Foi por que a gente ficou conversando com minha mãe por um tempinho e perdemos a noção do tempo. 


— Sim. A mãe do Hobi explicou umas três vezes como colocar uma camisinha, foi hilário. — a risada estranha do mais velho entre eles ecoou, fazendo os outros três darem risada tanto pelo que ele falou quanto pelo barulho que ele emitia.


A conversa durou apenas poucos minutos, já que o motorista do ônibus informou que estava na hora de colocar as bagagens dentro do porta-malas do ônibus.


— Todos já colocaram suas malas no lugar? — o professor animado que comandava o passeio falou alto e todos concordaram. — Então vamos entrar no ônibus para seguir estrada. Não podemos perder tempo por que essa será a melhor férias de verão que vocês já tiveram. 


Gritos animados de cada um presente foi escutado e logo entraram animadamente dentro do ônibus, em uma fila até que arrumadinha.


Como previsto Hoseok sentou com Jin e os outros dois garotos que viviam grudados se sentaram juntos, na poltrona em frente a deles.


— Essa viajem vai ser muito louca! — o loiro se levantou apoiando os cotovelos no encosto da poltrona para conversar com os outros dois de trás.


— Será que o Hoseok vai sair da seca? 


— Bem lembrado hyung, aposto que ele vai tirar essas teias de aranha da boca dele nesse verão. — foi a última coisa que saiu da boca do loiro antes de voltar a se sentar corretamente, colocando seu cinto de segurança como todos os outros assim que o professor mandou que o fizessem.


— Como se fosse só da boca né. — o próprio Jung falou, recebendo uma risada contida do garoto ao seu lado.


— Relaxa, alguma menina ou menino vai tirar elas de você. — deu de ombros sabendo que isso realmente aconteceria, tinha consciência de que o amigo era um cara muito bonito, tanto de rosto quanto de corpo. 


O que Hoseok fez foi apenas soltar uma leve risada e sentar um pouco largado encima da poltrona até que confortável do ônibus, observando pelo corredor que todos já se encontravam sentados. 


Jin como sempre havia ficado com a melhor poltrona, a do lado da janela. Ele era realmente muito experto ao dar a desculpa de que "eu sou mais velho então eu mereço" pra cima dos outros mais novos, temos que concordar que é uma ideia ótima e que pelo menos com ele funciona.


— Vamos começar nosso passeio inesquecível galera!


Os mesmos gritos animados de antes foram escutados novamente assim que o professor se levantou da poltrona lá da frente. 


Iria realmente ser inesquecível... pelo menos para os quatro amigos.


••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••


— Hoseok! Hoseok! — Jin cutucava o outro, rindo junto dos outros dois garotos que tinham seus celulares em mãos.


— Hmm.... — resmungou sem vontade alguma de abrir os olhos, esquecendo-se por um momento de onde estava ou para onde estava indo.


— Levanta caralho! Quer comer ou não quer? — parou de cutucar o outro assim que o mesmo abriu os olhos, meio perdido.


— Hmm? — resmungou novamente, sem vontade alguma de abrir a boca pra falar.


— Hmm o que? Vai levantar ou não vai? Vou te deixar aí em. — fez menção de se levantar da poltrona e pisar encima dos pés do amigo para sair.


— To indo, calma. — se levantou parecendo um pouco mais acordado e parando perto dos outros dois, que continuavam a filmar o momento. — Tão filmando o que? Para com isso. 


Os meninos abaixaram os celulares e riam da cara amaçada do outro. Com certeza esse vídeo rolaria no grupinho deles mais tarde.


— A gente já chegou? — coçou um dos olhos com a costa de uma das mãos.


— Ainda não, paramos em um posto pra almoçar. — o garoto de cabelos compridos se esticou para pegar algo dentro de sua mochila que estava no compartimento de cima da poltrona que sentava com o loiro antes.


O que saiu de dentro da mesma era nada mais nada menos do que sua câmera, a qual ele não desgrudava nunca. Em todo passeio ou viajem está estava na mochila dele, que dizia querer "guardar os momentos bons consigo toda vez que tivesse oportunidade". 


E esses momentos eram sempre os que ele compartilhava com os outros três, amigos de longa data e que querendo ou não faziam parte de um enorme pedaço de sua vida.


— Eu acho que vou fazer um morro, to cagado de fome. — os garotos riam do mais velho enquanto se aproximavam do restaurante junto dos outros da turma. Estes que conversavam entre si, cada um em seu famoso grupinho ou panelinha, como quiser chamar.


O almoço foi tranquilo, conversas pra lá, risadas pra cá. Aproveitaram para ir ao banheiro aliviar a bexiga antes de voltar para o ônibus e logo estavam sentados no mesmo local de antes, desta vez cantando uma música famosa junto de toda a galera do ônibus.


Foi um momento legal, aquele aonde não importava a panelinha pois todos se juntavam como se não existisse mais isso e aproveitavam o que acontecia.


Hoseok ainda estava um tanto ansioso para chegar ao ponto de chegada. Será que era um lugar bacana com uma praia bacana? Aonde poderia ir de noite ver as estrelas como sempre gostava de fazer, ao mesmo tempo que escuta as ondas do mar se quebrando... ah, ele sonhava com isso a alguns dias.


Todos resolveram que o melhor a se fazer era dormir enquanto ainda não chegavam, podendo prever que faltavam ainda algumas horas de estrada pela frente. Pena que por ter dormido antes o garoto ao lado de Jin não conseguiu cair no sono de novo, então puxou seus fones do bolso e colocou uma playlist qualquer de seu celular.


Por coincidência caiu em uma com músicas praianas, ele simplesmente adorava todas elas. Aquele toque do violão com o clima ensolarado, era o que imaginava.


Uma roda de amigos em torno da fogueira cantando e comendo marshmallow enquanto eram agraciados com a luz da lua encima de suas cabeças. Puts, era realmente um momento que gostaria de ter junto dos outros três moleques que estavam junto de si.


Se perdeu tanto naquelas músicas e naquelas sensações gostosas que quando menos esperava já estavam se aproximando do local que passariam as próximas semanas do mês.


— Jin... Jin, acorda. Acho que a gente chegou! — tirou os fones dos ouvidos e balançou o outro pelos ombros, este que logo acordou com a mesma cara de perdido que a sua mais cedo. Talvez até pior.


— O que? Chegamos? Aonde? — tá, o garoto não conseguiu não rir ao ver a confusão que o outro estava.


— No lugar que a gente vai ficar nas férias de verão ué. — o tal do "ué" de sua mãe havia o contagiado.


— Sério? Deixa eu ver. — observou junto do outro pela janela o ônibus em movimento, entrando no que parece ser um resort muito bonito. — Caraca olha essa entrada... a gente vai passar semanas nesse lugar bonito? 


— Acho que sim. — se animaram ao ver o ônibus parar, fazendo um toque de mão meio enrolado.


— Galera, vamos acordar! Bora bora! — o professor Choi passava pelos corredores dando um peteleco na cabeça de cada um que ainda estava dormindo.


Quando todos já estavam acordados, perceberam que o ônibus estava parado e se animaram ao entender que pelo visto já haviam chegado.


— Antes de deixar vocês sairem desse ônibus e explorarem o lugar, quero avisar algumas coisas... por favor, vocês maconheiros não utilizem essas coisas durante a nossa viajem ou dentro do hotel, por que se descobrirem vocês serão expulsos e voltarão direto pra casa, beleza? Regras do próprio resort, por que se fosse por mim vocês que se danem.


A galera riu com o que foi dito e concordaram, realmente tinha alguns ali que fumavam algumas paradas. 


— Segunda coisa..., vocês poderão sair de noite caso queiram porém não façam nenhum tipo de arte, por favor. 


Todo mundo concordou novamente e o professor voltou a falar, para a tristeza dos ansiosos que queriam logo sair logo daquele ônibus.


