História Summertime - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Konohamaru, Mikoto Uchiha, Sasuke Uchiha
Tags Romance
Visualizações 6
Palavras 2.862
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 1 - Capítulo único


Estou há uma semana passando as férias de verão em uma cidade pequena chamada Mistynk Falls, no total ali tinham 234 habitantes, estou com o meu pai Hiashi Hyuuga, ele está me levando para casa de uma amiga dele, ele me disse que eu teria que passar uns dias lá porque ele teria que viajar por causa do trabalho, ele também me disse que ela era a pessoa que ele mais confiava para cuidar de mim, assim que chegamos eu vi um menino que aparentava ter minha idade em um balanço, ele estava com roupas de inverno, aquele dia estava frio e cinzento, todos os dias naquele lugar eram assim, eu fiquei olhando para ele, ele era esquisito, desviei meu olhar do garoto e comecei a olhar o céu, eu estava tão avoada que eu nem percebi que eu eu estava sozinha, olhei para o balanço e o menino não estava mais lá, nem meu pai e nem a amiga dele, então eu presumi que eles devem ter entrado, e eu não queria ficar ouvindo conversa de adulto, e nem ficar ouvindo aquela moça falar o quanto eu cresci, me sentei em um banco que tinha ali e comecei a desenhar qualquer coisa , senti alguém se aproximar e sentar do meu lado, lentamente virei o rosto para ver quem era, era um menino que tinha no máximo 5 anos, ele olhou para mim e depois para o meu desenho.

-eu sei onde fica isso.

-doque está falando?.-então ele apontou para meu desenho, e depois sorriu, eu olhei para meu desenho, tinha uma espécie de árvore antiga e um lago atrás, eu não tinha percebido oque eu tinha desenhado, eu só estava rabiscando.

-pode me levar lá por favor?

- Sim.- ele começou a andar então eu segui ele, olhei em volta, era ali, peguei meu desenho e comparei com a paisagem, como pode, eu nunca ter estado aqui antes e saber perfeitamente como é, o menino olhou para mim, então eu entendi que aquilo era um sinal para que eu continuasse a seguir ele, ele me levou até a beira do rio, pôs as mãos em um dos bolsos de sua calças e começou a olhar a paisagem, depois ele se abaixou pegou uma pedrinha e tacou no rio, ela quicou algumas vezes na água e depois afundou, me abaixei e fiz o mesmo e depois fiquei olhando o rio e me abaixei outra vez para pegar outra pedrinha, então eu ouvi alguém me chamando.

-Hinata, onde você estava?.-disse meu pai chegando perto de mim.

- eu estava aqui olhando o lago.

- filha está aqui é Mikoto lembra dela?

-n-ão.

- Vi que já conheceu o konohamaru.- disse a moça se aproximando do garotinho de antes.- vamos entrar vocês devem estar com frio.- disse ela andando em direção a casa entao eu a segui, entrei na casa e comecei a olhar em volta, percebi que na parede tinha um quadro de um menino que parecia muito com o menino do balanço, só que mais novo.

- quem é esse?

- esse é meu filho, lindo não é?- disse a moça com um olhar triste.

-S-sim.- o celular do meu pai começou a tocar.

- desculpa mas eu tenho que ir meu chefe está ligando.- meu pai veio até mim e me deu um beijo na testa.- se cuida filha, tchau Mikoto.

- venha vou te mostrar o quarto onde você vai ficar.- eu a segui até o tal quarto que ficava ao lado de um outro, era bem bonito, lá tinha uma cama de casal com lençóis num tom azul que mais parecia branco, uma janela ao lado da cama, um guarda roupas, e um abajur em cima de um criado mudo, o quarto era todo decorado em tons pastéis, minha mala já estava lá, olhei para a janela e o sol já estava se pondo.

- você vai jantar querida?

- estou sem fome, obrigada.- então ela saiu do quarto.

Me deitei na cama coloquei meus fones e fechei os olhos, acho que acabei cochilando, olhei para a tela do meu celular 03:00 Am, resolvi ir beber água, quando cheguei notei que tinha alguém sentado em alguma das cadeiras da mesa de jantar, peguei um copo fui até a pia e abri a torneira, tomei a água e olhei para a mesa, era o menino do balanço, ele estava lendo algo.

- o-oi.

