História Sun Bright - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Originais, Patrick Schwarzenegger, Romance
Visualizações 5
Palavras 1.034
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Second

Capítulo 2 - É só isso?


Fanfic / Fanfiction Sun Bright - Capítulo 2 - É só isso?

-Filho já está tarde, você tem que acordar…. -Minha mãe disse chegando em meu quarto e me chamando novamente.

-Só mais 5 minutos mãe… -Digo colocando o travesseiro em cima de minha cabeça.

-Patrick você disse isso há meia hora atrás! -Ela diz abrindo a janela de meu quarto e eu reviro os olhos com seu ato, me levantando contra a minha vontade.

Já tinha se passado 2 semanas desde o ocorrido com Valentina, e eu não a via desde então e isso estava me deixando muito agoniado.

Hoje era o dia mais esperado do ano por meus pais, o dia da minha formatura no colégio e isso era o que eles mais queriam, que eu tivesse um ótimo futuro e eles me lembravam disso o tempo todo.

~

Já eram 15:45, ou seja, faltava apenas 15 minutos para o próximo passo que eu daria em minha vida, e isso meio que me assustava um pouco, já que eu não sabia o que eu queria fazer. Mesmo tendo passado mais de 24 horas, metade de minha mente estava pensando em Valentina e parecia que essa parte não queria parar.

-É cara, é agora! -Christian um amigo meu disse, assim que se sentou ao meu lado em uma das arquibancadas do grande estádio do nosso colégio.

-Eu queria ter mais tempo… -Digo com um sorriso fraco, olhando para o grande gramado.

Vários dos meus amigos e parentes estariam aqui para me ver hoje, mas eu queria que ela estivesse aqui também e infelizmente ela não vai vir.

-Pensando na Blanchard? -Chris diz assim que percebi que eu não estava prestando muito atenção na nossa conversa.

-Eu? -Aponto para eu mesmo. -Pensando na Valentina? -Começo a rir sarcasticamente. -Pra que pensar nela, sendo que ela nem pensa em mim do mesmo jeito?! -Eu digo abaixando a cabeça.

-Você está apaixonado pela minha ex Patrick? -É eu esqueci de contar a Valen é a ex namorada do Chris, eles terminaram quando voltamos de férias em Agosto, porque o meu querido amigo traiu ela com a melhor amiga.

-Claro que não! -Eu digo mas por dentro, meu coração implora para que eu diga o contrário.

-Bom mesmo, não quero ninguém perto da minha Vale. -Ele diz se levantando da arquibancada e indo ao centro do campo.

-Agora vai proibir a Valentina de ficar com alguém? -Eu já estava muito nervoso, queria pular no pescoço dele e se der matar ele também.

-Ela é minha ainda, só não estamos juntos oficialmente e como você disse, você não sente nada por ela. -Ele diz seguindo seu caminho.

-E se eu estiver gostando dela? -Agora estou falando o que eu realmente queria.

-Ai você vai se ver comigo. -Ele disse me mandando um olhar mortal e se dirigindo a sua cadeira, que era marcada pelo seu nome.

•Valentina

Estava andando sem rumo pelo parque que tinha perto do colégio, e eu acho que fiz uma má escolha para ir ao parque, eu calçava um tênis all star branco, uma saia branca de cintura alta, uma blusa regata bege de renda e um casaquinho florido.

-Eu sou muito inteligente, em plenas férias eu estou perto do colégio e com vontade de ir pra lá! -Agora sim, eu estou ficando louca.

Vou indo colégio a dentro e é nessa hora que eu me toco, hoje é o dia da formatura do último ano ou seja, meus amigos e Patrick estão se formando hoje.

-Acho melhor eu ir…. -Quando estou prestes a dar meia volta, sinto alguém pegar em minha mão, me viro e não consigo conter o sorriso.

-A festa nem começou e você já vai embora? -Era meu amigo Liam, uma das melhores pessoas que eu conhecia e que era da turma de Patrick.

-Eu não posso ficar aqui…. -Tento fazer de tudo para ir embora.

-Você pode e você deve! Vamos! -Liam diz me arrastando para perto de seus irmãos, dizendo que eles iam cuidar de mim enquanto ele estivesse na cerimônia.

Um pouco mais ao longe, vi ele com um terno cor grafite e um sapato social preto, com seu cabelo com seu penteado meio bagunçado e meio arrumado de sempre. Nossos olhares se encontraram e não conseguimos conter nossos sorrisos, ele vinha em minha direção, mas então o diretor anuncia que agora irá começar a cerimônia para todos pegarem seus diplomas.

~

Nesse momento a maioria dos meus amigos já tinham pegado seus diplomas e estavam mais radiantes do que nunca, até que finalmente chamam o nome do mauricinho e meu coração começa a entrar em um disparo incontrolável, por que eu estou assim? Ele é só um amigo e aquilo foi só um beijo! Por que está mexendo tanto assim com meus sentimentos e com meu coração?

Ele foi em direção ao pequeno palco que tinha no centro do campo e então, ele recebeu o seu diploma agradecendo a todos seus professores e indo em direção aos seus pais que estavam já aos prantos, orgulhosos pois seu filho finalmente havia se formado com honra.

-Você não acha que deveria ir falar com ele? -Liam aparece atrás de mim me dando um susto.

-Ele quem? -Me faço de desentendida.

-O canário belga ali na frente! -Diz ele apontando para uma árvore fora do campo. -É claro que eu tô falando do Patrick né Vale! -Ele diz dando um sorriso fraco.

-Por que eu falaria com ele Liam? -Pergunto mais pra mim do que para ele.

-Porque, simplesmente você quer conversar com ele e nem adianta negar porque, o seu rosto e seu coração dizem o contrário. -Ele diz falando como se fosse a coisa mais simples do mundo, antes que eu pudesse dizer alguma coisa ele me empurra em direção ao Patrick e ri do meu desespero. -Vai logo, se não vai se arrepender! -Ele diz e simplesmente corre dali depois que percebemos que meu corpo se chocou contra o de Patrick, me fazendo perder o equilíbrio fazendo com que ele me segurasse pela cintura.

-Estou começando a achar que você não consegue ficar longe de mim, menina encrenca.. -Ele diz com um sorriso fraco.

-Somente impressão sua, mauricinho. -Dou um sorriso de lado.

-Vamos conversar? -Ele pergunta com medo de minha resposta.

-Claro. -Dou um sorriso sincero.

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

Aquela foi a última vez em que eu e Patrick conversamos pessoalmente, em sua formatura do colégio e isso foi como se fosse um termino para nossa história…..

Ou será que não?


Notas Finais



Espero que gostem ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...