— Depende do tipo de arte que o senhor tá falando professor. — algum moleque do fundão falou, causando risadas da galera que entendeu o duplo sentido em sua fala.


— Esse tipo de arte que você está falando senhor Wang, será apenas de vocês a se cuidarem, eu não me responsabilizo por essas coisas. — gritos animados foram ouvidos novamente por saberem que não havia sido proibido esse ato entre os presentes ali. 


Não que eles fossem realmente respeitar essa maldita regra, caso existisse. 


— Só não quero ver nenhuma garota grávida no final dessa viajem, tá bem? Por precaução mandei que colocassem preservativos em todos os quartos. 


Os gritos que não paravam junto dos risos foram escutados novamente. Os quatro amigos comentavam entre si e riam da situação, falando que dessa vez não tinha nada que impedisse Hoseok de sair da seca dessa vez.


— Não tem desculpa dessa vez em Hoseok! — como sempre Jin o safado falou para Hoseok, que negou com a cabeça enquanto ria.


— Bom, acho que era só isso que eu queria avisar. Os quartos serão divididos entre vocês mesmo quando chegarem na recepção, então podem ir e explorar o local.


Todos os outros, tirando os quatro amigos, levantaram na hora e saíram apressadamente do ônibus. 


— Não sei pra que a galera tá correndo desse jeito, eu to animado porém sou inteligente de saber que vamos passar semanas aqui e temos tempo suficiente pra explorar até os buracos de rato desse resort.


— Tá ok frase bonita, frase legal. Mas eu também to animado e quero sair desse ônibus pra ver o lugar, então vamos logo com isso. — Hoseok se levantou enquanto puxava o mais velho pelo pulso em direção a saída do ônibus, vindo atrás os outros dois ainda mais animados.


Se impressionaram apenas com a fachada do lugar, que tinha uma fonte bonita e que provavelmente acenderia com umas luzes legais na parte da noite. Os meninos olharam todo o espaço, incluindo os quartos, os banheiros, os lugares de lazer e tudo mais. Porém a parte mais importante não era o hotel em si, mas sim a praia que era ligada ao espaço da grande piscina no fundo do resort.


— Uau... — o loiro falou puxando o de cabelos compridos, enquanto os dois tiravam os tênis dos pés e seguravam em suas mãos para pisarem não areia fofa e brilhante da praia.


— Realmente, essa será a melhor férias de verão que a gente já teve. — Hoseok olhou ao redor sentindo o vento bagunçar seus cabelos lisos e escutando o barulho das ondas.


Todos eles concordaram e se juntaram com sorrisos enormes no rosto, colocando as mãos em uma rodinha e as levantando após gritarem alguma coisa que nem eles mesmos entenderam.


Essas férias não seria mesmo como todas as outras, o nível de nota iria de 6 a 20 em um piscar de olhos.


— Eles alugaram o lugar todo só pra gente? — Jimin falou enquanto se sentava ao lado de Jungkook em uma grande espreguiçadeira que havia ali na área das piscinas. 


— Sim, mas não foi só pra nossa turma. — Jin também se aproximou e sentou ao lado de Hoseok em uma outra espreguiçadeira ao lado da que os outros dois se encontravam sentados.


— Verdade, tinha me esquecido que outras turmas também vão vir. — o loiro se deitou tomando quase todo o espaço do negócio e praticamente empurrando Jungkook.


— Você vai me fazer cair da espreguiçadeira... Jimin-ah! — e assim ele caiu de costas no chão, causando risos em todos os outros três.


— Foi mal Kookie, vem cá. — ainda rindo o menor apoiou as costa no encosto e abriu as pernas, dando espaço para o outro se sentar ali e apoiar o tronco em seu peito.


Os outros não se surpreenderam com aquela interação entre os dois, já estavam acostumados com essa relação e sabiam que algo a mais sairia daquela amizade nessas semanas.


— Vamos pegar nossas malas e garantir nosso quarto? Da pra ficarmos todos juntos, tem duas camas de casal em cada quarto. — se levantou fazendo os outros repetirem seu ato porém resmungando por terem acabado de sentar ali. — Parem de resmungar e vamos logo, a não ser que queiram pegar o pior deles.


— A gente podia pegar um perto da área de lazer né? Os outros parecem ser bem sem graças. — Hoseok andou ao lado de Jungkook com as mãos dentro dos bolsos de sua bermuda preta, observando todo o espaço enquanto tentava achar um ótimo quarto para que ficassem.


— Sim, é um dos melhores lugares pra ficar. Ainda mais que tem a praia pertinho. — o loirinho deu pequenos pulinhos de animação enquanto tinha um sorriso gigante no rosto bonito.


— Acho que aquele ali é perfeito pra gente ficar. — apontou para um quarto localizado perto da piscina e da praia. — O que acham?


— Isso! Esse quarto é perfeito, boa Hobi. — Jin fez o mesmo toque de mão que ele e o outro sempre faziam quando se sentiam animados. — Você pode ir lá pra ninguém mais pegar ele, enquanto eu trago sua mala comigo.


— Beleza, vão rápido. — os outros três bateram continência em forma de brincadeira e saíram rindo, enquanto Hoseok andava tranquilamente até o quarto um pouco distante que parecia totalmente desocupado para a sorte dos mesmo.


Quando já estava próximo de colocar sua mão encima da maçaneta da porta, uma outra mão entrou em seu campo de visão.


— Esse já é nosso, pode vazar Jung. — o rapaz levantou o rosto e se deparou com Jackson Wang ali, o "engraçadinho" da turma.


— Eu cheguei aqui primeiro. — falou ao mostrar que sua própria mão já envolvia a maçaneta da porta, enquanto a do outro continuava no ar.


— Mas eu vi esse quarto primeiro. — levou a mão de volta ao corpo e riu com mais um garoto que estava junto do mesmo.


— Me desculpe, mas se você não percebeu... minha mão já está na maçaneta da porta. — sorriu fechado para os dois e abriu a porta, dando as costas e fechando a mesma na cara dos bonzões que resmungaram algumas coisas, saindo logo após. 


O quarto era maneiro, duas camas largas com lençóis brancos e travesseiros fofos, frigobar sem bebidas alcoólicas, uma televisão grande na parede e por fim uma cômoda entre as camas com os famosos preservativos dentro. 


Professor Choi não estava mesmo de brincadeira quando disse que havia mandado colocar em todos os quartos.


O garoto suspirou se jogando em uma das camas, percebendo o quão fofa ela era. Pensamentos impuros passaram por sua cabeça mas logo foram afastados pelo barulho de toques na porta.


— Hoseok? Tá aí? — esse era Jimin, que logo passou pela porta com sua mala de rodinhas quando o garoto se levantou da cama e a abriu. 


— O quarto é confortável, olha essa cama... da pra ter uma transa legal. — como sempre Jin o safado falou ao se jogar na cama e ficar "quicando" no estofado.


Não podia mentir que segundos atrás tinha pensado exatamente a mesma coisa.


— Se você quebrar essa cama antes de eu dormir nela você morre. — Hoseok falou ao puxar as duas malas que o folgado havia deixado pra fora do quarto, sendo uma delas a sua própria.


— Tá me chamando de gordo? — pegou um dos travesseiros e jogou nas costas do moreno, que segurou o riso e se virou para o mais velho.


— Tô, você acha que esses hambúrgueres que você come toda semana vai pra onde? — fechou a porta pegando o travesseiro do chão, com receio de ter sujado.


— Pro vaso? — falou como se fosse óbvio, causando risada em todos ali — Tá, isso ficou nojento.


Seokjin com certeza era o que trazia mais animação ao grupo, por que querendo ou não ele era o mais engraçado, piadista e sensato, sem papas na língua.


— Vocês acreditam que eu quase não consegui pegar o quarto? Aquele escroto do Wang veio falando que "viu primeiro". — comentou jogando os tênis em um canto qualquer do quarto.