-hm.

-quem é você?.- o menino me olhou com desdém, e não disse nada.

- d-esculpa, eu me chamo Hinata e você?

- Sasuke.- ele se levantou da mesa e foi em direção a escada, eu vi uma espécie de foto cair do livro dele, então eu me abaixei e peguei a foto, era eu mais nova abraçada com o garotinho do quadro que vi quando entrei na casa.

- porque tem uma foto minha?

- como?.- então eu mostrei a foto para ele, e ele veio andando lentamente até mim.

- esse aqui é você?.- eu disse apontando para o menino da foto.

-Sim.

- eu não me lembro de você.- eu disse olhando nos olhos dele.

- vem eu quero te mostrar uma coisa.- então ele pegou em minha mão e me arrastou para o quarto ao lado do meu, tracou a porta e depois pegou uma caixa que tinha de baixo da cama dele, e tirou de lá um álbum de fotografias e me deu,então eu comecei a olhar as fotos que tinham ali, era eu e ele em todas elas.

- c-omo a gente se conheceu?

- nosso pais são amigos de longa data, então meio que a gente cresceu junto por um tempo.- está com sono?

- não.

- vem.- ele pegou um casaco e me deu depois pegou minha mão e me levou até o a beira do rio que tinha ali, ele sentou no chão e eu sentei junto, ele ficou me olhando por alguns segundos.

- posso te beijar?.- disse ele olhando para o lago

- p-ode.- então ele pôs a mão no meu rosto e se aproximou mais e mais, nossos lábios estavam quase se encostando, então ele se afastou.

- mas oq?

- eu tava brincando eu nunca te beijaria.- ouvir aquilo me deixou brava, muito brava, ele disse que não me beijaria mas ele não disse que eu não poderia beijar ele, então eu puxei ele para perto, e encostei nossos lábios, pedi passagem com a língua e ele concedeu, ele me deitou no chão e ficou por cima de mim, depois de um tempo quando ele percebeu oque estava fazendo saiu de cima de mim.

-Desculpa.- ele saiu andando e entrou na casa, eu fiquei um tempo olhando o lago estava frio, então eu entrei, eu não vi ele então eu fui para meu quarto e deitei na cama ainda vestida com o casaco dele, ele tinha um cheiro amadeirado, não sei por quanto tempo eu fiquei ali inalando aquele cheiro, só sei que peguei no sono , quando eu acordei eram por volta de 10 da manhã, então eu tomei um banho e me vesti, resolvi devolver o casaco mais tarde, desci as escadas e fui para a cozinha.

- bom dia querida.

- Bom dia dona Mikoto.

- o café está pronto vai querer?

- sim, por favor.- ela pegou um copo e serviu café nele e depois me deu, eu sentei na mesa e comecei a tomar café.

- Hinata você se importaria se eu desse uma saidinha?

- claro que não.

- ok, vou levar o Konohamaru eu volto lá pelas 4 ou cinco horas.- disse ela chamando Konohamaru para irem.- até mais.

Quando ela saiu eu continuei tomando café, percebi que Sasuke não tinha descido, fui para o meu quarto e olhei pela janela, Sasuke estava jogando bola com um menino loiro, e depois ele foi até o lago para lavar o rosto, então eu desci as escadas e fui para fora da casa.

- Oi quem é você?- disse o menino loiro, eu ainda não tinha olhado para o rosto dele, eu só tinha visto ele de costas, quando ele me chamou eu resolvi olha-lo, ele era lindo, tinha os olhos tão azuis quanto o céu de verão, marcas em suas bochechas, acho que ele percebeu que eu tava olhando demais para ele, então ele sorriu e pôs a mão atrás da nuca, aa aquele sorriso com certeza era o mais lindo que eu já tinha visto.

-H-inata e vo-cê?

- Eu sou Naruto, prazer em conhecê-la Hinata.- disse ele estendendo a mão para mim, então eu apertei, Sasuke apereceu na hora pegou a bola e tacou na cabeça do Naruto.

- Hinata você tá atrapalhando o jogo.

- Deixa de ser careta dobe.- disse Naruto tacando a bola de volta para sasuke.- ela poderia jogar também, oque acha Hina?

- eu não sei, não sou muito boa.

