1. Spirit Fanfics >
  2. Sunshine - Instagram - Imagine Jung Hoseok. >
  3. Passeio.

História Sunshine - Instagram - Imagine Jung Hoseok. - Capítulo 47


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura ❤️

Capítulo 47 - Passeio.



Rose on

Depois que terminei de falar com o JungKoom, subi até o quarto da S/n que e aonde eu estou dormindo por enquanto.

- Olá, vai sair?

- S/n: Vou, estou indo encontrar com o Hoseok.

- Não faço a mínima de quem seja, mas depois eu quero saber, eu vou sair.

- S/n: Com quem? Você conhece aqui pra sair sozinha, moça?

- Eu não vou sozinha, vou ir com JungKook.

Ela me olha com um olhar travesso.

- O que foi?

- S/n: Nada, nada...

Ela sorri e volta a atenção ao espelho onde arrumava sua roupa.

- S/n, S/n...

Ela solta uma risada e eu acompanho ela.

...

Me visto com uma roupa... confortável. Depois que eu me arrumo eu desço e vejo dois meu os na sala. S/n estava falando com um e depois que o outro virou o rosto, eu vi que era o tal do JungKook, faz sentido eu sair com uma pessoa que nem conheço? Não, não faz.

- Jh: Marcamos foi?

- JK: Eu só vim aqui porque estou esperando a Rosé.

- Ah, JungKook e você deve ser o tal do Hoseok.

JungKook on

Escuto uma voz vindo da escada e a gente olha e eu vejo a tal menina, ela deve ser a Rosé, uau, ela é mais linda pessoalmente.

- Você é a menina que vai acabar com os Toddynho do país?

- Rs: Amas, vou mesmo.

- Saiba que vou roubar tudo.

Ela chega na sala depois de desce as escadas e aperta minha mão.

- Jh: Menina, cuidado com ele, ele é meio idiota.

- S/n: Meio? 

- Jh: Por completo!

- Cês não tem que ir dançar não? Eueim.

- Jh: Ui, bravinho.

- Já tô irritado e você me irrita mais? Vaza Hoseok.

Todos que estavam na sala riram, depois eu falei:

- Podemos ir?

- Rs: Uhum.

Saímos todos juntos, mas Hoseok e S/n foram pra outro lado e eu e a Rose fomos por outra rua.

- E então, não tem medo de sair com um estranho?

- Rs: Pelo que vi de você na internet, você não faz mal nem a uma formiga.

- Olha lá em, sou faixa preta em Taekwondo.

- Rs: Uau, vai fazer o que? Me bater?

Ela começa a rir.

- O loirinha, tu é muito abusada.

- Rs: Loirinha? Gostei!

- Eu tenho medo de você. 

Ficamos um tempinho conversando sobre coisas nada haver e algumas até que faziam sentido. Descobrir que ela gosta de quase todas as coisas que eu jogo como, anime, jogos e músicas. Rimos um monte, ela é legal e engraçada, uma boa companhia.

- Eu tô com fome, vamos comer?

- Rs: Eu ouvi comer?

- Esfomeada kakakakakak.

Entramos em um restaurante e pegamos uma mesa, fizemos o pedido e enquanto não vinha, ficamos conversando.

- Rs: Não faz sentido.

- O que?

- Rs: Eu sair com uma pessoa que conheci hoje mesmo.

- Kakakaka, eu pensei o mesmo, mas ai lembrei que nada faz sentido na minha vida mesmo, eu sou todo errado, então... Kakakakakakaka

- Rs: E minha mãe falando que eu não podia falar com estranhos.

- Se ela souber que você saiu com uma pessoa que não conhecia, ela vem atrás de você né?

- Rs: Duvido nada não hahaha.

Nossos pedidos chegaram e nós começamos a comer.

- Rs: O que está comendo?

- Bulgogi.

Eu dou uma garfada da minha comida e Rose na dela, mas eu tenho a famosa ideia de roubar a comida dela.

- Rs: Ou, minha comida seu safado.

Eu ri com a comida na boca, a cara que ela fez foi a melhor. 

- Hum...muito boa.

- Rs: Se pegar de novo eu arranco sua mão.

- Ih, kakakakakakak toma aqui.

Eu cortei um pedaço do meu e dou na boca dela pra ela comer.

- Rs: Você comeu mais do meu, pode me dando mais.

- Sua fuça! Eu comi só um pouco, eu ainda te dei um pedação.

- Rs: Amas, eu gostei da sua comida.

- Nananinanão.

...

Terminamos de comer, acabou que eu troquei de prato com Rose se não ela ia fazer um show até conseguir.

- Vou te levar pra conhecer um lugar legal.

- Rs: O que?

- Cê vai ver, vem.

Segurei no braço dela e atravessamos a rua e fomos até o local que por sorte, estava aberto e cheio também.

- Rs: Uma sala de jogos?

- Uma sala não, o paraíso!

Entramos no local e os olhos dela brilharam.

- Vamos ver como eu dou uma surra em você? 

- Rs: Coitadinho, na escola que você aprendeu, eu dei aula, querido.

- Ah, vamos então.

Começamos a jogar e a primeira eu ganhei.

- HÁ, CADÊ A JOGADORA FODONA?

Eu comecei a rir dela e ela falou:

- Rs: Eu deixei, bobão.

Começamos a fazer outras partidas e acabou que...3x5, ela ganhou!

- Rs: EU SOU MUITO FODA.

Ela larga o controle levanta aplaudindo ela mesma.

- Tá legal, você é mesmo boa nisso.

- Rs: Eu falei, eu falei.

- Eu vou embora daqui.

Eu me viro e depois saímos de lá.

- Rs: Ficou triste?

Ela perguntou me olhando.

- Hoje não esga sendo meu dia de sorte com o jogo, será que eu vou perder pra sempre?

- Rs: Meu Deus, você é muito dramático.

Começamos a andar por aí, conversamos sobre tudo de aleatório que tinha e ate que não estava um passeio chato, ela sabe conversar, ela sabe como faz pra não deixar o papo morrer e eu gosto disso, gosto de pessoas assim. Sinto que vamos nos dar bem.







Notas Finais


Até o próximo 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...