— Por que será que eu não to nem um pouco surpreso? — Jungkook se deitou na outra cama ao lado de Jimin, que botava o celular para carregar numa tomada que tinha ali na cômoda.


— Acredite, eu também não estou. — dessa vez foi o loiro que falou, soltando o celular encima da cômoda e deitando a cabeça encima da barriga do outro.


— Vocês querem descansar um pouco? Mais tarde a gente vê a galera das outras turmas. — Jin deu a ideia, levando todos a concordar.


— Vou só tomar um banho antes. — o moreno de cabelos curtos levantou da cama e deitou a mala no chão, pegando uma muda de roupas e indo para o banheiro, descobrindo que ali tinham quatro toalhas brancas para uso dos hospedados.


Depois o tempo passou assim, os garotos resolveram que tomariam um banho e logo após iriam dormir. Ficaram Jimin e Jungkook em uma das camas e Hoseok e Jin na outra, os dois últimos quase se empurrando pra fora da mesma.


Já eram quase seis da tarde quando o mais velho entre eles acordou e chamou os meninos para acordarem também, porém apenas os outros dois da outra cama levantaram. Hoseok sempre se sentia extremamente cansado quando viajava, então os três apenas resolveram que seria melhor deixar ele dormindo e saíram do quarto, planejando conhecer o resto da galera.


O que antes foi deixado sozinho dormindo no quarto acordou as oito da noite devido ao barulho dos outros no quarto. Por que estavam tão barulhentos e aparentemente empolgados? 


— Você viu aquele cara? Ele é perfeito! — essa era a voz de Kim Seokjin.


O moreno levantou a cabeça após abrir os olhos e viu os três sentados na outra cama empolgados com algo. Se espreguiçou sentindo os ossos estalarem e logo sentou na beirada da cama, perguntando apenas com o olhar do que era que os outros estavam falando.


— Você perdeu Hoseok, a gente tentou te acordar pra ir junto mas parecia uma pedra. — Jimin bateu palmas como uma criança, fazendo o outro franzir o cenho com o que foi dito.


— Perdi o que? — coçou a nuca passando as mãos pelo cabelo bagunçado, mais parecido com um ninho de passarinhos.


— A gente foi conhecer o resto da galera que chegou, você tinha que ver Hoseok.... eu to sentindo meu rosto queimando até agora! — Jin se levantou e foi no banheiro, provavelmente lavar o rosto já que voltou com ele molhado segundos depois.


— Se vocês não me contarem direito o por que eu não vou entender. — se levantou e foi até a mala, pegando seu pente e a escova de dentes. — Algum de vocês trouxe pasta? 


— Toma. — o de cabelos compridos jogou em sua direção o que havia pedido e Hoseok foi em direção ao banheiro, voltando logo após ainda escovando os dentes.


— Pode ir me contando. — as palavras saíram emboladas mas os outros entenderam.


— Só tem gente gostosa Hobi..., você entende isso?! — Jimin se levantou pegando o celular da cômoda e enfiando no bolso.


— Acho que sim. — as palavras saíram novamente emboladas e ele tratou de ir até o banheiro lavar a boca — Mas eu só acredito vendo. 


— Tipo, não são todos que são bonito, mas tem um grupinho de três meninos que meu Deus... — o loiro continuou a falar ao que Hoseok já estava de volta ao quarto, desta vez penteando os fios.


— Poxa, pena que eu fico muito cansado nessa viagens. 


— Jin ficou xonado em um altão. — Jimin riu caindo de costas encima da cama ao lembrar da reação de Seokjin quando o cara olhou pra ele.


— Não to apaixonado por ninguém não, mas eu fiquei morrendo de vergonha. — enxugou o rosto em uma toalha e se aproximou da cama que dividia com Hoseok, sentando com pernas de índio.


— Ele te pegou no flagra? — o moreno largou o pente dentro da mala e se aproximou dos outros.


— Foi exatamente isso, bem na hora que eu tava admirando de longe ele virou e me encarou. — colocou as mãos no rosto, sentindo as bochechas esquentando de novo.


— Que mico em Kim Seokjin, que mico. — Hoseok estalou a língua no céu da boca e percebeu que não comia nada desde o almoço — Bora comer? 


— Eu acho uma ótima ideia, ia falar isso agora. — Jungkook foi o primeiro a se levantar, indo em direção a porta.


Todos calçaram seus chinelos e pegaram os preciosos dos seus celulares. Hoseok além do celular pegou a carteira pois planejava ir em algum lugar comprar umas besteiras pra comer mais tarde.


— Vamos. — fechou a porta atrás de si e seguiu os outros três que conversavam e gravavam vídeos engraçados com seus celulares. 


O resort de noite ficava ainda mais bonito,  a piscina iluminada com a luz azul trocando vez ou outra para outras cores e algumas outras luzes amareladas espalhadas pelo espaço, dando um ar mais calmo e aconchegante. Todos estavam gostando muito do local.


Algumas fotos do espaço foram depositadas na galeria do celular de Hoseok, que não tinha muita mania de fazer isso. Preferia salvar os momentos apenas em sua própria memória, porém aquilo estava tão bonito que não conseguiu não mirar a câmera do aparelho. 


— Eles estão servindo comida agora? A gente nem passou na recepção depois de pegar o quarto pra fazer aquilo que o professor Choi mandou. — um bom ponto foi falado por Jimin, a gente devia ter avisado que tínhamos pegado o quarto 69. 


— Vocês perceberam que o número do nosso quarto é o 69? — comentou Hoseok rindo, fazendo os outros rirem também.


— Que maneiro, pura coincidência. — Jungkook falou enquanto amarrava o cabelo em um pequeno rabinho de cavalo no topo da cabeça com a ajuda de Jimin.


••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••


(Hoseok p.o.v)


Esse lugar é simplesmente incrível, mas eu sinto que não seria a mesma coisa se eu não tivesse meus amigos junto comigo, entende? Eles são a minha alegria em momentos como esse, me causam animação.


Fiquei chateado de não ter conseguido acordar pra poder conhecer o galera das outras turmas junto com eles, porém terei outros momentos e não me importo realmente com isso.


O clima está quente, mesmo que seja noite nesse momento. Eu estou vestido com uma camiseta branca praiana, uma bermuda preta e meus chinelos de dedo. Ninguém ouse me julgar, eu estou em um resort com uma praia no fundo, não preciso ficar usando blusa social com calça e tênis o tempo inteiro.


Minha barriga estava roncando, então resolvemos que seria bom ir procurar alguma comida por que pelo que a gente sabe tem um lugar no resort que serve de grátis. Pelo que vimos mais cedo é meio que um salão aonde tem um self-service com uma parte pro café da manhã, outra pro almoço e um pra janta. Ainda bem que eles sabem o quanto a galera come e fizeram bastante comida.


Quando chegamos lá haviam algumas pessoas que eu não conheço e outras da nossa turma sentados em mesas distintas fazendo a mesma coisa que viemos fazer aqui. 


— O banquete até que é bom. — olhei para o lado e Jin tinha a cara quase enfiada dentro das divisões de alumínio da mesa comprida que servia a comida. 


— Sim, vou empurrar comida pra dentro hoje. — peguei um prato da grande pilha que havia ali e comecei a me servir com algumas das coisas que chamavam minha atenção.


Óbvio que também peguei algumas que eu nem conhecia só por parecer bonito. 


— Vou me sentar naquela mesa beleza? Espero vocês lá. — informei para os três, que ainda faziam seus pratos totalmente concentrados.


Me dirigi até a mesa que havia apontado e puxei uma das cadeiras após colocar meu prato encima da superfície. 


— Esqueci dos talheres. — resmunguei ao me sentar e perceber que não tinha como comer sem um garfo.


Tratei de me levantar e procurar aonde tinha os benditos talheres, o que não demorei muito pra achar. Mentira tive que perguntar pra uma mulher que trabalhava em repor os alimentos que iam acabando. 