- eu e o dobe vamos pegar leve com você, não é dobe?.- Sasuke apenas revirou os olhos e bufou, já que eu não tinha nada melhor para fazer eu aceitei, eu tava até que jogando bem, mas ai Naruto roubou a bola de mim, e eu fui atrás dele.

-Eii isso aí não vale.- eu disse sorrindo enquanto corria.

- Vale sim hina.- então ele parou e começou a sorrir para mim, aproveitei o momento de distração e peguei a bola.- eii isso é golpe baixo.- eu tava tão distraída correndo junto a bola que eu nem vi nada e puff cai, quando eu percebi que tinha caído em algo macio eu olhei para baixo, percebi que era o Sasuke, então ele se levantou um pouco.

- d-esculpa você tá bem?

- tô, e você tá confortável sentada aí?.- só então eu percebi que estava sentada no colo dele, a vergonha tomou conta de mim por inteiro e com certeza fiquei da cor de um pimentão.- ao olhar para minha cara ele sorriu mostrando seus dentes completamente brancos e alinhados, e foi aí que eu percebi que estava completamente enganada, Naruto não era a pessoa com o sorriso mais lindo.

- você devia sorrir mais vezes.-entao eu saí de cima dele, senti algumas gotas de água molharem meu corpo então eu percebi que estava garoando e pelo jeito iria chover bem feio hoje.

- Tchau Hina, tchau teme amanhã eu volto.- disse Naruto me abraçando e depois batendo na mão de sasuke.- cuidado pra não pegar um resfriado Hina.

- vem Sasuke vamos entrar.- eu estendi a mão para ele se levantar, mas ele não aceitou e levantou sozinho, eu fui até meu quarto e troquei de roupa deixei a outra para secar, deitei na minha cama e senti o casaco de Sasuke em baixo de mim, peguei ele fui até o quarto de Sasuke e bati na porta.

- pode entrar.- assim que ele disse eu entrei, ele estava sem camisa, acho que tinha acabado de sair do banho.

- e-u vim tra-zer seu casaco.- eu estendi para ele e ele pegou, nesse momento um trovão veio e iluminou o quarto eu fiquei apavorada eu morria de medo de trovão, eu me tremi toda.

- Você ainda tem medo de trovão?

eu apenas balancei a cabeça afirmando, então outro trovão veio eu comecei a ficar mais apavorada ainda.

- não precisa ficar com medo,vou te fazer companhia até você dormir.- eu apenas balancei a cabeça de novo afirmando, ele foi até meu quarto e eu fui junto, ele se deitou na minha cama e fez um sinal para que eu me deitasse eu fui até lá e me deitei, o abracei e fiquei ali sentindo o cheiro dele, eu estava quase adormecendo quando senti falta do calor de Sasuke e vi quando ele estava se levantando, eu não queria que ele fosse, então eu segurei o braço dele.

- fica por favor.- então ele se deitou novamente.- você tem um cheiro bom.

- Sasuke?

-...-ele nada disse então eu o abracei, e adormeci, quando eu acordei no dia seguinte senti falta do calor de Sasuke sobre mim, como era possível eu esquecer de alguém como ele?, fui até a cozinha e não tinha ninguém ali além de um bilhete.

_ Olá querida, desculpa por não estar em casa de novo, eu tive que sair para resolver algumas coisas sobre a guarda de Konohamaru, se estiver com fome tem comida nos armários e na geladeira, se cuide_

Eu não estava com fome então peguei meu notebook e comecei a assistir séries, mas eu não estava nenhum pouco concentrada na série, meus pensamentos estavam em Sasuke, desliguei o notebook e fui até o quarto dele para ver se ele estava lá, bingo, ele estava dormindo, ele estava tremendo de frio, e estava descoberto, fui até o armário dele e peguei uma coberta e cobri ele, então eu saí do quarto e fui até o lago e comecei a jogar pedrinhas, hoje não estava frio como nos outros dias, então eu pensei porque não nadar ali?, entrei na casa com cuidado para não fazer barulho para não acordar Sasuke, fui até meu quarto e vesti meu biquíni, e depois voltei para o lago, depois de muito tempo juntando coragem eu pulei, dei o primeiro mergulho e depois voltei a ficar em pé sinti alguma coisa em meus pés então peguei, era uma espécie colar.

- Hinata?.- disse uma voz muito família atrás de mim.