Já com um garfo e uma faca em mãos sinto alguém esbarrar em mim, me fazendo tomar um susto e deixar o que eu tinha acabado de pegar cair direto no chão.


— Opa, me desculpe.... foi sem querer. — um garoto de cabelos em um tom de azul claro com um prato de comida em mãos falou.


— Tranquilo, eu pego outro. — me agachei para pegar o garfo do chão e senti uma mão segurar meu pulso, a mão do garoto de cabelos azuis.


— Como você se chama? — me virei para ele, que soltou meu pulso e voltou a segurar o prato com as duas mãos.


— Jung Hoseok, prazer...? — franzi o cenho esperando que ele me dissesse seu nome.


— Ah, Min Yoongi. — ele sorriu fechado de maneira meio fofa, o que me fez sorrir junto.


O menino é fofo pra caramba, além de ter um cabelo azul e ser extremamente branquelo.


— Prazer Yoongi. — fiz uma leve reverência, vendo ele repetir meu ato.


— O prazer é todo meu Hoseok.


— Se não se importa, eu preciso ir... — apontei por cima do meu ombro em direção ao mesmo local que antes eu pegava os talheres.


Confesso que me sinto um pouco desconfortável perto dele, ou meio acanhado, não sei.


— Tudo bem, eu também preciso ir sentar com meu amigo. — ele reverenciou novamente e se afastou, ao mesmo tempo que eu acenava de leve em sua direção e ia até o local dos talheres, pegando um limpo e deixando o que havia caído com uma moça que organizava as coisas por ali.


Engraçado que aqui eles não usam os famosos palitinhos, coisa que nós somos mais acostumados a utilizar pra comer.


— Você tava conversando com um dos gostosões que eu falei mais cedo por que? — o baixinho se aproximou de mim quando voltei para a mesma mesa que eu ia me sentar antes para comer.


— Ah, ele esbarrou em mim. — dei de ombros e me sentei na mesma cadeira de antes, começando a dar garfadas em meu prato e levando a comida a minha boca.


— Só isso? Falaram do que? — dessas vez foi Seokjin que perguntou, também comendo de seu prato que parecia ainda maior que o meu.


— Ele só perguntou meu nome e eu perguntei o dele, nada de interessante. — peguei uma porção de Kimchi e levei a boca novamente. A comida dali querendo ou não era gostosa.


— Como assim nada de interessante? Ele perguntou seu nome Hoseok! — de novo o escandaloso do Jin falou, porém um pouco alto demais , chamado a atenção de algumas pessoas em volta.


Por sorte o tal do Yoongi não olhou em nossa direção, apenas continuou comendo sua comida de forma desinteressada. 


— Fala baixo Kim Seokjin, não é só por que você passou vergonha que eu preciso passar também. — dei um tapa na nuca do mais velho e voltei a prestar atenção em meu prato. — E o que que tem ele perguntar meu nome?


— Quem pergunta o nome de alguém é por que tá interessado em alguma coisa. — Jungkook falou dando de ombros, enquanto colocava um pouco do seu macarrão no prato do loiro ao lado.


— Eu já pergunte o nome de um monte de gente e nem por isso eu tava interessado nessas pessoas. 


— Ah sei lá, mas se ele estiver interessado parabéns Hoseok.... você ganhou um presentão. — Jin bateu palmas de leve, me fazendo rir.


Nós jantamos de forma tranquila, conversas pra lá e conversas pra cá. Quando terminamos lembramos de passar na recepção e depois avisei que iria até a loja de conveniência mais próxima pra comprar algumas coisas.


— Podem ir indo que vou ir na rua comprar algumas coisas. — avisei enquanto andávamos para fora do salão. 


— Quer que algum de nós vá junto com você? — Jimin se virou para mim, que apenas tratei de negar.


— Não, eu vou lá rapidão então não precisa. 


— Então tá, até daqui a pouco. — o loiro acenou se afastando junto aos outros dois que conversavam animadamente mais a frente.


Hoseok saiu do resort um pouco perdido, não conhecia nada daquele lugar. Pegou o celular para ir na localização que havia visto no Google Maps de uma loja de conveniência ali ao lado, vendo que era realmente bem perto.


Não demorou muito para que chegasse no local procurado e entrou, escutando o sino que havia encima da porta de vidro fazer barulho. 


— Boa noite! — o senhor aparentemente animado que cuidava do caixa falou ao que eu entrei em seu estabelecimento.


— Boa noite. — fiz uma leve reverência e segui até a parte dos freezers que continham as bebidas.


Era claro que eu ia comprar alguma coisa pra "comemorar" com os meninos nosso início da terceira férias de verão juntos, e a melhor coisa para se comprar que eu sei que eles vão adorar -tirando o Jungkook que não bebe muito- é a tal da bebida alcoólica.


Peguei quatro garrafinhas de Soju, duas de uma bebida com sabor de frutas vermelhas porém que contém álcool e duas da mesma só que com gosto de blueberry, o famoso mirtilo. Não exagerei muito nas bebidas por que eu não queria que ficássemos bêbados..., e também por conta do dinheiro né, não sou rico.


Além das bebidas peguei uns três pacotes de salgadinho e alguns doces pra comer depois. Quando tudo já estava dentro da cestinha que eu tinha em mãos, apenas segui em direção ao caixa, local de onde o mesmo senhorzinho de antes me observava.


— Você pode me mostrar sua identidade? Sabe como que é né, não posso deixar que menores de idade comprem bebidas alcoólicas. — em pura simpatia o senhor sorriu em minha direção enquanto eu soltava uma leve risada concordando e pegando minha carteira em meu bolso.


Tirei minha identidade e entreguei em suas mãos enrugadas, que poucos segundos depois me devolveram e pegaram o dinheiro que eu o entreguei.


— Aqui está o troco, volte sempre jovem. — sorri sem mostrar os dentes e reverenciei mais uma vez para o senhor, dando as costas e saindo do estabelecimento com duas sacolas em mãos.


Quinze minutos mais tarde eu já passava pela recepção do resort e ia em direção ao meu quarto, vendo algumas pessoas na área da piscina e na areia da praia durante o caminho. Dei alguns toques na porta amadeirada e me identifiquei, podendo entrar assim que Jimin abriu a mesma, se animando ao ver o que eu tinha em mãos.


— Comprou bebidas? Boa Hoseokão! — Seokjin disse ao que olhou para o mesmo lugar que Jimin, ficando animado com a ideia.


— Se arrumem e vamos para a praia. — abri o frigobar e coloquei as garrafas com a sacola ali dentro apenas para não esquentar até nos arrumarmos — Não comprei o bastante pra ficarmos bêbados, porém da pra se divertir com o que tem aqui. 


— Pra que se arrumar? Nós já não estamos arrumados? — a voz de Jungkook veio do banheiro, ele parecia ter acabado de escovar os dentes.


— Se vocês não querem ficar encalhados pelo resto das férias, se arrumem. — fui em direção a minha mala e peguei uma bermuda preta de tecido leve junto de uma blusa social branca e uma boxer também de cor escura.


Eu planejava entrar na piscina essa noite, já que estava calor e ela parecia extremamente convidativa com aquelas luzes coloridas. Entrei no banheiro com as peças em mãos assim que Jungkook resolveu sair de lá de dentro e tomei um banho rápido, porém que me deixasse cheiroso o suficiente pra caso algo acontecesse. Prevenir é melhor do que remediar.


Coloquei apenas minha boxer e sai do banheiro, sem problemas que os outros três me vissem seminu. Querendo ou não nós somos amigos a vários anos e eles já me viram assim, então não tem problema.


Fui em direção a minha mala com a toalha encima dos ombros e peguei meu desodorante passando nas minhas axilas -aqueles de spray- e logo após meu perfume, passando em meu pescoço e pulsos.


— Fiu fiu em Hoseokão.... tá bonitão desse jeito pra quem? Pro azulzinho lá? —  lá vem ele me encher o saco de novo, passando por trás de mim e me dando um tapa na bunda.


— Da pra parar de me chamar de Hoseokão? — ele levantou as mãos se rendendo — E eu não to assim pra esse tal azulzinho não, acabei de descobrir o nome dele.


— Sei...,vamos fazer uma aposta Jimin? — coloquei meu perfume de volta em minha mala enquanto apenas escutava o que Jin ia falar.


— Se você me deixar escolher a aposta eu topo. — o mais velho parece ter concordado com a ideia — Se o de cabelo azul for dar encima do Hoseok hoje você vai ter que ir falar com o altão, mas caso ele não vá o peladão ali vai ter que pular na piscina de madrugada.


Eu quis rir da cara do Jin nessa hora, foi hilário. Não me importei muito com a aposta por que querendo ou não se ele vier falar comigo eu vou estar ganhando, já que ele é bonito e tudo mais, além de que se ele não vir pular na piscina de madrugada não é uma prenda ruim ou pesada.


— Tá bom tá bom, vai que eu ganho um peguete nessas férias né? — fiz sinal de joinha pra ele que riu e voltou a se arrumar, assim como eu.


Coloquei minha bermuda sem cinto mesmo por que eu ia entrar na piscina e vesti minha blusa, deixando dois botões abertos por que.... eu fico sexy assim.


Na hora de arrumar meus cabelos, acho que inovei um pouco em um penteado que nunca tinha feito antes. Deixei eles meio molhados do jeito que sai do banho e baguncei, sem deixar que ele tivesse uma direção correta pra ir. Entende? 


— Vamos? — calcei meus tênis brancos e fui em direção ao frigobar, tirando as bebidas dali e esperando pelos outros três que também já terminavam de se arrumar.


— Bora, acho que não preciso de mais do que isso. Sou maravilhoso de qualquer jeito. — observei Jin fazer poses em frente ao espelho, mandando beijos para si mesmo.


— Tá ótimo assim, agora vamos. Vocês dois aí... — chamei a atenção dos dois que olhavam juntos algo no celular do de cabelos compridos — larguem esse celular e vamos.


— Partiu! — o loiro se levantou, puxando Jungkook junto com ele. Este que foi o último a sair do quarto e apagou as luzes, fechando a porta com a chave atrás de si e as entregando nas minhas mãos, que logo tratei de enfiar dentro do bolso frontal da minha bermuda.


A galera ali fora está bem animada, algumas meninas dentro da piscina, outras sentadas apenas na beirada e alguns garotos conversando ou bebendo pelos cantos. Uma música de clima bom tocava em um volume confortável na área da piscina.


O caminho até a praia ficava ali ao lado, então ao que passávamos por lá senti minhas costas queimando com os olhares de algumas garotas. Dei de ombros não me importando muito nesse momento e continuei meu caminho, rindo junto dos outros dois das piadas sem graça que Jin conta.


— Vamos sentar aqui, parece confortável. — paramos em um canto e sentamos na areia fofa, escutando o som das ondas do mar e a música baixa que vinha de trás.


— O que você comprou pra beber? — Jungkook se sentou ao meu lado e abriu a sacola que eu tinha em mãos, pegando uma garrafa transparente de cor azul , a de mirtilo. — Isso daqui parece bom.


— Sim, essas com sabor de fruta são mó gostosas. — puxei uma garrafa que tem sabor de frutas vermelhas e girei a tampinha, tirando com facilidade — A que você pegou é de blueberry.


— Eu vi um Soju aí em. — peguei a garrada verde e entreguei pra Jimin, que abriu o lacre e tomo um gole consideravelmente grande — Como eu adoro isso daqui.


Ri da animação dele, que dançava na areia com a garrafa verde em mãos tomando goles hora ou outra. A música depois de um tempo passou a ficar mais alta por ter aparecido mais pessoas ali, essas que se animaram ainda mais com a playlist que foi escolhida.


Ficamos um bom tempo sentados conversando, dançando atrapalhadamente algumas das músicas que conhecíamos, tomando as bebidas ou apenas olhando para o céu e apreciando a bela noite estrelada.


Eu observei meus amigos e Jungkook apenas com uma garrafa da bebida azul ficou um pouco mais solto, tentando ter mais contato com o loirinho. Vez ou outra dava abraços, ou beijos na bochecha. Sei bem que Jimin nunca faria nada com Jungkook estando no efeito de bebidas alcoólicas, porém eu sinto o clima dos dois de longe.


Me levantei da areia já cansado de ficar sentado e olhei para a piscina, não tinha quase ninguém tirando as duas meninas de mais cedo que continuavam ali conversando, sentadas na beirada.


— Acho que vou ir na piscina, alguém vai comigo? — peguei as duas garrafas vazias da areia e peguei uma outra do mesmo sabor,  tirando a tampinha e jogando toda a sujeira dentro da sacola.


— Eu vou, deixa esses dois aí de namorinho. — Seokjin se levantou também e pegou a sacola de minhas mãos, andando mais à frente tomando sua segunda garrafa de Soju.


Jin, Jimin e eu somos bem toleráveis a bebidas, então apesar de estarmos um pouco mais soltos não estamos bêbados. Acompanhei o mais velho e vi ele jogar sua própria garrafa de bebida já vazia e a sacola que tinha as outras dentro de um lixo ali perto. Continuei tomando a minha segunda de frutas vermelhas. Eu gosto de ir devagar na parte da bebida, quero aproveitar o sabor e não beber apenas por beber.


Chegamos na área da piscina e nos aproximamos de uma espreguiçadeira vazia. Deixei minha garrafa ao lado no chão e abri minha camiseta, deixando encima da mesma enquanto Jin apenas se aproximou da piscina e se sentou na borda molhando os pés com a água.


— Tá gelada? — me aproximei depois de pegar minha garrafa de novo. 


— Nem tá, acho que tem aquecedor. — coloquei a mão na água e senti que estava morna, temperatura perfeita pra ficar até tarde ali.


— Tá do jeito que eu gosto. — tateei os bolsos do meu short e achei a chave do quarto ali, entreguei pra Jin e deixei a garrafa dessa vez na borda, aonde eu poderia pegar depois de entrar.


Assim que pulei na água percebi que a piscina era funda mas nem tanto. Nadei de volta para a borda da piscina aonde Jin se mantinha sentado e apoiei meus braços ali, pegando minha bebida e tomando um gole. 


— Hoseok, acho que você tem açúcar nesse seu corpinho... — o olhar de Jin permanecia em alguma direção que eu não tive vontade alguma de olhar.


— Claro, mamãe passou açúcar em mim. — ri da minha piada horrível e tomei mais alguns goles do líquido. — Tá mas porque tá falando isso? 


— Lembra do Jimin falando que uma turma tinha um grupo de três homens gostosos? — concordei me lembrando que ele realmente tinha falado algo assim — Então... tem dois deles olhando pra você agora, nesse exato momento.


Bem que eu sentia minhas costas queimando. Quando pensei em me virar para olhar Jin me deu um chute nas costelas e arregalou os olhos.


— Tá louco? Não olha agora não! — dei de ombros sem me importar com isso e virei , apoiando meu cotovelos encima da borda da piscina.


Procurei com o olhar o tal grupinho dos gostosos e não demorei muito pra achar, por que puta merda, eles realmente chamam bastante atenção. Soltei um sorriso fechado na direção dos dois que percebi um deles ser o garoto branquelo de mais cedo e o outro eu nunca tinha visto.


— O que você tá fazendo Hoseok? Tá louco?! — a voz baixa porém desesperada de Jin entrava por um dos meus ouvidos e saia pelo outro. 


Como ele queria ficar com alguém naquelas férias sem nem mesmo encara-las ou demonstrar interesse? Vou ter que dar umas aulas pra esse velhote.