- Ooi.

- oque é isso na sua mão?

- a, isso?.- perguntei levantando o colar.- bom eu não sei muito bem.

- esse é um colar de pedra da Lua, você sabia que não pode nadar aí?

- porque?

- aí tem vários bichos.

- porque você não me disse antes.- então eu estendi minha mão até onde ele estava.- me puxa.- ele pegou na minha mão para me puxar, então eu subi.

- Sasuke oque sabe sobre o colar

- nada demais, essa pedra é achada em algumas cavernas submersas, ou até mesmo em terra firme.

- esse colar era de alguém?

- você achou então ele é seu.- então ele pegou da minha mão e pôs em mim.- sempre que você estiver com esse colar, você vai estar com um pouco de mim com você.

- oque quer dizer?.- Ele não disse nada apenas pegou na minha mão e me levou até o quarto dele.

- está afim de ouvir música?.- disse ele colocando uma música em um pequeno aparelho de som e me puxando para dançar.

3 dias se passaram desdo dia do colar, eu e Sasuke estamos mais próximos, e quanto mais os dias passavam mais eu me assustava pois meu pai iria chegar amanhã.

- Sasuke?

- hm?

- tira uma foto comigo, para guardar de recordação?.- eu disse pegando minha câmera e puxando ele para a foto, eu não queria apenas uma foto então eu tirei umas 5, não olhei o resultado isso eu poderia fazer mais tarde, deixei minha câmera no criado mudo do meu quarto, Sasuke me abraçou, então eu retribui o abraço.

- Hinata, eu amo você, não espero que vc me corresponda, e mesmo se você não reagir bem com a minha declaração espero que você saiba, que eu sempre vou amar você, e não vou deixar nada e ninguém machucar você, você nunca estará sozinha, sempre que precisar de mim eu estarei lá por você.- então ele apertou mais o abraço, senti lágrimas descerem pelo meu rosto e irem para na blusa de Sasuke, ninguém nunca havia se declarado para mim antes,e eu não era do tipo de garota que tem amigas na escola, eu sempre apreciava mais os livros, mas Sasuke me fazia sentir coisas que eu nunca havia sentido por ninguém antes, eu ia dizer a ele que eu também o amava, mas ouvi a dona Mikoto me chamar então peguei minha câmera para mostrar as fotos para ela e desci, quando cheguei na sala eu dei de cara com o meu pai.

- pai oque esta fazendo aqui?

- eu iria vir amanhã, era para fazer uma surpresa mas sua mãe me ligou dizendo para eu levar você para casa, me desculpe por não ter passado as férias de verão com você filha.

- tudo bem pai, espere um pouco vou me despedir de Sasuke.

- Sasuke?.- disse Mikoto confusa.

- Sim, aquele ali da foto.- eu disse apontando para a foto que eu vi quando entrei naquela casa pela primeira vez.

- Sasuke, morreu a 7 meses em acidente, é impossível que vc o tenha visto.- eu fiquei realmente espantada com oq ela disse.

- mas ele está vivo eu tenho como provar olha.- eu disse ligando a câmera e então mostrei as fotos que tirei com ele,... as fotos, Sasuke não estava nelas apenas eu.

- mas ele tirou as fotos comigo.- eu disse com os olhos lacrimejados.

- filha calma, você deve ter batido a cabeça e imaginado tudo isso.

- PAI EU NÃO ESTOU FICANDO LOUCA.

- Venha filha é melhor irmos.- disse meu pai pegando minhas malas e levando até o carro e depois me chamando para entrar lá.

- Tchau Mikoto, desculpa pela minha filha.

- tudo bem, boa viagem Hiashi, Hinata.-

Meu pai ligou o carro e foi rumo a estrada, daqui para minha casa eram mais ou menos 5 horas, enquanto eu olhava a paisagem uma coisa não saia da minha cabeça, como Naruto também via o Sasuke, oque aconteceu com Naruto, quem era Naruto.

Sasuke não existia mais, mas mesmo assim eu o amava, e eu nem pude dizer isso para ele, o sol bateu na janela do carro e refletiu em mim então eu percebi algo brilhar sobre mim, pus a mão sobre meu peito e senti o colar.

- nunca estarei sozinha.

                             _FIM_


Notas Finais


Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...