— Eu não estou fazendo nada demais, apenas olhando pra eles. — continuei olhando pros dois que cochichavam entre si ainda com os olhares presos em mim. 


Nem por isso eu chamo tanta atenção... chamo? 


Dei um leve aceno na direção dos dois e recebi sorrisos bonitos como resposta, apenas o tal do Yoongi acenou de volta. Não devo mentir que não me sinto atraído pelos dois, porém eu sinto uma tenção diferente ao olhar para o que está ao lado dele.


Cabelos em um tom de castanho escuro um pouco compridos e ondulados, pele bronzeada no tom certo, corpo mais avantajado que o do garoto ao lado e ... acho que o que tá me fazendo encarar ele tão fixamente agora é o olhar. Por que eu me sinto tão quente com o olhar dele? Parece desejo? Não sei, porém achei sexy.


— Ai meu pai olha o que você fez Hoseok! — o mais velho ao meu lado quase gritou ao que um menino mais alto de cabelos cinzas se virou para a nossa direção e sorriu.


— O que? Eu não fiz nada. — desviei meu olhar do moreno e peguei minha garrafa, tomando goles pequenas da bebida ainda gelada.


— Eu te mato Jung Hoseok. — ele me deu um tapa no ombro e eu apenas ri —  Eles tão vindo aqui! Caralho Hoseokão eu realmente vou te matar depois, aonde eu vou enfiar a cara? 


Olhei pra mesma direção que antes eles se encontravam e vi os três vindo em direção a piscina. Meus olhos caminhavam junto do moreno, que praticamente desfilava em nossa direção com aquele olhar que me queimava por dentro e por fora.


— Ei, podemos nos juntar a vocês? — me virei na direção da voz, vendo o altão que antes Jin namorava de longe sentando agora ao seu lado.


Não preciso falar nada que ele tá todo travado com aquela famosa cara de assustado né? Acho que não. 


— Claro, encosta aí. — o azulado se sentou ao lado do meu braço que permanecia ali apoiado para que eu não afunde e o moreno bonito se sentou do lado do amigo, um pouco distante de mim e Jin. - Como vocês se chamam? Eu sou Jung Hoseok.


Passei meu olhar por todos eles, que pareciam confortáveis em estar ali. Eu também não me sentia desconfortável com suas presenças, então estava tudo bem.


— Sou Kim Namjoon, prazer. — os olhos dele voltavam pra mim mas sempre travados em observar o mais velho, que continuava quieto até o momento.


— O prazer é todo nosso. — sorri para o Namjoon e grudei meus olhos no moreno de olhar intimidante. — E você é...? 


— Kim Taehyung. — não sei se me senti mais atraído pela sua beleza, pelo seu nome ou por sua voz. 


Por que tudo nele parece extremamente perfeito e milimetricamente calculado? Até a maneira de andar dele parece a de um modelo famoso que treinou toda a vida pra chegar aonde está.


— Prazer Taehyung. — sorri para ele se me deu um sorriso muito bonito também.


Tá, acabei de descobrir que o sorriso quadrado dele também me atrai pra um caralho.


— O que vocês estavam fazendo? — cutuquei a perna do garoto branquelo que antes havia esbarrado no jantar.


— Apenas conversando, e vocês dois? — o azulado respondeu me encarando.


— Ah, eu e o Seokjin também. — resolvi falar o nome dele, já que o mesmo ainda não havia dito e os três pareciam perdidos em relação a isso.


— Ei Jin, você está bem? — o tal do Namjoon cutucou o braço de Jin que acordou pra vida e olhou pra ele, um pouco acanhado.


— Ah, sim... eu estou bem. — Jimin e Jungkook precisavam ver isso, sério.


Me pergunto aonde eles devem estar agora, se pegando ou dormindo no quarto? Provavelmente a segunda opção já que Jungkook tava bem mal. Parei de pensar nisso e tomei mais um gole da minha bebida, poxa eu realmente gosto desse sabor.


— Eu vi ele mais cedo com outros dois caras, quem são? — se referiu a Seokjin.


— Ah, provavelmente Jungkook e Jimin, dois amigos nossos. — passei a mão por meus cabelos, jogando os fios molhados para trás.


— Entendi, vocês são da onde? Nós somos de Seul. — o branquelo novamente perguntou, me encarando como antes.


— Sério? Que maneiro, nós somos de Busan. — vi de canto de olho que os outros dois nem se interessavam mais pela nossa conversa, já que mantinham um papo -ainda acanhado por parte de Jin- entre si.


— Lá é bem legal né? — só Yoongi conversava comigo, o Taehyung ainda não havia achado nenhuma oportunidade de falar algo.


— Sim, mas provavelmente não mais que Seul. — dei de ombros enquanto tomava mais um pequeno gole do líquido.


Não entendi quando o azulado levantou e falou que iria ao quarto pegar seu celular pois precisava ligar para alguém. Falei um simples "vai lá" e me aproximei do moreno que chamava minha atenção.


— Oi, você é quietinho assim mesmo ou não está confortável? — vi o olhar profundo dele se encontrar com o meu, coisa essa que fez meus batimentos cardíacos acelerarem.


Acho que isso é normal, sempre acontece quando começo a tentar flertar com alguém.


— Eu não sou tão quieto, só não comentei nada por não ter tido oportunidade. — ele deu de ombros apoiando as mãos no chão atrás do corpo e me observando curiosamente.


Como eu imaginei, o outro garoto não tinha dado oportunidade do mesmo falar nada. Não que tenha sido de propósito mas eu queria escutar um pouco mais de sua voz grave. Eu gosto de vozes suaves e graves ao mesmo tempo.


— Imaginei que fosse isso. — sorri para o moreno que olhou para a garrafa que continha o líquido vermelho que eu estava tomando. 


— Qual é o sabor disso? — apontou com o queixo na direção da bebida.


— Frutas vermelhas, quer provar? — dei um gole e estendi para ele a garrafa, este que prontamente pegou e tomou um gole considerável. — Gostou? 


— Isso é bom. — eu concordo, apoiando minha mãos na beirada da piscina e saindo de dentro da água me sentando ao lado do mesmo, no lugar que antes Yoongi se encontrava.


— Então vamos dividir. — peguei a garrafa de suas mãos ao que ele me estendeu e tomei um gole, devolvendo para a mão do mesmo que sorriu abaixando a cabeça e encarando suas próprias coxas. E que coxas.


Desviei meu olhar e olhei para o céu, me perdendo no momento.


— Você parece gostar de olhar as estrelas. — quase me arrepiei com a voz baixa do mesmo, que ao meu lado também encarou o escuro acima de nossas cabeças.


— Eu gosto, quando era criança minha mãe sempre deitava comigo no quintal pelo menos um dia na semana depois do trabalho e ficávamos um bom tempo contando estrelas. — virei meu rosto para a direita, na direção do moreno bonito que continuava a olhar para o céu.


A luz branca da lua junto da luz azul da piscina que refletia em sua pele o tornava ainda mais bonito. Talvez eu tenha me encantado por esse garoto.


— Isso era bem legal da parte dela, meus pais nunca fizeram isso. — deu de ombros parecendo não se importar e virou seu rosto em minha direção.


Os lábios convidativos do mesmo me fizeram hesitar se eu o beijava ou não, porém não achei certo, acabamos de trocar nossas primeiras palavras.


— Não são todos que fazem, ela só começou depois que se separou do meu pai e viu que eu tinha ficava chateado com a situação. — voltei a olhar para o céu, escutando sua respiração calma ao meu lado.


Ele deu mais um gole na garrafa e estendeu a mesma para mim, que tratei de tomar o último gole que havia ali.


— Acabou. — olhei para a garrafa agora vazia e ele riu, concordando. — Amanhã eu posso comprar mais para dividirmos, o que acha? 


Falei isso mas não foi na intenção de fazer nada com ele, apenas gostei de sua presença e quero sentir essa sensação mais vezes. Ele sorriu levemente e voltou o olhar tímido para a água da piscina.


— Eu adoraria. — meu interior se revirou quando ele disse isso, porém voltei meu olhar para o azulado que novamente apareceu e se sentou ao meu lado.


— Do que falavam? — ele variou seu olhar entre mim e o amigo ao meu lado.


— Hoseok estava me contando sobre uma coisa da infância dele. — o moreno deu de ombros e eu me senti entre uma briga de olhares no meio dos dois amigos.


Meu nome saindo de seus lábios me fez perceber que ele era extremamente sexy, até não querendo. Me lembro quando disse que "só acredito vendo", e devo concordar com Jimin. Depois de ver eu realmente posso dizer que eles são gostosos, todos eles.


— Ah sim, entendi. Quer ir dar uma volta na praia Hoseok? — olhei meio indeciso entre ele e Taehyung, este que balançou a cabeça como quem não ligava se eu fosse e eu me levantei junto do azulado, indo com a garrafa em mãos para perto da espreguiçadeira. 


Peguei minha blusa social e vesti, sentindo o tecido grudar em minha pele por conta das gotículas de água que haviam em meu corpo. 


— Vamos. — me afastei deles dando uma última olhada no moreno que balançava os pés dentro da água. Quando já estávamos um pouco afastados eu me senti mal, não queria deixar o garoto de vela. — Taehyung, quer vir também? 


Ele se virou e me olhou sem entender, dando um sorriso fechado e um balançar de cabeça como resposta, se levantando logo em seguida e seguindo em uma direção que seja provavelmente a do seu quarto.


— Então tá. — resmunguei comigo mesmo enquanto seguia Yoongi pelo caminho de areia que dava em direção a praia. — Eu adoro a praia, sério.


— Eu não gosto tanto, mas ouvir você falando assim eu até penso que posso passar a gostar. — o sorriso gengival dele pela primeira vez deu as caras, me fazendo sentir como se um irmão bebê que  acabasse de chegar na família sorrisse pra mim. 


Essa foi uma comparação idiota, mas o que eu quis dizer é como se ele fosse uma criança adulta.


— Como você consegue não gostar de praia? Esse lugar é o paraíso! — abri meus braços ao que nos aproximávamos do mar e o vento batia em minhas costas, me fazendo arrepiar pelo frio que causava por eu estar molhado.


— Não sei, talvez eu seja um garoto mimado da cidade e não goste de areia. — ele me olhou fazendo uma brincadeira e eu ri, ao perceber que o mesmo andava estranho na areia. Parecia até que tinha bichos o picando.


— Que pena, o barulho do mar e o vento que vem é tão gostoso. 


— Aham... — o olhar dele em mim me fez perceber que o mesmo teve um pensamento diferente na parte do "tão gostoso".


Fiquei parado com os pés na água ao que ele se aproximava ainda com os olhos colados em mim, porém dessa vez em minha boca. Eu até teria tomado um susto quando ele grudou os lábios finos nos meus de uma hora pra outra, porém fazia tanto tempo que eu não sentia essa sensação que eu deixei pra lá e puxei a cintura fina em minha direção enquanto emaranhava meus dedos nos fios azulados e lisos de sua nuca. 


Pedi passagem com a língua e logo o músculo quente do mesmo estava em contato com o meu, fazendo movimentos circulares de uma maneira gostosa e hora ou outra movimentávamos nossas cabeças trocando de posição.


Terminei o beijo com uma mordida no lábio fino e sorri ao abrir os olhos e ver o rosto vermelho e boca na mesma cor do branquelo baixinho. Soltei a cintura e nuca do garoto, encarando seus olhos felinos.


— Isso foi... muito bom. — me virei e ele veio para o meu lado, caminhando ao longo da praia comigo.


— Você tem atitude, quase tomei um susto quando veio do nada. — soltei um riso quando vi as bochechas novamente vermelhas dele. — Fofo.


Talvez Seokjin tenha perdido a aposta, mas não vai fazer diferença já que quando sai da área da piscina ele batia um papo pra lá de interessante com o altão.


— Vamos voltar pra piscina? Eu to morrendo de frio aqui. — abracei meu próprio corpo tentando abafar o frio que os ventos causavam.


— Os ventos tão te maltratando né? Foi mal. — ele esfregou as minhas costas com uma das mãos e riu, enquanto eu batia o queixo.


Voltamos para o mesmo lugar de antes e eu encontrei o vácuo lá, já que Jin havia sumido junto com o altão ou voltado pro quarto. Eu não ia voltar agora por que não quero dormir cedo e sim aproveitar, então tirei minha camiseta novamente e joguei encima da mesma espreguiçadeira de antes. 


— Vai entrar também? — me surpreendi ao ver o azulado tirando a blusa preta que estava vestindo.


— Vou. — jogou a camiseta por cima da minha na espreguiçadeira junto do celular que estava em seu bolso.


— Oba vou ter companhia. — pulei na água logo emergindo e nadando de volta até a borda, vendo Yoongi apenas entrar calmamente na água e afundar, molhando os cabelos e os jogando para trás após se encostar ao meu lado. 


— Você é bonito Hoseok. — passou as mãos pelos meus fios, jogando os mesmo para trás e os tirando da frente dos meus olhos.


— Você também não é nada mal Yoongi. — sorri ao que o mesmo riu e se aproximou de mim, deixando um leve selar sobre meus lábios.


Mãe eu perdi minhas teias, amém. Pelo menos a de cima né.


O clima foi esquentando assim que o selinho se tornou em um beijo com presença de língua e mordidas nos lábios. Minha boca já estava formigando quando passamos vários minutos naquele clima, sem passar disso. Eu também não acho que por enquanto precisamos aumentar o nível.


— Hmm... — soltei um suspiro assim que nossas bocas se separaram e o azulado desceu os beijos pelo meu maxilar e pescoço. 


— Você gosta disso? — sussurrou, causando arrepios pelo meu corpo ao morder o lóbulo da minha orelha.


Os suspiros foram constantes quando ele passou a deixar chupões tanto leves quando fortes em meu pescoço, poxa... esse é meu ponto fraco.


— Uhum... — segurei em seus cabelos molhados e afastei seu rosto do meu pescoço, olhando em seus olhos e lábios avermelhados. — Porra.


Desisti de falar o que eu ia falar antes e puxei seu lábio inferior entre meus dentes, fazendo o mesmo que ele fazia antes. Desci os chupões pelo seu maxilar e pescoço, que no final ficou extremamente marcado.


— É satisfatório ver sua pele tão branquinha marcada desse jeito. — me afastei um pouco dele pra me controlar e nada lá de baixo subir.


— Também é satisfatório pra mim, pode acreditar. — o sorriso sacana dele me fez tremer na base.


Se uma simples pegação com ele já me deixou quente assim imagine uma transa? Ui, nem quero imaginar isso agora.


— Acho melhor a gente sair, tá ficando frio e não quero que a gente pegue um resfriado. — afundei uma última vez na água e sai da piscina, sendo seguido por Yoongi que fez o mesmo porém mais acanhado.


Percebi o por que da vergonha quando olhei pra baixo e vi o volume considerável em seu short cinza. Soltei uma risada alta e as bochechas dele se avermelharam ainda mais.


— Pelo visto você gostou mesmo. — apontei com o queixo para a ereção do azulado e ele colocou as mãos na frente, pegando a blusa encima da espreguiçadeira e jogando a minha para mim.


— Que nada. — senti o ar de ironia em sua voz e sorri, abotoando minha blusa e passando as mãos em meus cabelos para tirar o excesso de água.


Saímos da área que a esse horário tinha poucas pessoas e eu o acompanhei até o quarto do mesmo.


— Então seu quarto é o 76, vou me lembrar disso. — dei um tapa no ombro do garoto quando ele sorriu cafageste em minha direção. — Você compartilha ele com o Namjoon e o Taehyung? 


— Aham, tenho que aguentar o Namjoon me chutando a noite toda. 


— Então por que não dorme com o outro? — a feição do branquelo se tornou risonha quando ouviu o que eu disse.


— O Tae é pior, uma vez ele me derrubou da cama e eu quase quebrei um dente. — soltei um leve riso ao imaginar a situação e neguei com a cabeça, me aproximando dele e deixando um leve selo sobre o lábios do mesmo.


— Bom, eu preciso ir antes que os meus colegas de quarto tranquem a porta e me deixem pra fora. — o azulado se afastou de mim e apenas concordou, me dando um leve acenar ao que eu me afastava.


O quarto dele é consideravelmente perto do nosso, então não demorei muito pra chegar e dar de cara com a porta fechada. Juntei os dedos para que eles não tivessem trancado e antes de entrar torci um pouco a barra da bermuda, não queria molhar tudo lá dentro.


Agradeci aos céus assim que abri a porta com calma pra não fazer barulho e acorda os casalzinho que dormia de conchinha em uma das camas. Sorri com a cena e dei um "oi" mudo pro Jin, que mexia em seu celular deitado na cama.


Fui direto pro banheiro e tomei um banho quente, tirando o frio que apossava meu corpo minutos antes. Dentro do cubículo com a toalha enrolada em torno da minha cintura parei de frente ao espelho da pia, arregalando meus olhos com as diversas marcas em meu pescoço que começavam a ficar arroxeadas. Suspirei ao pensar no moreno de mais cedo e por um momento quis que essas marcas tivessem sido causadas pela boca bonita do mesmo.


Sai do banheiro até que bem espaçado e fui até minha mala, pegando uma calça moletom qualquer e uma boxer branca. Vesti a cueca por de baixo da toalha sem precisar voltar para o banheiro e retirei a mesma após já estar mais ou menos vestido. Passei desodorante e vesti a calça, voltando novamente pro banheiro para secar meus fios molhados.


Alguns minutos depois eu já estava deitado na cama ao lado do mais velho que mantinha um sorriso bobo no rosto mesmo que estivesse vendo uma notícia totalmente nada a ver no celular.


— O que aconteceu com esses dois? — falei baixo me referindo ao dois pombinhos ao lado.


— Por mais incrível que pareça, nada. — Jin tirou o celular do rosto e olhou meu pescoço, segurando o riso com a mão em frente a boca — O que a gente precisa perguntar aqui é "o que aconteceu com você". Olha esse pescoço! 


Sorri arrumando meu travesseiro e me cobrindo devidamente com a grosso edredom branco. 


— Que que tem o meu pescoço? — me fiz de desentendido apenas por brincadeira enquanto ele se sentava na cama e me olhava com a famosa lenny face.


— "Que que tem o meu pescoço". — a voz debochada dele quase me fez rir mas me controlei ao lembrar dos dois dormindo — Me diga você, qual deles foi quem fez isso? Incrível que dois dos três gostosos tão de olho em você. 


— Ué, você não me viu saindo com o Yoongi?! — franzi o cenho e ele fez o mesmo.


— Eu vi? — assim que ele falou eu me lembrei que ele estava tão concentrado na conversa com o Namjoon que esqueceu do próprio amigo.


— Ah mas é óbvio que você não viu, tava super concentrado no papo com o altão lá. — empurrei seu ombro, vendo ele sorrir e tapar o rosto com as mãos. — Me fala, aconteceu alguma coisa depois?


— Não, a gente só viu que tava tarde e era melhor voltar cada um pro seu quarto.  — soltei um "aah" decepcionado e o outro voltou a deitar corretamente na cama. — Foi boa a pegação com o azulzinho? 


— Foi, oh se foi. — enrolei um fio de cabelo em meu dedo e olhei para o teto. 


— E aonde foi? Que vocês se pegaram? — curioso como sempre Seokjin quer saber até os mínimos detalhes.


— Ele me beijou na praia e depois a gente voltou pra piscina, foi aí que eu vi que vocês não estavam mais lá. 


— Calma lá... vocês se pegaram na piscina? No escurinho? — eu adoro as reações exageradas do Jin, sério. Melhor hyung que alguém poderia ter.


— Sim, a gente se pegou na piscina mas não foi nem no escurinho já que a luz da piscina sempre fica ligada de noite. 


— Que sexy. — ri do que foi dito enquanto ainda mexia em meus próprios cabelos por que eu adoro isso. — Mas eu pensei que você ia ter um rolo com o outro gostoso.


— O Taehyung? — soltei um suspiro ao me lembrar do moreno, eu não devia ter saído com o Yoongi e deixado ele lá sozinho, foi feio da minha parte. — Ele é um cara legal.


— Sei, só legal? — voltei meu olhar para o mais velho e neguei, admitindo para mim mesmo que ele era mais que isso.


— Eu quero conversar mais com ele. Teve uma hora que eu ia avançar, mas não me parecia o momento certo. 


— Por que não? 


— A gente tava conversando sobre as estrelas antes, eu contei sobre minha mãe ficar olhando o céu comigo de noite quando era pequeno. — o outro me olhou com uma cara de "tá, idai" e eu ri baixinho. — Apenas não foi o momento certo. 


— Eu ia falar que vocês ainda tem outros momentos, mas depois que ele olhar pra esse seu pescoço aí... não sei não. — quando escutei as palavras que saiam da boca do maior velho arregalei meus olhos e senti meus batimentos cardíacos acelerarem, sem entender o por que disso acontecer.


— Você acha isso? Caramba, eu não devia ter parado de tentar falar pra ele não me marcar... mas tava tão bom que na hora eu deixei pra lá. — soltei meus cabelos e coloquei o antebraço encima do meu rosto, grunhindo chateado comigo mesmo.


— O gostoso dois mexeu mais com você do que o gostoso um né? — murmurei um "uhum" e me virei para o hyung, será que ele realmente vai dar o pé pra trás? Se é que pensava em ter algo comigo antes.


Parando pra pensar no tal do "mexeu" que Seokjin hyung falou, com o Yoongi quando nos esbarramos pela primeira vez eu não senti nenhuma vontade de ter algo com ele, apenas de o achar super bonito.

Mas com Taehyung, poxa... só com um olhar dele eu quase tive uma ereção no meio de piscina com várias pessoas em volta.


— Eu não sei o que fazer hyung. Tenho certeza que o Yoongi vai querer ficar comigo mais vezes depois de hoje, então... aish, não sei. — esfreguei meu rosto enquanto seokjin parecia pensar em alguma coisa.


— A única coisa que você pode fazer é se manter na sua e ver no que vai dar Hoseok, não deixe de ficar com o azulzinho caso o gostoso dois não te der bola, mas também não faça besteiras caso ele te der um chance de fazer alguma coisa. — olhei para seokjin que levantou uma das sobrancelhas em minha direção — Entendeu? 


— Acho que sim. — voltei a observar o teto do quarto e respirei fundo. — Que horas são? 


Peguei meu celular até agora esquecido encima da cômoda e vi que já iam dar duas da manhã.


— Precisamos dormir, amanhã quero acordar cedo pra aproveitar bem o dia. — Jin se virou para o outro lado e desligou o abajur enquanto eu apenas colocava o celular na cômoda e arrumava uma posição boa para deitar.


— E eu preciso ir comprar umas bebidas de frutas que vou dividir com o Taehyung amanhã. — sussurrei para mim mesmo e fechei meus olhos, deixando que o sono se apossasse de mim.



Notas Finais


Espero que gostem da história, pode não ser uma das melhores mas também não é uma das piores...
Obrigada por perder um pouco do seu precioso tempo lendo, continue nos próximos capítulos que não irá se arrepender
🌻jaydopeseok


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...